Ariano, o sábio | Antônio P. Andrade

busca | avançada
89692 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado encerra circulação do concerto 60 Anos de Música com apresentação no MIS
>>> Mundo Suassuna, no Sesc Bom Retiro, apresenta o universo da cultura popular na obra do autor paraiba
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Bobagem
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> Delírios da baixa gastronomia
>>> A morte das línguas
>>> Mickey Mouse, historiador
>>> Always in all ways
>>> The perfect servant
>>> Future World (1987)
>>> A juventude nas livrarias
>>> Entrevista com Ruy Castro
Mais Recentes
>>> Os Pensadores Leibniz Novos Ensaios Sobre o Entendimento Humano de Gottfried Wilhelm Leibniz pela Nova Cultural (1996)
>>> Os Pensadores Montaigne Ensaios Volume I de Michel de Montaigne pela Nova Cultural (2000)
>>> Matei por Amor de Andrea Borelli pela Celso Bastos (1999)
>>> The Official Guide For Gmat Review 2016 With Online Question Bank And Exclusive Video de Gmac pela Wiley (2015)
>>> Teoria Processual da Constituição de Willis Santiago Guerra Filho pela Celso Bastos (2000)
>>> Princípios Constitucionais de Walter Claudius Rothenburg pela Sergio Antonio Fabris (2003)
>>> Direito Antitruste - O Combate Aos Carteis de Eduardo Molan e Juliana Oliveira pela Saraiva (2009)
>>> Pedagogia E Pedagogos, Para Quê? de José Carlos Libâneo pela Cortez (2008)
>>> Analise De Textos De Comunicacao de Dominique Maingueneau pela Cortez (2000)
>>> Produção Textual Na Universidade de Desiree Motta-roth pela Parabola (2016)
>>> Análise De Balanços de Unknown pela Atlas (2009)
>>> Introdução À Economia de Nicholas Gregory Mankiw pela Cengage Learning Nacional (2014)
>>> Administraao De Custos, Preos E Lucros, A: Com Aplicaoes Na Hp12c E Excel - Vol.5 - Serie Desvendando As Finanas de Adriano Leal pela Atlas (2012)
>>> Linguística? Que É Isso? de Jose Luiz Fiorin pela Contexto (2015)
>>> O Alienista. Não Existe Nada Mais Misterioso Do Que A Mente De Um Assassino de Caleb Carr pela Gente (2006)
>>> Marx, Gramsci E O Conhecimento. Ruptura Ou Continuidade de Marcos Francisco Martins pela Autores Associados (2008)
>>> Administração Financeira de Ana Cherobim pela Campus - Grupo Elsevier (2010)
>>> Clinical Endocrinology de Saffron A. Whitehead, John Miell pela Montpellier (2013)
>>> Direito Real de Servidão de Tupinambá Miguel Castro do Nascimento pela Aide (1985)
>>> Louis Vuitoon Collection Automne Hiver 2003 2004 - Importado -male de Louis Vuitoon pela Louis Vuitoon (2003)
>>> Marie Claire Magazine Debra Messing Will & Grace June 2000 - EUA de Marie Claire Magazine pela Marie Claire Magazine (2000)
>>> Elle Magazine - May 2002 - Milla Jovovich - EUA de Elle Magazine pela Elle Magazine (2002)
>>> Elle Magazine - UmaThurman November 1999 - EUA de Elle Magazine pela Elle Magazine (1999)
>>> Teen Free - May 1999 - Paul Walker de Teen Free pela Teen Free (1999)
>>> Catalogo M Officer de M. Officer pela M. Officer (1988)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 9/10/2007
Comentários
Leitores

Ariano, o sábio
Ariano é a síntese da inteligência universal. Sinto-me orgulhoso de ter nascido no mesmo país que ele.

[Sobre "Ariano Suassuna 80 anos "]

por Antônio P. Andrade
9/10/2007 às
22h51 189.12.108.36
(+) Antônio P. Andrade no Digestivo...
 
Menos partidarismo, na verdade
Só uma consideração ao comentário anterior. Assim que postei, fiquei pensando... o mais justo seria "Mais arte, menos partidarismo" para o título do comentário. Porque a Política sempre foi, é e será necessária para nossa vida. O problema, na verdade, é o descaso com que se trata ela, seja por indiferença, seja por excesso de interesses privados em detrimento de interesses públicos. Era só esta correção: "Mais arte, menos partidarismo". Abraços

[Sobre "A propósito de Chapolin e Chaves"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogsome.com
9/10/2007 às
20h37 200.180.59.152
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Mais arte, menos política
Dificilmente faço críticas "negativas" aqui, mas acho que elas nos ajudam a rever alguns pontos. O texto está bem escrito, a relação com os autores é boa, mas, primeiro, não traz nada de tão novo sobre Bolaños a não ser que é "gênio" — um conceito discutível. Segundo, há muito preconceito aí. Deixa o pessoal do interior dançar Strauss em seu casamento, o que há de brega nisso? Para muitas pessoas, é o momento mais especial da vida, não há nada de brega, errado ou feio — se há, é em achar isso brega. Também achei exagerado "momentos mais ridículos" da existência humana. E nunca assinei nem leio Caros Amigos, devido a seu excesso de partidarismo. Mas a crítica a ela, no meio de um texto como este, é desnecessária. Tenho amigos que lêem Caros Amigos e são fãs de Chaves sem, necessariamente, serem deste ou daquele partido ou ideologia. Bolanõs é um artista excelente e sua arte (ou seja, a Arte) não precisa vir acompanhada de julgamentos de valor pessoais. Abraço e até a próxima!

[Sobre "A propósito de Chapolin e Chaves"]

por Rogério Kreidlow
http://rogerkrw.blogsome.com
9/10/2007 às
20h34 200.180.59.152
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Identificação
Muito bom o texto! Batalhando exatamente para inscrever meu filme (digital) em festivais (estrangeiros, né...) me identifiquei totalmente. Como colaborador do Digestivo, estou até devendo uma matéria de "bastidores de produção cinematográfica no Brasil", mas parece que a novela não acaba nunca e o texto periga virar um tratado! Abraços! Jabá: se estiver interessado em conhecer meu filme, entre aqui.

[Sobre "Fetiche por película"]

por André
http://www.lanho.com.br/indodoc
9/10/2007 às
20h19 201.53.48.41
(+) André no Digestivo...
 
Novas Observações 06
Uma das coisas que também se falava muito em relação à película era a velocidade de gravação. Além disso, enquanto a película fazia 24 fotogramas por segundo, as câmeras digitais semi-profissionais (e até mesmo alguns modelos digitais) gravavam de modo entrelaçado, ou seja, toda a resolução que tinham era de, no máximo, 1080 linhas entrelaçadas em 29,97 frames por segundo (não eram fotogramas). Chama-se 1080i, os formatos de gravação das conhecidas HDV. Hoje esse modo de gravação já estava superado pela Panasonic, que lançou uma camera HDV que gravava em 24 progressivo (e não entrelaçado, como nas outras digitais). Com a RED também não é diferente, podendo filmar em 24, 30, 60 e outros.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h16 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 05
Pesquisando encontrei uma empresa super legal! Imagine que você quer montar uma sala de cinema digital e alguém lhe oferece um computador (conectado à empresa distribuidora via satélite), projetor e tela. Faz um investimento inicial e depois paga apenas por sessão exibida! A empresa chama-se RAIN Network e, por incrível que pareça, é brasileira! Gente, o único entrave para que o cinema não se transforme é o dinheiro que as grandes empresas norte-americanas vão perder com essa conversão. Imagine todas aquelas câmeras da Panavision sendo jogadas no lixo. Imagine que as distribuidoras iriam lucrar BEM menos com o cinema digital. Imagine se elas vão deixar isso acontecer? Imagine se a gente tem poder pra fazer alguma coisa com o pensamento retrógrado da maioria dos cineastas cheios de fetiche burro...

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h12 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 04
E ainda tem quem diga que vídeo não é cinema. Ou seria o contrário? Uma vez fiz uma matéria, no Cine-Pe, festival de cinema aqui em Recife, sobre a empresa que possui um projetor móvel de película e exibe os filmes nos festivais brasileiros. Não lembro agora o nome da empresa, mas ia combinar de entrevistar o pessoal no intervalo e o técnico puxou uma cadeira e disse para conversarmos no meio da exibição do primeiro longa da noite. Fiquei com o coração na mão e perguntei se ele não ia ver o filme. O cara deu uma risada e disse que já tinha visto mils vezes. Fiquei curiosa e sentei: "Como assim?". Pergunta à qual ele respondeu com muita calma e naturalidade mais ou menos assim: só tem a gente com esse projetor no Brasil, a gente acaba indo pra todos os festivais e vendo esses filmes milhões de vezes.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h11 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 03
A empresa define a camera como Ultra High Definition. Onde editar? No Final Cut Pro 2, que já oferece suporte para edição em 4K. Claro que isso tudo vai aumentar um pouco o orçamento de qualquer produção digital, mas ainda assim, nunca chegará aos pés do preço da película.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h11 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 02
Uma das coisas que também se falava muito em relação à película era a velocidade de gravação. Além disso, enquanto a película fazia 24 fotogramas por segundo, as câmeras digitais semi-profissionais (e até mesmo alguns modelos digitais) gravavam de modo entrelaçado, ou seja, toda a resolução que tinham era de, no máximo, 1080 linhas entrelaçadas em 29,97 frames por segundo (não eram fotogramas). Chama-se 1080i, os formatos de gravação das conhecidas HDV. Hoje esse modo de gravação já estava superado pela Panasonic, que lançou uma câmera HDV que gravava em 24 progressivo (e não entrelaçado, como nas outras digitais). Com a Red também não é diferente, podendo filmar em 24, 30, 60 e outros.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h10 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Novas observações 01
Bem, não exagerei não! Vocês provavelmente não entraram no site Red. Ela trabalha com uma configuração duas vezes melhor que a película, a começar pela quantidade de informação que ela grava. A película tem uma resolução que convenientemente chamamos de 2K. Isso significa que a película grava em 2024x1080 linhas numa janela nativa 16:9. Diz-se que o olho humano nem consegue enxergar toda essa resolução, pois, ao passar de duas mil linhas, não é possível perceber. Essa qualidade é boa, porque, para quem fotografa, quanto maior a resolução, melhor a latitude de gravação. Essa qualidade da película, era, até o começo do ano, insuperável, e em vista disso, ainda se valia a pena filmar em película. Entretanto, hoje em dia, com o lançamento das câmeras da empresa Red, o formato de gravação e as convenções cinematográficas terão de mudar. Ela filma com 4K. São 4520 X 2540 pixels de resolução! Isso aumenta e melhora a latitude, tornando o vídeo superior à película.

[Sobre "Fetiche por película"]

por Déborah Guaraná
http://postodegasolina.blogspot.com
9/10/2007 às
20h05 200.249.25.12
(+) Déborah Guaraná no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




III Milênio: O Apocalipse E A Revelação Do Anjo
Paulo Antonio de Colo
Do Autor
(2007)



Livro Auto Ajuda O Sentido da Vida
Bradley Trevor Greive
Sextante
(2002)



Igreja da Vila
Victhor Fabiano
Barn
(2019)



Complete Course in Magic
Mark Wilson S
Running Press
(2003)



Decorating Children's Rooms
Rosie Fisher
Time Warner Books Uk
(1989)



Os Pensadores
Auguste Comte+Emile Durkheim
Abril Cultural
(1974)



Livro Infanto Juvenis Peteca Ler, Aprender e Brincar Volume 2
Renata Cajado
Magia de Ler
(2023)



English Texts For Modern Youth
Eva Schechtman Jurkiewicz
Bloch
(1969)



Memórias Da Casa Dos Mortos
Dostoiévski
L&pm pocket
(2009)



Vende-se Design
Bruno Porto
2Ab
(2011)





busca | avançada
89692 visitas/dia
2,1 milhões/mês