Finalmente.... | Jacques Stifelman

busca | avançada
73184 visitas/dia
1,7 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Poeta Ivete Nenflidio lança obra 'Ataque - cale-se agora e para sempre'
>>> Alunos de Ribeirão Preto constroem maquete com trajetória das águas da cidade até o mar
>>> Coletivo oferece eventos de danças angolanas em outubro e novembro
>>> Releitura de Ian Soffredini, O Pequeno Príncipe faz sessões em Santos
>>> 4º Edição Point BlackCultural
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
Colunistas
Últimos Posts
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
Últimos Posts
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
>>> Assim é a vida
>>> Criança, minha melhor idade
>>> As campanhas e os motes
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Como escrever bem — parte 1
>>> Lendo no Kindle
>>> 89 FM, o fim da rádio rock
>>> O do contra
>>> Tecnologia de Minority Report
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
>>> Questões de Representatividade
>>> Por um 2015 sem carteiradas
>>> Sete vezes Sete
>>> A confissão de Lúcio: as noites cariocas de Rangel
Mais Recentes
>>> O Mundo do Sexo de Henry Miller pela Pallas (1975)
>>> O Esplim de Paris: Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Martin Claret (2010)
>>> Olhos d´água de Conceição Evaristo pela Pallas (2014)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Feb (2004)
>>> Otelo - Os Grandes Clássicos de William Shakespeare pela Otto Pierre
>>> Fundamentos Psicológicos e Biológicos das Necessidades Especiais de Gisele Sotta Ziliotto pela Ibpex (2007)
>>> O kit de sobrevivência do descobridor português no mundo anticolonial de Patrícia Lino pela Macondo (2022)
>>> O Cortiço de Aluisio Azevedo pela Klick
>>> Livro de Sonetos de Vinicius De Moraes pela José Olympio (1981)
>>> Caminhos da Filosofia de Roseane Almeida da Silva pela Intersaberes (2017)
>>> Teologia do Obreiro de Raimundo Ferreira de Oliveira pela Escola de Educação Teológica (2007)
>>> História da Cartografia e Geografia das Fronteiras do Brasil de Jaime Cortesão pela Funag (2022)
>>> Planejamento Financeiro de Camila Camargo pela Ibpex (2007)
>>> José Bonifácio, primeiro chanceler do Brasil de João Alfredo dos Anjos pela Funag (2022)
>>> Influências da Psicanálise na Educação de Árbila Luiza Armindo Assis pela Intersaberes (2012)
>>> Intervenção Psicopedagógica no Espaço da Clínica de Laura Monte Serrar Barbosa (Org.) pela Intersaberes (2012)
>>> Empresas Transnacionais - Uma Visão Internacionalista de Ludmila Andrzejewski Culpi pela Intersaberes (2016)
>>> Os Profetas Maiores - As Profecias de Isaias, Jeremias e Ezequiel de Carl Boyd Gibbs pela Escola de Educação Teológica (2008)
>>> Incrementando a Estratégia - Uma Abordagem do Balanced Scorecard de Tomas Sparano Martins e outros pela Intersaberes (2012)
>>> Desenvolvimento Gerencial, Estratégia e Competitividade de Adriano Stadler (Org) pela Intersaberes (2012)
>>> Esfinge: Estrutura e Símbolo do Homem de Pierre Weil pela Itatiaia (1977)
>>> Administração de Carreiras - Uma Proposta Para Repensar a Gestão de Pessoas de Joel Souza Dutra pela Atlas (1996)
>>> Um Pressentimento Funesto de Agatha Christie pela Nova Fronteira
>>> Análise de Investimentos & Demonstrativos Financeiros de Camila Camargo pela Ibpex (2007)
>>> A Cidade Submersa de Martin Oliver pela Scipione (1995)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 10/4/2002
Comentários
Leitores


Finalmente....
Daniela Eu fiquei muito feliz de ler o que escrevestes , pois tenho notado uma pequena reaçao das pessoas em relaçao ao agora evidente odio a existencia de Israel.É impressionante como tanta gente se sente bem de finalmente poder se extrebuchar de falar mal de Israel sem ter medo de ser politicamente incorreto.É um momento esquisito, mas certamente artigos como o teu sao fundamentais no minimo para dois tipos de pessoas:os que querem refletir sobre nossa condiçao precaria e instavel de civilizados e para aqueles que , como pude ver pelos comentarios ao seu texto, se sentem bem em exibir finalmente o odio que sempre sentiram aos judeus.Fique com um abraço meu e continue escrevendo, pois esta cada vez melhor.Jacques

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Jacques Stifelman
10/4/2002 às
19h08 200.219.212.131
(+) Jacques Stifelman no Digestivo...
 
Nas garras do iluminismo fácil
Cara Daniela O seu artigo é tão abrangente que para comenta-lo seria necessário outro. Parabéns, a sua visão do conflito é bem equilibrada e imagino como você se sente aí em Rochester com este ambiente como você descreve. Aqui no Brasil também o clima é mais ou menos igual. Lamentavelmente nosso Presidente fez declarações muito graves ontem. Aonde? Em Foz do Iguaçú, conhecido reduto de Palestinos radicais nos três lados da fronteira. Inclusive os Serviços Secretos Argentinos descobriram que o ataque à Sinagoga em Buenos Aires foi areuitetado lá e delá sairam os terroristas, avisaram ao Brasil que fez o que? Rigorosamente nada! O nosso Chanceler declarou, contra todas as normas diplomáticas, que o povo israelense não merece Sharon! Ao que eu saiba, só eu protestei em carta ao Globo, que a redação mutilou mas ao menos o esencial saiu. O título do seu artigo é 'iluminante' pois é disto mesmo que se trata: ninguém tem idéia da história recente, muito menos da antiga, daquela região. É de irritar ver como não se consegue mostrar nada diferente. Comparar Israel com os Nazistas é uma ironia de humor negro da pior espécie, um escárnio contra todos os que pereceram sem poder esboçar um gesto de protesto. Para finalizar, acho que a história conturbada da região deve ser introduzida e pretendo faze-lo mas isto não modificará nada. Combater o 'iluminismo' fácilmente consumivel deste tipo é quase impossivel. Mas a repercussão que eu tive ao meu artigo de ontem aqui no Digestivo me animou, muitas pessoas estão ávidas de luz verdadeira e nisto você está de parabéns. Seguimos? Um grande abraço do Heitor

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Heitor De Paola
10/4/2002 às
16h09 200.255.208.111
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
shalom!
Parabéns, Daniela. Mais uma vez admiro sua sensatez e inteligência e a forma brilhante com que você as expressa. Apenas uma ressalva: você diz que o Afeganistão, como "entidade nacional", não cometeu agressões a outros países. Well, na minha modesta opinião, financiar e proteger grupos terroristas é evidentemente uma agressão. Um beijo, Fabio.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Fabio
10/4/2002 às
15h09 200.183.94.214
(+) Fabio no Digestivo...
 
Obrigado
Prezados Anselmo Drummond e Silvio Brandão, muito obrigado pela aprovação e pelo apoio! Agradeço novamente ao Giron, que muito me incentivou para criar esta nova Seção Ensaios. Um abraço, Julio

[Sobre "Um homem sem profissão nem esperança"]

por Julio Daio Borges
10/4/2002 às
15h13 200.183.95.78
(+) Julio Daio Borges no Digestivo...
 
Paz e bolinhos
Querido Fábio, todos nós passamos por isso. Quando somos crianças, achamos que ser criança é muito chato. Só depois que descobrimos que ser adulto pode ser muito mais chato é que percebemos o quanto é bom ser criança. Mas desde já lhe aviso que Tolkien, apesar das más línguas, NÃO É livro para crianças. A não ser, é claro, que o objetivo seja causar pesadelos terríveis no pimpolho. Como já assinamos todos o tratado de paz, vamos até a cozinha de Tia Nastácia comer uns bolinhos que ela acabou de fazer! Estão quentinhos do forno, e vou já buscar laranja no pomar para fazer um suco! Claro que você gosta de Asterix, nem podia ser diferente, com sua ironia fina. "Eu me amo. O Diabo é que não sou correspondido"!!! Hehehehehe... um beijo.

[Sobre "bbb"]

por Assunção Medeiros
10/4/2002 às
13h42 200.184.36.68
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
depois do cerco
Obrigado a todos pelos comentários. Sue, depois que você e o Alexandre me cercaram, me deixaram sem suprimentos e ameaçaram me levar ao tribunal internacional da Dona Benta, resolvi jogar fora meu preconceito e dar uma chance ao velho Tolkien. Sempre achei a infância uma terrível perda de tempo e sempre quis sair correndo dela. Agora, evidentemente, quero voltar correndo pra ela! Pois é, nunca estamos completamente satisfeitos... a ave que nadar e o peixe quer voar, não é? (ah, de Asterix eu gosto!) um beijo, Fabio.

[Sobre "bbb"]

por Fabio
10/4/2002 às
13h08 200.183.94.214
(+) Fabio no Digestivo...
 
ELA é Assunção mesmo!
Queridinho Rafaelzinho... Apesar do nome Assunção ser, em Português, usado tanto em um sexo quanto no outro, no italiano, de onde meu nome se origina, é um nome de, como diria, mulé mesmo! O nome de minha vovó, o qual herdei, é Assunta Maria, e virou Assunção Maria por força do idioma e de um tabelião mau-humorado. Qualquer outra dúvida, ponho-me à sua disposição para exame físico e de DNA. Um beijinho queridinho. Assunção Assunta Maria Sue Medeiros

[Sobre "Os Homens são de Varte, as Mulheres são de Mênus"]

por Assunção Medeiros
10/4/2002 às
13h15 200.184.36.68
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Vulgaridade é crime
Daniela, só para dizer que enfim fui fer Gosford Park e adorei. Realmente, Helen Mirren e Maggie Smith fazem valer o filme, particularmente a última, interpretando aquele tipo de nobre decadente que não tem mais dinheiro para pagar os criados e para quem a vulgaridade é crime pior do que um assassinato com veneno e facadas...

[Sobre "Na ressaca do Oscar..."]

por Rafael Lima
10/4/2002 às
12h10 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
Refrigerante do recreio
A semana passada quando recebi o digestivo cultural eu estava muito ocupada, mas não deletei... guardei prá ler depois quando desse um tempinho e como foi bom... adorei teu texto Alexandre, é tão leve que nos transporta de volta à infância, com cheiro de refrigerante guardado na lancheira prá a hora do recreio. Li também as mensagens e vou ler o textos do Rafael. Beijocas

[Sobre "O Exército de Pedro"]

por Tânia Nara
10/4/2002 às
11h09 213.224.83.166
(+) Tânia Nara no Digestivo...
 
O nome dela é Valdemar...
Mas hilário, hilário mesmo é receber uma mensagem toda adocicada e feminina te chamando de Rafaelzinho, mandando abraços e se queixando que não tem tempo de brincar -- e assinada como Assunção Medeiros! Parece até aquela musiquinha dos anos 80...

[Sobre "Os Homens são de Varte, as Mulheres são de Mênus"]

por Rafael Lima
10/4/2002 às
11h04 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Empresa na Comunidade
Carla Cordery Duprat
Global Idis
(2005)



A Ressurreição do General Sanchez
Cristovam Buarque
Geração Editorial
(1997)



Livro - O Dom Supremo
Paulo Coelho; Henry Drummond
Sextante
(2011)



Moral, Amor & Humor
Frei Carlos Josaphat
nova era
(1997)



Dicionário Básico Japonês-português - Confira !!!
Massao Ohno / Capa Dura
Aliança Cultural Brasil-japão
(1989)



Lincoln no Limbo - Confira!
George Saunders
Companhia das Letras
(2018)



Governabilidade e Pobreza no Brasil
Org Licia Valladares, Magda Prates Coelho
civilização brasileira
(1995)



Dicas da Dona de Casa Rebelde: Felicidade Doméstica uma Ova!
Sherri Caldwell e Vicki Todd
Cultrix
(2014)



Abilio Diniz Caminhos e Escolhas
Abilio Diniz
Campus
(2004)



Uma carta de amor
Nicholas Sparks
arqueiro
(2014)





busca | avançada
73184 visitas/dia
1,7 milhão/mês