Salve o Rock do Whitesnake! | Elvis Mutti

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Workbook de Carl Honoré é transformado em lives
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Influências da década de 1980
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Enciclopédia dos quadrinhos de Goida e André Kleinert pela Lpm (2014)
>>> A Mulher Emergente de Natalie Rogers pela Martins Fontes (1986)
>>> Tudo Aquilo Que Nunca Foi Dito de Marc levy pela Suma (2011)
>>> Pedagogia do Amor de Gabriel Chalita pela Gente (2003)
>>> O Último Papa de Hugo Schlesinger pela Imago (1990)
>>> João Ferrugem de Júlio Emílilo Braz (recontado Por) pela F. T. D (2003)
>>> Inúteis Luas Obscenas de Hélio Pólvora pela Casarão do Verbo (2010)
>>> Famous Failures de Joey Green pela Lunatic Press (2007)
>>> Dorks Diaries - 2 de Rachel Renée Russell pela Aladdin
>>> Bíblia - Pequenas Aventuras de Melody Carlson pela United Press (1997)
>>> Muito Barulho Para Nada / Bem Está o que Bem Acaba (comédias) Vol. VI. de William Shakespeare pela Melhoramentos
>>> Como Gostais / Noite de Reis (comédias) Vol. V de William Shakespeare pela Melhoramentos
>>> Os Dois Cavalheiros de Verona / Trabalhos de Amor Perdidos (comédias) de William Shakespeare pela Melhoramentos
>>> As Alegres Comadres de Windsor / A Megera Domada (comédias) de William Shakespeare pela Melhoramentos
>>> Dificultades del Español para Hablantes de Alemán de Esther Barros pela SM (2003)
>>> Cultura Religiosa de Irineu S. Wilges e Olírio P. Colombo pela Vozes (1980)
>>> Estados da Plebe no Capitalismo Contemporâneo de Cleusa Santos e Marildo Menegat e Ricardo Rezende Figueira (orgs.) pela Outras Expressões (2013)
>>> Ir ao Cinema Um Olhar sobre filmes de Humberto Pereira da Silva pela Musa (2006)
>>> De Plantão no Hps de Evaldo Dassumpção pela Fumarc (2011)
>>> O Movimento Negro e o Estado (1983-1987) de Ivair Augusto Alves dos Santos pela Cone (2007)
>>> Força interior - ensinamentos práticos para uma vida melhor de Carlos França pela Circulo do Livro (1992)
>>> Contabilidade Pública: da Teoria à Prática de Inaldo da Paixão Santos Araújo e Daniel Gomes Arruda pela Saraiva (2004)
>>> Le Français Est À La Mode de Vera Helena de Aguiar Costa e Regina Tavares pela Plêiade (1996)
>>> Vantagem Competitiva Em Manufatura de Nigel Slack pela Atlas (1993)
>>> Medicina Baseada Em Evidências: uma Estrutura para a Prática Clínica de Daniel J. Friedland e Alan S. Go e Outros pela Guanabara Koogan
COMENTÁRIOS

Sábado, 4/8/2007
Comentários
Leitores


Salve o Rock do Whitesnake!
A primeira vez que tive contato com o rock rasgante do Whitesnake foi em meados de 1983 em uma propaganda de uma famosa marca de cigarro. Daquele dia em diante me tornei fã da banda. Não é um grupo qualquer e sempre contou com guitarristas virtuosos. Viva longa ao bom e velho Rock and Roll!

[Sobre "Whitesnake, 1987"]

por Elvis Mutti
4/8/2007 às
10h25 200.149.32.173
(+) Elvis Mutti no Digestivo...
 
muitas dúvidas
projeções como a de que grandes podcastings sucederão os jornais precisam ser baseadas em fatos empíricos, dados estatísticos, precedentes. em algum lugar do mundo se oberva esse processo? quais são os números? e por que o rádio e a tv não mataram a leitura? dizer que simplesmente as pessoas são preguiçosas é um argumento insuficiente. o próprio autor, por exemplo, fala do prazer de ler o jornal numa situação mais confortável. além disso, a leitura permite uma assimilação diferente da audição, mais focada e reflexiva do que esta.

[Sobre "Podcasting, imprensa e futuro"]

por Héber Sales
http://hebersales.blogspot.com
4/8/2007 às
08h12 189.12.22.208
(+) Héber Sales no Digestivo...
 
Melhor que a indigência atual
Tempos estranhos, esses anos 80... laque no cabelo, roupas de couro, braceletes... mas é inegavel que, musicalmente, era muito melhor (mesmo com todos os excessos) do que a indigência de hoje. E o Coverdale lançou seus melhores trabalhos nessa epoca mesmo, mas mostrou que precisa de um guitar hero (John Sykes ou Steve Vai) para fazer a coisa funcionar.

[Sobre "Whitesnake, 1987"]

por Diogo Salles
http://corruptosblog.blogspot.com/
3/8/2007 às
22h14 189.33.10.57
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
mesmo!
Daniel: não tem preço, mesmo!

[Sobre "Podcasting, imprensa e futuro"]

por jaques
3/8/2007 às
19h30 200.204.171.30
(+) jaques no Digestivo...
 
Nasci, cresci e vivo em BH...
Olá, Ana! Está tão bom este seu texto que fez-me lembrar da minha infância e adolescência, em meados da década de 50. Até parece que você viveu naquela época. Meus avós maternos ajudaram na construção da cidade. Minha avó, Francisca Cândida Ferreira de Carvalho, nasceu na casa do tio Cândido, que é hoje o Museu Abílio Barreto. Depois da desapropriação das terras, vieram para o "Engenho Nogueira", hoje Bairro Caiçara, onde moro atualmente. A vida deles ficou muito difícil, veja a distância do "centro"... Tenho fotos antigas dos meus pais andando de braços dados na Avenida Afonso Pena em 1937. Até recentemente, alguns parentes diziam, de forma depreciativa, que morávamos na "vila". Agora, apesar de tudo tenho saudades daqueles tempos... Abração!

[Sobre "A cidade e as serras"]

por simone
3/8/2007 às
16h52 201.62.190.170
(+) simone no Digestivo...
 
Tudo que eu queria ler
Uma entrevista que flui, mantém o interesse. Muito boa mesmo. Gostei de tudo. Acredito que o principal do contato com o leitor é a abertura à discussão, a possíveis contribuições que podem vir por acréscimo ou discordância; o conflito bem administrado é muito saudável, alguns argumentos despertam para pontos que talvez não tenham sido percebidos e isso traz crescimento. O problema é que não há esse hábito de refletir, interpretar, avaliar. A discordância muitas vezes é usada ou considerada como ataque, uma forma de vitória sobre o outro, algo completamente desnecessário. As pessoas não concordam por serem diferentes, o que pode tornar mais interessante o contato, se há respeito e limites na tentativa de convencer o outro a mudar de opinião. Mas o capitalismo e a competitividade exigem que as pessoas tenham crosta e não pele, esvaziam o sentido da interação; coisa mais triste. Isso faz com que alguns odeiem o mundo, não sem razão, pois é tão melhor ter pele em vez de crosta. Parabéns!

[Sobre "Pedro Doria"]

por Cristina Sampaio
3/8/2007 às
15h03 201.50.168.3
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Muito bom!
Achei o texto muito bom, de muito bom gosto, que faz com que as pessoas que não conhecem o livro ou a autora, se interessem em lê-lo. Como disse a Gabriela, quem nunca ficou inseguro por causa de outra pessoa?

[Sobre "Meu marido e outros tantos também"]

por Jéssica Almeida
3/8/2007 às
13h45 200.248.92.24
(+) Jéssica Almeida no Digestivo...
 
As ruas são as mesmas
Boa lembrança, Os meninos da rua Paulo é um pequeno clássico. Li, quando era adolescente, e foi quase como ler sobre os meninos da rua São Paulo, Belo Horizonte, onde passei a maior parte da infância. As ruas são as mesmas, quando a gente é menino. Mas suponho que essa era terminou. Boa pedida, Gian. Abraços.

[Sobre "Os meninos da rua Paulo"]

por Guga Schultze
3/8/2007 às
13h43 201.80.110.48
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Pergunta não respondida
Eu realmente gostaria de saber a resposta do Pedro Dória a essa questão que o Julio fez e foi completamente ignorada pelo entrevista...: "Como blogueiro militante – no melhor sentido do termo –, não acha que, de repente, essa postura, de colocar-se uma espécie de 'olimpo', numa 'torre de marfim', não combina muito com a era da hiperconectividade, da 'conversação', do cada vez menor número de 'graus de separação'? Porque, muitas vezes, eu tenho a impressão de que quem mantiver esse 'distanciamento', em relação ao leitor, vai sucumbir – você não acha?". Por que será ele não respondeu? Abraço prá ti, Julio!

[Sobre "Pedro Doria"]

por Ana Brambilla
http://www.anabrambilla.com/blog
3/8/2007 às
12h13 200.196.241.66
(+) Ana Brambilla no Digestivo...
 
Cassandras da literatura
Geralmente escritores são leitores ávidos e transbordam as influências das textualidades apreciadas; e se alguns não têm apetite para a literatura, outros a devoram obsessivamente. Literatura é, do meu ponto de vista, feita essencialmente pelo leitor, que dá vida e valor ao texto lido. A reverência emblemática dada ao livro só tem sentido quando o teor do seu conteúdo eleva a sua condição de objeto. A morte da literatura, como vaticinam as cassandras da vez, é sobretudo a morte da expressão e da liguagem, e quem pode prever até este ponto? Desconfio que tal juízo venha de uma disciplina cultural de jornadas retas e leituras corretas, mas esta prática é singular e delicada, cheia de voltas e reviravoltas, que deixa(m) tontos leigos e sábios; e as leis que a regem, se é que a regem, são hermeticas para juízos tolos. Literatura é a vida registrada em circunstâncias e palpitações, carregada de uma grandeza sensível que exalta o anti-herói; o que resta é o gramático, técnico na aridez sintática...

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Carlos E. F. Oliveir
3/8/2007 à
01h34 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Umbra
Antônio José de Moura
Marco Zero
(1996)



Paisagens de Sonho e Verdade
Valéria Salgueiro
Fraiha (rj)
(1998)



Iluminação, Sexo e Coca Cola
Sabrina Fox
Pensamento
(2007)



Theophilo de Azeredo Santos
Santos Theophilo de Azeredo
Universidade Estácio de Sá
(2003)



Evolução das Pesquisas de Laboratório Sobre Solo Cimento
Carlos de Sousa Pinto (engenheiro)
Abcp
(1977)



Transformando Crise Em Oportunidade: Como o Brasil Fez na Grande
João Paulo dos Reis Velloso (coordenador)
Fórum Nacional
(2013)



M&guia Selected - o Melhor de Londres, Paris, Milão, Miami e Buenos Ai
Erika dos Mares Guia
Pulp (curitiba)
(2010)



O Caminho da Montanha
Giselda Maria Cordeiro
Ação Set
(2012)



Caminhamos Juntos
Camilo Chaves Giva Teixeira Oliveira
Minas
(2003)



Super Revisão para Concursos Juridicos : Doutrina Completa
Wander Garcia
Foco Juridico
(2016)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês