Formatura | Daniel Bushatsky | Digestivo Cultural

busca | avançada
22991 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Mostra Primeiros Passos
>>> José Patrício inaugura exposição inédita em Brasília
>>> Livro mostra a ambiguidade entre amor e desamor
>>> Red Bull Station estreia exposições de letrista e de coletivo feminino em julho
>>> Alaíde Costa e Toninho Horta mostram CD em parceria na CAIXA Cultural São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A luz da alma - Haifa Israel
>>> Tempo & Espaço
>>> Mão única
>>> A passos de peregrinos ll
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES IV
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Con(fusões)
>>> A passos de peregrinos l
>>> Ocaso
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES I
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A música clássica ensurdece a democracia caótica
>>> Dê-me liberdade e dê-me morte
>>> Telemarketing, o anti-marketing dos idiotas
>>> Memórias da revista Senhor
>>> É o Fim Do Caminho.
>>> Ao Abrigo, poemas de Ronald Polito
>>> O massacre da primavera
>>> Raio-X do imperialismo
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> O Brasil que eu quero
Mais Recentes
>>> Tomás de Aquino
>>> Minha limpeza corporal - Le grand Ménage
>>> Max Weber e a política alemã
>>> Isaiah Berlin
>>> La Magia en Acción
>>> Introdução à epistemologia
>>> As causas da grandeza do romanos e da sua decadência
>>> Hannah Arendt
>>> Paixão por vencer. A bíblia do sucesso
>>> O Livro Completo de Bruxaria do Buckland
>>> O Escaravelho do Diabo
>>> Llora Herraiz
>>> Festa no Covil
>>> O Fazedor de Velhos
>>> Mentes Tranquilas, Almas Felizes
>>> Contabilidade Pública: da Teoria à Prática
>>> Estudo de Movimentos e Tempos
>>> Cartas Comerciais em Espanhol
>>> Organização , Sistemas e Métodos e As Tecnologias de Gestão Organizacional
>>> Perdas & Ganhos
>>> Dom Casmurro
>>> História da Arte
>>> O sentido da realidade. Estudos das ideias e de sua história
>>> Práticas de Linguagem - Leitura & Produção de Textos
>>> Pássaros Feridos
>>> Geografia do Brasil - Espaço Natural, Territorial e Sócioeconômico brasileiro
>>> Contratos Internacionais do Comércio
>>> Marketing Social: Novos Paradigmas
>>> Gestão Financeira das Empresas: um Modelo Dinâmico
>>> Fundamentos de Economia
>>> Economia Brasileira Contemporânea: Para Cursos de Economia e Administração
>>> À Margem da Linha
>>> Conecte História - 3º Ano - Ensino Médio
>>> Biologia 3 - 3ª edição
>>> Culinária para Bem Estar
>>> A Ilíada e a Odisseia - Coleção Clássicos Em Quadrinhos
>>> Asas do Brasil - Uma História que Voa Pelo Mundo - Em Ótimo Estado
>>> Esquecer o natal
>>> O Mistério dos Sete Candelabros de Ouro
>>> Dom Quichote De La Mancha - Cervantes / Gustavo Doré - Raro
>>> Coleção Fernando Sabino 12 Volumes Editora Record 1984
>>> Livro Curso Prático De Imposto De Renda
>>> O Medo e a Ternura
>>> Liberdade Virtual
>>> A Colina dos Suspiros
>>> Pretinha, eu?
>>> Amor Não Tem Cor
>>> A Morte Tem Sete Herdeiros
>>> Contos Urbanos e Lendas Rurais
>>> Redes de Abuso
COLUNAS

Segunda-feira, 18/2/2013
Formatura
Daniel Bushatsky

+ de 3300 Acessos

Ela acordou, mas não quis levantar. Já era meio dia e, mesmo assim, ficou estatelada. Aquela era a grande noite. Estava pensativa nos últimos dias. Com um nó na barriga, que não se desfazia.

Recordou, calmamente e mentalmente, as tarefas do dia: unha, cabeleireiro, maquiagem, prova do vestido, com o sapato comprado no dia anterior (na maior correria), ligar para a mamãe. Ah, quanto coisa... e se não desse tempo?

O telefone tocou. Era sua amiga querendo saber as novidades do dia anterior (tinha ido à sua primeira reunião de negócios - não falou nada e tomou tanto café que prometeu não beber por um ano aquele líquido horrível com gosto amargo) e saber se ela tinha convites sobrando (que interesseira). Depois foi a vez da sua mãe, que ligou reclamando da sua falta de compaixão com o irmão. Que hora para falar sobre aquilo. Desligou.

Aqueles não estavam sendo dias fáceis. Todas as suas amigas somente queriam saber de se embelezar para a grande noite. Tudo bem que esperaramcinco anos, mas o que aquela noite tinha realmente de tão especial? Nunca conversavam sobre isto: o papo era cabelo, vestido e convidados, mas nunca o motivo de toda aquela felicidade!

Primeiro recordou alguns amigos, nascidos em família abastada, que, na opinião dela, não faziam mais do que obrigação em se formar. Melhores escolas, intercâmbios, viagens, ou seja, tudo o que tinham direito. Onde estava o mérito? Alguns fizeram estágio? Grandes escritórios? Muito trabalho? Mesmo com "tanto esforço" não enxergava o mérito.

Ela não. Tinha vindo de família humilde. Morava sozinha na cidade grande, trabalhava, estudava, tinha feito amigos, estava até ajudando um professor em uma pesquisa. Mas não ia mentir: tinha gente em situação bem pior... tinha(m) o direito de comemorar?

Mas o que estava realmente comemorando? E aquele nó, por que não passava? Comeu uma barra de chocolate.

Até entrar na faculdade, a sua única obrigação era crescer. E crescer, no sentido físico da palavra, é algo natural. Na passagem da infância à adolescência, tinha visto seu corpo realmente mudar, os seios aumentaram, o quadril alargou e o mau humor mensal começou (nem sempre tinha tanto mau humor, mas era uma arma ótima, principalmente contra o namorado), mas já da adolescência para a idade adulta, fora uma pequena engordadinha (como todas as suas amigas), ela não tinha sentido grandes alterações.

Por outro lado, suas obrigações aumentaram em proporção geométrica. Se antes, era entregar a lição de casa, sob pena de um puxão de orelha, hoje é entregar o relatório sob pena de demissão. Tinha amadurecido naqueles cinco anos. Mas continuava sem se emocionar para a grande noite! E pensar que tinham amigos que choram só em comentá-la.

A diferença não era física, era "mental". Tinha feito uma escolha. Uma não, várias. Ao decidir pela sua profissão, decidiu (em tese) o local que iria viver nos seus próximos cinco anos, as pessoas que estariam ao seu lado e seu futuro profissional.

Tão poucas informações... Na época, sua orientadora profissional no colégio pegou seu boletim e disse taxativa: se você vai tão bem em história e geografia, sem contar a boa pontuação (o que é isto? as notas eram dadas em conceito) em português, certamente precisava ser advogada. O mais perto que ela já tinha chegado de um advogado era no divórcio de seus pais, quando fora ao fórum, e no filme Advogado do Diabo, que ela assistiu dez vezes - aiii, o Keanu Reeves era apaixonante.

No primeiro dia de aula, foi avisada pelo quintanista de plantão, que os bacharéis em direito podiam ser, delegados, professores, promotores, juízes, servir algumas carreiras públicas e, lógico, ser advogados.

Passados os cinco anos somente não entendeu onde história e geografia entravam no currículo das faculdades de direito. Que raiva!!!

Tinha realmente tomado muitas decisões. Tantas que não se lembrava de todas, só de uma: tinha entrado na faculdade para ser independente! Isto ela era, em termos. Não financeiramente, mas tinha bastante liberdade. Chorou e se estressou, virou noites, pegou um ou outro exame, tinha vencido!

Pensou: entrei na faculdade para ser independente. Era isto! Mas o nó não se desfez. Realizou que a liberdade era diferente dos filmes de Hollywood, não tinha praia e garotos com torço bonito e, menos ainda, seu cachecol não voava com o vento. Sua liberdade era fruto do seu esforço e dedicação.

Tinha que ir ao cabeleireiro. Conformada pensou: a grande noite seria a formatura de sua independência.

Enquanto cortava o cabelo, viu no espelho o reflexo de uma menina. Uma menina corada, satisfeita e realizada!

Quando sua última mecha caiu, viu no espelho a felicidade. Tinha, acima de tudo, sido feliz!

A grande noite era a formatura da sua felicidade!

Que venha a valsa...


Daniel Bushatsky
São Paulo, 18/2/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Festival de Mantiqueira, Oprah Winfrey e Ronaldo de Daniel Bushatsky
02. Ainda, sempre, Oranje! de Tatiana Mota
03. Reflexões boêmias sobre música de Milton Ribeiro
04. Entrelinhas de Guga Schultze
05. Haverá sangue de David Donato


Mais Daniel Bushatsky
Mais Acessadas de Daniel Bushatsky em 2013
01. Palavra de Honra - 9/9/2013
02. Amar a vida! - 10/6/2013
03. Rejeição - 21/4/2013
04. Formatura - 18/2/2013
05. Família e Maldade - 20/5/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESPAÇO NACIONAL, FRONTEIRAS E DESLOCAMENTOS NA OBRA DE ANTÔNIO TORRES
CLÁUDIO CLEDSON NOVAES, ROBERTO H. SEIDEL (ORG.)
UEFS
(2010)
R$ 25,00



UM LIVRO FORJADO NO INFERNO- O TRATADO ESCANDALOSO DE ESPINOSA E O NASCIMENTO DA ERA SECULAR.
STEVEN NADLER
TRÊS ESTRELAS
(2013)
R$ 29,99



QUINCAS BERRO D'ÁGUA E O GATO MALHADO
JORGE AMADO
RECORD
(1983)
R$ 30,00
+ frete grátis



TUDO É POSSIVEL
ALLAN PERCY
SEXTANTE
(2013)
R$ 10,00



RANGERS: ORDEM DOS ARQUEIROS 1 - RUÍNAS DE GORLAN
JOHN FLANAGAN
FUNDAMENTO
(2009)
R$ 16,90



SCJP SUN CERTIFIED PROGRAMMER FOR JAVA 5 NEW EDITION (SEM CD)
KATHY SIERRA / BERT BATES
MCGRAW HILL
(2006)
R$ 29,00



UM AMOR PARA RECORDAR
NICHOLAS SPARKS
NOVO CONCEITO
(2013)
R$ 6,78



VIAGENS PSÍQUICAS
RUSSEL B. ADAMS
ABRIL LIVROS
(1993)
R$ 10,00



OS JOGOS TEATRAIS DE VIOLA SPOLIN: UMA PEDAGOGIA DA EXPERIÊNCIA
KARINE RAMALDES E ROBSON CORRÊA DE CAMARGO
KELPS
(2017)
R$ 35,00
+ frete grátis



JOSÉ E SEUS FILHOS VOL 8
GORDON LINDSAY
GRAÇA
(2001)
R$ 5,00





busca | avançada
22991 visitas/dia
1,1 milhão/mês