Abaixo a chatice! | Gui

busca | avançada
32715 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 6/10/2004
Comentários
Leitores


Abaixo a chatice!
Sinceramente, jamais iria imaginar que o meu gosto pela literatura pudesse surgir nas maçantes aulas de literatura e gramática. E não surgiu mesmo! Foi graças ao "catecismo" do Carlos Zéfiro e da série Vagalume que eu adquiri o gosto pelas letras. Infelizmente o prazer pela polemização e o excessivo esforço de teorização do "nada" contribuiram para a falência do curso de letras e consequentemente aqueles que heroicamente ainda se aventuram na faculdade saem de lá cada vez mais chatos e paranóicos!

[Sobre "Por que não estudo Literatura"]

por Gui
6/10/2004 às
20h54 201.0.233.180
(+) Gui no Digestivo...
 
Eu também detestava
Eu também detestava aulas de literatura. O que me parecia estranho, já que sempre adorei literatura, desde a mais tenra infância. Geralmente não gostava dos livros indicados, principalmente porque me afastavam, ainda que por um breve tempo, dos livros realmente interessantes. E, se por milagre, algum livro bom era indicado, o prazer da leitura era arruinado pela consciência de que eu teria que fazer alguma interpretação estúpida, depois. Ainda bem que o gosto pela leitura já era arraigado e anterior às tais aulas. Ou elas poderiam ter me feito não gostar de ler.

[Sobre "Por que não estudo Literatura"]

por Gabi
6/10/2004 às
18h49 200.195.19.74
(+) Gabi no Digestivo...
 
Obrigada!
Disse tudo, Ana! E muito obrigada!

[Sobre "O que você não está lendo?"]

por Mônica
4/10/2004 às
09h19 200.207.119.19
(+) Mônica no Digestivo...
 
que a realidade me destrua
No mural do bloco do meu curso (que por acaso não é Letras, faço Biologia) tem uma frase do Nietzsche: "A arte existe para que a realidade não nos destrua". Não creio que a função da literatura seja a de potencializar o aproveitamento da vida prática. A literatura, ao menos na minha vida, funciona para não deixar que a realidade me destrua.

[Sobre "Por que não estudo Literatura"]

por Carol
3/10/2004 às
11h47 200.225.194.49
(+) Carol no Digestivo...
 
Ler é desdizer-se o tempo todo
Os primeiros contatos com livros na minha infância foram com trechos de obras que se encontravam nos grossos livros didáticos de Comunicação e Expressão, mais precisamente na seção de literatura. Sempre achei que jamais teria um livro, até porque eu não via necessidade nisso já que os didáticos me traziam o que precisava para o gasto. Minhas primeiras experiências em se tratando de leitura foram como a maioria das crianças pobres naqueles anos 60: os já citados trechos nos livros didáticos, as fotonovelas, alguns gibis (estes como aquelas na maioria emprestados às minhas irmãs) e bolsilivros (aqueles de faroeste, de espionagem e até de romances água com açúcar). Minha primeira aquisição de uma obra, já então com 20 anos, foi o “Perdidos na noite”, de um certo James Leo Herlihy, cuja transposição para o cinema contou com as soberbas interpretações de Jon Voight e Dustin Hoffman e teve como uma das trilhas sonoras a belíssima canção “Everybody talkin’”, na voz de Harry Nilsson. Daí foi só um passo para ter o meu acervo pessoal: uma biblioteca com uns 600 volumes das mais diversas literaturas, evitando o máximo que eu posso os medonhos “best-sellers”. Às vezes fico pensando que não vou viver o suficiente para ler tudo o que está ali, já que eu continuo com essa mania de adquirir pelo menos uns dois por mês. E, sim, eu fiz o tal Curso de Letras, que na verdade até hoje me pergunto porque de tão inusitado ato. Pode ter sido pela exigência de se tirar um diploma, que para tal ainda não vislumbrei necessidade alguma. Vale ressaltar que sempre fui uma das figuras mais introvertidas de minha época de estudante e só me faltava ter um treco se alguém me olhasse, quanto mais se uma professora se lembrasse de que eu existia e chamasse meu nome para tal tarefa, até mesmo para ouvir de mim o “Presente!”. Refugiei-me então entre os livros, que não me exigiam mais do que meu silêncio e meu tempo todo disponível, depois dos afazeres de todo menino de família classe baixa-baixa: ir pra inevitável escola, cuidar de limpar o quintal, encher as vasilhas de água e jogar bola a tarde inteira. Neste caso, a literatura pode ter salvo uma alma do abismo das ignorâncias. Por outro lado, não consigo entrever uma utilidade prática para a literatura, ou, em outras palavras, poder aplicar no cotidiano o que a leitura me permite interpretar. Então, por que lês, me pergunta a esfinge: Leio porque lendo eu me desdigo o tempo todo; porque necessito de contraponto.

[Sobre "Por que não estudo Literatura"]

por Pepê Mattos
3/10/2004 às
10h15 200.252.140.6
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Manias em sala de aula...
Manias, cada um com as suas. Os textos estão ótimos, e desde já digo que vou me valer deles em sala de aula. Sou professor de Língua Portuguesa, e o seu texto é uma bela motivação para se produzirem outros textos!!! Um abraço.

[Sobre "Manias"]

por Arquimimo Novaes
2/10/2004 às
22h11 200.165.114.132
(+) Arquimimo Novaes no Digestivo...
 
um lugar chato
Andréa, morei no Canadá durante 3 anos e devo confessar que tive a mesma impressao - é um lugar chato. Felicidades!

[Sobre "O Benfeitor"]

por Geraldine
2/10/2004 às
18h31 80.185.3.155
(+) Geraldine no Digestivo...
 
biografia dignifica
Francisco de Assis Barbosa dignifica Lima Barreto nesta biografia definitiva.

[Sobre "Da Biografia de Lima Barreto"]

por Edmilson Paes
2/10/2004 às
16h02 200.157.240.249
(+) Edmilson Paes no Digestivo...
 
Acertei?
Um texto muito bom, muito triste, alguém muito solitário, sem vida. Uma personalidade porém muito reforçada e qualificada pelas empresas, pelas famílias. É alguém que dá conta de tudo e além disso não incomoda a ninguém, só a ele!

[Sobre "Manias"]

por Eliane Araujo
2/10/2004 às
12h00 200.196.13.150
(+) Eliane Araujo no Digestivo...
 
É de rotina que vive o homem
Olá, Julio! :-) Adorei suas "Manias"! Daria um ótimo conto [não sei se foi pensado para ser um]. Quem não se identifica com a seqüência de ações e os itinerários, ainda que não tenha a mesma agenda? ;-)

[Sobre "Manias"]

por Rosy Feros
1/10/2004 às
11h22 200.148.35.102
(+) Rosy Feros no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CINQUENTA E UM TONS DE SEXO - LUXÚRIA
ADA GAMA
TINTA NEGRA
(2014)
R$ 20,00



DICIONÁRIO ESCOLAR-FRANCÊS-PORTUGUÊS/PORTUGUÊS-FRANCÊS
ROBERTO ALVIM CORRÊA
MEC
(1958)
R$ 39,00



ARTE CONTRA POLITICA NO BRASIL
JOÃO RICARDO MODERNO
PALLAS
(1984)
R$ 10,00



A IGREJA DA MISERICÓRDIA -MINHA VISÃO DA IGREJA
PAPA FRANCISCO
SCHWARCZ S.A
(2014)
R$ 9,00



SOCIEDADE & ESPAÇO
J. WILLIAM VESENTINI
ÁTICA
(2003)
R$ 6,00



SEXO PROBLEMAS E SOLUÇÕES
EMIDIO BRASILEIRO E MARISLEI BRASILEIRO
ESPÍRITA PAULO DE TARSO
(1996)
R$ 6,00



DIREITO CONSTITUCIONAL (SÉRIE QUESTÕES)
GUSTAVO BARCHET
IMPETUS
(2004)
R$ 14,90



ANUARIO DA ARTE BRASILEIRA 2001
RUI LUIS E GERUSA MAIA EDITORES
EXPRESSO @RTE- BH
(2001)
R$ 28,00



PORTAL PARA A ETERNIDADE
HENRIQUE ROSA
RUMO
(1990)
R$ 10,00



PLIM-PLIM A PELEJA DE BRISOLA CONTRA A FRAUDE ELEITORAL
PAULO HENRIQUE AMORIM E MARIA HELENA PASSOS
CONRAD
(2005)
R$ 25,00





busca | avançada
32715 visitas/dia
1,4 milhão/mês