Les visiteurs | Eduardo Mineo | Digestivo Cultural

busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/11/2007
Les visiteurs
Eduardo Mineo

+ de 3500 Acessos
+ 2 Comentário(s)

É incômodo quando vejo minhas convicções serem questionadas, mesmo porque geralmente elas são muito boas e espertas, mas começou a acontecer com uma certa freqüência de um tempo pra cá. Outro dia mesmo assisti Tropa de Elite e todo aquele meu papo de que só imbecil gostava de cinema nacional não fazia mais sentido algum porque o filme é ótimo. Percebem a gravidade? Um filme brasileiro bom. Onde já se viu, um filme brasileiro bom? Falei mal em outro texto no Digestivo Cultural sobre a atuação do Wagner Moura como o professor Higgins num espetáculo em São Paulo porque, bem, foi ruim mesmo, mas em Tropa de Elite ele está - como dizer isto sem parecer gay? - formidável. Formidavelmente impecável. Quer coisa mais incômoda que ter de dizer isto? Estou constrangido, vejam, ó, ó.

Mas não só esta minha convicção foi abalada. Uma outra, muito, muito mais sólida e mais bem fundamentada também foi. Escutem sem fazer barulho: existem filmes franceses agradáveis. Sim, estão lá, escondidos embaixo de toda aquela meleca existencialista. Antes de conhecer Jean-Marie Poiré, jurava que, se Disney fosse francês, Mickey seria algum sociopata com olheiras como meio de questionar os valores morais de uma sociedade pós-industrial hipócrita e exploradora, ao passo que agora vejo a possibilidade de um filme francês ser verde e divertido. É a minha autoridade intelectual esmorecendo diante das circunstâncias. Como dizer para meus filhos - que terei um dia - que eu gostei de um filme francês?

Bom, dois filmes, para ser exato, porque estou falando de Les visiteurs, que teve seqüência em Les couloirs du temps: Les visiteurs 2. São tão bons, tão legais que obrigo, por vezes agressivamente, todos os meus amigos a assistirem e gostarem. E eles gostam, claro, como se fosse possível não gostar. Oras, oras.

É sobre viagem no tempo, que parece, a princípio, e é até um assunto meio desgastado. Desde H.G. Wells até a trilogia De volta para o futuro, dá a impressão de que não há mais o que dizer sobre isto, mas Les visiteurs conseguiu ser um dos meus filmes prediletos nos primeiros quinze minutos. Foi fácil, fácil me convencer.

Lá na Idade Média, um cavaleiro recebe o direito de se casar com uma garota da nobreza por ter salvado a vida do rei da França. Receber uma garota da nobreza como prêmio por salvar o rei da França pode parecer miséria, pode parecer ridículo, uma vez que salvar um rei na França nunca foi das atividades mais simples de se fazer, mas o cavaleiro, conde de Montmirail, interpretado por Jean Reno, ficou satisfeito e feliz com seu prêmio. Até que ele foi enfeitiçado por uma bruxa má, que é o que as bruxas são, e acaba matando o nobre que era pai da garota. Para arrumar toda esta confusão, ele fez o que qualquer pessoa de bom senso faria: recorre ao mago do rei para voltar no tempo - e consegue, lógico, por que não conseguiria? Mas como o mago era atrapalhado, que é o que os magos são, deixou de colocar um dos ingredientes da poção e, em vez de enviá-lo ao passado, enviou o conde de Montmirail junto com seu servo para o futuro, nos dias atuais. Mil novecentos e noventa e pouco e tal.

Poderia resumir o resto do filme como eles tentando voltar ao passado, mas estaria jogando fora o essencial do filme, que é Jean-Marie Poiré contando o choque cultural entre alguém da Idade Média e a sociedade contemporânea sem nenhuma cena de estupro ou espancamento impressionante para isto. Apenas senso de humor. Cada cena tem um senso de humor tão preciso que me faz querer assisti-lo para sempre. E a atuação de Christian Clavier, o servo, também me faz querer assisti-lo durante não menos que a eternidade. É um dos melhores comediantes que já vi em vida, seguramente. E olhem que eu assisto regularmente a noticiários políticos.

Não apenas eu, como Hollywood gostou. Gostou tanto que comprou o filme e fez uma versão norte-americana chamada Just visiting, mantendo Jean Reno e Christian Clavier no elenco, mas colocando atrizes bonitas - sorry a indelicadeza - no lugar, como Christina Applegate fazendo a garota nobre. Acho que a idéia era apresentar uma boa obra para pessoas que, como eu, não assistiriam um filme francês nem debaixo de cinta. O roteiro permaneceu praticamente o mesmo, mantendo as melhores cenas e tirando algumas não tão necessárias. A continuação ainda não foi refilmada, mas é um dos poucos casos em que a continuação chega a ser melhor que o primeiro filme. O único detalhe é que ela deixa o final em aberto, como chamando um terceiro filme. Oremos.

Lembro de ter considerado bom outro filme francês também, o Amélie Poulain, do Jean-Pierre Jeunet, mas foi uma coisa particularmente estética e nem sei se eu realmente o considero bom. A rigor, não gosto, mas é um filme pelo menos bonito. A história é chatinha de tudo, mas é bonito de se ver, entende? Assim como outro de Jean-Pierre Jeunet, o Delicatessen, que é caótico do começo ao fim, chato daqui até o Japão, mas bonito, bonito. Cenas bem feitinhas e tudo que quase me fazem gostar. Mas com Les visiteurs e Tropa de elite não teve jeito. Fui derrotado. Gostei, gostei mesmo. Bons pra caramba. Podem anotar. Sério mesmo.


Eduardo Mineo
São Paulo, 5/11/2007


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
02. Três filmes sobre juventude no novo século de Guilherme Carvalhal
03. Caindo as fichas do machismo de Marta Barcellos
04. Dos papéis, a dança de Elisa Andrade Buzzo
05. Um estranho chamado Joe Strummer de Celso A. Uequed Pitol


Mais Eduardo Mineo
Mais Acessadas de Eduardo Mineo em 2007
01. O físico que era médico - 23/4/2007
02. A comédia de um solteiro - 3/12/2007
03. A propósito de Chapolin e Chaves - 24/9/2007
04. Eduardo Mineo, muito prazer - 9/4/2007
05. My fair opinion - 30/4/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
5/11/2007
11h39min
Embora discorde de você, politicamente, confio extremamente na sua análise, quando se trata de cinema, música ou coisas parecidas. Ainda não me dispus a assistir à Tropa de Elite, mas acho que vou, depois que li o seu comentário. Também esse: Les visiteurs, que deve ser o próximo. Valeu, Big Fish!!
[Leia outros Comentários de Adriana]
16/11/2007
01h38min
Apenas como complemento: os filmes em questão foram lançados em DVD no Brasil pela Versátil, sob o título "Coleção Os Visitantes", com "Os Visitantes", que é de 1993, e "Os Visitantes II", de 1998. Quem se interessar pode checar neste link.
[Leia outros Comentários de Marcelo Miranda]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESCARGOTS - CRIAÇÃO CASEIRA E COMERCIAL
MÁRCIO INFANTE VIEIRA
PRATA
(1994)
R$ 5,00



CATARINA E JOSEFINA
EVA FURNARI
FORMATO
(2009)
R$ 18,00



LA DOROTEA/LA TERCERA CELESTINA - LOPE DE VEGA (TEATRO ESPANHOL)
LOPE DE VEGA
BÉRGUA
(1933)
R$ 35,00



CÓDICE DE DRESDE. LIBRO DE JEROGLIFOS MAYAS (SPANISH EDITION)
JOHN ERIC SIDNEY THOMPSON (CAPA DURA)
FONDO DE CULTURA ECONÓMICA
(1995)
R$ 45,28



TUDO É MATEMÁTICA 7ª SÉRIE
DANTE
ÁTICA
(2009)
R$ 9,77



GRAMATICA EM 44 LIÇÕES
FRANCISCO PLATÃO SAVIOLI
ATICA
(1991)
R$ 29,00



INTRODUÇÃO À TEORIA DO EMPREGO
JOAN ROBINSON
FORENSE UNIVERSITÁRIA
(1980)
R$ 90,00



LANGENSCHEIDTS GROBWORTERBUCH DEUTSCH ALS FREMDSPRACHE
DIETER GOTZ E OUTROS
LANGENSCHEIDT
(1977)
R$ 150,00



UMA MARCA CHAMADA VOCE - PROFISSÃO DESEMPREGADO
JAIRO DE PAULA
BEST SELLER
(2004)
R$ 4,00



MITTELSTUFE DEUTSCH: LEHRBUCH
J SCHUMANN
VERLAG FUR DEUTSCH
(1992)
R$ 12,50





busca | avançada
36499 visitas/dia
1,2 milhão/mês