A última casa de ópio, de Nick Tosches | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
62566 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nem morta!
>>> Nem morta!
>>> YouTube, lá vou eu
>>> O bom, o ruim (e o crítico no meio)
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> No III Seminário da Cásper
>>> Não gaste o seu latim
>>> Gilberto Gil: Cultura Viva (2)
>>> A convergência das mídias
>>> 4 de Setembro #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Profecias de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1982)
>>> A Grande Síntese de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1988)
>>> A Solução Está na Fé de Norman Vincent Peale & Smiley Blanton pela Record (1950)
>>> A Nova Arte de Viver de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1981)
>>> Mensagens Para a Vida Diária de Norman Vincent Peale pela Cultrix
>>> É Fácil Viver Bem de Norman Vincent Peale pela Cultrix
>>> O Poder do Entusiasmo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1977)
>>> O Poder do Pensamento Positivo de Norman Vincent Peale pela Cultrix (1999)
>>> Vicente de Carvalho Nossos Classicos de Fausto Cunha Editor pela Agir (1977)
>>> Pílulas Para Viver Melhor de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2008)
>>> Desembarcando A Hipertensão de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2005)
>>> Desembarcando O Diabetes de Fernando Luchese pela L&PM Pocket (2002)
>>> Confissões & Conversões - 25 Regras para o Tempo de Mudar de Fernando Luchese pela L&PM (2007)
>>> Cervicobraquialgia: Espondilose e Hérnia Cervical. Diagnóstico e Tratamento. de Caio Villela Nunes pela Epuc. (1994)
>>> Te cuida! Guia para uma vida saudável. de Dr. Cláudio Domênico pela Casa da Palavra (2012)
>>> Antiguidades Modernas. Crônicas do cotidiano escolar. de Celso Antunes pela ArtMed (2003)
>>> Direito Civil. Parte Geral. Série Prova e Concursos. de Christianne Garcez pela Campus (2008)
>>> O Novo Mercado de Trabalho. Guia para iniciantes e sobreviventes. de Marco A. Oliveira pela Senac - RJ (2000)
>>> Um Grande Garoto. de Nick Hornby pela Rocco (2000)
>>> Breve Romance de Sonho. de Arthur Scgnitzler pela Globo (2003)
>>> História do Cerco de Lisboa. de José Saramago pela Globo (2003)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo. de Allan Kardec pela BesouroLux (2016)
>>> Morgoths Ring the History of Middle-earth Volume 10 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> Lugares dos Mortos na Cidade dos Vivos de Cláudia Rodrigues pela Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro (1997)
>>> The War of the Ring the History Ofthe Lord of the Rings Part 3 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Tolkien (2002)
>>> The Treason of Isengard the History of the Lord of the Rings Part 2 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Return of the Shadow 6 the History of the Lord of the Rings Part 1 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> A Idéia Republicana no Brasil Através dos Documentos de Reynaldo Carneiro Pessoa (Org.) pela Alfa-Omega (1973)
>>> The Shaping of Middle-earth the History of Middle-earth Volume 4 de J. R. R. Tolkien; Christopher Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Lays of Beleriand the History of Middle-earth Volume 3 de J. R. R. Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> The Book of Lost Tales II (the History of Middle-earth, Book 2) de J. R. R. Tolkien pela Harper Tolkien (2002)
>>> The Book of Lost Tales (the History of Middle-earth, Book 1) de J. R. R. Tolkien pela Harper Collins (2002)
>>> Tempo de Transcendência – O Ser Humano Como um Projeto Infinito de Leonardo Boff pela Sextante (2000)
>>> Jesus Cristo Libertador de Leonardo Boff pela Vozes (1972)
>>> O Livro de Ouro da Felicidade. Um guia prático aos estágios de meditação. de Sua Santidade, o Dalai Lama. pela Agir (2003)
>>> Viver Sem Tensão de Joseph Murphy pela Record (1959)
>>> Segredos do Iching – Os Mistérios da Sabedoria Oriental de Joseph Murphy pela Record (1970)
>>> A Magia do Poder Extra-Sensorial de Joseph Murphy pela Record (1994)
>>> Direito Constitucional 19ª ed. de Alexandre de Moraes pela Atlas (2006)
>>> A Paz Interior de Joseph Murphy pela Record (1979)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (Coleção O Poder do Subconsciente) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> O Poder Do Subconsciente de Joseph Murphy pela Record (1963)
>>> Mesa & Harmonia de Editores pela Companhia União dos Refinadores (1992)
>>> Festas & Férias de Editores pela Companhia União dos Refinadores (1989)
>>> Gibi Magali N°96 O Sumiço dos panetones de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2014)
>>> Gibi Almanaque da Magali N°22 de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2010)
>>> Gibi Magali N°34 A estrela cadente! de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2009)
>>> Gibi Magali. N°55. Lady Magaga. de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2011)
>>> Lições Positivas de Lauro Trevisan pela Da Mente (1993)
>>> Gibi Cebolinha N°30 de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2009)
COLUNAS

Terça-feira, 19/8/2008
A última casa de ópio, de Nick Tosches
Rafael Rodrigues

+ de 7000 Acessos
+ 4 Comentário(s)

Você pode comprar um livro porque alguém lhe indicou, ou por ter lido uma matéria sobre ele. Você pode também comprar um livro porque ele está em alguma lista de mais vendidos. Mas existem casos mais curiosos. Existem pessoas que compram livros pela capa, ou por causa do título. Não sem antes ler a orelha dele, claro. Há ainda pessoas que, antes de decidirem levar uma obra para casa, lêem os primeiros e os últimos parágrafos. Sim, lêem o fim do livro. Gostando de ambos, compram. Já fiz isso, uma vez, e não me arrependo. Mas sou do tipo que compra livros por intuição.

Não a intuição sozinha, pura, é claro. Acontece assim: você está em uma livraria e vê um livro na estante, quase que escondido, entre outros títulos. Você resolve folheá-lo. A capa é muito bonita, os dizeres da orelha são atraentes, mas, como você sabe, não se pode confiar em capas bonitas e orelhas elogiosas. Além disso, você não conhece o autor. Nenhum de seus amigos literatos recomendou que você o lesse. É muito provável que eles também não o conheçam. Você fica com o livro nas mãos por alguns segundos, enquanto pensa em tudo isso. Você sente o peso do livro, sente a capa, abre-o para sentir o cheiro. Você se interessa pelo livro, sente (alguma coisa lhe diz) que ele tem potencial, mas não o compra de imediato. Você o devolve ao seu lugar de origem e vai tomar um café. Alguns dias depois, acontece novamente: pega o mesmo livro, folheia-o a esmo, pensa em comprá-lo. Mas, não se sabe por qual motivo, não compra. Tempos depois, você o toma novamente em suas mãos e lê o primeiro parágrafo:

"Veja bem, eu precisava ir pro inferno. Eu estava, pode-se dizer, com saudade de casa. Mas antes, à guisa de explicação, a cebola."

É o início de A última casa de ópio (Conrad, 2006, 94 págs.), do jornalista e escritor americano Nick Tosches. "À guisa"? Quem mais usa "À guisa" hoje? Vocês conseguem perceber a beleza da expressão? "À guisa"! Um início genial, pois. Só isso já valeria o livro. Finalmente, você o compra. Depois de lidas as primeiras páginas, percebe que ele não é só um belo início. Mistura de história, jornalismo investigativo e road book, A última casa de ópio, narra a busca de Tosches por uma casa de ópio. O ópio, como todos sabem, é uma droga ilícita. Mas, para Tosches, o ópio é uma espécie de substância sagrada. E ele diz: "Sim, eu nasci para fumar ópio, nasci para fumá-lo numa casa de ópio". Mas, o leitor pergunta, por que o ópio? E por que a casa de ópio? Perguntas que o próprio Tosches faz no livro e também as responde: "A resposta pode ser dada numa palavra só: romance".

"Visões de locais escuros, de decadência luxuosa, com cortinas de brocado e almofadas de veludo, recendendo uma mistura de fumaça e aroma de incensos e da própria substância celestial, proibida, fabulosa. Serviçais silenciosos e solícitos. Atemporalidade. Santuário. Membros adoráveis despontando das vestes entreabertas de relaxadas e exóticas concubinas, docemente intoxicadas. Sonhos dentro de sonhos. Romance."

À primeira vista pode parecer que Tosches é um jornalista drogado e porra-louca. Mas ele faz questão de deixar claro que sua busca por ópio e por uma casa de ópio não é uma loucura sua: "Não me entendam mal: sou contra as drogas, há muito tempo renunciei ao seu uso e abracei o caminho espiritual apontado por A profecia celestina e aquele cara com a testa grande e brilhosa. Drogas matam". Tosches é só um homem com um objetivo, nada mais. E muita determinação em alcançá-lo. A diferença é que seu objetivo é um tanto quanto alternativo, digamos.

Tosches diz que nos Estados Unidos seria quase impossível conseguir ópio. Mais difícil ainda seria encontrar uma casa de ópio: "Por dois anos, com a ajuda de muitas pessoas, até de algumas não estranhas às camadas menos respeitáveis da sociedade, eu procurei". Esgotadas as suas possibilidades nos Estados Unidos ― e também na Europa, onde ele também procurou por uma casa de ópio ― ele decide ir ao Oriente. Talvez lá consiga encontrar o que tanto procura.

O mais interessante em A última casa de ópio não é nem o seu desfecho, mas sim o seu durante. Uma vez García Márquez disse algo mais ou menos assim: "se é necessário descrever a porta de um hotel em Paris, saiba quantos degraus tem a escada que vem depois dela, não importa se essa informação, no final, vai aparecer ou não". É o que faz Nick Tosches em seu livro: ele não apenas narra sua busca incessante por uma casa de ópio, mas conta a história da droga desde sua origem até sua derrocada e seu conseqüente quase total desaparecimento, além de mostrar o quão degradante pode ser viver em cidades como Hong Kong e Bangcoc. O livro é de uma riqueza jornalística que impressiona.

E depois de passar por apuros, becos escuros e lidar com pessoas de caráter duvidoso em busca de sua "droga sagrada", Tosches parece enxergar melhor as coisas. Tanto que logo no início do livro ele faz duras críticas às nossa sociedade: "A nossa era é, cada vez mais, a era do pseudoconhecimento, o modo pelo qual tentamos totalmente nos diferenciar da maioria medíocre".

Grata surpresa, A última casa de ópio pode ser lido de diversas maneiras: relato de viagem, jornalismo, história, crítica social. E é tudo ao mesmo tempo. Mas nem por isso deixa de ser um livro divertido, instigante e às vezes até esculachado. Mais um fruto do jornalismo gonzo. Se você gosta de jornalismo e literatura e não conhece o gênero nem Nick Tosches, não sabe o que está perdendo...

Para ir além






Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 19/8/2008


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Championship Vinyl - a pequena loja de discos de Renato Alessandro dos Santos
02. Omissão de Ricardo de Mattos
03. Tempos de Olivia, romance de Patricia Maês de Jardel Dias Cavalcanti
04. Silêncio de Ricardo de Mattos
05. A São Paulo em dias de greve geral de Elisa Andrade Buzzo


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2008
01. Caio Fernando Abreu, um perfil - 28/10/2008
02. Meus melhores filmes de 2008 - 30/12/2008
03. As horas podres, de Jerônimo Teixeira - 21/3/2008
04. Jovens blogueiros, envelheçam - 18/4/2008
05. A última casa de ópio, de Nick Tosches - 19/8/2008


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
19/8/2008
12h07min
Rafael, esse livro do Tosches é realmente uma viagem muito boa. E é bem pequeno, a gente tasca ele em meia hora.
[Leia outros Comentários de Daniel Lopes]
20/8/2008
10h31min
Interessantíssimo! Gostei! Parece que esse Tosches sabe das coisas. Outro dia vi em um documentário plantações de papoulas no Oriente (e o comércio da droga como uma questão de sobrevivência desse povo esmagado pela guerra). O negócio é violento, e os consumidores de heroína vendem realmente até a alma para umedecer as veias. Não me pareceu que a extração do ópio esteja em decadência, pelo contrário, as plantações de papoulas são vastas e a procura pela droga é crescente. Quero conferir esse livro. Parabéns pelo texto.
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy]
20/8/2008
10h43min
Adriana, umas das coisas que Tosches fala no livro e que eu não falei na resenha é que o ópio vem sendo utilizado mais para a fabricação de outras drogas. O consumo puro e romântico do ópio é raridade, segundo ele. Na verdade, pelo que Tosches diz, não existe mais o ópio puro, mas sim uma variante manipulada, suja e ruim dele. Obrigado pelo comentário, abraço!
[Leia outros Comentários de Rafael Rodrigues]
21/8/2008
00h01min
Você tem razão. Mas esse livro me remeteu ao documentário que vi recentemente. Pois bem, o ópio, como Sherlock Holmes usava, realmente, deve ser coisa rara. O Guga tem uma música que ele compôs há muitos anos que diz: "Uma papoula é tão bonita, mas é a morte a quem se trai, eu quis apenas te mostrar a flor que matou nossso pai". Valeu pela explicação. Abraço.
[Leia outros Comentários de Adriana Godoy]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A QUINTA-COLUNA
ERNEST HEMINGWAY
BERTRAND BRASIL
(2019)
R$ 30,00



VIGÍLIA POÉTICA
HENRIQUETA LISBOA
GOVERNO DO ESTADO DE MINAS GERAIS
(1968)
R$ 40,00



JOHN DONNE E A CRÍTICA BRASILEIRA - TRÊS MOMENTOS, TRÊS OLHARES
JOSÉ GARCEZ GHIRARDI
AGE
(2000)
R$ 8,38



FUNDAMENTOS DA ADMINISTRAÇÃO DA PRODUÇÃO COM CD
MARK M. DAVIS NICHOLAS J. A. RICHARD B. CHASE
BOOKMAN
(2001)
R$ 70,00



SUCESSO ESCOLAR
MÁRIO DE NORONHA E ZÉLIA DE NORONHA
PLÁTANO
(1998)
R$ 17,86



RAÇAS E COSTUMES DO MUNDO INTEIRO
DIRETOR RESPONSÁVEL, DELMAN BONATTO
VECCHI
(1958)
R$ 60,00



A HORA DOS RUMINANTES - COLEÇÃO LITERATURA BRASILEIRA CONTEMPORÂNEA
JOSÉ J. VEIGA
TRES
(1974)
R$ 7,90



LES VAISSEAUX DU POISON: LE ROUTE DES DÉCHETS TOXIQUES
FRANÇOIS ROELANTS DU VIVER
SANG DE LA TERRE
(1988)
R$ 39,28



O QUE É NATAÇÃO SINCRONIZADA E SALTOS ORNAMENTAIS
SILVIA VIEIRA; ARMANDO FREITAS
CASA DA PALAVRA; COB
(2006)
R$ 12,28



BALMACEDA - COLEÇÃO PROSA DO OBSERVATÓRIO
MAX GUNTHER
COSAC & NAIFY
(2008)
R$ 17,99





busca | avançada
62566 visitas/dia
2,2 milhões/mês