Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Daslusp
>>> A essência de Aldous Huxley
>>> 80 anos de Alfredo Zitarrosa
>>> Dize-me com quem andas e eu te direi quem és
>>> 7 de Setembro
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Retrato de corpo inteiro de um tirano comum
>>> Você é rico?
>>> Podcasters do mundo, uni-vos!
Mais Recentes
>>> Free Riders de Luiz H. Rose; Maiza Fatureto; Tereza Sekiya pela Cambridge (2008)
>>> Difícil Decisão de Juciara Rodrigues pela Atual (1996)
>>> A História Vazia da Garrafa Vazia de Jonas Ribeiro pela Do Brasil (2004)
>>> A Cadelinha Lambada de Márcia Glória Rodriguez pela Icone (1997)
>>> Pra Você Eu Conto de Moacyr Scliar pela Atual (1998)
>>> Meio Circulante de Edison Rodrigues Filho; Walter Vasconcelos pela Melhoramentos (2012)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> The Big Picture Level 1 de Sue Leather pela Cambridge do Brasil (2001)
>>> A Dieta dos 17 Dias de Mike Moreno pela Sextante (2011)
>>> Atitude Vencedora de John Maxwell pela Cpad (2004)
>>> Os Adolescentes e o Sexo de Mary Kehle pela Mundo Cristão (1989)
>>> Sonhos Mais Que Possíveis de Odir Cunha pela Planeta do Brasil (2008)
>>> 101 Idéias Criativas para o Culto Doméstico de David J. Merkh pela Hagnos (2002)
>>> A Droga da Obediência: a Primeira Aventura dos Karas! de Pedro Bandeira pela Moderna (2003)
>>> Cinco Minutos / a Viuvinha de José de Alencar pela Atica (1995)
>>> O Homem do Bone Cinzento e Outros Contos de Murilo Rubião pela Companhia das Letras (2007)
>>> Sabor de Vitória de Fernando Vaz; Jean; Cris pela Saraiva Didáticos (2010)
>>> A Autêntica Cozinha Vegetariana de Rose Elliot pela Manole
>>> Pássaros Feridos de Collen Mc Cullough pela Circulo do Livro
>>> Setembro de Rosamunde Pilcher pela Bertrand Brasil
>>> Campanhas Inesquecíveis - Propaganda Que Fez História no Brasil de Meio & Mensagem pela Meio & Mensagem
>>> História da Civilização de Will e Ariel Durant pela Companhia Editorial Nacional
>>> Vetor de Robin Cook pela Record
>>> Os Maias de Eça de Queiros pela L&pm
>>> Abc de las Naciones Unidas de Naciones Unidas pela Naciones Unidas
COLUNAS

Quinta-feira, 7/2/2019
Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2700 Acessos

Se tem coisa mais sem graça do que alguém segurando um celular? Como um brinquedo idiota, como símbolo do tédio e marca do desinteresse pelo mundo próximo? Não nos aproximamos demais de alguém que mexe em um afoitamente, nem existe um ensejo de diálogo. Os polegares vidrados e entortados como os de bebês gordos, um riso absorto e ridículo em sabe-se lá quais interesses distantes? Por outro lado, a hipótese do contrário, alguém não saber mexer no celular bem (ou fingir não saber por algum tipo obscuro de modéstia), é uma das coisas mais ternas e interessantes dos últimos tempos.

Se no uso imoderado do celular o mundo próximo é menosprezado, o mundo distante é prezado, com vias de para perto trazê-lo e quem sabe compartilhá-lo, ao se bebericar quaisquer páginas escritas. Mais: há nesses tempos tecnocratas algo mais sublime do que uma cabeça pendida sobre umas letras, com a ponta agradável de um dedo, porque a ponta do dedo de todo mundo deve ser macia e boa, tocando a superfície unidimensional de uma determinada linha, e, depois de imergir nisso que é invisível dentro do outro, da imaginação e da teoria, voltar com um ah! o rosto ao público e desse informe delimitar uma história, contando-a com um método e um prazer revelado não no riso distendido, mas no canto esticado da ponta do olho, como um tique de cumplicidade provocativa.

Há um quê de alteridade benevolente nesse contar que dialoga, e não se limita aos encantos coloridos de lousinha mágica, alternando-se do papel à pessoa, porque a todo olhar é pertencente a qualidade de uma seta virulenta, meneando em sua íris purpurina o alvo dum destino indefinido. As próprias verdades costumam estar arraigadas em si, ainda que de nada se saiba; há algo que se esfacela, uma volubilidade inconsequente onde quer que se tente escorar.

Existe alguém assim tão soft, que mal existe palpavelmente, que é como um blur de pessoa, algo como um alguém descido acidentalmente do mundo das ideias no mundo do celular sensível. Uma explicação palpável para tal situação: a imaginação é que formata esse especial tipo de ser, que enternece, mas não existe, a não ser no nosso bobo fantasiar. Mas, e se ele então existe, se se vive nesse outro lado desfigurado, ele se reconfigura em física forma, e segura um livro, um conjunto de papéis ou um rendado vianense, e dedilha com uma delicadeza inapercebida a ponta das folhas de um livro, um coração, ou um maço mesmo de folhas muito importantes.

Então, repassa pelos cabelos esses mesmos dedos elásticos, como um pente orgânico, um órgão vivo e útil, passando também com eles pelo nariz, pelo pescoço como se puxasse as cordas de uma lira, e vivendo e sendo, táctil, pudera já concreto, sem se dar conta de nada que se possa haver como seu espelho. Na esfera do sublime, arcanjos não portam um celular indolentemente, antes debicam, já exaustos, poesia.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 7/2/2019


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cabelo, cabeleira de Luís Fernando Amâncio
02. Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II de Cassionei Niches Petry
03. É o Fim Do Caminho. de Marilia Mota Silva
04. HQs sombrias, anjos e demônios de Carla Ceres
05. Autodidatas e os copistas da vez de Carla Ceres


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2019
01. Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando - 27/6/2019
02. O Carnaval que passava embaixo da minha janela - 5/3/2019
03. Teatro sem Tamires - 7/11/2019
04. Nos escuros dos caminhos noturnos - 24/1/2019
05. Algo de sublime numa cabeça pendida entre letras - 7/2/2019


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CÉtait un Temps Déraisonnable: les Premiers Résistants Racontent
Georges Marc Benamou
Robert Laffont (paris)
(1999)



João Lobo 15
Thales Trigo Simonetta Persichetti
Senac Sp
(2008)



A Madrasta
Nancy Thayer
Círculo do Livro
(1987)



Parque Górki
Martin Cruz Smith
Círculo do Livro
(1984)



O Brasil na França
Ruy Pacheco de Azevedo Amaral
Fund Alexandre de Gusmão
(2008)



Recurso de Apelação e Novas Aplicações de Seu Efeito Devolutivo
Mauro Pedroso Gonçalves
Juruá
(2009)



Revista Brasileira de Filosofia Vol. Lvi Fasc 231
Fundação Nuce e Miguel Reale
Instituto Brasileiro Filosofia
(2008)



Preços de Produção, Métodos de Longo Prazo e Equilíbrio Geral: uma Crí
Marcos de Barros Lisboa
Bndes (rj)
(1993)



Ilha da Trindade: a Ocupação Britânica e o Reconhecimento da Sobe
Martin Normann Kämpf
Fundação Alexandre de Gusmão
(2016)



Estudos Jurídicos Criminais
Luciano Nascimento Silva
Juruá
(2008)





busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês