QUEM GOSTAVA DA SÉRIE LEIA... | Meine Anny

busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Festival Som na Faixa apresenta edição online com atrações da música instrumental
>>> Leituras Urbanas começa novo ciclo literário
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Minicursos na PUC Minas
>>> 7 de Setembro
>>> Dublinenses
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> A Lógica do Cisne Negro, de Nassim Nicholas Taleb
>>> Villa-Lobos tinha dias de tirano
>>> Abbas Kiarostami: o cineasta do nada e do tudo
>>> White Blues Boys
>>> 21º de Mozart: Pollini e Muti
Mais Recentes
>>> Livro de Uma Sogra – Obra Completa Nº 5 de Aluísio Azevedo pela Waldré (1982)
>>> O Mulato de Aluísio Azevedo pela Ática (1992)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Abril (1979)
>>> Os Trabalhadores do Mar de Victor Hugo pela Abril (1979)
>>> Decamerão (2 volumes) de Giovanni Boccaccio pela Abril (1981)
>>> Relações entre a Igreja e o Estado de Rafael Llano Cifuentes pela José Olympio (1989)
>>> A Interpretação do Homem de Renato Kehl pela Francisco Alves (1951)
>>> Envelheça Sorrindo de Renato Kehl pela Francisco Alves (1949)
>>> O Milagre de Lourdes de Ruth Cranston pela Melhoramentos (1955)
>>> Diário de um pároco de aldeia de Georges Bernanos pela Agir (1964)
>>> A Doutrina Social da Igreja de G. C. Rutten, O. P. pela Agir (1947)
>>> Maria e o Evangelho de Jean Galot pela Aster (1961)
>>> O que sobrou do paraíso? de Jean Delumeau pela Companhia das letras (2003)
>>> Senhores de engenho, judeus em Pernambuco colonial 1542-1654 de José Alexandre Ribemboim pela 20-20 Comunicação (2002)
>>> Os magnatas do tráfico negreiro de José Gonçalves Salvador pela Pioneira, Edusp (1981)
>>> A comunidade judaico-cristã de Mateus de Anthony J. Saldarini pela Paulinas (2000)
>>> A Formação da Terra - Biblioteca Salvat de Grandes Temas de Vários Colaboradores pela Salvat (1979)
>>> As origens do Novo Testamento de C. F. D. Moule pela Paulinas (1979)
>>> Mártires do coliseu romano de Emma Leslie pela Aeebar (1984)
>>> Filosofia para entender teologia de Diogenes Allen e Eric Springsted pela Paulus, Academia cristã (2011)
>>> Nigella Bites de Nigella Lawson pela Ediouro (2019)
>>> Minidicionário da Língua Portuguesa de Francisco da Silveira Bueno pela FTD (1996)
>>> Desenho Técnico de Thomas E. French pela Globo (1958)
>>> Métodos de Ensaios nas Indústrias de Celulose e Papel de Alfred Halward e Outro pela Brusco
>>> Minha Vida na Estrada de Gloria Steinem pela Bertrand Brasil (2017)
>>> Quantitative Analysis de V. Alexeyer pela Mir
>>> Pulp Technology and Treatment For Paper de James d'A. Clark pela Miller Freeman (1978)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 47 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 46 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 43 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 41 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 40 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 39 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 38 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ciranda Cultural / W. Bucb (2009)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 37 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 36 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 35 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 34 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Fim de Fernanda Torres pela Companhia das Letras (2013)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 33 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 32 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 31 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cinco Minutos e a Viuvinha de José de Alencar pela Ática (2002)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 30 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 29 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> Cardiologia Baseada em Relatos de Casos de Carlos V. Serrano Jr.; Flávio Tarasoutchi; Outros pela Manole (2006)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 28 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 27 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
>>> A Bíblia mais Bela do Mundo 26 de Pe. Antônio Charbel pela Abril (1965)
COMENTÁRIOS

Domingo, 19/5/2002
Comentários
Leitores


QUEM GOSTAVA DA SÉRIE LEIA...
Olá eu adorei a idéia do Edmilson J. de fazer um abaixo assinado pra tentar fazer com que esta maravilhosa série volte para a tv aberta. O que podemos fazer é mandar e-mails pra tv Bandeirantes já que ela é a atual dona dos episódios. Farei a minha parte espero que com a ajuda de vocês possamos rever essa série novamente...

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Meine Anny
19/5/2002 às
16h29 200.151.81.226
(+) Meine Anny no Digestivo...
 
Falha técnica
Problemas no copy/paste. A frase correta é assim: "... se alguém entender que o Gustavo, por causa de sua raça, religião, credo político ou mesmo por suas dificuldades com acentuação deva ser conduzido a um campo de "reeducação", ninguém poderá protestar contra isso, exceto (talvez) o próprio Gustavo".

[Sobre "Regras da Morte"]

por Alexandre Ramos
19/5/2002 às
12h42 200.179.45.130
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Quod scripsi, scripsi
Diego, para achar que uma coisa é boa ou ruim, certa ou errada, é preciso um parâmetro, um referencial, né? Então, o meu eu encontro na Revelação Divina confiada à Igreja. E não “cegamente”, como diz você, pois sou católico porque quero. Essa coisa bem brasileira de “quero falar com o chefe” até que tem muito sentido em se tratando de valores: o negócio é buscar mesmo o fundamento último, porque os filósofos, as maiorias, as minorias, as modas e principalmente o politicamente correto levam você de nada para lugar algum. De mais a mais, aquelas idéias que os filmes que analisei defendem, tanto no nível de “patologia social” como naquele mais “light” que você considera aceitável, em existindo Deus estão erradas do mesmo jeito; em Ele não existindo, aí, meu chapa, é uma questão de oportunidade, talento e coragem. Ou tu acha que, neste caso, eu deixaria escapar a Mena Suvari? Gustavo, acho que antes de enviar um e-mail você não deve esquecer de passar um corretor ortográfico e gramatical. Dito isto, achei curiosa a sua idéia de deixar em paz quem pensa diferente de nós quanto a algumas coisas. Diferente, mas não original, porque um político americano - cujo nome não recordo nem sinto falta disso - depois da independência e antes da abolição da escravidão nos EUA, dizia que as pessoas que eram contra a escravidão deviam se limitar a não ter escravos, sem ficar enchendo o saco dos que preferiam tê-los. É possível que você perceba que, levando esse teu, ahn, digamos, “raciocínio” às ultimas conseqüências, se alguém entender que o Gustavo, por causa de sua raça, religião, credo político ou religioso ou mesmo por suas dificuldades com acentuação deva ser devidamente conduzido a um campo de “reeducação”. Tu já viu aquele poema do Brecht em que a cada noite vinha a polícia ao prédio do sujeito e levava os judeus, os comunistas, não sei mas quem, aí o cara ficava na dele e não fazia nada porque não pertencia a nenhum daqueles grupos, até que uma noite, quando a polícia chegou, ele estava sozinho no prédio? É isso aí. Veja, meu caro, que até para dizer essas bobagens que você diz, é preciso primeiro estar vivo. E um ser que, como incrivelmente até você conseguiu perceber, tem a potência para a vida consciente, tem também, rigorosamente, o direito de ter sua vida preservada desde a concepção.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Alexandre Ramos
19/5/2002 às
12h01 200.179.45.130
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Irrelevante
Sinto muito Gustavo, sempre que vejo um potencial de inteligência desperdiçado de tal forma. Não vou debater com você, não porque não tenha argumentos, mas porque você não tem postura para debater o que quer que seja. Ciência de almanaque e livro didático ou nada para mim dá no mesmo. E você é mesmo bi-dimensional, porque não demonstra nenhuma profundidade no que fala. Suas palavras são chapadas, preto-no-branco, maniqueístas e obtusas. Leia, por favor, os comentários bastante razoáveis do Diego, e aprenda a conversar. Não concordo com nada do que ele disse, mas respeito profundamente a posição dele, que não é irrefletida nem arrogante como a sua, apenas diferente da minha. Se vamos usar a ótica cientificista, você nada mais é que um bando de moléculas mal-arranjadas, que bem podiam virar algo de mais útil para a sociedade, como uma mesa de bilhar, por exmplo. Seria ao menos mais elegante.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Assunção Medeiros
19/5/2002 às
03h02 200.184.36.199
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Mulher, negra e favelada
Rafael, se você fica tão triste ao ver crioulos na tela, basta não assistir mais aos filmes americanos. Suponho que voce seja de esquerda, não? Então, veja apenas filmes nacionais... Eu, como sou crioulo, e de direita, adoro ver filmes americanos, e não perco um episódio de "Um Maluco no Pedaço", no SBT. P.S. Vou votar no candidato do FHC, o Serra, por causa da lei de cotas (mas mudo o voto, se surgir um candidato crioulo, gay ou mulher)

[Sobre "Estereótipos"]

por Mauro G. Cetrone
19/5/2002 às
02h22 200.226.225.212
(+) Mauro G. Cetrone no Digestivo...
 
Resposta do imaturo ignorante
A reacao emocional de uma mulher quanto a comparacao de um embriao com um verme e irrelevante. Em termos biologicos, OBJETIVOS, a comparacao procede. Inclusive, se nunca teve a curiosidade, va ver fotos de embrioes de varios vertebrados, do mais reles peixe ao mais inteligente mamifero. Ve algo em comum entre eles? Ou talvez a pergunta mais apropriada seria, ve algo DE DIFERENTE entre eles? Sim, porque e bastante dificil distinguir um do outro. Enquanto embrioes, o desenvolvimento de um sapo nao e tao diferente daquele empreendido por um humano. Alem do mais, se a mulher nao consegue conceber tal comparacao, que nao faca o aborto. Nao proponho que ninguem seja obrigado a faze-lo. Proponho que nao se impeca que aqueles que o desejem o facam. E convenhamos que se uma mulher esta disposta a abortar, certamente nao ve problemas com minha comparacao. Quanto ao movimento politico dos gays, tudo que os vejo fazer e demandar para si os mesmos direitos que os hetero ja tem, como por exemplo o direito ao casamento (Nao sei porque alguem iria querer isso, mas e direito deles mesmo assim ;) ). Ate o presente momento, nao vi o movimento gay dando pitaco sobre a politica neoliberal do FHC, dizendo que deviamos ser uma nacao comunista, exaltando algum fuher qualquer nem nada que o valha. Posso ate estar enganado. Se vamos falar de minha ignorancia quanto ao passado, sobre o que gostaria de ouvir? Sobre Galileu, que foi obrigado a desmentir que a terra girava ao redor do sol para nao virar churrasquinho gracas a uma certa igreja? Sobre as acusacoes de "bruxaria", completamente indefensaveis, que invariavelmente terminavam com tortura e execucao do acusado? Sobre Hume, filosofo brilhante que foi recusado em uma universidade sob a acusacao de "heresia e ateismo", por volta de 1750? Sim, minha cara, apesar de toda a ignorancia e misticismo que ainda assolam o mundo, considero que estamos bem melhor hoje do que sob o dominio de uma certa organizacao religiosa. E nao fui eu quem nomeou a epoca medieval de "Idade das Trevas". Agora, que tal deixar de lado a tentacao de atacar minha pessoa com seus jargoes sem significado (pessoa imatura, bidimensional e ignorante) e me mostrar PORQUE meus argumentos sao "bidimensionais" (nao me lembro de ter discutido a natureza do espaco-tempo com voce) e quais falhas logicas possuem? Oh, sim, quase me esqueci. Ja que vale usar taticas diversionarias aqui, va ler "O Mundo Assombrado pelos Demonios" por Carl Sagan, os tratados de Hume sobre o entendimento humano, e qualquer livro de biologia do segundo grau que contenha explicacoes sobre desenvolvimento embrionario. Quando voce estiver um pouco menos ignorante, a gente conversa, combinado? ;)

[Sobre "Regras da Morte"]

por Gustavo Alckmin
18/5/2002 às
17h39 200.189.2.1
(+) Gustavo Alckmin no Digestivo...
 
Fernanda Young
VOCÊ NÃO SABE NADA DE TC, FALANDO QUE A FERNANDA YOUNG NÃO TEM TALENTO...VC QUE NÃO TEM.....RECEBE SALÁRIO SÓ PRA FALAR MAL DOS OUTROS...TEM FACULDADE PRA ISSO?

[Sobre "E eu mais ainda!"]

por Fernandinha
18/5/2002 às
16h36 200.151.16.182
(+) Fernandinha no Digestivo...
 
Que confusão!
Gustavo, eu não disse em lugar algum que dois homens, ou duas mulheres, meia dúzia de cabritos e toda a torcida do Flamengo estavam proibidos de fazer sexualmente o que bem quiserem na cama. Podem, sim, porque o próprio Deus lhes deu essa autonomia. Não considero o que você falou válido, porque simplesmente não existe uma mulher capaz de comparar um filho no seu ventre com amebíase. Isso não pode ser levado a sério. O movimento gay é um movimento POLÍTICO que usa um desvio sexual como pretexto. Nada tenho contra os indivíduos gays, amo os cães, acho os boizinhos lindinhos. Sou contra todo o tipo de violência, inclusive as guerras, os bailes funk, as torcidas organizadas de futebol e crueldade com os animais. Ria do que quiser, mas me permita rir ainda mais de seus argumentos bi-dimensionais que mostram bem sua falta de experiência de vida e da sua crença moderna de que você é melhor que um homem medieval. Mostra bem o tamanho da sua ignorância. Mas você tem uma chance de sanear um pouco isso. Já que falou em vermes, tire alguns de sua mente. Vá visitar o site www.brathair.cjb.net e estude um pouco de história medieval. Um outro site bom é o do meu amigo Ricardo da Costa, em www.ricardocosta.com . Cresça um pouco. Depois a gente fala.

[Sobre "Regras da Morte"]

por Assunção Medeiros
18/5/2002 às
03h58 200.184.36.70
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Maldita Religiao...
Uma boa forma de entender do que se trata o homosexualismo e compara-lo a hemofilia ou a uma propencao ao cancer. Certamente nao e uma caracteristica desejavel, e nao contribui em nada para aumentar as chances de sobrevivencia ou a prole de um individuo, mas nao creio que tenha visto muitas pessoas perseguindo e maltratando hemofilicos ou portadores de cancer, pelo contrario. Afinal de contas, por que eh que temos essa necessidade em atacar ou em limitar a libertade dos homosexuais? Dois homens adultos resolvem, de livre e espontanea vontade, efetuar aquela gambiarra la que lembra um pouco o coito. Eles o fazem entre quatro paredes, respeitando portanto a privacidade dos demais. Porque, diabos, ficam os heteros tao incomodados com tal fato? Desde quando isso e problema nosso? Se eles querem voluntariamente desistir da competicao pelas femeas e se se satisfazem com aqueles malabarismos que, aos meus olhos, parecem ridiculos, o que e que eu tenho com isso? Nao vejo como minha liberdade possa estar sendo tolhida pelas praticas do "casal", portanto creio ser razoavel de minha parte nao interferir na deles. Quanto ao aborto. Vejamos. Quando voce detecta parasitas em seu trato intestinal, o que e que voce faz? Voce em algum momento pensa no fato de que tais criaturas possuem sistemas nervosos e portanto a capacidade de sofrer, ao deglutir seu vermifugo? Ou vejamos um exemplo mais extremo. Quais excrupulos voce demonstra ter ao matar uma entidade ADULTA, possuidora de sistema nervoso COMPLEXO, contendo inclusive memorias e que demonstra de forma inequivoca ser capaz de sentir emocoes como medo, dor, amor e desejo sexual? Voces nao tem excrupulos ao fazer um churrasco, mandar um cao para a carrocinha ou mesmo praticar experimentos enojantes em um chimpaze apenas para testar a viabilidade de um cosmetico, tem? Porque diabos entao voce os deveria ter ao tratar de um feto sem memorias, sem sistema nervoso operacional, sem identidade... sem um EU? A partir do momento em que uma mulher decide que nao deseja a crianca, a ultima e reduzida a mesma categoria do parasita intestinal: Uma forma de vida rudimentar que se vale dos recursos da hospedeira para viver e se desenvolver. A mulher nao tem o direito de negar esses recursos? Voce nao os nega aos "hospedes indesejados"? (vermes). Talvez devamos exaltar a sua "responsabilidade" nessa questao! Afinal de contas, a culpa dos vermes estarem ai e toda sua por comer legumes sem os lavar! Agora aguente as consequencias pelo resto de sua vida, nada justifica tal genocidio de centenas de pequenas vidas! No nosso caso, isso equivale a arranjar um emprego adicional para sustentar seu fardo ate os 21 anos de idade, desistir permanentemente de todo um estilo de vida, de todo o seu EU atual, que ja e possuidor de uma consciencia. Tudo em prol de uma crenca moral sem qualquer base cientifica que diz que um maldito aglomerado de celulas que por acaso possui o DNA da especie ariana... digo, DNA humano, e que tem o POTENCIAL de desenvolver uma consciencia, nao deve jamais ser morta. Se voce nao e a favor do aborto, nao o pratique. Mas nao tente impor seus valores a pessoas que desejam pratica-lo sem qualquer peso na consciencia. Garanto que nem voce nem qualquer de seus entes queridos sera de qualquer maneira molestado pela nossa pratica do aborto. :) Nao, nao acredito em diabo e honestamente nao dou a minima. Se ele quiser rir com a mao invisivel e indetectavel em meu ombro, problema dele. As crencas medievais que miraculosamente perduram ate hoje; independentemente de afetarem uma grande parcela da populacao, so conseguem ter um efeito em mim: me fazer rir. Como diria Carl Sagan, vivemos de fato em um "mundo assombrado pelos demonios..."

[Sobre "Regras da Morte"]

por Gustavo Alckmin
17/5/2002 às
21h33 200.189.2.25
(+) Gustavo Alckmin no Digestivo...
 
Pipocas, Diego!
Diego! Porque você foi tão mesquinho como o tamanho de seu texto da primeira vez? Concordo com a letra miúda e o itálico; você está coberto de razão. Viu, senhor Julio Daio Borges? Precisamos de fonte maior, e o itálico deveria ser uma opção, não a regra. Tem razão também pela parte do DERIVADO de um pensamento politicamente correto, vamos dizer então indentificado com ele. Você tem razão em um monte de coisas, e tenho medo de espantarmos os leitores se continuarmos com estes testamentos miúdos em itálico, mas deixa eu dizer umas coisinhas: dizer que dois opostos são igualmente "extremos" é brincar com retórica, não descrever a realidade. Isso é dizer que matar e gerar são igualmente errados. Nem sempre as situações de total oposição se referem a duas coisas negativas. Também está errado em dizer que a CNBB é igreja conservadora. Se você acha isso, não tem a menor idéia do que seja um católico conservador. E chega também de colocar religiosidade como obscurantismo. Deus é uma realidade com que temos de lidar, se não pelo fato da sua existência, pelo menos pelo dado estatístico de sua influêrncia na humanidade. Quanto ao fato de dois iguais se entenderem melhor, pode ser, mas não são COMPLEMENTARES, que é todo o objetivo do homem e da mulher existirem, pipocas (ADOREI o pipocas!). Não precisamos falar no Evangelho: basta estudar brevemente o yin/yang da filosofia oriental. Dois iguais se entendem, mas não geram o crescimento dialético de dois que se complementam. Sempre fica faltando algo. Quanto ao homossexualismo animal, qual o problema? Nunca disse que as pessoas não poderiam praticar o homossexualismo, ou sado-masoquismo, nenhum tipo de fetichismo. Isso é da consciência individual, nada tenho a declarar. Sei e respondo apenas pelo que EU faço. Mas o homossexualismo em qualquer espécie é ocasional, e ninguém imagina que deva ser elevado ao mesmo status do heterosexualismo. Imagine o que aconteceria se TODOS resolvessem adotar o homossexualismo? Vida curta para a espécie humana. E devemos mesmo conhecer gays muito diferentes, pois a preocupação com sexo é geral nos que eu conheço, e até acarreta nos "dark rooms" (salas escuras) das boates gays, onde vale tudo no escurinho. Não é o caso de não aceitar o homossexualismo como existente, apenas não acho que seja desejável, de um ponto de vista moral, social e religioso. Mas Santo Agostinho sempre nos exortava a odiar o pecado e amar o pecador, e procuro praticar isto. Ninguém jamais irá cometer suicídio por minha causa, eu lhe asseguro. Modelo de família existem vários, o que eu conheço e gosto muito é o patriarcal, não me sinto oprimida nem maltratada, sou mulher bastante independente. O que não existe hoje é a clareza do que verdadeiramente é uma família. O marido traisr a mulher indiscrimanadamente não é intrínseco do modelo familiar, é só pecado da carne mesmo. quanto ao aborto, porque é que é a aprte mais frágil que vai pagar pelo pecado dos outros? Quando é que um erro foi consertado por outro erro? Chega, meu querido, assim vou longe e assustaremos todos os leitores para fora daqui! :o) Beijos da Sue...

[Sobre "Regras da Morte"]

por Assunção Medeiros
17/5/2002 às
19h41 200.184.36.8
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ENCICLOPÉDIA DOS MUSEUS - UFFIZI - FLORENÇA
VÁRIOS AUTORES
MIRADOR INTERNACIONAL
(1968)
R$ 22,00



ECONOMIA & MERCADOS INTRODUÇÃO À ECONOMIA E AO MARKETING
SÉRGIO GUIMARÃES
ÁTICA
(1988)
R$ 12,00



TUDO SOBRE CANÁRIOS
MAURO DE MELLO MATTOS
EDIOURO
(1987)
R$ 17,00



DONA CASMURRA E SEU TIGRÃO
IVAN JAF
ÁTICA
(2017)
R$ 24,00



HEP7A DE RESPEITO - CORINTHIANS C. BRASILEIRO 2017
DANIEL AUGUSTO JR.
ONZE CULTURAL
(2017)
R$ 65,87



TEX ALMANAQUE Nº36
BONELLI E GALLEPPINI
MYTHOS
(2008)
R$ 10,00



DICIONÁRIO DE NOMES
ALFREDO SCOTTINI
EKO
(1999)
R$ 20,75



GUIA DE MESTRES E DOUTORES DA EDUCAÇÃO PÚBLICA FUNDAMENTAL DA
PREFEITURA DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO
CREP
(2001)
R$ 26,28



A VERDADE DA VIDA VOL 7
MASAHARU TANIGUCHI
SEICHO-NO-EI
(1995)
R$ 21,84



TARÔ DE MARSELHA - MANUAL PRÁTICO - COM 22 CARTAS ARCANOS MAIORES
ADEMIR BARBOSA JUNIOR
ANUBIS
(2015)
R$ 80,95





busca | avançada
69289 visitas/dia
2,0 milhão/mês