Eu queria ver! | Sergio Capozzielli

busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cada dia mais jovem - um retrato de minha mãe
>>> Sobre Sherlock Holmes
>>> 7 de Setembro
>>> Onde moram as crônicas
>>> Onde moram as crônicas
>>> Vida de Escritor no Catarse
>>> Henry Ford
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> A casa da Poesia
>>> De Auschwitz a ClubMed
Mais Recentes
>>> Nicolau tinha uma ideia de Ruth Rocha pela Quinteto Editorial (1998)
>>> Alex e os índios terenas de Denis Cruz pela Cpb Didaticos (2010)
>>> Já já - a história de uma árvore apressada de Paulo Rea pela Atica (2009)
>>> Tenho medo mas dou um jeito de Ruth Rocha pela Salamandra (2009)
>>> A revolta dos números de Odette de Barros Mott pela Paulinas (2011)
>>> Crianças famosas Toulouse-lautrec de Tony Hart pela Callis (1996)
>>> E o redemoinho levou de Alina Perlman pela do Brasil (1988)
>>> Como animar um grupo princípios básicos e técnicas de Maria José Aguilar Idánez pela Vozes (2004)
>>> Good-bye, Mrs. Parker de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1996)
>>> Swallow Valley Stage 2 de Eduardo Amos pela Moderna (1997)
>>> Socorro! preciso de motivação de Luiz Marins pela Harbra (1995)
>>> A Metamorfose de Franz Kafka pela Lafonte (2019)
>>> Made in Africa de Câmara Cascudo pela Global (2002)
>>> Lendas Brasileiras de Câmara Cascudo pela Global (2002)
>>> Cultura popular e educação salto para o futuro de René Marc da costa Silva pela Unesco Mec
>>> Alfabetização E Letramento de Magda Soares pela Contexto (2010)
>>> Diversidade de Núria Roca pela Ibep Jr. (2011)
>>> O Nome da Rosa de Umberto Eco pela Biblioteca Folha (1500)
>>> O cidadão de papel de Gilberto Dimenstein pela Atica (2000)
>>> O reizinho mandão de Ruth Rocha pela Quinteto Editorial (1997)
>>> Pedro compra tudo de Maria de Lourdes Coelho pela Cortez (2010)
>>> Cascudo, o Jabuti Jururu de Nildo Lage pela Prazer de Ler (2007)
>>> Casa de delicias de Sonia Rodrigues Mota pela Formato (1995)
>>> Crime e Castigo de Fiódor Dostoiévski pela Lafonte (2020)
>>> Por que as mulheres amam os homens fortes? de Elliott Katz; Andrea Holcbeg pela Sextante (2009)
COMENTÁRIOS

Sábado, 5/4/2003
Comentários
Leitores


Eu queria ver!
Que o regime de Saddam é sanguinário todos sabem. Principalmente com seu próprio povo. Só que até agora ninguém conseguiu provar que o Iraque possui armas de destruição em massa ou ligações com Al-Qaeda. Isso é só pretexto para essa guerra. Aliás, qualquer guerra é infundada, pois quem sempre sai prejudicado nessa situação é a população civíl. Eu queria ver se a corja do Bush e cia. invadissem o Brasil a troco de água e destruissem a sua casa, seu carro, ou matassem seus filhos você ainda teria esse pensamento tolo.

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por Sergio Capozzielli
5/4/2003 às
14h15 200.208.25.71
(+) Sergio Capozzielli no Digestivo...
 
Implicância com relançamentos
O autor do artigo não podia ter sido mais irônico com as gravadoras. Porque as pessoas são tão negativas e do "contra"? A música brasileira, uma das mais ricas do mundo, possui inumeráveis tesouros guardados nas estantes das gravadoras. Depois de anos para lançar discos espetaculares, como o do Bossa três (comprem, trata-se de um dos mais fantásticos grupos instrumentais da MPB e o do Pixinguinha, por exemplo, que dispensa qualquer conmentário), o que começou a ser feito sem dúvida, com o impulso da pirataria, o autor ainda chama as gravadoras pejorativamente de recicladoras ou algo do gênero... O que ele não percebe é que as majors (gravadoras multinacionais) estão se voltando em todo o mundo para seus catálogos, enquanto novos selos estão surgindo com extrema especialização, como a Trama, Dubas, Biscoito Fino etc.

[Sobre "Odeon 100 Anos: o segundo lote de reciclados"]

por Carlos Blajberg
5/4/2003 às
12h49 200.179.42.8
(+) Carlos Blajberg no Digestivo...
 
Three blind mice
Ivan Lessa diria pro Eduardo: "Bobinho!" À Claudia perguntaria: "O que é que o Guy Debord tem a ver com o raciocínio rumsfeldiano do articulista?" E ao Otavio recomendaria tomar algumas aulas de português. Eu, modestamente, limito-me a dizer "bullshit".

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por Sérgio Augusto Pinto
4/4/2003 às
22h13 200.165.203.95
(+) Sérgio Augusto Pinto no Digestivo...
 
Concordo
Concordo que os preços de relançamentos estão altíssimos, mas prefiro pagar 20 reais neles do que os mesmos 20 em novos artistas como Wanessa Camargo, Kelly Key, etc, que nada acresentam à nossa música.

[Sobre "Quinquilharias musicais custam os olhos da cara"]

por Roberto Siqueira
4/4/2003 às
08h19 200.149.160.24
(+) Roberto Siqueira no Digestivo...
 
a cena mais bela
O Pianista é um poema de Roman Polanski a música. O concerto tocado para o oficial nazista é de uma sutileza encantadora, é o verdadeiro diálogo entre dois iniciados na música.No meu ver, é a cena mais bela dessa obra prima de Polanski, que se reflete na apoteose do final.

[Sobre "Digestivo nº 126"]

por Luiz Guimarães
1/4/2003 às
23h08 200.168.105.163
(+) Luiz Guimarães no Digestivo...
 
Picasso é maior, e Matisse...
Cara Sonia, parabéns pelo seu belo texto. é um prazer ler seus comentários. se eu fosse forçado a escolher entre Picasso e Matisse, escolheria Picasso. Acho que todos escolheriam ele. Mas, mesmo assim, ficaria um gosto terrível de perda nessa escolha. Melhor é não escolher e abraçar logo os dois. O seu texto, de uma percepção incrível do universo destes artistas, colabora para que fiquemos com os dois. parabéns!!! jardel

[Sobre "Os fantasmas de Norman Mailer "]

por jardel
31/3/2003 às
18h56 200.218.225.10
(+) jardel no Digestivo...
 
Valeu
Valeu Rennatinha, fico muito feliz em perceber que este texto tinha sim que ser montado por nós. Que há dois anos quando o li pela primeira vez e senti isto aí que vc sentiu tive a certeza de que não seria fácil, mas que tinha que ser dividido com e ouvido por MUITA GENTE. E é isso que queremos, portanto um muito obrigada por escrever sobre e nos ajudar a divulgar. Grande beijo, nos vemos na sexta. Paula.

[Sobre "Ânsia"]

por Paula Lopes
26/3/2003 às
21h00 200.98.137.230
(+) Paula Lopes no Digestivo...
 
beuys sim
duchamp talvez não nos interesse mais, mas beuys sim, pois a sua conduta parece não ter princípio,meio e fim,já o duchamp com seu signo, perdeu a importância e está datado em seu tempo, mas beuys permanece válido.querem saber de uma coisa? sou mais o daniel senise que os tubarões em formol do damien hirst porque arte pré-estabelecida calculadinha,que sabe seu resultado perdeu a poética da razão e da emoção e ficou boiando no xixi da lógica, da racionalidade minimalista demais como um conceito e arte conceitual e gelada virou cristal de neve,ou melhor uma nanoarte esquecida no século passado.

[Sobre "A arte como destino do ser"]

por flavio brasil
25/3/2003 à
01h59 200.141.26.39
(+) flavio brasil no Digestivo...
 
O que muda é o saco
Caro Eduardo, Seu sonho de uma democrocia no Orinete próximo é tão bobo quanto dos manifestantes pacifistas brasileiros. O valor democrácia é algo ocidental e não da região do conflito Não diga que o Japão antes da Segunda guerra tinha democracia e agora tem. Até que ponto existe a uma democracia japonesa nos moldes ocidentais?( a base seja, mas atitudes não) Outra coisa que me espanta em sua argumentação é entender a retórica do governo bush a justificativa vamos atacar antes para ser atacado. Isso abre um prescedente enorme. A partir disso podemos estrapolar e imaginar que uma besteira dita aqui pelo nosso governo ( algo com grandes chances de acontecer) pode colocar mísseis norte-americanos apontados para Brasília. Talvez a guerra aconteça porque temos no poder uma pessoa tão ignorante quanto um Saddan. W Bush pensa o mundo de forma simples, ou você é meu amigo e inimigo. Espero que a guerra seja curta e que o mundo consiga encontrar um novo equilíbrio na região e que você repense em seu apoio ao "Alfred Neummam", tanto ele quanto o Tio Saddam são farinhas do mesmo saco, só muda a região do plantio do trigo

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por Otavio
24/3/2003 às
19h10 200.246.210.4
(+) Otavio no Digestivo...
 
guerra
suas reflexões são interessantes, pois não adotam o ponto de vista dos situacionistas. claudia

[Sobre "A última salsicha iraquiana"]

por claudia
24/3/2003 às
09h34 200.218.225.10
(+) claudia no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Rabos de Lagartixa
Juan Marsé
Arx
(2004)
R$ 5,00



Robinson Crusoé
Daniel Defoe
Abril Cultural
R$ 10,00



Noções de Geometria Descritiva Mudanças Rotações Rebatimentos Problema
Virgilio Athayde Pinheiro
Ao Livro Técnico
(1965)
R$ 14,00



Táxi Chuvoso
Suzana Nunes de Morais
Sette Letras
(1997)
R$ 8,00



Controle de qualidade--as ferramentas essenciais.
Robson seleme e humberto stadler.
Ibpex
(2008)
R$ 14,00



Ponto 16
Jocy de Oliveira, Arlete Soares, Mac Adams
Sesi sp
(2018)
R$ 5,00



A Ciências da Biologia Vol. 2
Martho e Amabis
Ed. Moderna
(1983)
R$ 7,00



Curso Intensivo Sobre o Amor
Steve Ward, Joann Ward
Sextante
(2012)
R$ 13,00



Enciclopédia da Beleza Feminina - a Mulher e o Seu Bem Estar
Vários Autores
Expressão e Cultura
(1968)
R$ 9,00



Míni Larousse da Música
Nereide Schilaro Santa Rosa - Ivo Minkovicius
Larousse Júnior
(2009)
R$ 10,48





busca | avançada
86234 visitas/dia
2,1 milhões/mês