Você cumpre as promessas de final de ano? | Débora Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
42810 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 12/1/2011
Você cumpre as promessas de final de ano?
Débora Carvalho

+ de 3700 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Entra ano, sai ano, e a tradição de fazer uma lista de coisas que desejamos realizar no ano que vai começar é a mesma de sempre.

No ano que vem eu vou...

Emagrecer, fazer academia, virar vegetariano, parar de beber refrigerante, ler um livro por mês, estudar inglês, ser menos briguento, dar uma mesada mais gorda pros meus pais velhinhos, parar de brigar com a minha filha, parar de beber, parar de fumar, começar a fazer artesanato como hobby (em vez de assistir tanta televisão), não vou assistir a nenhuma novela, vou frequentar mais o teatro, frequentar mais a igreja, parar de ver pornografia na internet, parar de trair o meu cônjuge, fazer as pazes com minha ex-amiga que roubou meu namorado, pedir as contas e montar o meu próprio negócio, pagar direitinho a pensão do meu filho que mora com a mãe, parar de implicar com meu ex-marido e sua nova mulher, adotar financeiramente uma criança de alguma ONG ou orfanato, fazer uma boa ação por semana, casar com minha noiva dos 10 últimos anos, engravidar, não vou engravidar pela oitava vez, vou entrar na faculdade, vou voltar para a faculdade, vou escrever um livro, vou fazer uma plástica, vou aprender a tocar violão, vou abrir uma poupança para economizar dinheiro, vou fazer uma viagem para o exterior...

Tem gente que faz até uma listinha, ou listona, e guarda em algum lugar para no final do ano conferir quantas promessas conseguiu cumprir. Eu mesma já fiz isso algumas vezes. O engraçado é que raramente conseguia recordar onde a bendita lista estava escondida. Mentalmente, não conseguia recordar o que havia escrito. E, quando encontrava a dita cuja, não havia cumprido quase nada ― às vezes nada. Então, desisti desse ritual. Para mim, não funciona.

Tenho uma colega que desde a sétima série coloca "emagrecer" e "fazer academia" na lista de ano novo. Quase 10 anos depois ela conseguiu. Fiquei um tempo sem vê-la, pois foi fazer faculdade em outro estado. Quando voltou, estava irreconhecível. Mas, antes disso, todo início de ano ela se matriculava na academia e não frequentava nem um trimestre inteiro.

Outro colega é hilário: em todas as festas de final de ano ele diz que é a última vez que come carne. Aí se acaba de tanto comer, dizendo que é despedida. Uma ou duas vezes ele vai na churrascaria e só come massas e salada, repetindo o tempo todo que virou vegetariano e importunando todo mundo com aquelas piadas ridículas de "você está comendo um defunto", entre outras piores. Tudo bem que é verdade, mas não precisa ficar falando, né? Então, em algum almoço de galera, ele se rende: "Eu não tô comendo carne, mas esse cheirinho tá me matando. Uma vez só não tem problema, né?". E nas festinhas do final do ano é sempre aquela despedida.

Refrigerante é uma coisa. Inclusive para mim, que nunca tomei o desgraçado até os meus 18 anos de idade. "Dá celulite" ― era o meu firme pensamento para não tomar. Mas então você está morrendo de sede na festa de aniversário da sua amiga e não tem suco. Você bebe um gole para molhar a garganta e... não dá. Quando se dá conta, sua geladeira está cheia de garrafas da bebida gasosa, pois todas as visitas adoram e não dá trabalho nenhum ― além de ser mais barato do que suco de caixinha. Um belo dia você se conscientiza e passa longe dos engradados no supermercado. Mas fora de casa...

Ler um livro por mês, estudar inglês, não assistir a nenhuma novela, começar a fazer artesanato como hobby estão sempre na mesma lista, juntinhos. Lindo. Quem dera alguém conseguisse cumprir tudo isso. O sujeito até desiste de assistir o final da novela que já estava assistindo e começa a ler. A novela termina, ele perde o final, fica com raiva e esconde. Começa a criticar todo mundo que assistiu, diz que nem quer saber o final. Começa a nova novela. Ele vê alguns pedaços no comerciais, diz que a novela não vai ter a menor graça. Vai pro quarto ler. Quando visita um amigo que assiste a novela é que é a desgraça. Ele faz tantas perguntas que não deixa ninguém assistir o capítulo da noite. Critica, fala mal, mas depois vai procurar as sinopses na internet. Um belo dia, larga o artesanato pela metade, e o livro empoeirando... e promete mais uma vez que é a última novela que assiste.

Parar de beber e/ou de fumar é um drama que toda família tem. Algum parente tem que ter algum desses vícios. Perdi meu avô para o cigarro, e tenho alguns tios que todo ano as esposas dizem que vão abandoná-los se não pararem de beber. Deve ser mesmo muito difícil. Nem faço ideia.

"Pedir as contas e montar o meu próprio negócio." Ah... O gostinho de cumprir essa promessa eu conheço. Demorou, mas consegui. E olha que consegui justamente quando parei com a lista. Mas conheço gente que ainda não criou coragem, e outros que, depois de uns dois ou três anos no próprio negócio, resolveram voltar para a CLT.

"Casar com minha noiva dos 10 últimos anos" é outra novela. Uma amiga minha sofreu muito com isso. Todo ano o noivo prometia: Ano que vem a gente casa! Que nada... depois de 13 anos, ela conheceu um cara pela internet e em seis meses estava casada. Dá pra acreditar? Só que o noivo dela descobriu que ela era a pessoa com quem ele realmente queria ter se casado. Depois de 2 anos infernizando a vida dela pra voltar pra ele, ela cedeu. Foram morar juntos. Mas casamento mesmo, no papel, ainda está na promessa.

Ah, ainda tem o dilema feminino atual: gravidez. Muitas mulheres sofrem com isso. Até querem, mas a importância que a carreira tem para elas, hoje, faz com que a maternidade fique em segundo plano. E pensar que há até pouco tempo a prioridade era sempre a procriação. Eu mesma casei muito mais tarde do que imaginava que me casaria quando adolescente. Mas resolvi engravidar antes dos 35 ― embora quando casei a ideia era esperar para engravidar aos 34. De repente, decidimos. No mesmo mês, a Lara foi encomendada. Mas algumas amigas minhas já estão casadas há uns 10 anos e sempre deixam para "o ano que vem". Algumas já passaram dos 35. Por outro lado, também conheço algumas garotas que começaram a procriar aos 15 anos e hoje têm um time de futebol, cada um de um pai.

"Começar a poupar dinheiro" deveria ser uma coisa aprendida na infância. Infelizmente, a gente quase nunca aprende. E, quem quer, demora a conseguir praticar. Geralmente, nem bem recebemos o dinheiro e já sabemos exatamente como vamos gastar. Ou pior: vamos dar uma volta no shopping só para assistir a um filme e, de repente, o cinema se transforma numa reprise do filme Delírios de Consumo de Becky Bloom. E não é só mulher que faz isso não. Muitos homens também. A diferença é que mulher gosta de gastar mais com roupa e sapato. Os homens, com eletrônicos. Mas quando o sujeito finalmente consegue planejar seus gastos conforme as dicas do Gustavo Cerbasi, vira outra pessoa. De repente, começa a falar de investimentos, de cotação do dólar, de previdência... e até mesmo de realizações que antes jamais poderia fazer, porque nunca sobrava dinheiro. Aí, quer cortar tudo. As saídas, o cinema, o cabeleireiro, a esteticista... e até os almoços de família que deveriam ser na sua casa. Se não corta o almoço, muda o cardápio ou começa a pedir para cada um levar um prato, ou aceita que você leve um quando você só ofereceu por educação. Fala sério... Duvido que o Gustavo Cerbasi faça isso.

O ano que passou foi interessante para muita gente. Eu curti tudo o que me aconteceu, exceto os quilos a mais por não conseguir controlar minha alimentação no final da gestação (foi o ano em que me tornei mãe). E ainda espero que 2011 seja tão bom ou melhor do que 2010. A lista tradicional eu não vou fazer. Claro que quero realizar muitas coisas, e tenho consciência de que não conseguirei fazer tudo o que pretendo. Entre elas, emagrecer, fazer artesanato, ler mais livros, assistir menos televisão e não beber refrigerante nem fora de casa. Será que desta vez eu consigo?


Débora Carvalho
São Paulo, 12/1/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Domingão, domingueira de Ana Elisa Ribeiro
02. Paris branca de neve de Renato Alessandro dos Santos
03. O Voto de Meu Pai de Heloisa Pait
04. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
05. De quantos modos um menino queima? de Duanne Ribeiro


Mais Débora Carvalho
Mais Acessadas de Débora Carvalho
01. Choque de realidade no cinema - 23/2/2010
02. Por que comemorar o dia das mães? - 4/5/2010
03. Metade da laranja ou tampa da panela? - 13/7/2010
04. Como você aprende? - 24/2/2011
05. Orgasmo ao avesso - 22/6/2010


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/12/2010
19h16min
Que texto legal. Eu faço uma lista mental e tenho conseguido. Consegui ler os 12 livros (no mínimo) que queria (um por mês); passei a ver menos televisão - me viciei na internet e me joguei no trabalho - que, aliás, foi um campo que eu também alcancei meus objetivos. E para ano que vem... Bem... no momento tô de férias, vou pensar nisso no ano que vem.
[Leia outros Comentários de Renan O. Pacheco]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONVITE DE CASAMENTO - SABRINA 1221
ANNETTE BROADRICK
HARLEQUIN BOOKS
(2002)
R$ 6,90



O DIÁRIO DE UM MAÇOM
PAULO VALZACCH
UNIVERSO DOS LIVROS
(2008)
R$ 15,00



LIDERANDO E INTERAGINDO COM TODOS
JORGE FONTES
PARMA
(2007)
R$ 7,00



50 DIRETRIZES (E 186 METAS) PARA O 50º ANIVERSÁRIO DE OSASCO 2012
PREFEITURA DE OSASCO (SEGUNDA EDIÇÃO)
PREFEITURA OSASCO
(2010)
R$ 18,28



NOVOS TITÃS 35
VARIOS AUTORES
DC - PANINI COMICS
(2013)
R$ 20,00



COMO SER LEGAL
NICK HORNBY
ROCCO
(2002)
R$ 5,50



SINPSES JURÍDICAS VOL. 12 - PROCESSO DE EXECUÇÃO E CAUTELAR
MARCUS VINICIUS RIOS GONÇALVES
SARAIVA
(2009)
R$ 15,17



ISLAMISMO E HUMANISMO LATINO: DESAFIOS E DIÁLOGOS
ARNO DAL RI JR E ARI PEDRO ORO (ORGS)
VOZES
(2004)
R$ 32,28



O PARAÍSO VIA EMBRATEL
LUIZ AUGUSTO MILANESI
PAZ E TERRA
(1978)
R$ 20,00



MANUAL DO SELECIONADOR DE PESSOAL
J. H. BUENO
LTR
(1995)
R$ 10,00





busca | avançada
42810 visitas/dia
1,2 milhão/mês