Polêmica | Gian Danton

busca | avançada
62476 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> UP CONTEMPORANEA e SP INSPIRA ARTE || Art Lab Gallery
>>> Grupo Manuí lança primeira faixa do ano com Juraildes da Cruz
>>> Feriado, dia 20 :: Toni Garrido e Evandro Mesquita fazem show de graça na Laura Alvim em Ipanema
>>> Cadê a Criança que tava aqui? reestreia dia 5 de fevereiro no Alfa
>>> ENDURO A PÉ - CIRCUITO DE LAZER NO CENTRO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O único a enfrentar Eike
>>> O Alumioso, por Di Freitas
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> 16 de Agosto
>>> Escola, literatura e sociedade: esquizofrenia
>>> O batom
>>> O melhor de 2005: não ter uma lista
>>> De cadelos e cachorras
>>> 21 de Dezembro #digestivo10anos
>>> A droga da felicidade
Mais Recentes
>>> Got It! Plus - Level 1 - Student Book e Workbook - Cd-rom de Philippa Bowen / Denis Delaney pela Oxford University Press (2016)
>>> Arrependimento e Fé de Pastor Ock Soo Park pela Good News (2009)
>>> Criação e Adaptação de Jogos Em T&d de Paula Falcão pela Qualitymark (2003)
>>> Tesouros Disney - Capa Dura de Walt Disney pela Abril (2017)
>>> O Médico e o Monstro - Série Reencontro - o Estranho Caso do Dr. Jekyl de Edla Van Steen pela Scipione (2001)
>>> Peppa Pig Brincando Com Som de On Line pela On Line (2014)
>>> O Executivo Sincero de Adriano Silva pela Rocco (2014)
>>> Sem Açúcar, Com Afeto - Inclui Cd Rom de Telma Andrade / Jefferson Costa pela Do Brasil (2011)
>>> Jardim dos Passeios e Devaneios de Casa Dois pela Casa Dois
>>> Direito Processual do Trabalho - 23° Edição - 2005 de Sergio Pinto Martins pela Atlas (2005)
>>> Personas Materno Eletrônicas Feminilidade e Integraçao no Blog Mothern de Adriana Braga pela Sulina (2008)
>>> Robin Hood - Capa Dura de Neil Philip / Nick Harris pela Companhia das Letrinhas (2000)
>>> O Mistério do Escudo de Ouro de Odette de Barros Mott pela Brasiliense (1982)
>>> Michaelis Minidicionário Espanhol - Português - Português - Espanhol de Michaelis pela Melhoramentos (1993)
>>> A Disciplina do Amor - Capa Dura de Lygia Fagundes Telles pela Círculo do Livro (1980)
>>> Contos Fantásticos do Século XIX Escolhidos por Italo Calvino de Italo Calvino (seleção) - Vários Autores pela Companhia das Letras (2011)
>>> A Culpa e das Estrelas de John Green pela Intrinseca (2012)
>>> Algemas Abertas de Armando Fernandes de Oliveira pela Eme (1993)
>>> Neymar Jr. Nº22 - os Caçadores da Bola Dourada de Mauricio de Souza pela Panini (2015)
>>> Melhores do Mundo Nº 01 o Universo do Cavaleiro das Trevas de Miller / Azzarallo / Janson / Sinclair pela Panini Comics
>>> Candido de Voltaire pela Martins Fontes (1990)
>>> False Memory de Dean Koontz pela Bantam Books (2000)
>>> Encargos Sociais e Trabalhista no Brasil de Carlos Pessoa pela Qualitymark (2011)
>>> Pizza Supimpa - Arte da Cozinha Nº 02 de Editora Tres pela Tres
>>> 101 Atrações de Tv Que Sintonizaram o Brasil de Patrícia Kogut pela Sextante (2015)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 15/11/2002
Comentários
Leitores


Polêmica
É incrível como o pensamento de McLuhan ainda causa polêmica. Isso é mais uma prova de sua importância. Se suas idéias não fossem importantes, as pessoas o esqueceriam. Não importa se concordamos ou discordamos de McLuhan, analisar o mundo atual sem falar nele. Aproveito para agradecer todos os que se manifestaram sobre o assunto, inclusive os que discordam de meu texto. Afinal, como diria Nelson Rodrigues, toda unanimidade é burra.

[Sobre "Megalópoles de informação"]

por Gian Danton
15/11/2002 às
20h08 200.213.138.254
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
Deliciosa crueldade de Francis
Quem sabe, quaquer dia desses, algum cervejólogo de pés inchados e bronzeados (metidos em sandálias pestilentas) resolva se inspirar em Madame Tussaud e fundar o "Museu de Cera Hugo Bidê"? Claro que haverá uma eficiente refrigeração, a fim de que não se derretam as estátuas de ipanemenses famosos (e do Baixo Leblon, claro!), todas feitas com cera dos ouvidos do pessoal de esquerda (coletadas e doadas nas praias, pois ninguém é de ferro). Não duvide, meu caro! Ah, que falta nos faz o Francis!Principalmente agora, nestes tempos da "Sagração do Populacho", onde tudo o que for autenticamente retrógrado, simplório e demagógico será louvado, e com mística reverência. Francis almoçaria, jantaria e defecaria esses imbecis. Foi ele, o Francis, o primeiro cronista que vi realizar impiedosos e deliciosos desmontes do "politicamente correto". Ele era cruel, sim, mas sua crueldade jamais foi vã. Ele mostrava que lixo é lixo, não adianta tentar disfarçar, dar banho de ouro, enfeitar com penachos de faisão. Lixo é lixo e o lugar de lixo é na lata de lixo! Viva Francis! Viva Mozart! A escuridão dará lugar à luz... basta ter paciência e manter a despensa sob controle. Alexandre, obrigado pela referência ao meu blog. Tentarei não decair, prometo! Abração!

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Dennis
15/11/2002 às
16h06 200.158.234.117
(+) Dennis no Digestivo...
 
uma série incrível
Foi ou é, realmente, uma série incrível, quem não teve a oportunidade de assistir não saberá nunca do que tantas pessoas falam sobre este seriado. O que mais marca nesta série, é a ausência de efeitos especiais, e outros artifícios tão usados atualmente, deixando lugar a uma história que não poderia deixar de fazer tanto sucesso, a história da vida real, uma história em nos enxergamos, a simplicidade da produção, algo que dificilmente os "Enlatados" atuais conseguirão reproduzir, só nos resta a saudade e as recordações e a esperança de sempre podermos ver e algum dia mostrar para as próximas gerações um dos maiores exemplos do que a TV deveria trazer para as pessoas. Um Grande abraço a todos que assim como eu são fãs incondicionais dessa série.

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Junior
15/11/2002 às
15h46 200.195.102.150
(+) Junior no Digestivo...
 
desculpem-me por ser tão chato
Ah, desculpem-me por ser tão chato. Mas, esqueci um pequeno detalhe. O Alexandre nunca poderia ser um trostkista da corrente de Frida Kahlo (ela mesmo abandonou o "e" de Frieda), porque a grande artista mexicana voltou ao PCM em 1948.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
15/11/2002 às
13h26 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Comentando o mundo e só
Alexandre, Apesar de não achar muito correto postar comentários inter-colunistas, vou abrir uma exceção. Principalmente porque tenho uma resposta para sua dúvida. Em primeiro lugar não acredito que vários dos "escritores e intelectuais" que pululam pela Internet possam ser considerados de direita. São mais "polemistas fáceis", que vivem da quantidade de comentários (agressivos ou bajuladores) que seus "ensaios" provocam. É mais um caso psicológico que político. É claro que eu também estou me reservando o direito de generalizar descabidamente, isso não pode ser somente um direito seu. Segundo, eu passei um pouco do ponto. Estou nos meus 30 e poucos. Mas como ainda me lembro dos meus 20 e poucos (é evidente que essa questão geracional não tem a mínima importância, mas como você a trata como essencial, vamos estudá-la), posso dizer que a abundância de "bons escritores de direita", acontece por uma verdadeira e total incompetência da própria direita. Vejamos, quando eu tinha 10 e poucos anos, estava participando ativamente da redemocratização deste país, quando tinha 20 e poucos anos construía em bairros e comunidades o Partido dos Trabalhadores, além de ajudar na retomada de sindicatos dos pelegos impostos pela ditadura. Mais no fim dos meus 20 e poucos anos, estava construindo um dos principais partidos de extrema-esquerda do mundo, o PSTU, escrevendo no seu jornal e dirigindo sua Secretaria Internacional. Por outro lado, a direita, em toda a América Latina,foi sempre incapaz de construir qualquer movimento ou partido minimamente coerente, que tivesse coragem de apresentar suas propostas à sociedade de cara aberta, criando uma base social perene. Quando a direita aparece, precisa se travestir de populista ou partir para a violência pura e simples. Por isso, para a juventude "de direita" , só restam os blogs. Ficar comentando o mundo, sem qualquer repercussão concreta, é a isto que está condenada a juventude "de direita". Quanto ao Paulo Francis, eu gostava de ler sua coluna bem no começo quando ele estava na Folha (será que essa geração de 20 e poucos sabia que ele já havia sido de esquerda e morreu debaixo de um retrato do Trotsky), mas depois que eu aprendi inglês e descobri a New Yorker, preferi ler os comentários no original.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por marcelo
15/11/2002 às
12h51 200.168.30.136
(+) marcelo no Digestivo...
 
Vidiotas
Querida Cleusa: obrigado pelos parabéns. Também creio que seria saudável para os nossos pintores estudarem esses dois mestres, mas nossos artistas acreditam que a pintura já era; preferem novos meios, novas tecnologias, porque o novo passou a ser a obsessão de toda a sociedade. Infelizmente, os nossos contemporâneos já não são pintores, mas instaladores, vidioastas, alguns vidiotas. Parabéns pelo alto grau de suas leituras. AB

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por AlbertoBeuttenmüller
15/11/2002 às
09h37 200.158.28.18
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Cuidado com a ideologia !
Grande Alexandre: Seu texto coloca alguns pingos nos is, como recuperar a influência de Francis numa nova geração de intelectuais. Contudo, há um aspecto que discordo completamente: ao falar que esta geração é "de direita", você cai no erro terrível da ideologia - aliás, o mesmo erro da esquerda petista. A nova geração de intelectuais - influenciada ou não por Francis ou Olavo de Carvalho - não pode ser rotulada em hipótese nenhuma. Eles são, isto sim, indivíduos, que tentam pensar por conta própria numa nação que esqueceu o que é isso. Eu, pessoalmente, não sou "da direita" porque, na verdade, nunca exisitiu uma "direita". O único movimento ideológico que exisitiu foi o "da esquerda" - que inventou "o da direita" para domesticar os imbecis que pululam por aí. Assim, quando sou classificado como "da direita", você simplesmente não captou a verdadeira dedicação do meu trabalho e dos meus escritos. Não sou nem "da direita", nem "da esquerda", nem "do centro" - estou acima delas. Qualquer ideologia deforma a nossa percepção da realidade e é nosso dever, como a nova geração de intelectuais que ainda resisite à ascensão da lulidade, restaurar a experiência de uma abertura da alma às coisas que realmente importam, como a salvação da alma e a eternidade. No final da vida, Francis pensava a mesma coisa, mesmo sendo um cético dos diabos. E, por aqui, Olavo de Carvalho tenta fazer o mesmo - mesmo com meio mundo achando que ele é uma variação do mccarthismo (não é porque McCarthy era um tremendo incompetente). Perdemos a noção dos assuntos que importam - e é nosso dever recuperá-los para que essa droga chamada Brasil tenha algum futuro. Abraços, Martim. P.S. Escrevi sobre este perigo de cair na vala da ideologia no meu ensaio "A Geração Corrompida", publicado no jornal "O Indivíduo" (www.oindividuo.com).

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Martim Vasques
15/11/2002 às
08h20 200.211.125.28
(+) Martim Vasques no Digestivo...
 
Compreensão
Veja só: a mulher lavar cuecas é um fato, seja esposa ou empregada doméstica. Não é justo, não parece moderno, mas é fato. Supor o que ocorre na minha casa é agressão gratuita. Não faltam fontes de informação para o que afirmo. Responda um comentário de cada vez.

[Sobre "Ideologia retrô"]

por Fabio Polonio
15/11/2002 às
03h39 32.101.186.133
(+) Fabio Polonio no Digestivo...
 
olá vejam que legal...
http://twybook.cjb.net/

[Sobre "Anos Incríveis"]

por beautifulsunshine
15/11/2002 às
03h45 200.225.194.49
(+) beautifulsunshine no Digestivo...
 
A aldeia global
Assim como McLuhan, parece que o Sr. Danton é mesmo desprovido de uma estrutura de pensamento político atento a um mundo que ele tenta codificar. Incrível mesmo é que nos dias de hoje ainda encontramos quem se atenha a analisar essa malcheirosa montanha de detrito subfilosófico e subteórico que resultaram em conclusões equivocadas. A "aldeia global" é um dos conceitos mais irrelevantes concebidos porque falho na dimensão social, vesgo na economia e reacionário politicamente. Nunca foi considerado pelos jornalistas de alguma seriedade ou pelos polemistas e pensadores de algum peso (procurem ver o que Dwight McDonald disse de McLuhan). Na sua confusa e descomprometida visão de mundo, o Sr. Danton padece do equívoco básico de McLuhan: não ter ideologia alguma nem ter um sistema confiável pelo qual possa analisar as transformações. Na falta de um pensamento político consistente, basta as idéias de Edgar Morin para explicar o mundo. Que pena...Talvez isso explique por que tanta curiosidade em identificar o "muito, muito mais" do generoso alerta de Pablo. Aproveitando a referência ao advento da imprensa móvel, bom observar um slide francês da década de 70 que mostrava Gutemberg no ato de dirigir uma vigorosa banana ao professor de literaruta inglesa tranformado em pseudocodificador e pensador da chamada era eletrônica. A melhor resposta que poderia ter sido dada. Aos dois.

[Sobre "Megalópoles de informação"]

por Giba San
15/11/2002 à
01h42 200.213.138.254
(+) Giba San no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Dicionário de Medicina Natural
Vários Autores
Readers Digest
(1997)



A Megera Domada
William Shakespeare
L&pm Pocket
(2005)



Out of the Unknown
A. E. Van Vogt/E. Mayne Hull
Nel - New English
(1970)



A Derradeira Esperança
Alaor Borges Júnior
Mythos Books
(2007)



Direito Penal. Parte Especial III. Artigos 155 a 183
Ricardo Antonio Andreucci
Saraiva
(2009)



As Caçadas de Pedrinho 5ª Ediçao
Monteiro Lobato
Nacional
(1941)



Cristo Minha Vida
Clarence J Enzler
Paulinas
(1981)



Os Mais Famosos Contos Juvenis Huckleberry Finn
Mark Twain
Todo Livro
(2012)



Brinkando na Escola
Brasilda dos Santos Rocha
Arte & Ciência
(2003)



As Duas Fiandeiras
Gomes de Amorim
Tres
(1973)





busca | avançada
62476 visitas/dia
1,9 milhão/mês