Intervenção militar constitucional | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
41820 visitas/dia
922 mil/mês
Mais Recentes
>>> TV Brasil pré-estreia Atos com Antonio Pitanga nesta segunda (19/11)
>>> TV Brasil apresenta programação temática na Semana da Consciência Negra
>>> Baterias Brasileiras do Sesc Belenzinho apresenta shows com Pupillo e Curumin
>>> Refúgios Musicais do Sesc Belenzinho apresenta banda de haitianos Surprise
>>> Avesso - O Musical aborda conflito de gerações em musical jovem de fortes emoções
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Do canto ao silêncio das sereias
>>> Vespeiro silencioso: "Mayombe", de Pepetela
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> O artífice do sertão
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> Um lance de escadas
>>> No tinir dos metais
>>> De(correntes)
>>> Prata matutina
>>> Brazil - An Existing Alien Country on Planet Earth
>>> Casa de couro IV
>>> 232 Celcius, ou Fahrenheit 451
>>> Mãe
>>> Auto contraste
>>> Os intelectuais e a gastronomia
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Emagrecer sem sofrer? Isso é papo de revista
>>> Dez obras da literatura latino-americana
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Negrinha e os donos do sentido
>>> AC/DC com Bon Scott
>>> Filosofia de boteco
>>> Mar de Gente, de Ivaldo Bertazzo
>>> Cassionei Niches Petry
>>> A barata na cozinha
>>> O desafio de publicar
Mais Recentes
>>> Historia 2 - Projeto Buriti - Ensino Fundamental de Equipe Editora Moderna pela Moderna (2007)
>>> Revista nintendo world--187--captain toad treasure tracker de Case pela Case
>>> Revista nintendo world--5--1999--dicas,truques e codigos. de Conrad pela Conrad
>>> Geografia - Homem & Espaço - 7º Ano de Elian Alabi Lucci e Anselmo Lazaro Branco pela S M Edições (2018)
>>> Revista nintendo world--9--star wars--episodio 1. de Conrad pela Conrad
>>> Quem me roubou de mim? de Pe. Fábio de Melo0 pela Planeta (2014)
>>> Revista nintendo world--17--as melhores 2000 dicas,truques e codigos. de Conrad pela Conrad
>>> Geografia - Aprender Juntos - Ensino Fundamental 3º ano de Leda Leonardo da Silva pela S M Edições (2010)
>>> Madalena (novela) de Cristiane Dantas pela Mec (2006)
>>> Revista nintendo world--53--segura essa!.--2003-dicas,truques e codigos. de Conrad pela Conrad
>>> Revista nintendo world--34--jogamos o gamecube!. de Conrad pela Conrad
>>> Revista nintendo world--45--resident evil. de Conrad pela Conrad
>>> Revista nintendo world especial--1--quake ii. de Conrad pela Conrad
>>> Os Cinco Demônios de Camila S. Aguirre pela Novos Talentos (2015)
>>> Diário De Um Zumbi Do Minecraft - Trocando De Corpo de Herobrine Books pela Sextante (2015)
>>> Cobras em compota (contos) de Índigo pela Mec (2006)
>>> Coleção Da Série Conspiracy 365 - janeiro a Dezembro de Gabrielle Lord pela Fundamento (2016)
>>> Conspiracy 365 - Livro 12 Dezembro - Fuga Final de Gabrielle Lord pela Fundamento (2018)
>>> Léo, o pardo (biografia) de Rinaldo Santos Teixeira pela Mec (2006)
>>> Conspiracy 365 - Livro 11 Novembro - Surpresa de Gabrielle Lord pela Fundamento (2016)
>>> O conteúdo poítico da sociologia de Leon Bramson pela Fundo de Cultura (1961)
>>> Conspiracy 365 - Livro 10 Outubro - Novidade Chocante de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Família composta (teatro) de Domingos Pellegrini pela Mec (2006)
>>> Conspiracy 365-livro 08 Agosto-o Pesadelo Se Torna Realidade de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Conspiracy 365 - Livro 06 Junho - Caça Ao Tesouro de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Conspiracy 365 - Livro 04 Abril - Contra O Relógio de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Conspiracy 365 - Livro 02 Fevereiro - Em Busca Da Verdade de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Conspiracy 365 - Livro 01 Janeiro - O Enigma Dos Desenhos de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> As Upanishads de Carlos Alberto Tinôco pela Ibrasa (1996)
>>> A Doutrina Secreta - Volume 1 - Cosmogênese de H.P. Blavatsky pela Pensamento (2017)
>>> Conspiracy 365 - Livro 09 Setembro - Quebra-cabeças de Gabrielle Lord pela Fundamento (2018)
>>> Conspiracy 365 - Livro 05 Maio - Entre Quatro Paredes de Gabrielle Lord pela Vergara e Riba (2015)
>>> Diário De Um Banana 13 Batalha Neval - Capa Dura de Jeff Kenney pela Vergara e Riba (2018)
>>> A Era Da Loucura de Michael Foley pela Alaúde (2011)
>>> As Cinco Habilidades Essenciais do relacionamento de Dale Carnegie pela Nacional (2011)
>>> Como fazer amigos e influenciar pessoas de Dale Carnegie pela Companhia Nacional (2003)
>>> Conspiracy 365 - Livro 07 Julho - Maldição De Família de Gabrielle Lord pela Fundamento (2015)
>>> Os Mitos da Felicidade de Sonja Lyubomirsky pela Odisséia (2013)
>>> Projeto Felicidade de Gretchen Rubin pela Best Seller (2009)
>>> Escolha Ser Feliz de Stephanie Dowrick pela Sextante (2011)
>>> Cure Suas Mágoas e Seja Feliz de Fernando Vieira filho pela Barany (2012)
>>> Cure Suas Mágoas e Seja Feliz de Fernando Vieira filho pela Barany (2012)
>>> A Boa Vida de Alex Rovira pela Sextante (2008)
>>> O Monge que Vendeu Sua Ferrari de Robin Sharma pela Fontanar (1997)
>>> O Médico Jesus de José Carlo De Lucca pela Intelítera (2010)
>>> A Arte da Imperfeição de Brené Brown pela Novo conceito (2012)
>>> Louco para Viver de Roberto Shinyashiki pela Gente (2013)
>>> Transforme seus sonhos em Vida de Eduardo Shinyashiki pela Gente (2012)
>>> O Despertar de uma Nova Consciência de Eckhart Tolle pela Sextante (2007)
>>> O Despertar de uma Nova Consciência de Eckhart Tolle pela Sextante (2007)
COLUNAS

Sexta-feira, 27/3/2015
Intervenção militar constitucional
Gian Danton

+ de 3600 Acessos

Nos protestos contra Dilma e PT se tornam cada vez mais constantes cartazes pedindo intervenção militar. Nas redes sociais, cada vez mais pessoas aderem à ideia, com páginas que contam com milhares de curtidas e são amplamente divulgadas. No Youtube, dezenas de vídeos, com milhares de visualizações cada, clamam ajuda aos militares. Alguns até explicam o que seria a tal intervenção militar constitucional, "amparada" nos artigos 142 e 144 da Constituição. Segundo esses, se houver anseio popular, as forças armadas podem depor o presidente e todos os demais ocupantes de cargos políticos e prendê-los, convocando uma nova eleição. A constituição preveria até um prazo para os militares devolverem o poder ao povo: 60 dias. Nem um dia a mais, nem um dia a menos. A proposta é tão interessante, um verdadeiro paraíso político em que todos os corruptos iriam para a cadeia e os militares devolveriam docilmente o poder ao povo, agora nas mãos de pessoas honestas, que num dos vídeos duas mulheres prometem acampar na frente de um quartel general até que os militares ouçam seus anseios. Mas, afinal, existe realmente intervenção militar constitucional?

Pra começar, algo só é constitucional se está na Constituição. Os defensores da intervenção costumam citar os artigos 142 e 144 para defender, inclusive o prazo de devolução do poder aos civis. Ocorre que brasileiro não lê. E, mais ainda, não lê leis. Se alguém disser que a constituição manda o Papai Noel dar presente para todos no dia do Natal, muita gente vai colocar a meia colorida debaixo da janela.

Então, vamos conferir o que dizem os tais artigos:

"Art. 142. As Forças Armadas, constituídas pela Marinha, pelo Exército e pela Aeronáutica, são instituições nacionais permanentes e regulares, organizadas com base na hierarquia e na disciplina, sob a autoridade suprema do Presidente da República, e destinam-se à defesa da Pátria, à garantia dos poderes constitucionais e, por iniciativa de qualquer destes, da lei e da ordem".

Olhem só: as forças armadas são instituições baseadas na hierarquia e disciplina e cujo chefe maior é o presidente da república e sua função é a garantia dos poderes constitucionais, que são o executivo, o legislativo e o judiciário. Ou seja, o artigo 142 diz que quem manda nas forças armadas é o Presidente e que a função das mesmas é exatamente defender o Executivo, o congresso e o judiciário. Em nenhum momento o texto diz que essas mesmas forças podem se voltar contra os poderes que juraram defender.

Já o artigo 144 diz:

"A segurança pública, dever do Estado, direito e responsabilidade de todos, é exercida para a preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio, através dos seguintes órgãos: I - polícia federal; II - polícia rodoviária federal; III - polícia ferroviária federal; IV - polícias civis; V - polícias militares e corpos de bombeiros militares".

O mesmo artigo, no inciso 5 explica:

"Às polícias militares cabem a polícia ostensiva e a preservação da ordem pública; aos corpos de bombeiros militares, além das atribuições definidas em lei, incumbe a execução de atividades de defesa civil".

Surpreso? Nada sobre intervenção militar. E, principalmente, nada sobre data para devolver o poder os civis.

Entendam: uma intervenção militar é uma quebra de hierarquia, já que o Presidente é o chefe das forças armadas. Seria o mesmo que o capitão depor o general.

Mas vamos imaginar que isso acontecesse: que o povo em peso pedisse por uma intervenção militar e as forças armadas resolvessem atender, o que garante que eles devolveriam o poder em 60 dias? Não existe nenhum botão que faça os militares desaparecerem caso não convoquem eleições em em 60 dias. Nem mesmo a cara de Gatinho de Botas dos que pediram a tal intervenção militar vai servir para convencê-los a convocar eleições se eles decidirem ficar.

Em 1964, os militares tomaram o poder amparados por passeatas, como a Marcha da família (que pediam a intervenção miltar) prometendo convocar eleições diretas o mais breve possível (não sei se eram exatamente 60 dias, mas devia ser algo próximo disso). Um dos maiores entusiastas do golpe foi o jornalista Carlos Lacerda, que sonhava um dia tornar-se presidente e via no golpe a chance de conseguir aquilo que ele não conseguira nas urnas. Lacerda chegou a fazer um tour pela Europa, defendendo os militares. No entanto, quando ficou claro que os milicos não devolveriam os poderes aos civis, ele passou a criticar o regime. Resultado: foi duramente perseguido, teve seus direitos cassados e morreu em circunstâncias misteriosas (alguns acreditam que ele tenha sido envenenado).

Os defensores da intervenção militar citam o caso do Egito como suposto exemplo de militares bonzinhos que retiram o governo corrupto do poder e entregaram-no nas mãos do povo após 60 dias. Na verdade, o que aconteceu, foi que o povo egípcio ao perceber que as eleições não seriam convocadas, foi para a rua exigir a eleições. Os militares reprimiram duramente as manifestações. Dezenas de pessoas foram mortas. Mulheres e idosos foram duramente agredidos, houve censura, inclusive com quebra de câmeras de TV dos jornalistas que cobriam os protestos. Os militares só devolveram o poder quando quiseram.

Outro exemplo dado pelos defensores da "intervenção militar constitucional" é a Tailândia. A intervenção era tão "constitucional" que uma das primeiras coisas que a junta militar fez foi suspender a Constituição, impor toque de recolher, censurar a imprensa, as mídias sociais e prender jornalistas. Recentemente, a junta militar divulgou que condenará à morte jornalistas que não digam a "verdade" sobre a junta militar.

Portanto, não existe intervenção militar constitucional. O que existe é golpe militar. E, no golpe militar, as forças armadas convocam eleições se quiserem. Aliás, num golpe, os militares ficam desobrigados de obedecer a constituição, até porque não há ninguém que os fiscalize. Nem mesmo a imprensa, que acaba sendo censurada e não pode dar notícias contra o regime. Portanto, intervenção militar e constituição são expressões que não cabem na mesma frase.


Gian Danton
Goiânia, 27/3/2015


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A vida dos pardais e outros esquisitos pássaros de Elisa Andrade Buzzo
02. Apontamentos de inverno de Elisa Andrade Buzzo
03. Um caso de manipulação de Celso A. Uequed Pitol
04. Aquarius, quebrando as expectativas de Guilherme Carvalhal
05. Amy Winehouse: uma pintura de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2015
01. Sexo e luxúria na antiguidade - 19/6/2015
02. Ivanhoé - 2/3/2015
03. Intervenção militar constitucional - 27/3/2015
04. George Orwell e o alerta contra o totalitarismo - 31/7/2015
05. A maldade humana - 30/10/2015


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O ALQUIMISTA
PAULO COELHO
ROCCO
(1996)
R$ 8,00



INÉDITOS E DISPERSOS. POESIA E PROSA
ANA CRISTINA CESAR
IMS/ÁTICA
(1998)
R$ 35,00



PASSAPORTE PARA A CHINA
LYGIA FAGUNDES TELLES
COMPANHIA DAS LETRAS
(2018)
R$ 15,00



CRIANDO CLIENTES
DAVID H. BANGS, JR
NOBEL
(1997)
R$ 12,00



DILEMAS NA GESTÃO FINANCEIRA EMPRESARIAL
JOSÉ ANTONIO RODRIGUES
QUALITYMARK
R$ 19,05



STAR WARS Nº 18 KNIGHTS OF THE OLD REPUBLIC/ INVASION E LEGACY
LUCAS FILMES
ON LINE
(2010)
R$ 7,00



O CONHECIMENTO DA VIDA
GEORGES CANGUILHEM
FORENSE UNIVERSIDADE
(2018)
R$ 59,90



DESCOBRINDO A HISTÓRIA DA ARTE - VOLUME ÚNICO
GRAÇA PROENÇA
ÁTICA
(2013)
R$ 75,00



CRISTIANISMO, HUMANISMO E DEMOCRACIA
FÁBIO RÉGIO BENTO
PAULUS
(2005)
R$ 12,90
+ frete grátis



NORA, O COMEÇO.
GÉSSICA SOARES
NOVO SÉCULO
(2013)
R$ 12,93





busca | avançada
41820 visitas/dia
922 mil/mês