muitas dúvidas | Héber Sales

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
>>> Joelmir Beting – O jornalista de economia mais influente da história do Brasil
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Influências da década de 1980
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Forever Young - photographs of Bob Dylan de Douglas R Gilbert pela Da Capo (2005)
>>> Sacerdotes seguindo Cristo - no caminho das Bem-Aventuranças de Dom alberto taveira corrêa pela Sementes do Verbo (2021)
>>> A grande arte de Rubem Fonseca pela Círculo do Livro
>>> A Bíblia do otimismo 1991 de R. Stanganelli pela Triade (2021)
>>> Umbigo sem fundo de Dash Shaw pela Quadrinhos na Cia (2009)
>>> Te-sendo Fios de Conhecimento de Aglael L. Borges pela Uape (2005)
>>> São Miguel da Humanidade: uma proposta antropológica de Luiz Carlos Barbosa Lessa pela Alcance (2005)
>>> Memorias de uma Moça Bem-comportada de Simone de Beauvoir pela Difusão européia (1959)
>>> Imperialismo na América Latina de Octavio Ianni pela Civilização Brasileira (1974)
>>> O que todo cidadão precisa saber sobre mercado financeiro de Carlos Eduardo Carvalho pela Global (1985)
>>> Raul da Ferrugem Azul de Ana Maria Machado pela Salamandra (2013)
>>> Os velhos marinheiros ou O capitão de longo curso de Jorge Amado pela Record (1978)
>>> Pawana de J M G le Clézio pela Cosac Naify (2009)
>>> O Marujo Figurante de Marcelo Lisboa Ferilles pela Autoral (2014)
>>> No Cais do Primeiro Amor de Roseana Murray pela Larousse Jovem (2007)
>>> Brasil Potência de Vários Autores pela Unidas (1967)
>>> Fim de Partida de Samuel Beckett pela Cosac & Naify (2010)
>>> O Clube do Suicídio e Outras Histórias de Henry James; Vladimir Nabokov pela Cosac & Naify (2011)
>>> Relatos de um gato viajante de Hiro Arikawa pela Alfaguara (2017)
>>> A Gaivota de Anton Tchekhov pela Cosac & Naify (2014)
>>> Mas Afinal... o Que é Mesmo Documentário? de Fernão Pessoa Ramos pela Senac Sp (2008)
>>> A Colônia do Medo de Thiago Fernandes pela Leitura (2007)
>>> Cristianismo de Libertação Espiritualismo e Luta Social de Jung Mo Sung pela Paulus (2008)
>>> Pais e Filhos de Ivan Turguêniev; Rubens Figueiredo pela Cosac & Naify (2004)
>>> Três Filosofias de Vida de Peter Kreeft pela Quadrante (2015)
COMENTÁRIOS

Sábado, 4/8/2007
Comentários
Leitores


muitas dúvidas
projeções como a de que grandes podcastings sucederão os jornais precisam ser baseadas em fatos empíricos, dados estatísticos, precedentes. em algum lugar do mundo se oberva esse processo? quais são os números? e por que o rádio e a tv não mataram a leitura? dizer que simplesmente as pessoas são preguiçosas é um argumento insuficiente. o próprio autor, por exemplo, fala do prazer de ler o jornal numa situação mais confortável. além disso, a leitura permite uma assimilação diferente da audição, mais focada e reflexiva do que esta.

[Sobre "Podcasting, imprensa e futuro"]

por Héber Sales
http://hebersales.blogspot.com
4/8/2007 às
08h12 189.12.22.208
(+) Héber Sales no Digestivo...
 
Melhor que a indigência atual
Tempos estranhos, esses anos 80... laque no cabelo, roupas de couro, braceletes... mas é inegavel que, musicalmente, era muito melhor (mesmo com todos os excessos) do que a indigência de hoje. E o Coverdale lançou seus melhores trabalhos nessa epoca mesmo, mas mostrou que precisa de um guitar hero (John Sykes ou Steve Vai) para fazer a coisa funcionar.

[Sobre "Whitesnake, 1987"]

por Diogo Salles
http://corruptosblog.blogspot.com/
3/8/2007 às
22h14 189.33.10.57
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
mesmo!
Daniel: não tem preço, mesmo!

[Sobre "Podcasting, imprensa e futuro"]

por jaques
3/8/2007 às
19h30 200.204.171.30
(+) jaques no Digestivo...
 
Nasci, cresci e vivo em BH...
Olá, Ana! Está tão bom este seu texto que fez-me lembrar da minha infância e adolescência, em meados da década de 50. Até parece que você viveu naquela época. Meus avós maternos ajudaram na construção da cidade. Minha avó, Francisca Cândida Ferreira de Carvalho, nasceu na casa do tio Cândido, que é hoje o Museu Abílio Barreto. Depois da desapropriação das terras, vieram para o "Engenho Nogueira", hoje Bairro Caiçara, onde moro atualmente. A vida deles ficou muito difícil, veja a distância do "centro"... Tenho fotos antigas dos meus pais andando de braços dados na Avenida Afonso Pena em 1937. Até recentemente, alguns parentes diziam, de forma depreciativa, que morávamos na "vila". Agora, apesar de tudo tenho saudades daqueles tempos... Abração!

[Sobre "A cidade e as serras"]

por simone
3/8/2007 às
16h52 201.62.190.170
(+) simone no Digestivo...
 
Tudo que eu queria ler
Uma entrevista que flui, mantém o interesse. Muito boa mesmo. Gostei de tudo. Acredito que o principal do contato com o leitor é a abertura à discussão, a possíveis contribuições que podem vir por acréscimo ou discordância; o conflito bem administrado é muito saudável, alguns argumentos despertam para pontos que talvez não tenham sido percebidos e isso traz crescimento. O problema é que não há esse hábito de refletir, interpretar, avaliar. A discordância muitas vezes é usada ou considerada como ataque, uma forma de vitória sobre o outro, algo completamente desnecessário. As pessoas não concordam por serem diferentes, o que pode tornar mais interessante o contato, se há respeito e limites na tentativa de convencer o outro a mudar de opinião. Mas o capitalismo e a competitividade exigem que as pessoas tenham crosta e não pele, esvaziam o sentido da interação; coisa mais triste. Isso faz com que alguns odeiem o mundo, não sem razão, pois é tão melhor ter pele em vez de crosta. Parabéns!

[Sobre "Pedro Doria"]

por Cristina Sampaio
3/8/2007 às
15h03 201.50.168.3
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Muito bom!
Achei o texto muito bom, de muito bom gosto, que faz com que as pessoas que não conhecem o livro ou a autora, se interessem em lê-lo. Como disse a Gabriela, quem nunca ficou inseguro por causa de outra pessoa?

[Sobre "Meu marido e outros tantos também"]

por Jéssica Almeida
3/8/2007 às
13h45 200.248.92.24
(+) Jéssica Almeida no Digestivo...
 
As ruas são as mesmas
Boa lembrança, Os meninos da rua Paulo é um pequeno clássico. Li, quando era adolescente, e foi quase como ler sobre os meninos da rua São Paulo, Belo Horizonte, onde passei a maior parte da infância. As ruas são as mesmas, quando a gente é menino. Mas suponho que essa era terminou. Boa pedida, Gian. Abraços.

[Sobre "Os meninos da rua Paulo"]

por Guga Schultze
3/8/2007 às
13h43 201.80.110.48
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Pergunta não respondida
Eu realmente gostaria de saber a resposta do Pedro Dória a essa questão que o Julio fez e foi completamente ignorada pelo entrevista...: "Como blogueiro militante – no melhor sentido do termo –, não acha que, de repente, essa postura, de colocar-se uma espécie de 'olimpo', numa 'torre de marfim', não combina muito com a era da hiperconectividade, da 'conversação', do cada vez menor número de 'graus de separação'? Porque, muitas vezes, eu tenho a impressão de que quem mantiver esse 'distanciamento', em relação ao leitor, vai sucumbir – você não acha?". Por que será ele não respondeu? Abraço prá ti, Julio!

[Sobre "Pedro Doria"]

por Ana Brambilla
http://www.anabrambilla.com/blog
3/8/2007 às
12h13 200.196.241.66
(+) Ana Brambilla no Digestivo...
 
Cassandras da literatura
Geralmente escritores são leitores ávidos e transbordam as influências das textualidades apreciadas; e se alguns não têm apetite para a literatura, outros a devoram obsessivamente. Literatura é, do meu ponto de vista, feita essencialmente pelo leitor, que dá vida e valor ao texto lido. A reverência emblemática dada ao livro só tem sentido quando o teor do seu conteúdo eleva a sua condição de objeto. A morte da literatura, como vaticinam as cassandras da vez, é sobretudo a morte da expressão e da liguagem, e quem pode prever até este ponto? Desconfio que tal juízo venha de uma disciplina cultural de jornadas retas e leituras corretas, mas esta prática é singular e delicada, cheia de voltas e reviravoltas, que deixa(m) tontos leigos e sábios; e as leis que a regem, se é que a regem, são hermeticas para juízos tolos. Literatura é a vida registrada em circunstâncias e palpitações, carregada de uma grandeza sensível que exalta o anti-herói; o que resta é o gramático, técnico na aridez sintática...

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Carlos E. F. Oliveir
3/8/2007 à
01h34 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Jornalismo e Direito
Cara colega, não é só o jornalismo que vive seus dias finais, o direito passa por tal situação... É só verificar quantos bacharéis se formam e quantos conseguem tirar a tão almejada carteira da Ordem dos Advogados do Brasil, e mesmo tirando, quantos conseguem exercer a profissão... Com certeza há escassez de vagas em todo lugar... Mas em jornalismo e direito isso é aterrorizador!!!

[Sobre "Eu me pergunto para onde vai a imprensa..."]

por Henrique
2/8/2007 às
15h51 201.68.191.195
(+) Henrique no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Gregrorio Gruber
Gregrorio Gruber
Capella



Ensino de Ciências: Alternativas Metodológicas na Educação do Cam
Elisângela Silva de Oliveira; Evandro Ghedim
Ufrr (boa Vista Rr)
(2016)



A Nova Geografia
Demétrio Magnoli
Moderna
(1991)



Os Limões da Minha Limonada
Alcides Amaral
Cultura
(2001)



A Tracer Experiment: Tracing Biochemical Reactions With
Martin D. Kamen
Holt Rinehart and Winston (ny)
(1964)



O Folclore da Caixa
Varios Autores
Cef
(1984)



Introduction to Operations Research (capa Dura)
Frederick S. Hillier e Gerald J. Lieberman
Holden Day
(1969)



Matemática Financeira - Aplicações á Análise de Investimentos
Carlos Patricio Samanez
Makron Books
(1999)



Tempo de Esperança
Mark Finley
Cpb
(2009)



Memorial de Maria Moura
Rachel de Queiroz
Folha de S. Paulo
(2008)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês