Digestivo: o que há de melhor | Gisele Lemper

busca | avançada
60303 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
Blogueiros
Mais Recentes
>>> The more you ignore me, the closer I get
>>> Padre chicoteia coquetes e dândies
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> A terra das oportunidades
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Sudório dormiu na despensa
>>> A Mulher-mais-ou-menos
>>> Por que Harry Potter é boa literatura
>>> Cabeça de Francis
>>> Eat the Rich
Mais Recentes
>>> O Último dos Moicanos de J. F. Cooper pela Abril Cultural (1972)
>>> Os Lusiadas de Luís de Camões pela Martin Claret (2004)
>>> Capítulos de geografia tropical e do Brasil de Leo Waibel pela Desconhecido (1958)
>>> Panorama do Pensamento Emergente de Cristiana Tejo (cord.) pela Zouk (2011)
>>> O Mosaico Partido a Economia Além das Equações de Ladislau Dowbor pela Vozes (2000)
>>> Mulheres de Aço e de Flores de Fábio de Melo pela Planeta (2015)
>>> Arthur Ramos Luz e Sombra na Antropologia Brasileira de Maria José Campos pela Biblioteca Nacional
>>> Eu, Tu, Ele, Nós e a Dança: a Dança Sob um Outro Olhar de Deborah Lei pela Scortecci (2007)
>>> Feliz Ano Velho de Marcelo Rubens Paiva pela Brasiliense (1987)
>>> Os Lusíadas - Série Reencontro de Rubem Braga - Adap. pela Scipione (1997)
>>> Querido John de Nicholas Sparks; Patricia de Cia pela Novo Conceito (2010)
>>> Fórmulas Mágicas de Dr. Alex Botsaris pela Nova Era (2006)
>>> Sonhos Delirantes de uma Girafa no Sofá de Tarsila Xavier pela Polobooks (2018)
>>> Architectural Digest: Chateaux and Villas de Vários Autores pela Knapp (1982)
>>> You can get over Divorce de Pat Hudson, Ph. D. pela Prima (1998)
>>> Kalunga de Custódia Wolney pela Ícone (2011)
>>> Poemas In-Significantes de Rubens Bonatelli Moni pela Do Autor (2009)
>>> Greta de Monica de Castro pela Vida & Consciência (2005)
>>> Ultimo Tango Em Paris de Robert Alley pela Civilização Brasileira (1973)
>>> Notas para uma Definição de Cultura de T. S Elliot pela Perspectiva (2013)
>>> Fale Comigo! de Kris Rosenberg pela Ágora (1996)
>>> A Casa da Rússia de John Le Carré pela Record (1989)
>>> The Egyptian cat stage 2 de L L Keane pela Longman
>>> Minha Bela Putana de Wander Piroli pela Papagaio (2004)
>>> O Horror de Dunwich de H. P. Lovecraft; Felipe Castilho; Fred Rubim pela De Cultura (2019)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 23/7/2004
Comentários
Leitores


Digestivo: o que há de melhor
Simplesmente adorei o toque sobre o gorjeio daqui e de lá... Toda semana a gente lê o que há de melhor por aqui no Digestivo. Muito obrigada.

[Sobre "Ele é o Rei"]

por Gisele Lemper
23/7/2004 às
20h27 200.181.20.164
(+) Gisele Lemper no Digestivo...
 
Satisfação
Adorei ler o texto, aumentou a minha vontade de ver todos os filmes de Glauber. Gostaria de saber melhor o porque da briga citada entre Glauber e Louis Malle, diretor que eu gosto muito. Parabéns pelo texto, parabéns ao site, ótimo poder encontrar essa qualidade de jornalismo na internet.

[Sobre "Quem tem medo de Glauber Rocha?"]

por Renata Ribeiro
23/7/2004 às
18h28 200.217.26.111
(+) Renata Ribeiro no Digestivo...
 
bem no meio do Brasil
Muito bom seu texto. Você fez algo que um dia sonhei em fazer mas acho que me faltou coragem, empenho e tempo. Também passei por Brasilia, passagem mesmo, nem parei. Foi em uma viagem em que sai de Sao Paulo as 8:00 da noite e cheguei a chapada dos Veadeiros (Alto Paraiso) as 8:OO da manha. Loucura mesmo. Brasilia, assim como seu povo, é realmente uma coisa única, ...bem no meio do Brasil.

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Ricardo Larroude
23/7/2004 às
16h55 192.147.58.6
(+) Ricardo Larroude no Digestivo...
 
Adorei!
Adorei ler sobre a viagem de vcs, está muito legal o texto, da uma vontade enorme de fazer o mesmo...

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Ana Cecília Almeida
23/7/2004 às
16h51 200.168.76.202
(+) Ana Cecília Almeida no Digestivo...
 
um pais sem identidade
Acho que o problema brasileiro não é valorizar o que vem de fora mas sim que essa valorização se resume a uma idolatria sem nexo ou consequência. Os norte-americanos, desde a fundação dos EUA, perceberam que não poderiam construir uma civilização sem uma estrutura cultural adequada. E então investiram pesado em bibliotecas e Universidades mesmo quando o país ainda era pobre. Nesses lugares se estudava ciência, filosofia e cultura do mundo todo e com base nesse alicerce eles foram construindo suas próprias idéias e "identidade cultural". O contraste com o que aconteceu no Brasil desde a independência é gritante. Resultado: um pais sem identidade contorcendo-se em agonia eternamente em berço esplêndido. Haja praia para esquecer!

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Daniel Malaguti
23/7/2004 às
14h42 200.152.34.150
(+) Daniel Malaguti no Digestivo...
 
Intimação
Sabia que vcs tinham curtido muito, mas acho que foi além do que eu imaginei! Vc está intimado a ir na próxima viagem p/ o Peru! Espero que incentive o seu amigo a escrever tb, afinal muita coisa está faltando...

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Vera Lúcia Alves
23/7/2004 às
08h39 200.144.11.84
(+) Vera Lúcia Alves no Digestivo...
 
se não me faltasse cash...
Bela viagem, um sonho trivial de todo espírito jovial (sic) que anseia por aventuras excitantes aproveitáveis e incomuns. O lirismo é nítido, os olhos captam imagens que se transformam em sentimentos, análises que se transformam em sabedoria. Uma passagem que transforma o anteior púber em experiente vivente da vida. Digo fazendo coro com muitos: "ah se não me faltasse cash..."

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Kid Durepox
23/7/2004 à
01h46 200.141.38.72
(+) Kid Durepox no Digestivo...
 
Disfarce
É o único depoimento do personagem de importância pontual durante março de 1964. Cabo Anselmo serviu para reforçar o rancor do segmento conservador, remetido ao “Encouraçado Potenkim”, dentre outros episódios que culminaram no golpe. É inverossímil honestamente inserir-se num projeto igualitário, e posteriormente, justificar-se como iludido pelas lideranças contrapostas. O medo de ser “justiçado” e a traição desvelaram o caráter do recruta, artífice do desaparecimento de jovens sonhadores. Não via o “arrependido da ilha”, que a relação de forças era brutalmente favorável ao regime. Hoje, a indenização seria a oportunidade derradeira? Ou cabe como acerto de contas viver os últimos momentos na clandestinidade, confinado ao seu disfarce, e amargurado pela lembrança dos que covardemente tombaram.

[Sobre "A Ditadura e seus personagens (I)"]

por Fábio
22/7/2004 às
21h28 200.226.158.94
(+) Fábio no Digestivo...
 
Viagem
Muito legal sua viagem.

[Sobre "De uma volta ao Brasil"]

por Víktor
22/7/2004 às
18h02 170.66.1.123
(+) Víktor no Digestivo...
 
Kasparov
Além dos prodígios Paul Morphy, Raúl Capablanca e Bobby Fischer, outro ídolo que cultuei foi Alexandre Alekhine. Alekhine foi uma máquina de precisão. Depois da derrota para o Deep Blue, a aura de Kasparov exauriu-se. Mas a verdade é que ele foi um dos grandes, um dos maiores. Quando era ainda um Grande Mestre molecão com cara de mau, fazia os seus experientes adversários perderem os olhares no vazio insondável das 64 casas, queimando os neurônios desesperadamente para encontrar alguma jogada salvadora. Kasparov parecia invencível.

[Sobre "Quando éramos reis, bispos, cavalos..."]

por Roberto Valderramos
22/7/2004 às
16h48 200.184.161.120
(+) Roberto Valderramos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A volta da Bruxa Boa
Lya Luft
Galerinha Record
(2007)



Livro - The Meaning of the Glorious Qur'an
Muhammad Marmaduke Pickthall
Idci
(2014)



E Agora, o Que Fazer? a Difícil Arte de Criar os Filhos
Magdalena Ramos; Leonardo Posternak
Best Seller
(1998)



Eu Sou Eles - Fragmentos
Francisco Azevedo
Record
(2018)



A história de Lula o filho do Brasil
Denise Paraná
Objetivo
(2009)



Doce Engano
Myretta Robens
Nova Cultural
(2006)



Literatura e Sociedade
Antônio Candido
Ouro sobre Azul
(2020)



Ofício de Mestre
Miguel G. Arroyo
Vozes



Atração E Seleção De Pessoas
Reinaldo Faissal (Autor)
Fgv
(2010)



Supernerd a Saga Dantesca
Laura Bergallo
Dcl
(2009)





busca | avançada
60303 visitas/dia
1,8 milhão/mês