Baques do mercado I | Rogério Kreidlow

busca | avançada
83024 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Renato Morcatti transita entre o público e o íntimo na nova exposição “Ilê da Mona”
>>> Site WebTV publica conto de Maurício Limeira
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Autores & Ideias no Sesc-PR I
>>> One Click, a História da Amazon, de Richard L. Brandt
>>> Anos Incríveis
>>> Sarau Libertário em BH
>>> Filas
>>> Jornada Escrita por Mulheres
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Nem cobra, nem aranha: peçonhenta é a burocracia
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> Ao pai do meu amigo
Mais Recentes
>>> Dom Casmurro - Coleção o Globo de Machado de Assis pela Globo Klick (1997)
>>> Meninas do Barulho - a Historia Real das Irmãs Fox de Lamartine Palhano Jr pela Lachâtre (2013)
>>> Inside Out de Marjorie Housepian Dobki & Jean Cullen pela Ivy Books (1989)
>>> Amazon - Guerreiros da Amazônia - as Armaduras Sagradas - Vol. 2 de Ronaldo Barcelos pela Rjr (2012)
>>> The Matlock Paper de Robert Ludlum pela Dell Book (1974)
>>> The Matlock Paper de Robert Ludlum pela Dell Book (1974)
>>> Kit Jane Austin com 7 livros de Jane Austi n pela Principis (2021)
>>> Cura Entre Gerações de Pe. Robert de Grandis pela Louva a Deus (2009)
>>> The last days of America de Paul Erdman pela Berkley Books (1988)
>>> Um Certo Geraldo Pereira de Nelson Sargento e Outros pela Funarte (1983)
>>> Unleash the night de Sherrilyn Kenyon pela St. Martin's Paperbacks (2006)
>>> Olivia de Ian Falconer pela Globo (2012)
>>> The crush de Sandra Brown pela Warner Books (2003)
>>> Livro 1 de Ivan Zigg; Marcello Araujo pela Nova Fronteira (2008)
>>> Cultivo de Cogumelos e Trufas de Alejo Rigau pela Tempos Livres (1990)
>>> Shiitake Growers Handbook: the Art and Science of Mushroom Cultivation de Paul Przybylowicz; John Donoghue pela Kendall Hunt Pub Co (1990)
>>> The Shiitake Way: Vegetarian Cooking With Shiitake Mushrooms de Jennifer Snyder pela Book Publishing Company (1993)
>>> Cadernos de subjetividade de Vários autores pela Universidade Católica (2013)
>>> Shiitake de Kenneth Jones pela Inner Traditions (1994)
>>> Cadernos de subjetividade de Vários autores pela Universidade Católica (2015)
>>> Psicoterapia Centrada En El Cliente de Carl R. Rogers pela Paidós (1969)
>>> Kit Júlio Verne com 5 livros de Júlio Vern e pela Principis (2020)
>>> Prova de Rorschach: Elaboração do Psicodrama de Aníbal Silveira pela São Paulo (1964)
>>> Morfologia Social de Maurício Halbwachs pela Livraria Acadêmica (1941)
>>> Endereçamento- Saudando Jean-Luc Nancy em Coimbra, Andresses- Saluant Jean-Luc Nancy à Coimbra de Fernanda Bernardo pela Palimage (2008)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 1/10/2007
Comentários
Leitores


Baques do mercado I
Julio, parabéns pelo texto. Traduz muita coisa a muita gente. Eu entrei no Jornalismo como opção de última hora, mas gostei desde o início. Aprendi muito, fiz amigos que mantenho até hoje, aproveitei biblioteca, recursos, laboratórios, expandi horizontes. O baque veio com a entrada no mercado, feito de falhas, de erros grosseiros, de gente despreparada (e que se acha preparada), de salário baixo (o maior motivo de desânimo). Tanto que tem gente que tá se agarrando, como pode, à universidade, tentando ser docente, porque é ainda uma das melhores remunerações (e uma vida mais tranqüila). Redação é coisa pra recém formado, disposto a se esgotar em dois anos. Depois passa pra assessoria. Até tentar um negócio próprio, migrar de ramo, virar vendedor, enfim. Atualmente curso pós em Fotografia, com foco na docência e pesquisa, por interesse e gosto, embora o caminho das pedras seja longo e dolorido (passa por indicações, puxa-saquismos, etc., a gente sabe)...

[Sobre "A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogsome.com
1/10/2007 às
02h54 201.14.134.11
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Yuppies, filhos de Friedman
Se não me engano (li em algum lugar, há algum tempo) essa "onda" já começou com o criador do Universo, um cara chamado Milton Friedman, da Escola de Chicago (o pai desse tal de Neoliberalismo). Dizem que lá, quando a História já tinha acabado (Fukuyama), nos idos de 1990, já se distribuía fitas cassetes (tipo Shoptime, essas coisas) com programas completos para executivos e governos "enxugarem" suas máquinas — coisa garantida. Tem um outro termo para essa turminha também, os Yuppies. São eles os responsáveis pela "revolução" que estamos vivendo, segundo os próprios. É um mundinho de face sorridente e boboca, mas cheio de caninos raivosos por trás... O pior é que esse linguajar de "executivo" tem contaminado diversas áreas — e a minha área (o jornalismo) é uma das que caiu nessa, com esse mundinho assessoria de imprensa. Tem um autor, o Baumann (O Amor Líquido), que mostra como usamos isso até nos relacionamentos. Dizemos: estou "investindo" nessa pessoa. Dia desses, em vez de namorar, compramos...

[Sobre "Curso superior de auto-ajuda empresarial"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogsome.com
1/10/2007 às
02h16 201.14.134.11
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Comodismo
Vivemos os dois extremos. De um lado as faculdades particulares, oferecendo algo de qualidade duvidosa. Do outro, as universidades "públicas", que vivem num mundinho à parte, distantes da realidade. Infelizmente, é muito cômodo para todos que tudo fique como está.

[Sobre "Curso superior de auto-ajuda empresarial"]

por Paulo Sérgio Vieira
30/9/2007 às
23h45 201.79.77.184
(+) Paulo Sérgio Vieira no Digestivo...
 
Internetês
Sou professor aqui no sul e posso dizer que os alunos que escrevem na internet não conseguem escrever corretamente. Mesmo quando explico que há várias formas de se expressar e que o "internetês" é correto só na web, eles teimam em escrever "q", "ñ", "pq" etc, e não sabem desenvolver uma idéia, apenas reproduzir...

[Sobre "Literatura e internet"]

por Cassionei Petry
http://cassionei.blogspot.com
30/9/2007 às
21h19 201.3.171.131
(+) Cassionei Petry no Digestivo...
 
Internet pode ser aliada
O meio impresso ainda é a maneira mais segura e eficaz de transmitir, organizar e armazenar conhecimento e informação. Concordo plenamente contigo, Rafael. Mas acho apenas que tu subestimas por demais o online. Uma coisa não é excludente da outra. Por exemplo: a internet pode ser uma grande aliada dos veículos impressos, pois nela não existe limite de laudas. Um jornalista de veículo impresso dispõe de um espaço deveras limitado. E na internet, ele tem a oportunidade de expandir a matéria, sugerir leituras complementares etc.

[Sobre "O bom e velho jornalismo de sempre"]

por João Barreto
http://vejotudoenaomorro.wordpress.com
30/9/2007 às
13h09 201.66.149.176
(+) João Barreto no Digestivo...
 
Por um ensino coerente? (II)
Continuando, não há espaço pra muitos desses seres no mundo, que funcionam à base de hierarquias, de acordo com o domínio e o uso de uns sobre outros. A insatisfação só pode ser geral, com muita crise nos afetos e na própria existência. Não estou defendendo que não existam regras e respeito a elas, ou que criar novos conhecimentos seja uma obrigação, não. A educação deve ser resultado de um processo, mais fácil de ocorrer quando se instiga a criação, quando se cultiva a dúvida e se informa o aluno a respeito do modo como os saberes são constituídos. Deve-se deixar claro que o saber escolar/universitário não é o único e nem o melhor, apenas um tipo, certamente importante, de conhecer e saber, voltado mais para o mundo do trabalho do que para a vida.

[Sobre "A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
30/9/2007 às
13h00 201.50.182.71
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Por um ensino coerente? (I)
Ninguém vem nos salvar mesmo. Algumas pessoas até "nos salvam", sem querer, porque surgem em nossa vida. De algum modo se tornam significativas, nos afetam e transformam para melhor, mas não necessariamente vieram para isso. Julio, está muito bom seu texto, desabafo, reflexão sobre educação "superior" e as expectativas aí depositadas. Cada vez se exige mais dos alunos, profissionais sem lhes oferecer condições para corresponder ao exigido. O saber valorizado não é o vivencial e criativo, e sim o tradicional, estabelecido e aceito como verdadeiro, que servia a quem o construiu, ao tempo e situações em que foi descoberto ou inventado. O próprio termo "educação" se reporta a um saber imposto, transmitido como adequado a se aprender-memorizar e propagar. Educar também significa adestrar, é isso que as escolas e universidades fazem, porque o intelectual curioso, criativo e desconfiado das certezas cunhadas por outros é considerado perigoso, uma ameaça à ordem das coisas postas, podendo gerar instabilidade.

[Sobre "A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois"]

por Cristina Sampaio
http://www.minhasvozes.blogspot.com
30/9/2007 às
12h44 201.50.182.71
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
O que importa é o lucro
Olá, Pilar. Parabéns pelo texto! Escrever deveria ser o requisito mínimo necessário para o ingresso em qualquer universidade, mas já não é. Estudo em uma universidade que está entre as 37 piores divulgadas na última semana e afirmo que a posição é mais que merecida. O aluno que quiser estudar lá precisa apenas ter o ânimo de se tornar devedor adimplente. Se um aluno faz uma prova de vestibular hoje e não passa, pode voltar lá no dia seguinte e tentar novamente e assim sucessivamente. É muito simples. E não precisa iniciar o curso em fevereiro ou agosto. Pode iniciar em abril ou outubro, por exemplo. E são esses que tiveram a infelicidade de estudar em uma época que não se reprova, não se cobra presença e é possível se formar sem saber escrever. Na minha sala, pessoas escrevem “serto”, “umano”... Ah, e se reprovar em Direito Civil I esse semestre, pode continuar o módulo II no semestre seguinte e pagar para acessar a DP pela internet. Se não puder pagar no semestre seguinte, continua e faz quando puder.

[Sobre "Curso superior de auto-ajuda empresarial"]

por liz
30/9/2007 às
12h27 201.6.72.196
(+) liz no Digestivo...
 
existem erros que contribuem
Penso que o Tezza está cheio de razão. Não importam que tantos erros aconteçam, as pessoas continuam se tornam críticos e resenhistas. Esse conceito de erro é relativo: existem erros que contribuem e são variações linguísticas e desvios do português padrão.

[Sobre "Literatura e internet"]

por Lúcio Jr
http://www.emiliojunior.zip.net
30/9/2007 às
10h58 200.97.92.133
(+) Lúcio Jr no Digestivo...
 
É bom resgatar os clássicos
Talvez mostrar a hipocrisia da sociedade seja mais válido que mostrar alguém rebelando-se conta ela. E, além de mais válido, talvez seja mais elegante e discreto. No mais, bom resgatar os clássicos, meu caro.

[Sobre "Dando a Hawthorne seu real valor"]

por Rafael Rodrigues
30/9/2007 à
00h53 201.50.15.107
(+) Rafael Rodrigues no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Única Esperança
Alejandro Bullón
Casa Publicadora Brasileira
(2013)



Absinto
Christophe Bataille
Contraponto
(1996)



A Filosofia da Arte Moderna
Herbert Read
Ulisseia



Depois do Funeral
Agatha Christie
Círculo do Livro
(1981)



O Brasil Desempregado - Como Foram Destruídos Mais de 3 Milhões de Emp
Jorge Mattoso
Perseu Abramo
(2000)



Desperte o líder que há em você
Maria Helena de Melo
Literare Books International
(2019)



O Universo de Harry Potter de A a Z
Aubrey Malone
Nova Fronteira
(2013)



Coleção Inglês Prático para o Dia a Dia 5 + Dvd
Vários
Editorial Sol 90
(2010)



Um Amor Exclusivo
Johanna Adorján
Geração
(2011)



Executive Job-changing Workbook
John Lucht
The Viceroy
(1994)





busca | avançada
83024 visitas/dia
2,4 milhões/mês