Os jornais não vão sobreviver | César Dorneles

busca | avançada
73635 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Dias 06,13, 20 e 27 de março terão apresentações circenses virtuais da Arca de Vandé
>>> Obra clássica sobre a economia política de Marx é lançada no Brasil
>>> Estreia de Pantanal A Boa Inocência de Nossas Origens
>>> Sesc 24 de Maio apresenta o quarto episódio do Desafinados Entrevista
>>> Unil oferece curso sobre preparação e revisão de texto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O que mata o prazer de ler?
>>> Ex-míope ou ficção científica?
>>> Cidades do Algarve
>>> Tralha
>>> Cameron Frye: o rapaz que se cansou de sentir medo
>>> Mighty Good Leader
>>> Réquiem
>>> Entrevista com André Fonseca
>>> Blogs, livros e blooks
>>> 8 de março: não aos tapas, sim aos beijos
Mais Recentes
>>> Encontros Com o Professor – Cultura Brasileira em Entrevista – Volume 1 de Cristiane Ostermann, Karen Mendes Santos & Ruy Carlos Ostermann (Org.) pela Tomo (2006)
>>> A Pesquisa e a Construção do Conhecimento Científico – Do Planejamento aos Textos, da Escola à Academia de Maria Luci de Mesquita Prestes pela Respel (2007)
>>> Uma Tranquila Transição de Dr. Bruce Goldberg pela Pensamento (2004)
>>> Este Barco é Nosso de D. Michael Abrashoff pela Cultrix - Amana Key (2013)
>>> Educação Inclusiva – Caderno de Estudos – Educação a Distância de Tatiana dos Santos da Silveira & Luciana Monteiro do Nascimento pela Uniasselvi (2013)
>>> Para Sempre (Os Imortais #1) de Alyson Noël pela Intrínseca (2011)
>>> Jesus, o Profeta do Oriente. de Michael Amaladoss pela Pensamento (2017)
>>> L'Histoire sans les femmes est-elle possible? de Anne-Marie Sohn; Françoise Thélamon (Orgs.) pela Perrin (1997)
>>> Les femmes, actrices de l'Histoire: France, 1789-1945 de Yannick Ripa pela Armand Colin (2002)
>>> Linguistique de Olivier Soutet pela Puf (1995)
>>> Gestão Escolar – Caderno de Estudos – Educação a Distância de Rosinete Bloemer Pickel Buss pela Uniasselvi (2013)
>>> Langues et écritures de la république et de la guerre: études sur Machiavel de Alessandro Fontana; Jean-Louis Fournel; Xavier Tabet; Jean-Claude Zancarini (Dir.) pela Name (2004)
>>> La guerre des identités: grammmaire de l'émancipation de Ernesto Laclau pela la Découverte Mauss (2000)
>>> Millennium 2 - A Menina que Brincava com Fogo de Stieg Larsson pela Companhia da Letras (2009)
>>> Psicomotricidade – Caderno de Estudos - Educação a Distância de Viviane Pessoa Padilha Patel, Scheila Krenkel & Eduardo Cartier Laranjeira pela Uniasselvi (2012)
>>> L'Insulte (en) politique: Europe et Amérique latine du XIXº siècle à nos jours de Th. Bouchet; M. Leggett; J. Vigreux; G. Verdo (Dir.) pela Editions Universitaires De Dijon (2005)
>>> A Revolução dos Bichos de George Orwell pela Globo (1971)
>>> Pragmatics de Stephen C. Levinson pela Cambridge University Press (1997)
>>> La danse des signes de Vários autores pela Hatier (1999)
>>> Le discours politique: les masques du pouvoir de Patrick Charaudeau pela Viubert (2005)
>>> A Quinta Disciplina - Arte e Prática da Organização Que Aprende de Peter M. Senge pela Best Seller (2012)
>>> Veda: o agora e o que vem depois de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupãda pela The Bhaktivedanta Book Trust (2018)
>>> La sémantique: avec des travaux pratiques d'application et leurs corrigés de Christian Baylon; Paul Fabre pela Nathan (1979)
>>> Alfabetização – Um Desafio Novo Para Um Novo Tempo de Iselda Terezinha Sausen Feil pela Vozes (1985)
>>> O Propósito da Vida: a história de um buscador de A. C. Bhaktivedanta Swami Prabhupãda pela The Bhaktivedanta Book Trust (2018)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 20/2/2009
Comentários
Leitores


Os jornais não vão sobreviver
É muito cedo, Sílvio, para uma avaliação em caráter definitivo sobre a internet, que recém está engatinhando, tal como o cinema há cem anos. Não creio na sobrevivência dos jornais, pelo menos a longo prazo.

[Sobre "A Morte dos Jornais, na Time"]

por César Dorneles
20/2/2009 às
23h25 189.27.181.213
(+) César Dorneles no Digestivo...
 
A Roda Viva de Chico
O marco zero da ruptura de Chico Buarque com seu propalado "bom-mocismo" foi a peça "Roda Viva". Ali Chico Buarque se expressava de uma forma que não dava espaço para que outros falassem por ele ou interpretassem o que Chico "pretendia dizer". Alguém se saiu com uma frase, acho que foi o José Celso Martinez, na época, sugerindo uma imagem forte: "Roda Viva são os olhos verdes de Chico Buarque boiando sobre um pedaço de fígado cru".

[Sobre "Chico Buarque falou por nós"]

por rené ferri
20/2/2009 às
19h44 201.87.95.83
(+) rené ferri no Digestivo...
 
De tão humana, uma obra divina
Chico é intemporal e universal. A beleza lhe era cativa, e ele a colocou em tudo o que fez. Não sei se por obra de Deus ou da natureza, os olhos de Chico viam a essência das coisas: a mulher além da emancipação, o homem além do machismo, a puta além da pornografia, o mundo além dos interesses. Na essência tudo é simples, verdadeiro e harmonioso quer seja aqui, ou lá, na vida do pobre, do bacana, do amado, do largado, tudo se iguala. Acredito que foram a visão e a consciência da importância da beleza, e também que a determinação de ser e se sentir livre, independente do redor, que culminaram na criação perfeita de sua obra, a qual cada vez que estudo me pergunto: como sempre senti e não pude exprimir isso? Chico Buarque sabe falar por mim, até hoje, sobre as coisas que sei; e até sobre coisas que ainda não sei...

[Sobre "Chico Buarque falou por nós"]

por Eliana de Freitas
http://www.elianadefreitas.recantodasletras.com.br
20/2/2009 às
13h36 201.0.94.217
(+) Eliana de Freitas no Digestivo...
 
O Fim do Carnaval
Penso que o Oscar é uma festinha americana. Gramado, que é do Brasil, a gente já nem fala mais. Quanto à folia, pouco a pouco vai virando uma festinha de Axé qualquer. Estamos conseguindo matar o nosso carnaval. A cidade que resido tem quatrocentos e cinquenta mil habitantes e, este ano, o carnaval popular resume-se a um bailinho contratado pela prefeitura. Conseguimos acabar com o Carnaval que mantinha inclusive uma verba oficial da secretaria do Turismo.

[Sobre "Entre a folia e o Oscar"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
20/2/2009 às
08h39 189.79.197.19
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
Criando na crise
É preciso esquecer a crise e criar, sem tempo pra interomper o processo de criação.

[Sobre "A Criação em tempos de Crise"]

por manoel messias perei
http://www.pop.cm.br
20/2/2009 às
08h27 189.79.197.19
(+) manoel messias perei no Digestivo...
 
Vitória e Callas
Guilherme, eu também adoro biografias. Duas dicas: 1) "Maria Callas: a mulher por trás do mito", por Ariana Stassinopoulos Hutchinson. Cia das Letras ("um arraso"!); 2) "Rainha Vitória", por Lytton Strachey. Record (IMPERDÍVEL!) abraços do Sílvio. Campinas, é verão de 2009.

[Sobre "A vida dos outros"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
20/2/2009 à
00h06 201.42.209.152
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Quiçá, quiçá, quiçá
Como notavelmente já afirmara Walter Benjamin (em 1933!), a humanidade, de uma forma bárbara, abandonou as peças do patrimônio cultural pela moeda míúda do "atual". Quiçá, Marcelo, diante da crise econômica, a humanidade se prepara para sobreviver à cultura. Abraços do Sílvio. Campinas, é verão de 2009.

[Sobre "A Criação em tempos de Crise"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
19/2/2009 às
23h39 201.42.209.152
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
O Brasil sem Dupas
Fabio, você está cheio de razão! Fiquei sabendo da morte do notável estudioso neste momento, por meio do seu post. Eu ainda me lembro, foi em 2004, num curso MBA, assumi a disciplina "Ética" junto a um grupo de alunos que hostilizara vários professores antes da minha admissão. Preparei um Programa de Curso no qual o texto (e/ou argumento) de Gilberto Dupas intitulado "Ética e poder na sociedade da informação" tornou-se mote central das nossas discussões. Resultado: SUCESSO! Certamente, após tal notícia, creio que o Brasil mergulha um pouco mais na miséria. abraços do Sílvio. Campinas, triste verão de 2009.

[Sobre "A morte de Gilberto Dupas"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
19/2/2009 às
23h28 201.42.209.152
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Falando para as paredes...
Olá, Julio: quando li a chamada deste texto no Digestivo Cultural, pensei em comentar. Não fiz isto. Hoje resolvi escrever como descobri o DC e revejo o texto. Está, então, em boa hora, certo? Concordo com o Sergio Lima: Na maioria dos blogs, não existe conversa e nem resposta (de seu comentário). Fica então muito sem graça comentar. Sabe como é? Falando para as paredes...

[Sobre "Declínio e Queda do Império dos Comentários"]

por Anna (Anny)
http://anny-linhaozzy.blogspot.com/
19/2/2009 às
17h34 189.45.252.177
(+) Anna (Anny) no Digestivo...
 
Pseudocultura mineira
Você citou o provincianismo de Belo Horizonte, a cidade ainda parece imersa numa autossuficiência e uma sensação de ser a capital cultural do país. Só falta reabrir o aerporto de La Pampouille. É neste clima que convive uma certa riqueza cultural com uma falta de preparo, que resultam em algo que vi lá anos atrás: uma peça baseada em Fassbinder virar comédia, só porque era estrelada por Fernanda Montenegro e repleta de palavrões.

[Sobre "É a mãe!"]

por Renato
http://www.oerratico.com
19/2/2009 às
16h26 201.81.38.177
(+) Renato no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Organizacion Atomica del Sistema Noeurovegetativo Periferico
V. Jabonero P. Gomez Bosque F. Bordallo J...
C S I C
(1951)
R$ 51,75



Morte Em Berlim
Pierre Frei
Record
(2005)
R$ 12,00



Evocação de Wenceslau de Moraes
Cão e Organiza-cão de Pedro Barreiros
Imprensa Nacional Casa da Moed
(2007)
R$ 12,28



Corografia do Distrito Federal
Mário da Veiga Cabral
á Noite
(1896)
R$ 50,00



Formulário Médico
Isaac Bezerra de Menezes e outros
Manifarma
(1991)
R$ 20,99



Introdução a Administração - Administração
Eunice lacava kwasnicka
Atlas
(2007)
R$ 45,00



Pesquisa e Recursos Didáticos na Formação e Prática Docentes
Marince Natal Justino
Ibpex
(2011)
R$ 15,36



Os Sofrimentos do Jovem Werther Edição Comentada
Johann Wolfgang Goethe
L&pm Pocket
(2004)
R$ 14,00



Uma Reportagem Maldita
Plínio Marcos
Parma
R$ 15,00



Questions Cliniques D Actualité 3ª Série
Sergent e Outros Autores
Masson
(1932)
R$ 33,99





busca | avançada
73635 visitas/dia
2,1 milhões/mês