Dê uma lidinha | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
71132 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quinta-feira, 6/9/2012
Dê uma lidinha
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2800 Acessos

No momento em que escrevo esta linha, acabo de ouvir "vou dar uma olhada", e minha alma sente um estremecimento. É uma frase que ressoa com a implacabilidade de um famoso verso épico, "As armas e os barões assinalados", ou que me deixa num ambíguo sentimento de desventura, como no início de certos sonetos camonianos − "Tanto de meu estado me acho incerto", "Aquela triste e leda madrugada". Tal é o poder das palavras que, unidas − ferinas, sensatas, amadas −, podem causar sensações e opiniões díspares.

Mas não condeno ninguém que fale assim e "dê uma olhada" nas coisas. O dia a dia do século XXI parece impor um "passar de olhos", no máximo. Para quando ficará o "olhar" e a leitura, não sei. Quem sabe estes conceitos estejam se reformulando mais do que nunca e eles deverão persistir, mas de outra forma, transversalmente. Um dia, talvez, assim se escreverá, pelo pastiche da coisa, depois, pela norma que será a culta. Nem julgo, pois eu mesma já me peguei pecando (mas, afinal, é errado dizer assim?) e, depois de pronunciar a frase, me veio um grande sentimento de culpa. Mesmo eu, que presto atenção às palavras e tento lhes dar o valor que lhes é devido, que reparo tanto nesse vício, recaio vez ou outra sobre ele e, finalmente dou uma bela de uma olhada. Só se for assim.

Mas o que é ruim sempre dá para piorar. Pior que "Vou dar uma olhada" é "Vou dar uma olhadinha", pior que "vou dar uma lida", uma "lidinha". E nas situações mais improváveis me deparo com variantes desta expressão, ao que parece, mais do que consagrada pelo uso escancarado. Na culinária, "dar uma refogada", e então, imagino que a comida deve ficar crua, no cabeleireiro, "dar uma secada", e o penteado fica seriamente comprometido, na editoração, "dar uma lida", e o texto fica male e mal revisado. Parece mesmo que há apenas dois verbos passíveis de aceitarem as condições precárias já mencionadas, pois então seria possível "dar uma escrevida" ou "dar uma morrida"? Quando o caso é de vida ou morte são necessários meios reais e coragem.

Só consegui chegar a duas conclusões diante desse fantasma rondando os seres falantes. Como a explicação é frouxa, nada científica, e não quero me comprometer, creio que posso dizer que vou "dar uma tentada". Há dois pontos: o vício veio da língua inglesa, como no caso já largamente comentado "eu estarei fazendo [isso]" (I will be [...]). Não, meu amigo professor me dissuadiu da ideia de que "vou dar uma olhada" viria de "I will take a look", por exemplo. A tradução para o português desta expressão seria "vou olhar". Nosso problema, portanto, dificilmente trata-se de um anglicismo. Então, agora podemos seguir a segunda linha de raciocínio e considerar um aspecto mais sutil da origem de tal expressão, ao tentar adentrar na mentalidade do brasileiro.

Tal conceito de "dar uma + verbo" surpreendentemente abarca diversas classes sociais e aqui podemos considerá-lo como parte do tal "jeitinho brasileiro". Pelo que percebi durante o tempo em que o ouvia, sua premissa é o ato de fazer algo sem comprometimento. Caso algum erro passe, não há maiores implicações, pois de antemão foi avisado que seria apenas "uma olhada", uma olhada "básica", talvez alguém poderia emendar. Pois então, no momento mais crítico, em que mais se precisa de atenção é que se opta pela espiada despojada?

Outras facetas da língua portuguesa falada em São Paulo também me intrigam, e o ponto que as liga é a porção emocional que a língua faz transparecer, quem sabe sutilmente. Ônibus lotado. Alguns passageiros se exaltam ao perceber que podem perder seu ponto de parada. Um grita, ou então, é em coro, "Vai, descer!!!". Quem "vai", "ele"? Não, "eu", logo o mais lógico seria dizer "Vou descer" (ou "vamos descer", num pitoresco ímpeto coletivo). Uma das características sempre ditas do povo é sua capacidade de se solidarizar nas situações emergenciais, e essa pode ser uma delas. Depois do aperto, tudo volta ao normal e a paz do empurra-empurra reina nos coletivos. Assim, também terei meus momentos de solicitude e vou entender as limitações do olhar.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 6/9/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Goeldi, o Brasil sombrio de Jardel Dias Cavalcanti
02. As pedras de Estevão Azevedo de Wellington Machado
03. Educação divertida e diversão educativa de Carla Ceres
04. Bibliotecas públicas, escolares e particulares de Ana Elisa Ribeiro
05. Ler, escrever e fazer contas, só que hoje de Ana Elisa Ribeiro


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2012
01. Lobo branco em selva de pedra: Eduardo Semerjian - 1/3/2012
02. O lilás da avenida sou eu - 13/9/2012
03. Perdidos em Perdizes - 28/6/2012
04. Ode ao outono - 12/4/2012
05. O crime da torta de morango - 18/10/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MENINOS DE RUA - A INFANCIA EXCLUIDA NO BRASIL
LIGIA COSTA LEITE
ATUAL
(2001)
R$ 7,90



SOCIOLOGIA HISTÓRICA DO POLÍTICO.
YVES DÉLOYE
EDUSC
(1999)
R$ 23,92



A MULHER V MODERNA À MODA ANTIGA
CRISTIANE CARDOSO
THOMAS NELSON BRASIL
(2013)
R$ 5,00



GRAMÁTICA EUROLINGUA - DEUTSCH ALS FREMDSPRACHE: EUROLINGUA DEUTSCH: LERNERHANDBUCH
EUROLINGUA DEUSTSCH
CORNELSEN
(2001)
R$ 28,00



A BÍBLIA
J M ROVIRA BELLOSO
MARTINS FONTES
(1993)
R$ 14,02



PUT SOME FAROFA
GREGÓRIO DUVIVIER
COMPANHIA DAS LETRAS
(2014)
R$ 9,80



OS IRMÃOS CORSOS
ALEXANDRE DUMAS
ABRIL
(1979)
R$ 6,90



VIVA BEM !
MAX. HANIBAL
RIPRESS
(2003)
R$ 7,90



REVISTA PAULISTA DE MEDICINA VOL. 41, N. 5 NOVEMBRO DE 1952
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDICINA
ASSOCIAÇÃO PAULISTA DE MEDI
(1952)
R$ 16,75



O PESCADOR E O PEIXINHO
ALAIN VAN CRUGTEN E GAETAN EVRARD
SCIPIONE
(1993)
R$ 5,00





busca | avançada
71132 visitas/dia
2,6 milhões/mês