A desgraça de ser escritor | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Manual prático do ódio
>>> Isn’t it a bliss, don’t you approve
>>> Roberto Carlos:Detalhes em PDF
>>> Olhos de raio x
>>> Os dinossauros resistem, poesia de André L Pinto
>>> Pedro Paulo de Sena Madureira
>>> Fred Trajano sobre Revolução Digital na Verde Week
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> 7 de Setembro
>>> Fazendo as Pazes com o Swing
Mais Recentes
>>> Superdicas Para Escrever Bem Diferentes Tipos de Texto de Edna M. Barian Perrotti pela Saraiva (2006)
>>> Técnica da Redação Comercial de Helena Montezuma pela Tecno Print (1963)
>>> Todo o Mundo Tem Dúvida, Inclusive Você de Édison de Oliveira pela L&PM Pocket (2012)
>>> Manual de Estilo Editora Abril de Vários Autores pela Nova Fronteira (1990)
>>> Soltando a Língua 1 de Sérgio Nogueira pela Gold (2007)
>>> Guia Prático de Redação de Massaud Moisés pela Cultrix (1967)
>>> Estudo Sintético e Racional da Arte e da Técnica de Escrever de Dr. Paulo Acioly pela Exame
>>> Comunique-se Melhor e Desenvolva Sua Memória de Jorge Luiz Brand pela Pe. Berthier (1996)
>>> Os Pecados da Língua – Pequeno Repertório de Grandes Erros de Linguagem de Paulo Flávio Ledur & Paulo Sampaio (Sampaulo) pela Age (1993)
>>> Independence Day - O ressurgimento de Alex irvine pela Nemo (2016)
>>> Técnica de Redação – O Texto nos Meios de Informação de Muniz Sodré e Maria Helena Ferrari pela Francisco Alves (1977)
>>> Óculos, aparelho e Rock ' N ' Roll de Meg Haston pela Intrínseca (2012)
>>> O doador de memórias de Lois Lowry pela Arqueiro (2014)
>>> Dez leis para ser feliz de Augusto Cury pela Sextante (2008)
>>> #Manual da Fossa de Mica Rocha pela Benvirá (2020)
>>> Como Parar O Tempo de Matt Haig pela Harper Collins (2017)
>>> O guia dos curiosos: língua portuguesa de Marcelo Duarte pela Panda Books (2010)
>>> Mentes Geniais: Aumente em 300% a Capacidade do Seu Cérebro de Alberto Dell Isola pela Universo dos Livros (2013)
>>> O Ladrão de Raios de Rick Riordan pela Intríseca (2009)
>>> Tipo Destino: E se sua alma gêmea fosse o namorado de sua melhor amiga? de Susane Colasanti pela Novo Conceito (2013)
>>> Seu Cachorro É O Seu Espelho de Kevin Behan pela Magnitudde (2012)
>>> Os Contos dos Blythes Vol 2 de Lucy Maud Montgomery pela Ciranda Cultural (2020)
>>> O Assassinato de Roger Ackroyd de Agatha Christie pela Globolivros (2014)
>>> Cidade dos Ossos de Cassandra Clare pela Galera (2014)
>>> A Casa de Hades de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Amores impossíveis e outras perturbações quânticas de Lucas Silveira pela Dublinense (2016)
>>> A Marca de Atena de Rick Riordan pela Intríseca (2013)
>>> Will e Will, Um nome, Um Destino de John Green, David Levithan pela Galera (2014)
>>> O Azarão de Markus Zusak pela Bertrand Brasil (2012)
>>> Capitão América: A Ameaça Vermelha de Steve Epting, Mike Perkins, Ed Brubaker pela Panini (2005)
>>> O Fio do Destino de Zibia M. Gasparertto pela Vida e Consciência (1500)
>>> O Fantasma da Ópera de Gaston Leroux pela Principis (2020)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lafonte (1500)
>>> Coleção folha tributo a Tom Jobim nº8 Tide de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Rostos Do Protestantismo de José Míguez Bonino pela Sinodal/Est (2020)
>>> Coleção folha grandes vozes Fred Astaire nº4 de Folha de São Paulo pela Mediafashion (2012)
>>> Sherlock Holmes – O Vampiro de Sussex e Outras Histórias de Sir Arthur Conan Doyle pela L&PM Pocket (2003)
>>> As pernas de Úrsula e outras possibilidades de Claudia Tajes pela L&PM (2001)
>>> Comer, rezar, amar de Elizabeth Gilbert pela Objetiva (2008)
>>> A vitória final de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2008)
>>> Apoliom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> O glorioso aparecimento de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Armagedom de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> Assassinos de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Nicolae de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O possuído de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Profanação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2004)
>>> O remanescente de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> A marca de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2005)
>>> Comando Tribulação de Tim LaHaye / Jerry B. Jenkins pela United Press (2009)
COLUNAS

Sexta-feira, 31/7/2020
A desgraça de ser escritor
Luís Fernando Amâncio

+ de 2500 Acessos

O mundo ficou chato – para ser escritor. No passado já houve algum glamour no ofício. Éramos respeitados, vistos como intelectuais, parte da nata pensante. É verdade que muitos sucumbiam à tuberculose, se perdiam nos insinuantes caminhos da boemia e coisas assim. Mas valia a pena. Havia o respeito.

Isso, entretanto, foi antes da cloroquina. Hoje em dia, intelectuais e cientistas reviram a lixeira do desdém em tempos de mamadeira de piroca. Só que os escritores, na contramão do bom senso, ignoram a realidade. Afinal, são sonhadores por natureza.


Ludibriado com a possibilidade de se tornar um autor consagrado comercialmente, com duas iniciais e sobrenome pomposo, o aspirante a Stephen King sonha em viver dos royalties de seus livros. Ser traduzido para os mais inusitados idiomas. Vender uma adaptação para Hollywood, quem sabe? E viver em uma mansão no sul da França, com um Golden retriever e um veleiro ancorado por ali.

O escritor contemporâneo é, acima de tudo, um iludido. E de tanto sonhar com a glória, vai absolvendo as chibatadas do mundo cão com o sorriso dos abobados. A cabeça nas nuvens, ele não repara que as únicas editoras que respondem ao envio do seu livro genial são as que cobram pela publicação. “Deve ter caído no spam da Cia das Letras”, ele se convence.

Então, o escritor direciona sua estratégia para os concursos literários. “São tantos, em algum terei sucesso”. São mesmo, mas não é bem por aí. Quando sai o resultado, nada do seu nome na lista dos laureados. Só um número: trocentos participantes, sem premiação em dinheiro. “Essas bancas devem ser parciais ou desatentas”, o escritor se defende. Afinal, ele é um grande pensador contemporâneo.

Com o tempo, até aparecem algumas menções honrosas. O escritor se empolga: agora vai. Nada. São tantos os concursos que um prêmio desses lhe dá zero visibilidade. E sem holofote, suas ideias revolucionárias passam despercebidas.

E eis a nova tragédia do escritor contemporâneo: tentar criar seu público leitor. Embebido pelo espírito do tempo, a nova moda é tentar ser a Pugliesi das letras. Aparecer no Instagram, em discussões no Facebook, comentar os assuntos do momento no Twitter. Fotos de gatinhos, tenho percebido, também são uma estratégia recorrente nos jovens escritores almejando ser influencers. A guerra pela visibilidade permite armamento pesado.

É uma batalha inglória. Pois em algum momento, o pobre autor encara sua triste sorte: é tanta oferta de obras geniais que a sua, no fim das contas, só importa para ele mesmo. E, com sorte, para uma meia dúzia de amigos, que no fim das contas, talvez estejam ali só pelas fotos de gatinhos, mesmo. Ele sempre será seu próprio fã número único.

Enfim, ser escritor é uma desgraça, mas a aceitação é uma etapa necessária. Nos resta a diversão e buscar gastar nosso tempo no ofício com dignidade. Acredito que boa parte dos autores que participam da comunidade EntreContos passou por isso. Com origens que remontam ao Orkut, o site promove célebres desafios literários, que colocam os escritores no papel de competidores e jurados. E o exercício de avaliar os colegas com critérios técnicos e ver o seu conto submetido ao rigor dos pares é um aprendizado e tanto. Todo ano, os contos com as melhores avaliações são reunidos na antologia Devaneios Improváveis. O formato dos desafios, bem como a motivação dos participantes de tentar aperfeiçoar sua escrita, fazem essas coletâneas ter um alto nível de qualidade. Participei dessa escola em 2019 e pude colocar um conto meu no sétimo livro, por incrível que pareça. A sétima antologia Devaneios Improváveis está disponível para download neste link.

A leitura vale a pena. E se todo esse meu discurso sobre a tragédia que é escrever literatura não sensibilizou o leitor a nos prestigiar com a leitura da antologia, olha, só me resta ir adotar um gato ali na rua...



Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 31/7/2020


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Dois iluminados no inferno da existência de Rodrigo Gurgel


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2020
01. O pai tá on: um ano de paternidade - 28/8/2020
02. A desgraça de ser escritor - 31/7/2020
03. Pílulas Poéticas para uma quarentena - 5/6/2020
04. Sobreviver à quarentena - 8/5/2020
05. O palhaço no poder - 31/1/2020


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A TEORIA DE TUDO: A EXTRAORDINÁRIA HISTÓRIA DE JANE E STEPHEN HAWKING - O LIVRO QUE INSPIROU O FILME!: A ESXTRAORDINÁRIA HISTÓRIA DE JANE E STEPHEN HAWKING - O LIVRO QUE INSPIROU O FILME!
JANE HAWKING
ÚNICA
(2014)
R$ 22,89



CALVIN E HAROLDO - O LIVRO DO DECIMO ANIVERSARIO
BILL WATTERSON; ALEXANDRE BOIDE
CONRAD
(2013)
R$ 14,90



SEGUINDO JUNTOS
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
GEEM
(1982)
R$ 5,00



ALTERNATIVAS DA EDUCAÇÃO
ESTHER DE FIGUEIREDO FERRAZ
LIVRARIA JOSÉ OLYMPIO
(1976)
R$ 12,03



GO GIRL! UMA NOVA BRINCADEIRA
THALIA KALKIPSAKIS
FUNDAMENTO
(2007)
R$ 11,90



CULTURAS INFANTIS E DESIGUALDADES SOCIAIS
DEISE ARENHART
VOZES
(2016)
R$ 40,95



COMO SE NÃO HOUVESSE AMANHÃ
HENRIQUE RODRIGUES
RECORD
(2010)
R$ 9,80



DIREITO COMERCIAL
WALDIRIO BULGARELLI
ATLAS
(1980)
R$ 10,00



THE CHEMISTRY OF ORGANIC MEDICINAL PRODUCTS
GLENN L. JENKINS WALTER H. HARTUNG
JOHN WILLEY
(1943)
R$ 34,50



TRAPAÇA
JAMES SIEGEL
RECORD
(2011)
R$ 18,00





busca | avançada
58438 visitas/dia
2,1 milhões/mês