Digestivo Cultural: 10 anos de autenticidade | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
59122 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Ensaios Perversos traz papo cabeça com drag, performances e festa pra dançar
>>> Chega a São Paulo projeto cultural que vai levar teatro a crianças de seis estados
>>> Clube do Disco - Os Saltimbancos
>>> A EDITORA estreia online dia 29 de outubro, de graça
>>> 'O Engenheiro', ópera de Tim Rescala, estreia em Porto Alegre
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Coetzee, um escritor inventivo
>>> O vampiro de almas
>>> 7º Cordas na Mantiqueira, em São Francisco Xavier
>>> Entrevista com José Castello
>>> Dirty Dancing - Ritmo Quente
>>> Qual é a alma da cidade?
>>> Don’t be evil
>>> Persistente e indignada
>>> Web-based Finance Application
>>> Fernanda Young (1970-2019)
Mais Recentes
>>> Teoria Geral do Processo de Antonio Carlos de Araújo Cintra pela Malheiros (2009)
>>> O Sucesso Não Ocorre por Acaso - Você Pode Mudar Sua Vida de Dr. Lair Ribeiro pela Objetiva (1992)
>>> Ala Dezoito de Wilson Frungilo pela Ide (2014)
>>> A Voz do Mestre de Kahlil Gibran pela Circulo do Livro (1974)
>>> Biologia Educacional de Ary Lex pela Companhia Nacional (1970)
>>> Na era do Espirito de Francisco Candido Xavier pela Geem (2014)
>>> Becky Boom - Delírios de Consumo na 5º Avenida de Sophie Kinsella pela Record (2010)
>>> O Querigma - Anuncio da Palavra no Poder do Espirito de Luiz Santana pela Rccbrasil (2012)
>>> Ribeirão da Ilha Vida e Retratos - Coleção Memoria de Florianópolis 3 de Nereu do Vale Pereira; Francisco do Vale pela Fundação Franklin Cascaes (1991)
>>> Psicoterapia à Luz do Evangelho de Jesus de Alirio de Cerqueira Filho pela Bezerra de Menezes (2010)
>>> Minha Escolha é Viver de Fatima Moura pela Eme (2013)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lake (1994)
>>> Historia Universal 3 Livros - Volumes 3, 4 e 5 de H. G. Wells pela Companhia Nacional (1968)
>>> Guerreiros - Em Ordem de Batalha de João Luis D. Mendes pela Comunidade Anuncia- Me (2004)
>>> As Sete Leis Espirituais do Sucesso de Deepak Chopra pela Best Seller (1994)
>>> A Mediunidade sem Lágrimas - Col. Espirita de Eliseu Rigonatti pela Pensamento (2012)
>>> Soneto de Fidelidade e Outros Poemas- Col. Clássicos de Ouro + Encarte de Vinicius de Moraes pela Ediouro (1996)
>>> Read All About It! de Richard Musman pela Longman (1971)
>>> Keyguide - Guia Paris de Vários autores pela Publifolha (2011)
>>> Guia Visual Folha de S. Paulo - Nova York de Vários autores pela Publifolha (2012)
>>> Guia Visual Folha de S. Paulo - Londres de Vários autores pela Publifolha (2011)
>>> Guia Visual Folha de S. Paulo - Paris de Vários autores pela Publifolha (2011)
>>> Guia de Conversação Frances para Leigos - Dummies de Dodi-Katrin Schmidt e outros pela Alta Books (2011)
>>> Sob as mãos da misericórdia de André Luiz Ruiz pela Ide (2005)
>>> Hinos do povo de Deus 2 de Vários autores pela Sinodal (2007)
COLUNAS >>> Especial Digestivo 10 Anos

Terça-feira, 19/10/2010
Digestivo Cultural: 10 anos de autenticidade
Wellington Machado

+ de 4000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Se o leitor fizer uma busca na internet, digitando o nome do jornalista Sérgio Augusto, chegará ao Digestivo Cultural já nos primeiros itens da pesquisa. Não sei por quais tipos de conexões virtuais, por coincidências, intercalações, ligações metafísicas ou até, para os crentes, por determinismo, o nome do Sérgio parece andar sempre atrelado ao do site. Afinidade? Assim espero, pois ter boas influências só nos faz crescer. O fato é que eu também, assim como centenas (talvez milhares) de leitores, descobri o Digestivo Cultural lendo o Sérgio Augusto. Se o portal tivesse um paraninfo, certamente o jornalista seria um dos mais cotados a assumir o posto.

Fazendo um exercício de memória, tento reconstruir o ambiente cultural brasileiro de dez anos atrás, quando surgiu o Digestivo. Lembro que tínhamos algumas publicações culturais importantes, mas já cambaleantes, assustadas com as ameaças e as incertezas trazidas pelo crescimento da internet. As revistas Bravo! e Cult viviam o seu auge, o programa Manhattan Connection tentava se recuperar da perda do Paulo Francis, os cadernos culturais dos jornais de domingo ainda eram densos. Iniciante na rede social, ciscando aqui e ali, eu lia com frequência dois sites, talvez os desbravadores culturais da rede: o No Mínimo e o Digestivo Cultural.

Ao comemorar seus dez anos, o Digestivo resiste bravamente (o No Mínimo já não existe; vários sites se perderam pelo caminho; surgiram os blogs, "facebooks", o Twitter) e segue firme, com vitalidade. Mas resiste não só pelo que ele "é", mas muito também pelo que ele "não é". A força do portal está no seu caráter inovador, no ineditismo e na sua autenticidade, características que o tornam único.

Existem várias revistas literárias na rede, muitas delas de excelente qualidade, onde escritores, consagrados ou não, publicam seus contos, poesias, críticas, ensaios etc. O Digestivo Cultural "não é" mais uma dessas revistas literárias. Como também "não é" um portal de publicação de textos de ficção, cuja função é atribuída mais aos suplementos literários (virtuais ou impressos) ― temos vários exemplos de sites nesses moldes, cuja importância é também inquestionável. E o Digestivo também "não é" uma plataforma de textos acadêmicos, carregados de referências bibliográficas e notas de rodapé. Assim como "não é" um portal agregador de blogs individuais. Nada contra os exemplos citados, mas o que quero dizer é que o Digestivo Cultural criou um nicho, inventou algo que não existia, qual seja, jornalismo cultural produzido por anônimos, por gente que vive, respira e venera cultura, mas que não é necessariamente jornalista. Talvez seja essa a razão da sua longevidade ― que não é pequena ante a volatilidade na rede.

No que tange ao que o Digestivo "é", há de se destacar dois pontos globais que talvez passem despercebidos ao leitor: o seu caráter democrático e, por consequência, a sua diversidade ― de pessoas escrevendo e de temas abordados no portal. Em se tratando de temas, a única exigência que se faz é que a cultura esteja de alguma forma envolvida nos textos. Música, literatura, teatro, cinema, culinária, televisão; tudo é possível, desde que "digerido" sob a lente cultural.

Há de se ressaltar a total liberdade de criação e de temas. Muitos desses aspectos só podem ser notados por quem participa do site. Escreve-se aqui sobre Paulo Coelho, Senhor dos Anéis, Harry Potter ou vampiros, com a mesma seriedade e respeito com que se fala de Saramago, Philip Roth, Matisse ou Mozart. Não há restrições também quanto ao gênero textual. Quem determina se vai fazer crítica, ensaio, reportagem, crônica ou resenha é o autor. Tamanha liberdade facilita o tratamento argumentativo do texto que, ressalto também como algo autêntico no Digestivo, muitas vezes acontece de maneira transversal, interdisciplinar até, alinhando literatura e filosofia, cinema e literatura, música e cinema etc.

E a diversidade está presente também no rol de colunistas (homens e mulheres), provenientes das mais diversas cidades do Brasil, de norte a sul, de leste a oeste. Muito antes de se levantar a questão da exigência (ou não) do diploma de jornalismo como pré-requisito para escrever na imprensa, o Digestivo já antecipava a tendência "liberal", permitindo a qualquer pessoa, de qualquer profissão, fazer jornalismo cultural de maneira autodidata ou intuitiva ― como acontecia antigamente; haja vista os exemplos de Otto Maria Carpeaux, Paulo Francis, Nelson Rodrigues e do próprio Sérgio Augusto, que aprenderam o ofício na prática.

E além dos colunistas, o Digestivo Cultural frequentemente abre espaço para colaboradores eventuais, que contribuem invariavelmente com textos de alta qualidade. E o mais importante: todos gozam de um espaço invejável para se expressar aqui. Isso é uma raridade! Como é notório, a tendência nos veículos de imprensa é encurtar e condensar os textos o máximo possível, para que sejam lidos com rapidez, condizentes com a correria contemporânea. Já o Digestivo incentiva a produção de textos mais elaborados, analíticos, que busquem concatenar ideias e proposições, sem maiores preocupações com o tamanho ou limite de toques.

Essa liberdade em relação ao espaço, quesito indispensável no exercício do jornalismo cultural, está presente também nas entrevistas, muitas delas extensas, abrangentes e profundas, que o portal realiza. E estão presentes nelas também o caráter democrático a que eu me referia, pois o Digestivo nunca exigiu que o entrevistado fosse obrigatoriamente uma celebridade. Para ser entrevistado, basta ter algo interessante a dizer sobre cultura ou sobre seu ofício.

Há de se destacar também o equilíbrio nos textos publicados no Digestivo Cultural (outra vez o sentido democrático). Ao dar espaço aos "anônimos", o portal não vira as costas para o bom texto produzido na grande imprensa. Nada é encarado de forma radical pelos editores. Os melhores textos literários publicados em grandes jornais merecem ser divulgados e têm lugar garantido no site. Um bom exemplo são os ensaios reproduzidos no Digestivo (devidamente autorizados), de jornalistas, intelectuais e escritores de renome.

Comemorar os dez anos do Digestivo significa enaltecer o lugar que ele conquistou na internet. Sua importância se deve, não há como não mencionar, ao arrojo dos editores: visão empreendedora, capacidade de antecipar tendências e levar esse veleiro de acordo com a direção do vento, mesmo em meio a intempéries. Acreditar na possibilidade de se fazer jornalismo cultural fora do mainstream, com uma linha editorial democrática, independente e apartidária é um dos grandes méritos dos que fazem o Digestivo Cultural.

Nota do Editor
Wellington Machado de Carvalho mantém o blog Esquinas Lúdicas.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 19/10/2010


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O fim dos livros físicos? de Luís Fernando Amâncio
02. Cabelo, cabeleira de Luís Fernando Amâncio
03. O pai tá on: um ano de paternidade de Luís Fernando Amâncio
04. A desgraça de ser escritor de Luís Fernando Amâncio
05. O dia que nada prometia de Luís Fernando Amâncio


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2010
01. A ilusão da alma, de Eduardo Giannetti - 31/8/2010
02. Enquanto agonizo, de William Faulkner - 18/1/2010
03. Meu cinema em 2010 ― 1/2 - 28/12/2010
04. A sombra de Saramago - 3/8/2010
05. Guimarães Rosa em Buenos Aires - 28/9/2010


Mais Especial Digestivo 10 Anos
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/10/2010
04h28min
Pelo processo democrático do Digestivo, crescemos num contexto da diversidade.
[Leia outros Comentários de Manoel Messias Perei]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Segredos para Ser Bem-sucedido Em Discursos e Apresentações
Gordon Bell
Nobel
(1992)



Elements of Medical Genetics
Robert F. Muller e Ian D Young
Churchill Livigstone
(1998)



O Ciclista
Walther Moreira Santos
Autentica
(2008)



Tiradentes E A Inconfidência Mineira
Carlos Guilherme Mota
Ática
(2006)



Mãe - Crônicas do Mago Em Homenagem à Mulher, Fonte de Vida e Sabedori
Paulo Coelho
Extra



Jack e Jackie Retrato de um Casamento
Christopher Andersen
Harbra
(1997)



Complexo de Édipo
Robert M. Young
Ediouro, Segmento-Duetto Editorial Ltda. com a Relume Dumará Editor
(2005)



Crônicas Dor Cor - a Linguagem Golen Heart
André Felipe Camelo
Cbje
(2011)



A Escrava Isaura
Bernardo Guimarães
Atica
(1998)



Versus: Paginas da Utopia
Vários Autores
Azougue
(2007)





busca | avançada
59122 visitas/dia
1,8 milhão/mês