Alameda de água e lava | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> ABERTURA DA EXPOSIÇÃO “O CAMINHO DAS PEDRAS'
>>> Residência Artística FAAP São Paulo realiza Open Studio neste sábado
>>> CONHEÇA OS VENCEDORES DO PRÊMIO IMPACTOS POSITIVOS 2022
>>> Espetáculo 'Figural', direçãod e Antonio Nóbrega | Sesc Bom Retiro
>>> Escritas de SI(DA) - o HIV/Aids na literatura brasileira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Caravana em BH
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> Relationships Matter
>>> Notas de um ignorante
>>> Alumbramento
>>> Por que o Lula Inflado incomoda tanto
>>> Rumos do cinema político brasileiro
>>> Black Sabbath 1970
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Manual prático do ódio
Mais Recentes
>>> Fundamentos Da Biologia Celular - 2ª Ed (muito bom) de Bruce Alberts pela Artmed (2007)
>>> Reaprendendo o Português [Capa Dura] de Carlos Eduardo de Bruin Cavalheiro (org.) pela Edic (2010)
>>> Revista Conexão Geraes: Seguridade Social Ampliada n6 ano 4 de Taysa Silva Santos; Soraya Magalhães Pelegrini; Matheus Thomaz da Silva pela Crssmg (2015)
>>> Revista Conexão Geraes: A Dimensão Técnico-Operativa no Serviço Social n3 ano 2 de Kênia Augusta Figueiredo; Elaine Rossetti Behring; Ana Cristina Brito Arcoverde pela Crssmg (2013)
>>> Revista Conexão Geraes: Expressões socioculturais n5 ano 3 de Carlos Montano; Cézar Henrique Maranhão; Yolanda Demétrio Guerra pela Crssmg (2014)
>>> Revista Conexão Geraes: Relatório de Gestão n8 ano 6 de Luana Braga; Rosilene Tavares; Marisaura pela Crssmg (2017)
>>> Revista Conexão Geraes:30 Horas Lei é Para Cumprir n7 ano 5 de Ivanete Boschetti; Ricardo Antunes; Marisaura dos Santos Cardoso pela Crssmg (2016)
>>> Revista Conexão Geraes: Direito à Cidade n4 ano 3 de Maria Lúcia Martinelli; Duriguetto; Joviano Mayer pela Crssmg (2014)
>>> Saúde Mental no SUS: Os Centros de Atenção Psicossocial de Ministério da Saúde pela Sas (2004)
>>> Ensaios Ad Hominem 1: Tomo 3 - Política de J. Chasin pela Ad Hominem (2000)
>>> Revista Histórica de Contagem 102 Anos de Ciro Carpentieri Filho pela Fundac (2013)
>>> O Brasil Desempregado de Jorge Mattoso pela Perseu Abramo (1996)
>>> Caderno do Plano de Manejo Orgânico de Mapa pela Secretaria de Cooperativismo (2014)
>>> Manual de Arborização Capa Verde de Cemig pela Cemig
>>> Manual de Arborização de Cemig pela Cemig (1996)
>>> Mata Atlântica: Mapa da Área de Aplicação da Lei n 11.428 de Ibge pela Ibge
>>> MG Biota v. 11 n 1 de Biologia Floral; aposematismo pela Ief (2018)
>>> MG Biota v. 10 n. 2 de Anfíbios pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 1 de Germinação; Capões de Mata pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 10 n. 3 de Recuperação de Áreas Degradadas pela Ief (2017)
>>> MG Biota v. 6 n. 1 de Cerrado; Vale do Jequitinhonha pela Ief (2017)
>>> Informe Agropecuário 244 de Áreas Degradadas pela Epamig (2008)
>>> Informe Agropecuário 285 de Déficit Hídrico pela Epamig (2015)
>>> Informe Agropecuário 287 de Agricultura Orgânica e Agroecologia pela Epamig (2015)
>>> Contos de Amor e Morte de Arthur Schnitzler; George Bernard Sperber (trad.); Wolfgang Bader (apr.) pela Companhia das Letras (1999)
COLUNAS

Quinta-feira, 29/10/2020
Alameda de água e lava
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2500 Acessos

Anuncia-se uma miragem no deserto da quarentena. Imergidos na bolha da claridade calamitosa, em que o branco incide e se rebate, andarilhos ao léu perseguem seus longínquos e desconhecidos objetivos, como se pela ação do caminhar mesmo sem rumo se houvesse afinal de se encontrar uma possibilidade de jardim caudaloso.

No amplo espectro, o branco cintila, permeado pelas poucas silhuetas negras, desorientadas, que iniciam uma organização trêmula em duas linhas retas e paralelas. Isso porque a roleta do movimento alucinado e incessante, afinal esmoreceu, enfim parou, sem novo impulso. Alguém fincou azinheiras e tílias nas pedras, de caules delicados e folhas claras espetadas, que surgem como uma introdução palpável desse débil e novo sonho.

Vegetação e corpos estreitam-se, como sombras que vão se juntando em um sentido único de uma nova configuração, esbatidos os impulsos, interrompidas as obrigações, alterados os projetos da arquitetura universal. O céu ainda rutila por sobre o arranjo geométrico, que busca a estrutura protetora de um dossel, um firmamento que suavize a ardência da praga.

Um rasgo na terra determina um traço de água raso, este, em um ínterim da secura, canal ladrilhado de faixas coloridas, que se interrompe de tempos em tempos, enquanto a fragilidade das tílias é alternada pela austeridade por carvalhos robustos. Em uma paleta gradativa do amarelo, do vermelho, passa-se pelo laranja, pelo roxo, pelo azul e pelo verde nas fontes, a água explode e escorre. É o mecanismo de riachuelo aliado a vulcões, o passadiço arborizado.

Que não haja engano, há uma tubulação para manter as máquinas respirando, bufando, por debaixo do gradeado, uma engenharia de água que também arde. Afinal, esse troço líquido é uma encenação. Espécies de árvores foram escolhidas, uma junção de elementos nunca antes pensada pela natureza foi alicerçada e plantada pelo homem, e assim a cenografia do caminho foi delimitada.

A alameda de água e lava é uma síntese de dois elementos que a ela correm paralelos: o traço de rio natural e o risco de cidade artifício. Em algumas centenas de metros, atravessam-se oceanos, distintas geografias em linha reta, na sensação de calmos navegantes, descobridores no alento de luz e sombra, enquanto algures a Terra fulgura e queima. Exploradores manhosos passeiam, tomam banho, descansam, varrem, podam as eritrinas.

O amarelo-alaranjado desse paraíso sintético vai deixando sua rigidez na suspensão de um jardim azul-esverdado, com palmeiras entornando o palpitar das fontes, abelhas planando em frêmito. A porção norte é mais luxuriante, mais arborizada e com mais camadas de arbustos acanteirados e palmeiras. Observa-se, ao longe: é este outro tipo de paraíso, artificioso, em que o reflexo das águas trêmulas dos canais rebate nos galhos dos pesados carvalhos?

Há sempre algo prestes a acontecer. Por isso, dá-se um último passo, e se está fora da exuberância de folhas e águas perfiladas. Os vulcões explodem assim que o local se esvazia, sendo registados apenas alguns gritos e vivas. As fontes-vulcão e o canal se afastam, adentrando na espessura da mata onírica.

A tarde é luzidia. Uma silhueta de homem atravessa transversalmente. A vida em potencial não pode se expor a nu diante dos olhos, ela acontece na sombra de uma flecha, nos respingos excedentes de água, na trajetória da queda de uma folha. A cidade desértica prevalece como um facho constante dependurado num corredor petrificado, pintada de ardor e calma desolação.

Sempre há algo prestes a acontecer, na forma de um pássaro morto, uma faísca de lembrança, uma criança em fato de banho nos canais.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 29/10/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão de Elisa Andrade Buzzo
02. Memórias de um caçador, de Ivan Turguêniev de Ricardo de Mattos
03. O senhor das gotas de Arcano9


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2020
01. Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa - 20/8/2020
02. Alma indígena minha - 14/5/2020
03. Na translucidez à nossa frente - 10/12/2020
04. Vandalizar e destituir uma imagem de estátua - 1/10/2020
05. Alameda de água e lava - 29/10/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Histórias que podem mudar sua vida
Ellen Dastry
Gente
(2007)



Digital Minds - 12 Estratégias de Marketing Digital
Husam Jandal
Above



O Patinho Feio Vai Trabalhar
Mette Norgaard
Dvs
(2007)



Mae dos Fieis um Romance Sobre o Nascimento do Isla
Kanran Pasha
Record
(2012)



A Vida Que Vivemos
Patti Davis
Larouse
(2009)



Jesus - A Vida Completa
Juanribe Pagliarin
Bless Press
(2010)



Mais que Vencedor
Alex Dias Ribeiro
alex publicaçoes
(1981)



Mr. Fisk : a Trajetória do Presidente de uma das Maiores Rede De
Elias Awad
Novo Século
(2008)



A Coluna
João Batista de Miranda / João Francisco Marques N
Contexto
(1998)



Novo Espaço Filosofico Criativo 3ª Serie
Silvio Wonsovicz
Sophos
(2006)





busca | avançada
47547 visitas/dia
1,6 milhão/mês