Paisagem interna agreste | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Projeto aborda riqueza da tradicional Festa da Carpição
>>> Canto dos Recuados - espetáculo musical mergulha na cultura afrobarroca
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Verdadeiros infiltrados: em defesa de Miami Vice
>>> Assim ninguém leva meus livros
>>> Dia Marisa: todas as mulheres merecem
>>> O Filho da Noiva
>>> O rei nu do vestibular
>>> Selvageria Nunca Sai de Moda
>>> Você cumpre as promessas de final de ano?
>>> A cabeça de Steve Jobs
>>> O sublime Ballet de Londrina
>>> A vida subterrânea que mora em frente
Mais Recentes
>>> É Por Isso Que O Brasil Não Vai de Age pela Age (2021)
>>> Equinox de Jambo pela Jambo (2021)
>>> Planejamento e Organização do Turismo de Ivan Fernandes pela Campus Elsevier (2021)
>>> Equipes Campeãs - Potencializando o Desempenho de Sua Equipe de Sebrae pela Sebrae (2021)
>>> Star Wars - Império e Rebelião - o Fio da Navalha de Martha Wells pela Universo Geek (2017)
>>> O Cozinheiro do Rei D. João VI de Hélio Loureiro pela Planeta (2014)
>>> A Conspiração Colombo de Steve Berry pela Record (2014)
>>> Sobreviventes do Holandês Voador de Brian Jacques pela Bertrand Brasil (2008)
>>> O Efeito Medici de Frans Johansson pela Best Seller (2008)
>>> Era Uma Vez Uma Ponte... de Vivilendo pela Vivilendo (2021)
>>> Coaching de Relacionamentos a Dois de Ritah Oliveira pela Qualitymark (2017)
>>> Sensibilidade à Flor da Pele de Helena Polak pela Clube De Autores (2018)
>>> Fronteiras da Física - Vol II de Jucimar Peruzzo pela Clube De Autores (2019)
>>> Ervas Aromáticas de La Fonte pela La Fonte (2021)
>>> A Imprensa Entre Antígona e Maquiavel de Renato Janine Ribeiro pela Referencia (2016)
>>> Esboço Para Uma Teoria Das Emoções de Lpm pela Lpm (2021)
>>> Towards a Post-fordist Welfare State de Roger Burrows, Brian D Loader pela Routledge (1994)
>>> Pimenta Neves - uma Reportagem de Luiz Octavio de Lima pela Scortecci (2013)
>>> O Estado do Planeta de Carlos Gabaglia Pena pela Record (1999)
>>> Escassez De Razão de Liberdade pela Liberdade (2021)
>>> Escola De Vendas K.L.A de Ser Mais pela Ser Mais (2021)
>>> A Estratégia Do Oceano Azul de Kim Mauborgne pela Elsevier (2008)
>>> Confissões de um Vira-lata de Origenes Lessa - Orlando Pedroso pela Global (2012)
>>> ESocial. Você E Sua Empresa Estão Preparados? de Leader pela Leader (2021)
>>> Ensaios E Conferências de Vozes pela Vozes (2021)
COLUNAS

Quinta-feira, 23/1/2020
Paisagem interna agreste
Elisa Andrade Buzzo

+ de 1400 Acessos

Deslizar na estrada, dando adeus ao rebanho de vacas castanhas douradas de sol. Traçar curvaturas na linha do destino, uma grossa coleira de couro com um sino, que se visualiza, já que o grilhão resplandece, que não se ouve, pois tudo é já muito distante, e desencontrado, mujido e repique desaparecem antes do som estalar nos ouvidos. Atravessar minas arqueológicas em Aljustrel, tracejar no olhar campos granulados de milho e azeitonas.

Flutuar na ponte, e abrir os olhos, e fechar, desistir do novo caminho e da chegada que se aproxima como linha a ser transposta, como cancela a ser levantada. Anonimamente, entrar na cidade, levitando como se do fado houvesse uma dança muito lenta. E os prédios tão baixos começam a aparecer do nevoeiro branco e azul-claro, afastando essa cortina e colocando seus rostos para fora, em boas-vindas calmas pois qualquer movimento brusco é capaz de transtornar a passageira em eterna convalescência.

Deixar o oceano, para encontrar um rio, que é mar, um mar, que é rio e nenhuma das duas coisas, só um estranho e calmo azul habitado por um navio abandonado, num cais esquecido. Esquecer as ondulações calmas, as estrias de água azul-turquesa, a espuma esbravejando calma nas rochas feridas, a agreste vegetação rasteira sagrense. Olvidar o azul mixado ao amêndoa, entornado por uma moldura de algas marinhas castanhas ondulejando, como pestanas vivas e comunicativas; esquecer, nunca, mas enterrar com essa terra mais areia porque esbugalhada, e fina, para se poder pisar em algo, nas sobras da própria ruína, para não ser engolida pela boca do oceano instalada no ponto mais derradeiro da península recortada.

Entrar em um ônibus, entrar, não, ser empurrada, pois os estrangeiros querem ver peixes, tirar fotos, macaquear pinguins em ambientes artificiais, alimentar almas e lontras escorregadiças. Sair, empurrada, adentrar por galerias de espinhas de peixe transparentes, iluminadas, concretadas. Redesenhar novamente um caminho protomarítimo, que deve se afastar da fundura querida do real oceano, mas um caminho em que há uma pegada de morte por todo lado, em esqueletos brancos, em palmeiras artificiais, no que já se sabe que não volta a encarnar, em barcos que não são navegáveis mas construções cenográficas onde homens se adelgaçam.

E surgir em um jardim atapetado de degraus, habitado por patos casmurros, pombas sisudas. Andar como quem nada encontrará, mas que ouve o primeiro latejar, o sopro do Bolero de Ravel, e nesse labirinto penumbroso surgirão pesados casacos, perucas brancas, o pastel de nata queimado pedido, a sopa, o vinho serão ainda mais despropositados, perversos. A comida, as gentes, entrando, dando encontrões, nas filas, nos banheiros, as tosses esgueladas, o lenço de pano fazendo malabarismos ao nariz enquanto os violinos esguaniçam, e o maestro dança um balé de movimentos egípcios.

No olhar-se no grande espelho da sala de concerto, cada personagem vai se imiscuindo, aqueles já quase esquecidos, de repente surgem na ponta das baquetas lânguidas e orientais das cordas, mas já num tom menor, como fantasmas transparecidos, mansas águas-vivas encantadoras de ratazanas, até a apoteose das notas finais em uníssono. Ser definitivamente sugada pela roda, alçada por guindastes. Então retornar à civilização terrestre e suas habitações de tocas enfurnadas, apegar-se à aparência e ao irrisório, ouvir o apito das operações das máquinas e o manejar de roldanas que pretendem carregar o peso do mundo e modelar o desenho das construções infinitas.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 23/1/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As Vacas de Stalin, de Sofi Oksanen de Ricardo de Mattos
02. Régis Bonvicino: voyeur-flânerie e estado crítico de Jardel Dias Cavalcanti
03. Ter ou não ter de Marta Barcellos
04. Sua Excelência, o Ballet de Londrina de Jardel Dias Cavalcanti
05. Da indústria do sabor e do desgosto de Elisa Andrade Buzzo


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2020
01. Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa - 20/8/2020
02. Alma indígena minha - 14/5/2020
03. Na translucidez à nossa frente - 10/12/2020
04. Vandalizar e destituir uma imagem de estátua - 1/10/2020
05. Alameda de água e lava - 29/10/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Osamu Tezuka 1975 1989 a Consagração do Gênio
Toshio Ban
Conrad do Brasil
(2003)



Manual de Direito Previdenciário Acidentes de Trabalho
Odonel Urbano Gonçalves
Atlas
(2001)



1001 Dúvidas de Portugês
José de Nicola e Ernani Terra
Saraiva
(1997)



Os Seis Livros da República - Livro Segundo - 1ª Edição
Jean Bodin
Ícone
(2011)



Dicionário Escolar-francês-português/português-francês
Roberto Alvim Corrêa
Mec
(1958)



Personalidade
Rotter
Interamericana
(1980)



O Caminho da Felicidade - Torne-se um Anjo na Terra - 1ª Edição
Ryuho Okawa
Irh Press do Brasil
(2017)



Casamento , Término & Reconstrução - 8ª Ed - Revista e Atualizada
Maria Tereza Maldonado
Integrare
(2009)



Qual É a Cor do Amor
Patrícia Senna e Emerson Pontes
Prazer de Ler
(2011)



O Machão
Harold Robbins
Circulo do Livro
(1974)





busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês