Sobreviver à quarentena | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
>>> Irene Ravache & Alma Despejada na programação online do Instituto Usiminas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A visão certa
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Asia de volta ao mapa
>>> 7 de Setembro
>>> Rebelde aristocrático
>>> Cócegas na língua
>>> Animazing
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Anjos e Demônios, o filme, com Tom Hanks
>>> Quem tem boca vai a Roma
Mais Recentes
>>> Minha vida de menina de Helena Morley pela Companhia das Letras (2020)
>>> Minha formação de Joaquim Nabuco pela 34 (2020)
>>> Mestre da Critica de Vários autores pela Topbooks (2020)
>>> Memórias para servir à História do Reino do Brasil de Luís Gonçalves dos Santos pela Senado (2020)
>>> Memórias de um Sargento de Milícias de Manuel Antônio de Almeida pela Abc (2020)
>>> A Unica Esperança de Alejandro Bullon pela Casa Publicadora Brasileira (2013)
>>> Memórias de Carlota Joaquina de Marsilio Cassotti pela Planeta (2020)
>>> Marquês de São Vicente de Eduardo Kugelmas pela 34 (2020)
>>> Machado de Assis & Joaquim Nabuco. Correspondência de Graça Aranha pela Topbooks (2020)
>>> Obra Completa de Luis De Camoes pela Nova (2020)
>>> Literatura e Sociedade de Antônio Candido pela Ouro sobre Azul (2020)
>>> O Tigre na Sombra de Lya Luft pela Record (2012)
>>> Juca Paranhos, o Barão do Rio Branco de Luís Cláudio Villafañe G. Santos pela Companhia das Letras (2020)
>>> Ingleses no Brasil de Gilberto Freyre pela UniverCidade (2020)
>>> Histórias da Gente Brasileira. República. Memórias. 1889-1950 - Volume 3 de Mary Del Priore pela Leya (2020)
>>> Histórias da gente brasileira - Império - Vol. 2 de Mary Del Priore pela Leya (2020)
>>> Histórias da gente brasileira - Colônia - Vol. 1 de Mary Del Priore pela Leya (2020)
>>> Tensoes Mundiais Volume 4 Numero 5 de Manoel Domingos Neto e Monica Dias Martins pela Observatorio das Nacionalidades (2008)
>>> História econômica do Brasil de Roberto C. Simonsen pela Senado (2020)
>>> História dos Fundadores do Império do Brasil - 7 volumes - coleção completa de Otávio Tarquínio de Sousa pela Senado (2020)
>>> História do Brasil: Uma interpretação de Mota, Carlos Guilherme and Lopez, Adriana pela 34 (2020)
>>> História do Brasil de Boris Fausto pela Edusp (2020)
>>> Historia da Vida Privada Em Portugal: Volume 1 Idade Média de Direção de José Mattoso pela Abc (2020)
>>> Historia da Vida Privada Em Portugal: OS Nossos Dias de Direção de José Mattoso pela Abc (2020)
>>> História da saúde no Brasil de Luiz Antonio Teixeira (Compilador), Tânia Salgado Pimenta (Compilador), Gilberto Hochman (Compilador) pela Hucitec (2020)
>>> História da Arte no Brasil: Textos de Síntese de Myriam Andrade Ribeiro de Oliveira, Angela Ancora da Luz, Sonia Gomes Pereira pela Ufrj (2020)
>>> Temas de Direito Constitucional Volume 1 de Luís Roberto Barroso pela Renovar (2002)
>>> História Da América Portuguesa de Sebastião Da Rocha Pita pela Senado (2020)
>>> História da Alimentação no Brasil de Luís da Câmara Cascudo pela Global (2020)
>>> No caminho de Swann. de Marcel Proust pela Globo (2003)
>>> Hipólito José da Costa de Sergio Goes de Paula pela 34 (2020)
>>> Serious Candida Infections: Risk Factors, Treatment and Prevention de John H. Rex e Françoise Meunier Editores pela Pfizer (1995)
>>> Grande Reforma Urbana Do Rio De Janeiro, A: Pereira Passos, Rodrigues Alves E As Ideias De Civilização E Progresso de Andre Nunes De Azevedo pela PUC Rio (2020)
>>> Natural Racional Social - Razão Médica e Racionalidade Científica Moderna. de Madel T. Luz pela Campus (1988)
>>> Getúlio 3 (1945-1954) de Lira Neto pela Companhia das Letras (2020)
>>> Getulio 1930-1945: Do Governo Provisorio Ao Estado Novo de Lira Neto pela Companhia das Letras (2020)
>>> Para gostar de ler. Vol.4 - Crônicas.. de Vários pela Ática (1980)
>>> Getúlio 1 (1882-1930) de Lira Neto pela Companhia das Letras (2020)
>>> Viver o Amor. de José Carlos Pedroso pela Edições Paulinas (1978)
>>> General Osorio de Doratioto, Francisco pela Companhia das Letras (2020)
>>> Ganhadores: A greve negra de 1857 na Bahia de João José Reis pela Companhia das Letras (2020)
>>> Formação de Cidades no Brasil Colonial de Santos, Paulo Ferreira pela Ufrj - IPHAN (2020)
>>> Flores votos e balas de Alonso, Angela pela Companhia das Letras (2020)
>>> A Saude dos Filhos de E. Nauta pela Circulo do Livro (1987)
>>> Gibi Mônica N°8. Lendas da Jumenta Voadora de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2007)
>>> Ficção e Confissão de Antônio Candido pela Ouro sobre Azul (2020)
>>> Essencial padre Antônio Vieira: o que o turista deve ver de Vieira, Padre Antônio and Bosi, Alfredo pela Penguin (2020)
>>> Gibi Mônica N°83 A árvore encantada de Mauricio de Sousa Editora pela Panni Comics (2013)
>>> Escravidão - Vol. 1: Do primeiro leilão de cativos em Portugal até a morte de Zumbi dos Palmares de Laurentino Gomes pela Globo Livros (2020)
>>> Esaú e Jacó de Assis, Machado de pela Abc (2020)
COLUNAS

Sexta-feira, 8/5/2020
Sobreviver à quarentena
Luís Fernando Amâncio

+ de 1400 Acessos

Todo mundo gostaria que sua vida fosse um filme. Emoção, trilha sonora, reviravoltas empolgantes e, sobretudo, final feliz. Mesmo que não fosse uma obra-prima da sétima arte, uma vida-filme provavelmente seria mais saborosa do que nossa vida real.

Imaginem, nossa rotina editada, só os melhores momentos. Seria muito conveniente. Afinal, vamos combinar, um dia regular conta com momentos inglórios, entediantes e que, enfim, poderiam muito bem ser cortados. - quem quer nos ver indo ao banheiro?, cortando a unha?, lavando a louça?, tendo câimbras matinais?


Flashbacks seriam adequados para resolver discussões: “eu fiz isso!”, “fez nada, fui eu”, “você nem estava lá!”. De repente, surge o flashback e nós descobrimos, com tecnologia de rejuvenescimento ou com o trabalho de atores mais jovens, quem, afinal, fez seja lá o que for. Por outro lado, um flashforward seria formidável para o pessoal mais ansioso.

Em meados de março, quando notícias informavam que a pandemia do coronavírus se instalava no Brasil, a minha sensação era de estar em um filme. Uma produção de baixo orçamento, é verdade, mas de tema apocalíptico. As ruas vazias, o comércio fechado, pessoas de máscara conversando à distância. Parecia filme de ataque zumbi, ou meteoro vindo em direção à Terra. Até trilha sonora surgiu na minha cabeça.



O momento mais dramático foi ir ao supermercado. Pessoas com carrinhos de compra abarrotados com todo tipo de enlatados e macarrão. As prateleiras esvaziadas. Senti como se a qualquer momento alguém pudesse gritar "já chegou o disco voador!" e o terror iria se instalar.

Chamou a minha atenção a dramática ausência de dois itens nos supermercados: papel higiênico e leite. Se a ideia das pessoas de ficar em casa tem essa prioridade, leite e papel higiênico, acredito que muita gente tem intolerância a lactose e não sabe.

Em portais de notícias e redes sociais, relatos de desespero. Mais do que o medo do vírus, percebi que o pânico das pessoas era pensar em ficar em casa, isolados. Como assim, teríamos que sobreviver sem butecos, sem academia, sem pegar ônibus lotado para ir ao trabalho? Há vida sem encontrar com os amigos? Para alguns, vamos falar a verdade, o mais desesperador seria suportar o longo confinamento com suas famílias.


Novamente, minha vida-filme soltou um refrão musical: “you were born to be my baby/ And, baby, I was made to be your man”. Essa foi a sensação que tive em relação ao isolamento social. O que as pessoas viam como pesadelo, um sacrifício, pra mim era a programação de um fim de semana prolongado. Ou, minhas férias regulares quando não tenho dinheiro para viajar. Não era um bicho de sete cabeças para mim.



Foi aí que meu filme de apocalipse mudou o gênero e se tornou película de super herói. Toda uma trajetória de marginalização, de críticas sofridas por ter um estilo de vida antissocial, ocultavam, na verdade, meu poder oculto. Eu fui feito para viver essa quarentena. Talvez eu seja parte da evolução da espécie, uma variação genética que vai dominar o mundo após a metade da população mundial morrer entediada nessa quarentena. Misantropos do mundo, uni-vos – simbolicamente, é claro: o momento agora é nosso.

Hoje, nós somos uma elite. Enquanto a humanidade está em total desespero ao lidar com o isolamento social, zerando o Netflix, fazendo exercícios na sala para liberar endorfina, assistindo lives para se sentir na balada, nós, os antissociais, estamos tranquilos. Salvando o mundo sendo nós mesmos.


Foi a reviravolta da minha vida-filme. Se, por longos anos, eu me achava aberração por estar em casa em um sábado à noite (enquanto as outras pessoas tinham certeza disso), agora, eu dou risadas. Parece que o jogo virou.

Mas como a vida não é cinema, logo superaremos a pandemia e eu retornarei para o meu lugar: o de pessoa introvertida e impopular. Por isso, usarei esse texto como flashback, um registro de que um dia eu fui tendência. Aquele que já vivia em isolamento social antes de ser modinha.

***

Se você chegou até aqui, obrigado. E seguem duas informações. A primeira, menos relevante, é que tenho publicado minicontos no meu Instagram. Pretendo utilizar essa rede social para divulgar textos a partir de agora, além das minhas tradicionais fotos mal batidas. Quem quiser acompanhar, é só acessar o link.


A outra informação é que, apesar deste texto brincar com um assunto sério, é um momento de, mais do que antes, ter empatia com o próximo e buscar atitudes solidárias. A pandemia e seu impacto é coisa séria. Por isso, ao longo do texto, aproveitei para divulgar projetos que atuam em favor daqueles que estão sofrendo com o impacto do coronavírus. Se tiver condições, ajude.


Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 8/5/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O pai tá on: um ano de paternidade de Luís Fernando Amâncio
02. Piada pronta de Luís Fernando Amâncio
03. A noite do meu bem, de Ruy Castro de Julio Daio Borges
04. Ah!... A Neve de Marilia Mota Silva
05. Estudo de uma tensão de Celso A. Uequed Pitol


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2020
01. O pai tá on: um ano de paternidade - 28/8/2020
02. Pílulas Poéticas para uma quarentena - 5/6/2020
03. A desgraça de ser escritor - 31/7/2020
04. Sobreviver à quarentena - 8/5/2020
05. O palhaço no poder - 31/1/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BOM DIA LEITURAS DIÁRIAS VOLUME 2
MAX LUCADO
MUNDO CRISTÃO
(2014)
R$ 15,00



A RIQUEZA NA BASE DA PIRÂMIDE
C. K. PRAHALAD
BOOKMAN
(2005)
R$ 30,00



INVESTIGAÇÃO PREPARATÓRIA
ADEL EL TASSE
JURUÁ
(2010)
R$ 44,00



RAH, O MENSAGEIRO DO SÉTIMO RAIO
LUCI GUIMARÃES WATANABE
ATUAL
(1995)
R$ 6,90



AGUA VIVA
FORREST TOMAS
LOYOLA
(1991)
R$ 19,99



EL ZAPATO SUCIO (TEATRO CUBANO) - EM ESPANHOL
AMADO DEL PINO
EDICIONES ALARCOS
(2002)
R$ 14,00



DON QUIJOTE DE LA MANCHA 2 - NIVEL 3
MIGUEL DE CERVANTES SAAVEDRA
EDELSA GRUPO DIDASCA
(1996)
R$ 5,50



A FELICIDADE NÃO SE COMPRA
IRWIN SHAW
CÍRCULO DO LIVRO
(1981)
R$ 5,00



TROCA D ARMAS
LUISA VALENZUELA
ART
(1986)
R$ 5,00



LA EDUCACION POR LA DANZA: ENFOQUE METODOLÓGICO
P. OSSONA
PAIDOS (BUENOS AIRES)
(1976)
R$ 30,28





busca | avançada
69585 visitas/dia
2,2 milhões/mês