povo é povo | celso pinheiro

busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Edital seleciona 30 participantes do país para produção de vídeos sobre a infância
>>> Joca Andreazza dirige leitura de Auto da Barca de Camiri na série 8X HILDA
>>> Concerto Sinos da Primavera
>>> Aulas on-line percorrem os caminhos da produção editorial
>>> Rapsódia capital de Mário de Andrade resgata a grandeza do modernismo nacional
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
>>> Os Doidivanas: temporada começa com “O Protesto”
>>> Zé ninguém
>>> Também no Rio - Ao Pe. Júlio Lancellotti
>>> Sementinas
>>> Lima nova da velha fome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sexo, drogas e rock’n’roll
>>> Dostoiévski era um observador da alma humana
>>> Matisse e Picasso, lado a lado
>>> Nélson e Otto #Clássico
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Escritor: uma ambição
>>> O Rei Roberto Carlos e a Ditadura
>>> Uma leitura jornalística
>>> A idéia que governa o mundo
>>> Discutir, debater, dialogar
Mais Recentes
>>> Código Tributário do Munícipio do Rio de Janeiro de Equipe Técnica Auriverde pela Auriverde (2004)
>>> Um Jeito de Viver de Angela Leite de Souza pela Ftd (1995)
>>> Josh and Hazels Guide to Not Dating de Christina Lauren pela Gallery Books
>>> Sofrer e Amar de Luzia Santiago pela Canção Nova (2006)
>>> A Bíblia Antigo Testamento Vol 1 de Paulo Evaristo pela Abril Cultural
>>> O Bichinho da Maçã o Cara de Ziraldo pela Melhoramentos (2011)
>>> Colapso - Como as Sociedades Escolhem o Fracasso Ou o Sucesso de Jared Diamond pela Record (2005)
>>> Por Que Escolhi Você? de Steve Biddulph pela Fundamento (2003)
>>> Falando Aos Mortos de Helen Dunmore pela Record (1998)
>>> Álgebra I - 2º Grau Exame Supletivo e Vestibulares de A. C. Morgado - E. Wagner - M. Jorge pela Francisco Alves (1974)
>>> Tempo para Marcelo de Ana Guimarães pela Edilar (2006)
>>> Brilhe a Tua Luz de S. João Bosco pela Pallotti (1988)
>>> Meus Amigos da Natureza Flores de Abigail R. Liedke pela Casa Publicadora Brasileira (1997)
>>> O Folclore da Caixa - Contos de Antenor Pimenta Madeira e Outros pela Caixa Econômica Federal (1984)
>>> Menino do Cerrado de Eunice Puhler pela Do Brasil (1996)
>>> Ovo de Avião de Rita Espeschit pela Formato (2009)
>>> Great Expectations de Charles Dickens; Florence Bell pela Macmillan (2006)
>>> Direito Penal e Processo Penal de Fernando Capez pela Paloma (2001)
>>> Un Silenzio Che Si Fa Vita de Giulio Marchesi e Alfredo Zirondoli pela Cittá Nuova (2005)
>>> Superdicas de Português para Concursos e Vestibulares de Nílson Teixeira de Almeida pela Benvirá (2018)
>>> Um Gato de Rua Chamado Bob de James Bowen pela Novo Conceito (2013)
>>> O Maior Milagre do Mundo de Og Mandino pela Record (1979)
>>> Uma Visão do Fogo de Gillian Anderson pela Fantasy (2014)
>>> Assim Voltamos do Inferno de Neimar de Barros pela O Recado (1979)
>>> Tim uma História de Amor única e Inesquecível de Colleen Mccullough pela Bertrand Brasil (2011)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 4/1/2002
Comentários
Leitores


povo é povo
As pessoas confundem o povo americano com o governo americano... o povo americano é tão inocente e tão caipira (ou mais) quanto nós... o governo... idem ao nosso.

[Sobre "Para ler o Pato Donald"]

por celso pinheiro
4/1/2002 às
19h03 200.158.20.14
(+) celso pinheiro no Digestivo...
 
Eles estavam certos?
Solange, Obrigado pelo comentário. Como já disse para outras pessoas, eu não creio em imperialismo, mas que ele existe, existe. Acho que a escola latino-americana de comunicação subestimou a capacidade do receptor de discordar da mensagem. Não quis deixar tão claro o meu ponto de vista porque queria deixar para o leitor a decisão sobre quem está certo e quem está errado. O próprio fato do do Dorfman ter se exilado nos EUA, país que ele tanto criticava, já é um contra-senso. Mas as reflexões de Para Ler o Pato Donald são ainda hoje importantes para lembrar que toda comunicação é impregnada de ideologia, seja ela de imperalismo americano, ou marxista. Claro que eles não se tocaram para a propaganda de Moscou, mas devemos ter a percepção histórica do momento em que o livro foi escrito. Ah, Solange, pode ter certeza de que compartilho de algumas de suas críticas à esquerda festiva (e pode ter certeza de que não faço parte dela, até porque não compartilho das idéias de Marx, inimigo de Bakunin na Internacional Socialista). Um abraço.

[Sobre "Para ler o Pato Donald"]

por Gian Danton
4/1/2002 às
13h35 200.213.138.254
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
paranóia??????
Rafael: passarinho que come pedra é que sabe o cu que tem. Paranóia é exercício interpretativo e imaginativo. Assassinato em massa tipo emboscada, fora de contexto explícito de guerra é outra coisa.

[Sobre "Paranóias Persecutórias"]

por Lioran
4/1/2002 às
12h56 200.162.177.91
(+) Lioran no Digestivo...
 
Retrô
É, no mínimo, bastante retrô - anos 60- insistir na velha tecla de imperialismo cultural americano.Aliás, o próprio tema em si- imperialismo- já se desgastou a tal ponto que evoca, inapelavelmente, o clima de D.A e o planfetarismo primário e barato da esquerda festiva brasileira- aquela, que em vez de trabalhar, produzir riquezas e emprego, se instalou nas tetas da nação e de alguns sindicatos, fazendo de conta que se interessa por alguma coisa , quando almeja apenas as mordomias do poder absoluto, instalada em comissões, ONGS, foruns e congeneres,financiados com o suor de quem levanta cedo e pega no batente. Esta mesma esquerda que passa as férias em mansões de Búzios- sempre na base da boca livre, é claro- enquanto se prepara para as viagens 5 estrelas no ano que começa.Trabalho é coisa de burgues.Este filme ninguém aguenta ver mais. A esquerdinha americana, super nutrida de proteinas, de liberdade de expressão e direitos civis, deveria, salvo engano: - ler atentamente Antonio Gramsci, para entender o atual imperialismo cultural marxista ( comunista) que está no controle de boa parte da mídia e das editoras no Brasil e lá na terra dêles; - debruçar-se, após esta leitura e a dos arquivos, finalmente abertos e disponíveis, do KGB, sobre a situação atual da américa latina para saber o que é, realmente, imperialismo cultural. Prestariam aos leitores das américas um grande serviço se denunciassem as manobras dos intelectuais daqui e lá do norte que, ao longo do século passado, recebiam dinheiro do KGB para produzir material favorável ao imperialismo soviético, territorial e cultural, inclusive contra os interesses de seu próprio país de origem. O "globalismo" marxista é crença que precede a tão propalada "globalização" e subjuga todos os demais valores de suas vítimas fanatizadas. É o ópio de alguns intelectuais.A ver.

[Sobre "Para ler o Pato Donald"]

por solange campos
4/1/2002 às
11h54 200.162.177.91
(+) solange campos no Digestivo...
 
O estilo, Madame, o estilo...
Longe de mim querer fazer com que as pessoas pensem- e depois quem é que se livra daquela fumacinha toda? Mas existe uma outra atividade que me desaponta não ver aplicada na sua mensagem, Madame. Chama-se "pontuação".

[Sobre "Sinais de Vulgaridade"]

por Alexandre Soares
3/1/2002 às
19h43 200.205.157.155
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Sapos caçadores de papparazzi
Ô Salles, que disciplina que nada! Os dayaks reagem instintivamente às câmeras com o sorriso "eu não estou aqui". Eles só ficam arredios quando são fotografados à revelia, porque convidados a posar, até se oferecem para a fila da frente. Ao invés de dayaks, talvez sejam algum tipo de caçadores de papparazzi, não sei. Recomendo que o teste dos sapos para ver o que dá.

[Sobre "Lanternas de papel"]

por Rafael Lima
3/1/2002 às
16h49 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
Sérgio Dourado
O Rio continua lindo como sempre foi? Com milhares de godzillas arquitetônicos, camelôs, favelas, sujeira, multidões de pessoas repulsivas destruindo Copacabana, prostitutas, travestis, pobres e a lagoa Rodrigo de Freitas reduzida a quase metade de seu tamanho?

[Sobre "Estação da Luz"]

por François Maltie
3/1/2002 às
14h50 200.183.94.214
(+) François Maltie no Digestivo...
 
Uniformidade & variabilidade
Nada contra sambistas paulistas ou paranaenses, Sonia, mas acho um erro não valorizar os talentos nativos, quando - pelo menos em tese - eles são os mais indicados para interpretar sua terra. E ao invés de ficar apontando o dedo para as mega-fusões, é bom lembrar que o 'aumento de exigência' do público consumidor quase sempre é vencido pela vontade de 'ninguém sair do programa'... Mas que o Rio continua lindo, continua...

[Sobre "Estação da Luz"]

por Rafael Lima
3/1/2002 às
13h34 200.179.78.2
(+) Rafael Lima no Digestivo...
 
belo texto
Belo texto. Um grande abraço do Marcos Tatame

[Sobre "A História das Notas de Rodapé"]

por Marcos Tatame
3/1/2002 às
11h17 200.190.103.66
(+) Marcos Tatame no Digestivo...
 
que pena.
É uma pena, mas você só confirma tudo o que afirmei. Mas nem sempre foi assim.

[Sobre "Procura-se a década de 60"]

por Sonia Pereira
3/1/2002 às
08h28 200.19.93.3
(+) Sonia Pereira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A canção brasileira
Santuza Cambráia Naves
Zahar
(2015)
R$ 30,00



História da Minha Vida - Charles Chaplin
Charles Chaplin
José Olympio
(1966)
R$ 35,00



Slam Dunk - Volume 5
Takehiko Inoque
Conrad
(1990)
R$ 20,00



Natal de Sabina (pelo Espírito de Francisca Clotilde)
Francisco Cândido Xavier
Geem
(1973)
R$ 7,49



Contos (A Obra Prima De Cada Autor)
Eça de Queirós
Martin Claret
(2004)
R$ 8,18



O grito da garça
Filomena Cabral
Campo das Letras
(2001)
R$ 30,88



Feitiço Mortal - 7705
Ruth Rendell
Best Seller
(1988)
R$ 10,00



Rapunzel e a Lagoa Perdida
Leila Howland
Universo dos Livros
(2018)
R$ 26,18



O Passado e o Futuro
Wilson Frungilo Jr.
Instituto de Difusão Espírita
(2000)
R$ 15,00



O Verão de Katya
Trevanian
Circulo do Livro
(1983)
R$ 5,00





busca | avançada
114 mil/dia
2,3 milhões/mês