O apocalipse anunciado nas estrelas | Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
14031 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 28/6/2002
O apocalipse anunciado nas estrelas
Gian Danton

+ de 3400 Acessos

Em 1681 Increase Mather, presidente do Havard College, emitiu um sermão cujo título era "Alarmes celestes para o despertar do mundo ou um sermão em que se argumenta que os terríveis sinais e aparições celestes que agora vemos são prenúncio de grandes calamidades". O objetivo do sermão era fazer com que a congregação se arrependesse de seus pecados, pois os sinais celestes do fim, de acordo com profecias de textos bíblicos, de Ezequiel a Zacarias, já estavam nos céus.

É justamente essa relação entre os fenômenos astronômicos e as profecias de apocalipse, tanto na ciência quanto na religião, que Marcelo Gleiser pretende investigar em seu livro, "O fim da Terra e do Céu". Exemplos não faltam. O próprio Mather relaciona vários. Segundo Cometography, uma coletânea de todos os cometas observados, publicado em 1683, uma estrela ardente foi vista nos céus, trazendo um terremoto, guerras, peste, escassez absoluta e a morte de um imperador e um papa. Isso no ano de 984.

Em 1005, a aparição de um cometa foi seguida de uma terrível epidemia de peste que persistiu por três anos. Em alguns locais, segundo Mather, algumas pessoas tombavam mortas enquanto cavavam sepulturas para enterrar seus mortos.

Até a era moderna a maioria das pessoas relacionava a aparição de cometas com eventos trágicos. Esses eventos celestes eram enviados por Deus para comunicar sua ira aos pecadores. Assim, até mesmo para cientistas como Isaac Newton, os cometas eram fenômenos sobrenaturais e não naturais.

Na Idade Média, pouco depois do ano 1000, os fenômenos astronômicos foram encarados como indícios de uma nova era. De fato, uma série de modificações tinham início.

A expansão do comércio fez com que um grande número de camponeses migrasse para as cidades, provocando uma rápida degradação das condições higiênicas nos burgos.

Foi quando surgiu a epidemia de peste bubônica. Vinda possivelmente da Ásia e se alastrando facilmente pela cidades européias em decorrência da falta total de saneamento e de higiene pessoal, ela matou um terço da população européia, 25 milhões de pessoas, ficando conhecida como peste negra.

Os cadáveres se acumulavam mais rapidamente do que era possível enterrá-los. Os cadáveres eram recolhidos por carretas puxadas por burros. Os gritos de "Tragam seus mortos" eram o som mais ouvido nas cidades européias da época.

Não faltaram, então, pessoas que identificassem no céu sinais de que a peste era uma punição divina. O cronista Giovanni Villani escreveu em 1348 que a peste se devia ao aparecimento de um cometa na constelação de Virgem. Os indícios de que se tratava do fim do mundo aumentou em muito o número de flagelantes. Esse grupo de fanáticos religiosos havia surgido em 1260, na Itália. Para eles, o fim estava próximo e a única forma de fugir do castigo inexorável era através da dor física auto-imposta, necessária para a purificação da alma. Centenas, às vezes milhares de pessoas vestidas com túnicas brancas com enormes cruzes vermelhas estampadas atrás e à frente chegavam em um vilarejo incitando os moradores a seguirem o cortejo caso quisessem ser salvos das chamas do inferno. Ele então faziam um círculo na praça principal e davam início a um ritual de autopunição, utilizando chicotes de couro com dentes de ferro, que faziam o sangue jorrar das feridas abertas.

Na época da peste as feridas dos flagelantes aceleravam ainda mais a disseminação do bacilo assassino.

Marcelo Gleisser, doutor pelo King College (Inglaterra) e professor de física e astronomia no Dartmouth College (EUA) coleciona em seu livros diversos casos semelhantes e tenta uma explicação muito próxima da antropologia e filosofia.

Para ele o ser humano é assombrado pela consciência de que sua existência terá um fim.

Todos os nossos esforços têm sido no sentido de driblar essa irreversibilidade do tempo e nos tornarmos imortais. Todos fazemos algo que preserve nossa breve presença nessa existência na memória das pessoas. Alguns têm filhos, outros elaboram teoremas matemáticos, outros escrevem textos na internet...

Segundo Gleisser, nos rituais religiosos, por exemplo, nós procurarmos imitar Deus na tentativa de ser como ele e compartilhar de sua imortalidade: "Quando suspendemos a passagem do tempo, quando nos tornamos imortais como os deuses, a vida e a morte passam a coexistir, e os mortos podem então caminhar ao lado dos vivos. Para isso criamos o infinito e o eterno, dedicando-nos de corpo e alma à nossa fé, qualquer que ela seja. A fé consola e justifica".

Como resposta à fragilidade e transitoriedade da vida humana, nós voltamos nossos olhos para o céu. Se os deuses falam através dos corpos celestes, descobrir a forma como esses agem é decifrar a linguagem dos deuses. "De Platão a Einstein, muitos dos maiores filósofos e cientistas de todos os tempos dedicaram-se ao estudo dos céus, não apenas por razões práticas, mas numa tentativa de elevar a mente humana para aproximá-la do Criador", escreve Marcelo Gleiser.

O resultado dessa busca ao mesmo tempo maravilhosa e aterradora, o leitor confere no livro de Gleiser.



O FIM DA TERRA E DO CÉU, de Marcelo Gleiser Editora: Companhia das Letras


Gian Danton
Macapá, 28/6/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Do canto ao silêncio das sereias de Cassionei Niches Petry
02. O Vendedor de Passados de Marilia Mota Silva
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto de Heloisa Pait
04. A fotografia é um produto ou um serviço? de Fabio Gomes
05. Breve resenha sobre um livro hediondo de Cassionei Niches Petry


Mais Gian Danton
Mais Acessadas de Gian Danton em 2002
01. A Teoria Hipodérmica da Mídia - 19/7/2002
02. A teoria do caos - 22/11/2002
03. Público, massa e multidão - 30/8/2002
04. A maçã de Isaac Newton - 16/8/2002
05. O filósofo da contracultura - 18/10/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




COMO FAZER AMIGOS E INFLUENCIAR PESSOAS
DALE CARNEGIE
COMPANHIA NACIONAL
(2003)
R$ 30,00



VENCER É SER VOCÊ
EDUARDO FERRAZ
GENTE
(2012)
R$ 12,00



AS MINAS DE PRATA 2
JOSÉ DE ALENCAR
N/D
R$ 5,00



LOS ILUSTRES MAESTROS
PAULO DE CARVALHO-NETO
VOZES
(1991)
R$ 4,00



SETE LAGRIMAS PARA APOLO
PHYLLIS WHITNEY
RECORD
(1963)
R$ 7,00



ESTICANDO A GRANA
RICARDO HUMBERTO ROCHA E RODNEY VERGILI
CAMPUS
(2007)
R$ 4,40



APRENDA A FAZER PÃO
COORDENAÇÃOCLÁUDIA PICAZZO
TRÊS
(1995)
R$ 30,00



FAUST
CHARLES GOUNOD
EDITIONS PAROLES DAUBE
(1996)
R$ 38,82



ESTADO E ENERGIA ELÉTRICA
ADRIANO PIRES RODRIGUES & DANILO DE SOUZA DIA
INSTITUTO LIBERAL
(1994)
R$ 8,82



DESENVOLVIMENTO DE COMPETÊNCIAS PARA GERENTES DE PROJETOS
MÁRCIO RODRIGUES ZENKER
ELSEVIER
(2014)
R$ 55,00





busca | avançada
14031 visitas/dia
1,2 milhão/mês