Comentários de Manoel Messias Perei | Digestivo Cultural

busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Falta alguma coisa ali no meio
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> Despindo o Sargento Pimenta
>>> 15 de Agosto #digestivo10anos
>>> E se refez a Praça Roosevelt em sete anos
>>> Uma História do LED
>>> Caetano, não seja velho coronel
>>> Vento Bravo, com Edu e Tom
>>> Como o Google funciona
>>> A boa literatura brasileira
Mais Recentes
>>> Novíssimo Aulete - Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa de Caldas Aulete - Paulo Geiger ( Org. ) pela Lexikon (2011)
>>> O Laptop de Leonardo de Ben Shneiderman pela Nova Fronteira (2006)
>>> História da Paz de Demétrio Magnoli ( Org. ) pela Contexto (2008)
>>> O amor jamais te esquece de André Luiz Ruiz pela Ide (2003)
>>> Nosso Livro de Francisco Cândido Xavier pela Lake (2005)
>>> Direito Penal 1 Parte Geral de Sophie Kinsella pela Record (2010)
>>> Em Espírito e Em Verdade de Andy Park pela Vida
>>> Mente e Cérebro Poderosos de Conceição Trucom pela Cultrix (2010)
>>> Todo Ar Que Respiras de Judith Mcnaught pela Bertrand Brasil (2009)
>>> Tudo Bem Ser Diferente de Todd Parr pela Panda Books # (2002)
>>> Sonho Oriental Sabores e Receitas de Editora Caras pela Caras
>>> O Que Fazer? Falando de Convivência de Liliana Iacocca pela Ática
>>> O Homem Que Roubava Horas de Daniel Munduruku e Janaina Tokitaka pela Brinque Book (2010)
>>> Mulheres Inteligentes, Relações Saudáveis de Augusto Cury pela Academia
>>> Ana Karênina Volume 1 de Tolstoi pela Nova Cultural (1997)
>>> A Bíblia do Otimismo de R. Stanganelli pela Tríade
>>> Coleção na Luz da Verdade 1, 2 e 3 de Abdruschin pela Ordem do Graal na Terra (1999)
>>> O Rapto do Garoto de Ouro Série Vaga-lume de Marcos Rey pela Atica
>>> Como Fazer Qualquer Pessoa Se Apaixonar por Você! de Leil Lowndes pela Record
>>> A Sombra do Vulcão de Malcom Lowry pela L&pm Pocket (2007)
>>> Manual de Direito Penal Parte Especial Vol II 27ª Edição de Julio Fabbrini Mirabete pela Atlas (2010)
>>> Do Outro Mundo - Coleção Ana Maria Machado de Ana Maria Machado pela Ática (2002)
>>> Dicionário Jurídico Brasileiro Acquaviva - Edição de Luxo de Marcus Claudio Acquaviva pela Jurídica Brasileira (1995)
>>> A Tecnologia Acima do Bem e do Mal de José Rubens Salles Toledo pela Itafi (2016)
>>> Cómo Pintar a óleo de Jose Maria Parramon pela Parramón
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Domingo, 6/2/2011
Comentários
Manoel Messias Perei


Esbofeteie, violente e beije
Tenho a impressão de que no passado havia uma rigidez, devido ao processo de educação centralizado na família, e quase uma ordem unida a ser cumprida por cada um. Hoje sinto que há um processo de liberdade, de conscientização das necessidades do próximo. Porém, há uma pervesidade, em que as pessoas usam e abusam de estacionamento privativo, pra idoso ou deficiente. Tem atitudes mais violentas em relação ao próximo. E isto é quase que a certeza de que o ser humano é entre todos os animais o que usa mais o cérebro, raciocina friamente, e mantém um olhar que parece destruir o próximo. Negando as palavras, ditas e repetidas, em todos os cultos religiosos. Ame o seu próximo como a si mesmo e tenha a consciência de um Criador sobre todas as coisas. Mas isto são apenas repetições; na prática, se puder, esbofeteie, violente o próximo e depois beije.

[Sobre "Duros tempos da vida moderna"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
6/2/2011 às
17h58 189.79.203.207
 
Até a morte é dialética
A vida é um conjunto de contradições que somente a dialética pode interpretar, virando-se do avesso. E essa questão dos novos trabalhos, os novos focos, é interessante, o caráter é mesmo informar. O que morre é a resistência do não transformar, embora a morte de uma forma de trabalho gere o nascimento de outra, mais criativa. Portanto, até a morte, neste caso, é dialética.

[Sobre "The Daily, de Rupert Murdoch, no iPad"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
2/2/2011 às
15h35 189.79.192.5
 
Sedução através das palavras
A literatura revela o interior de quem escreve, e a forma como estabelece um texto é, na verdade, a forma de grafar a sedução através das palavras.

[Sobre "É possível conquistar alguém pela escrita?"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
23/1/2011 às
22h23 189.79.214.17
 
A verdade artística
Na arte expressamos uma verdade, que não é científica, mas que denuncia, encanta muito mais do que uma simples reportagem. É a verdade artística, poética.

[Sobre "Antonio Henrique Amaral"]

por manoel messias perei
http://www.pop.com.br
13/1/2011 às
21h00 189.79.196.146
 
Baudelaire: fetiche de época
Baudelaire, um talento, mas que contava com uma aura sobrenatural, como fetiche de uma época. E olhava o mar buscando o horizonte como margem.

[Sobre "Baudelaire, um pária genial (parte I)"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
11/1/2011 às
07h47 189.79.196.146
 
Às vezes, somos racionais
A emoção canta mais alto dentro de nós e toda a nossa vida é como a ilusão de um barco que navega em alto mar. Às vezes, somos racionais. Mas em todas as datas comemorativas corremos, presenteamos, muitas vezes choramos. É a emoção que canta mais alto, mesmo.

[Sobre "Terminar o ano correndo"]

por Manoel Messias perei
6/1/2011 às
23h38 189.79.227.119
 
Música brasileira em silêncio
Musicalmente o Brasil estabelece o silêncio quando trata-se de música que combinem harmonia, letras e ritmo. Que explore a cultura de um povo, que estabeleça a arte do cantar e encantar com a trasformação científica e tecnológica. Havia uma música brasileira que tinha um refrão "a música, alta sensibilidade espirituosidade..." É... foi um tempo que passou.

[Sobre "As letras de música de hoje"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
28/12/2010 às
12h10 189.79.220.206
 
Olhar feminino no poder
Sabemos que o sistema político e social é o mesmo, sabemos que a estrutura governamental do Brasil é a mesma. Só que há um olhar feminino observando os detalhes, e uma equipe administradora, que passa a ser comandada por alguém que usa o batom e aperfuma-se, muito mais do que os homens, que geriram conflitos, desigualdades, que estabeleceram assassinatos e torturas nos casos dos militares, que teve um País condenado pela OEA; e nem mesmo Lula teve coragem pra resolver esse impasse desabonador para um País que se diz democrático. Com certeza o olhar feminino fará a diferença e, em vez de botas pra esmagar as flores, estarão as sandálias femininas do respeito.

[Sobre "Mulher no comando do país! E agora?"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
22/12/2010 às
06h20 189.79.220.206
 
No chão da realidade
Um filme traçado no chão da realidade.

[Sobre "Cidade de Deus: o maior barato"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
29/11/2010 às
12h11 189.79.204.12
 
Um recado para a Yoko Ono
Aquele que na vida teve uma simples interrompida merece ser lembrado na história, mesmo que esta não tenha sido de glória. Ao menos teve uma obra, embora um cobra dentro da própria atualidade. Uma obra que merece ser preservada como aguar a roseira e na vida inteira manter vidas de Rosa. Lennon lutou pela paz, mas foi morto por um fã incapaz, que com certeza achou correto ter matado, dando continuidade à violência essa indecência que é presença em nosso dia a dia. Por isso, o recado para Yoko é que ela lute pela paz e harmonia. Se ela conseguir ouvir, ler o recado digestivamente, agradecemos.

[Sobre "John Lennon, o homem"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
12/11/2010 às
06h21 189.79.226.132
 
O Digestivo é um encanto
O Digestivo é uma espécie de encanto, é algo que antropologia escrita pode levar anos para entender. Mas vejo que começou com uma lógica unir escritos de artes sem ser fanzine, sem ser suplemento literário, ser apenas algo que estabeleceu pontes e que possibilitou o encantamento.

[Sobre "Digestivo empreendedor"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
11/11/2010 às
10h55 189.79.226.132
 
Necessidade poética
A poesia tem o seu intelocutor, que sabe da necessidade poética de atender o teatro de viver.

[Sobre "Claudio Willer"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
5/11/2010 às
07h33 189.79.228.130
 
Transição identitária
Vivemos numa época em que ninguém sabe mais informar quem é o homem ou a mulher, e, na verdade, estamos em fase de transição identitária na nossa sociedade. Coisas do mundo contemporâneo.

[Sobre "Batom, kichute e literatura"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
2/11/2010 às
08h30 189.79.201.251
 
O Digestivo e a diversidade
Pelo processo democrático do Digestivo, crescemos num contexto da diversidade.

[Sobre "Digestivo Cultural: 10 anos de autenticidade"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
21/10/2010 às
04h28 189.79.227.142
 
A vida é uma eterna dança.D...
A vida é uma eterna dança.Dançaremos hoje e seremos o ridículo de amnhã.Mas até andar é dançar.

[Sobre "A dança das décadas"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
13/10/2010 às
04h34 189.79.210.22
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Martin, Filhote de águia
Terezinha Éboli
Agir
(1989)



Ausblick 2 Kursbuch
Anni Fischer Mitziviris
Hueber
(2009)



Espírito Santo, Brasil - Bilíngue
Luis Guilherme Santos Neves e Outros
Casa e Jardim
(1994)



La Mémoire de Lâme
Launier / Mcebius
Stardom
(2001)



Os Pensadores da Grécia - Tomo I - Filosofia Pré-socrática - 1ª Edição
Theodor Gomperz
Ícone
(2011)



Paula
Isabel Allende
Abdr
(1996)



Manual do Engenheiro Globo 2º Volume 1º Tomo
Bolivar Barros e Outros
Globo
(1977)



Dicionário Espanhol Português
A. Tenório Dalbuquerque
Itatiaia



Vivendo Em Meio a Milagres
Steve Hill
Central Gospel
(2008)



São Paulo Em Vinte Artistas
Alberto Hiar Junior
Imprensa Oficial
(2010)





busca | avançada
88566 visitas/dia
2,4 milhões/mês