Alma indígena minha | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
74889 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Festival Halleluya em São Paulo realizará ação solidária para auxiliar as famílias no RS
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Florbela Espanca, poeta
>>> Mamãe falhei
>>> À procura de barranco
>>> As armas e os barões
>>> 11 de Setembro e a Era do Terror
>>> Sobre as ilusões perdidas
>>> Mistérios Literários
>>> Vendem-se explicações do Planeta dos Macacos
>>> Caminho para a Saúde
>>> Romance breve
Mais Recentes
>>> O Herói Perdido de Rick Riordan pela IntrÍnseca (2011)
>>> Sem Folego de Brian Selznick pela Sm (2012)
>>> Manual De Metodos E Tecnicas De Pesquisa Cientifica de Izequias Estevam Dos Santos pela Impetus (2016)
>>> A Droga Da Obediência de Pedro Bandeira pela Moderna (2014)
>>> Compliance: Como Implementar de Marcos Assi pela Trevisan (2018)
>>> Nate Está Na Área de Lincoln Peirce pela Sextante (2014)
>>> Nós de Mauricio Negro pela Companhia Das Letrinhas (2019)
>>> Análise Técnica Clássica de Flávio Lemos, Celso Cardoso pela Saraiva (2010)
>>> Zumbizito: Descubra Seu Segredo de Kevin Bolger pela Novo Século (2012)
>>> Entrevista de Clarice Lispector pela Rocco (2007)
>>> Drogas: sua Liberdade Por um Fio de Denise Ortega pela Nova (2008)
>>> A Droga Do Amor de Pedro Bandeira pela Moderna (2014)
>>> O pulo da Carpa! de André Gravatá pela Sm (2022)
>>> Desmontando A Arara de Renata Bueno pela Ftd (2010)
>>> É Possível Superar A Violência Na Escola? de Luciene Regina Paulino Tognetta pela Do Brasil (2012)
>>> Sentidos De Milicia: Entre A Lei E O Crime de Greciely Cristina Da Costa pela Unicamp (2014)
>>> Odisseia Em Quadrinhos de Silvana Salerno pela Ftd (2022)
>>> Passaro Amarelo de Olga de Dios pela Boitatá (2016)
>>> Implantação De Inovações Curriculares Na Escola: A Perspectiva Da Gestão de Esther Carvalho pela Cla (2019)
>>> Metodologia OPEE: 20 Anos Inspirando Projetos de Vida de Leo Fraiman pela Ftd (2023)
>>> A Mala Maluca de Donaldo Buchweitz pela Ciranda Cultural (2021)
>>> O Sangue Do Olimpo: Os Herois Do Olimpo de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> O Sonho Transdisciplinar E As Razões Da Filosofia de Hilton Japiassu pela Imago (2006)
>>> A Importância De Ser Prudente, Um Marido Ideal E Outras Peças de Oscar Wilde pela Veríssimo (2024)
>>> O Sucesso Jamais Será Perdoado - A Autobiografia Do Barão De Mauá de Irineu Evangelista De Souza pela Avis Rara (2024)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/5/2020
Alma indígena minha
Elisa Andrade Buzzo
+ de 3900 Acessos

Caminhamos pelo chão que já foi o da noite anterior. Caminhamos, e ouvimos o ruído compassado de passos humanos, o frisson discreto de uma flor qualquer, o latejar longínquo de alguma máquina enclausurada. Pois assim somos: bichos atentos; e, por isso, gostamos tanto do silêncio e do escuro de floresta, de onde aprendemos a nos proteger e a acreditar.

Em um outro tempo, houvera chuvas fortes e demoradas; hoje, as ruas esvaziadas atestam a transição entre águas. Manchas acastanhoadas nas calçadas, como água em óleo preto, cujo diâmetro de limites imperfeitos desvanece. Há espelhos d’água tremulantes na passagem dos ventos trazendo mais nuvens, pequenas poças borbulhantes, nenúfares de folhas recortadas boiando nas lagoas artificiais.

Então cairá uma chuva sem peso nem ruído, apenas como uma bruma úmida na relva, nos animais e nas pedras. As coisas, incluso os desejos, atingirão o fundo da insignificância. Uma nova chuva aparecerá sem alarde, despregada do ar, já ciente de sua passagem, documentando as agonias, gotejando sua água delicada e vaporosa agora nas vidraças das moradias.

Mas olhemos bem, são setas finas. Acompanhemos esses traços em forma de flechas - são delgados, mas acutilados, direcionando-se com afinco a uma espécie de futuro de outras águas a serem vertidas no largo das memórias. A chuva são várias linhas retas que dançam e, em conjunto, apagam as exaltações e os barcos do mar. E pinta de branco-grafitado o encontro de terra e rios, resvalados, indecisos.

Como se ela sempre estivesse presente, mas apenas algumas vezes pudesse ser vista, como uma camada de transparência colada desde a fundação da Terra. É como se chovesse sem chover, como se estivesse numa pandemia sem ver os mortos. É como se se amasse sem se amar. Pior: é como se se amasse sem amor. Todos os homens são iguais perante a chuva.

Chuva em suspensão, que não molha, acalenta catástrofes, mantendo o mundo em um estado inconsciente de permanente alerta. Mas onde estão as chuvas fortes, onde estão as tempestades, onde estão os ventos, os raios e os trovões, as roupas e os cabelos encharcados, os cílios e os óculos molhados, a linha d’água subida a bordejar o limite do corpo? Por onde anda a terra da garoa?

Mais prudente entregar-se à segurança da monotonia, ao represamento das chuvas e dos sentimentos. E aquela tempestade, que se vê pela janela trovejando ou da qual se enfrenta os raios, de inundações, de cascatas saindo dos pneus dos carros estacionados nas ladeiras? Cortam-se os sentidos, os sonhadores são permanentemente dopados, do céu noturno recém-aberto não haverá estrelas. As placas das ruas gemem na formação dos redemoinhos. Receia, mas anseia uma chuva valente, alma indígena minha.


Elisa Andrade Buzzo
Lisboa, 14/5/2020

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti de Ronald Polito
02. Minha história com o Starbucks Brasil de Julio Daio Borges
03. Deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar de Renato Alessandro dos Santos
04. Mas sem só trapaças: sobre Sequências de Ronald Polito
05. Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins de Luís Fernando Amâncio


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2020
01. Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa - 20/8/2020
02. Alma indígena minha - 14/5/2020
03. Na translucidez à nossa frente - 10/12/2020
04. Vandalizar e destituir uma imagem de estátua - 1/10/2020
05. Alameda de água e lava - 29/10/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




As memórias do gato pimpão
Zélia Maria Wanderley Dantas
Prazer de ler
(2019)



Autobiografia - uma Vida Política
Norberto Bobbio
Unesp
(2017)



Butterfly Economics
Paul Ormerod
Basic Books
(2001)



Hip Hip Hooray! 5 Workbook Com Cd
Beat Eisele / Outros
Pearson Longman
(2010)



Olhos Nos Olhos
Raine Miller
Objetiva
(2014)



Business Market Management
P. W. Anderson; Narus
Prentice Hall
(1998)



Custos - Planejamento, Implantação e Controle
George S. G. Leone
Atlas
(2000)



Umbanda Defumações, Banhos, Rituais, Trabalhos e Oferendas
Evandro Mendonça
Anubis
(2011)



Genet: uma Biografia
Edmund White
Record
(2003)



Chinese Binary System
Varios Autores
Cbs
(1993)





busca | avançada
74889 visitas/dia
2,4 milhões/mês