Alma indígena minha | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> A Piauí tergiversando sobre o fim dos jornais
>>> Mário Sérgio Cortella #EuMaior
>>> O Gabinete do Dr. Caligari
>>> Ser intelectual dói
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> Todos os Sabores do Café de Eliana Rinaldi/ Daniela Mesquita pela Ediouro/Duetto (2019)
>>> Emilio Odebrecht ( 1835-1912), um prussiano no Brasil de Moacyr Werneck de Castro pela Ac & M (2020)
>>> Complexidade & Caos de H. Moysés Nussenzveig pela Ufrj / Copea (1999)
>>> Arquivo: Teoria e Prática - 6B de Marilena Leite Paes pela Fgv (2008)
>>> Educação ambiental : as grandes orientações da Conferência de Tbilisi de Organizado pela UNESCO pela Ibama (1998)
>>> Eram Seis As Petalas Da Rosa - 6B de Maurilio Augusto De Almeida pela Ideia (1998)
>>> Cinema pirata - 6B de Cory Doctorow pela Galera (2013)
>>> Histórias que ouvi, histórias que vivi O lado inusitado e pitoresco da Justiça Mineira de Rosana de Mont´Alverne Neto e Pedro Jorge Fonseca pela Tjmg (2005)
>>> Teologia do novo testamento de Leonhard Goppelt pela Sinodal / Vozes (1976)
>>> A Última Tentação De Marx - 6B de Armando Avena pela Ediouro (1999)
>>> As vidas de Chico Xavier de Marcel Souto Maior pela Planeta (2010)
>>> Mengele - A verdade veio à tona - autografado de Ben Abraham pela Sherit Hapleita (1994)
>>> Autópsia de um crime de Marshall Goldberg pela Nova época (1974)
>>> Mentes inquietas : entendendo melhor o mundo das pessoas distraídas impulsivas e hiperativas de Ana Beatriz B. Silva pela Gente (2003)
>>> Um Lugar Incerto de Fred Vargas pela Companhia das Letras (2011)
>>> Profecia Celestina - Uma aventura da Nova Era de James Redfield pela Objetiva (1994)
>>> Supersexo de Tracey Cox; Gisele Porto pela Ediouo (2004)
>>> Da Revolução à Democracia de Miguel Reale pela Convívio (1977)
>>> Como ter suas preces atendidas de Irwin Katsof pela Larousse (2011)
>>> Brasil - Passadp e Presente. Estudos de Problemas Brasileiros. de Osmar Salles de Figueiredo pela Ediora Pedagógica e Universitária (1979)
>>> Os Judeus do Vaticano de Avraham Milgram pela Imago (1994)
>>> Direito do Trabalho de Délio Maranhão pela Fundação Getúlio Vargas (1988)
>>> Bahia Cidade Feitiço de Carlos Torres pela Mensageiro da Fé (1973)
>>> São Marcelino Champagnat: O vencedor de desafios, nosso padroeiro de Nadir Borini Rodrigues pela Colégio Marista Champagnat (2006)
>>> O Brasil Pós- "Milagre" de Celso Furtado pela Paz e Terra (1981)
>>> O Brasilk Pós- "Milagre" de Celso Furtado pela Paz e Terra (1981)
>>> Curso de Direito Tributário Brasileiro V. 1 de Fábio Fanucchi pela Resenha Tributária/ Instituto Brasileiro de Estudos Tributários (1986)
>>> Feijoada no Copa de Chico Anísio pela Círculo do Livro (1976)
>>> Dictionnaire de Langue Française de Le Robert pela Robert (1989)
>>> O Baú de Jim Jarmusch de Sérgio Moriconi pela Centro cultural banco do brasil (2007)
>>> Autores Gaúchos n. 6 de Mario Quintana pela Instituto Estadual do Livro (1988)
>>> Larousse de Poche - Trente deus mille mots - Locutions latines et étrangères de Précis de Grammaire pela Larousse (1954)
>>> Dicionário Inglês/português Português/inglês: Mini Yes de Larousse pela Larousse (2005)
>>> O encontro marcado de Fernando Sabino pela Record (1975)
>>> Larousse de Poche de Précis de Grammaire pela Librairie Larousse (1979)
>>> A Burrice do demônio de Hélio Pellegrino pela Rocco (1988)
>>> Curso de Decoração Casa Claudia de Vários Autores pela Abril (1990)
>>> Verdades e Mistérios da Amazônia de Barros Ferreira pela Clube do livro (1967)
>>> Tempo de Esperas de Pe. Fabio de Melo pela Planeta (2011)
>>> Romance com cocaína de M. Aguêiev pela Círculo do Livro (1983)
>>> O Clube do Filme de David Gilmour pela Intrínseca (2009)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Klick (1988)
>>> Vida e contemplação de P. Nelson Carloni pela Loyola (1975)
>>> Sem Rodeios de Oscar Niemeyer pela Revan (2006)
>>> Brida de Paulo Coelho pela Klick (1990)
>>> Zélia, uma Paixão de Fernando Sabino pela Record (1991)
>>> H. Stern Um Passeio pelas Curvas Infinitas de Oscar Niemeyer de Oscar Niemeyer e outros pela H. Stern
>>> Tempo de esperança. 24 horas para você renovar suas energias. de Mark Finley pela Casa Publicadora Brasileira (2009)
>>> O Monstro de Olhos Azuis (memórias) de Tonia Carrero pela Lpm (1986)
>>> Introdução à Crítica do Direito do Trabalho de Tarso Genro pela Lpm (1979)
COLUNAS

Quinta-feira, 14/5/2020
Alma indígena minha
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2200 Acessos

Caminhamos pelo chão que já foi o da noite anterior. Caminhamos, e ouvimos o ruído compassado de passos humanos, o frisson discreto de uma flor qualquer, o latejar longínquo de alguma máquina enclausurada. Pois assim somos: bichos atentos; e, por isso, gostamos tanto do silêncio e do escuro de floresta, de onde aprendemos a nos proteger e a acreditar.

Em um outro tempo, houvera chuvas fortes e demoradas; hoje, as ruas esvaziadas atestam a transição entre águas. Manchas acastanhoadas nas calçadas, como água em óleo preto, cujo diâmetro de limites imperfeitos desvanece. Há espelhos d’água tremulantes na passagem dos ventos trazendo mais nuvens, pequenas poças borbulhantes, nenúfares de folhas recortadas boiando nas lagoas artificiais.

Então cairá uma chuva sem peso nem ruído, apenas como uma bruma úmida na relva, nos animais e nas pedras. As coisas, incluso os desejos, atingirão o fundo da insignificância. Uma nova chuva aparecerá sem alarde, despregada do ar, já ciente de sua passagem, documentando as agonias, gotejando sua água delicada e vaporosa agora nas vidraças das moradias.

Mas olhemos bem, são setas finas. Acompanhemos esses traços em forma de flechas - são delgados, mas acutilados, direcionando-se com afinco a uma espécie de futuro de outras águas a serem vertidas no largo das memórias. A chuva são várias linhas retas que dançam e, em conjunto, apagam as exaltações e os barcos do mar. E pinta de branco-grafitado o encontro de terra e rios, resvalados, indecisos.

Como se ela sempre estivesse presente, mas apenas algumas vezes pudesse ser vista, como uma camada de transparência colada desde a fundação da Terra. É como se chovesse sem chover, como se estivesse numa pandemia sem ver os mortos. É como se se amasse sem se amar. Pior: é como se se amasse sem amor. Todos os homens são iguais perante a chuva.

Chuva em suspensão, que não molha, acalenta catástrofes, mantendo o mundo em um estado inconsciente de permanente alerta. Mas onde estão as chuvas fortes, onde estão as tempestades, onde estão os ventos, os raios e os trovões, as roupas e os cabelos encharcados, os cílios e os óculos molhados, a linha d’água subida a bordejar o limite do corpo? Por onde anda a terra da garoa?

Mais prudente entregar-se à segurança da monotonia, ao represamento das chuvas e dos sentimentos. E aquela tempestade, que se vê pela janela trovejando ou da qual se enfrenta os raios, de inundações, de cascatas saindo dos pneus dos carros estacionados nas ladeiras? Cortam-se os sentidos, os sonhadores são permanentemente dopados, do céu noturno recém-aberto não haverá estrelas. As placas das ruas gemem na formação dos redemoinhos. Receia, mas anseia uma chuva valente, alma indígena minha.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 14/5/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto de Jardel Dias Cavalcanti
02. Gerald Thomas: uma autobiografia de Jardel Dias Cavalcanti
03. Memorial do deserto e das ruínas de Elisa Andrade Buzzo
04. A pintura intempestiva de Egas Francisco de Jardel Dias Cavalcanti
05. E Benício criou a mulher... de Gian Danton


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2020
01. Alma indígena minha - 14/5/2020
02. Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa - 20/8/2020
03. Paisagem interna agreste - 23/1/2020
04. Crônica à la Caio Fernando Abreu - 27/2/2020
05. O bosque inveterado dos oitis - 23/4/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O CRÂNIO SOB A PELE
P. D. JAMES
COMPANHIA DAS LETRAS
(2010)
R$ 65,00



ESTADO E ENERGIA ELÉTRICA
ADRIANO PIRES RODRIGUES & DANILO DE SOUZA DIA
INSTITUTO LIBERAL
(1994)
R$ 8,82



CRÔNICAS ESCOLHIDAS- MACHADO DE ASSIS
MACHADO DE ASSIS
FOLHA DE S. PAULO
(1994)
R$ 6,99



INTRODUÇÃO AO TRABALHO DE REFERÊNCIA EM BIBLIOTECAS
M. HUTCHINS
FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS
(1973)
R$ 22,71



AS VALKÍRIAS
PAULO COELHO
ROCCO
(1992)
R$ 7,00



COMO REINVENTAR EMPRESAS A PARTIR DE JOGOS
OUTROS AUTORES; YSMAR VIANNA
MJV PRESS
(2013)
R$ 13,87



BUENA GENTE 1 -VERSION ESTÁNDAR
ENCINA ALONSO ARIJA E OUTROS
DIFUSIÓN
(2018)
R$ 39,90



MANUAL DA AUTENTICA BRUXA.
MAURA
BEST SELLER.
(1994)
R$ 16,00



PEDRO PEDRA
GUSTAVO BERNARDO
LE
(1992)
R$ 5,00



DICTIONNAIRE RAISONNÉ ET ILLUSTRÉ DU THÉÂTRE À LITALIENNE
ALAIN ROY
ACTES SUD-PAPIERS
(1992)
R$ 99,82





busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês