Jornal não é só estética | Manoel Messias Perei

busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Espetáculo inspirado na vida cotidiana do Bixiga volta ao cartaz comemorando 28 anos do Teatro do In
>>> Semana Gastronômica do Granja
>>> Mulheres em meio ao conflito:sobre inclusão, acolhimento e sororidade incondicional
>>> Arsenal da Esperança faz ensaios de teatro com moradores em situação de rua
>>> Vem pra Feira do Pimp Estoque: Economia Circular com catadoras, catadores e artistas!
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
>>> O tipógrafo-artista Flávio Vignoli: entrevista
>>> Deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar
>>> Olimpíada de Matemática com a Catarina
>>> Mas sem só trapaças: sobre Sequências
>>> Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins
Colunistas
Últimos Posts
>>> Inteligência artificial e o fim da programação
>>> Temer fala... (2023)
>>> George Prochnik sobre Stefan Zweig (2014)
>>> Hoffmann e Khosla sobre inteligência artificial
>>> Tucker Carlson no All-In
>>> Keleti: de engenheiro a gestor
>>> LeCun, Bubeck, Harris e a inteligência artificial
>>> Joe Satriani tocando Van Halen (2023)
>>> Linger by IMY2
>>> How Soon Is Now by Johnny Marr (2021)
Últimos Posts
>>> Toda luz que não podemos ver: política e encenação
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Culpa não tem rima
>>> As duas faces de Janus
>>> Universos paralelos
>>> A caixa de Pandora do século XX
>>> Adão não pediu desculpas
>>> No meu tempo
>>> Caixa da Invisibilidade ou Pasme (depois do Enem)
>>> CHUVA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Defesa dos Rótulos
>>> A história de cada livro
>>> O poeta do pesadelo e do delírio
>>> Além do Mais em 2004
>>> Sites que mudaram o mundo
>>> Textos, contextos e pretextos
>>> Dicas da Semana
>>> 19 de Abril #digestivo10anos
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> O perfeito cozinheiro das almas deste mundo
Mais Recentes
>>> Materialização do Amor de Humberto Vasconcelos pela F E Francisco Peixoto Lins (1994)
>>> A Reencarnaçao - Segundo a Bíblia e a Ciência de José Reis Chaves pela Martin Claret (1998)
>>> Liberte Seu Poder Extra de Pedro A. Grisa pela Edipappi (2001)
>>> Perda de Entes Queridos de Zilda Giuncetti Rosin pela Difusão Espirita (1979)
>>> Amar é Preciso - os caminhos para uma vida a dois de Maria Helena Matarazzo pela Record (2003)
>>> Os Grandes Processos da História XI: O Processo Dreyfus de Paul Richard pela Globo (1941)
>>> Depois do Suicídia de Cleunice Orlandi de Lima pela Dpl (1998)
>>> História das Cavernas ao Terceiro Milênio de Myriam Becho Mota e Patrícia Ramos Braick pela Moderna (2002)
>>> O Menino Valente de Hélio Fraga pela Impresa Oficial (1983)
>>> Professional C# e a Plataforma . Net 3. 5 Curso Completo de Andrew Troelsen pela Alta Books (2009)
>>> Gestão da Segurança da Informação de Marcos Sêmola pela Campus (2003)
>>> Vinho E Guerra de Don E Petie Kladstrup pela Zahar (2002)
>>> Estruturas de Dados Fundamentais - Conceitos e Aplicações de Silvio do Lago Pereira pela Érica (1996)
>>> Como Programar Em C de H. M. Deitel e P. J. Deitel pela Ltc (1999)
>>> Box Geração De Valor (volumes 1, 2, 3 + pôster exclusivo roda) de Flávio Augusto da Silva pela Buzz (2020)
>>> A Montanha Partida( O mistério da expedição) 11ª edição. de Odette de Barros Mott coleção jovens do mundo todo pela Brasiliense (1979)
>>> Lolita (capa dura lacrado) de Vladimir Nabokov pela O Globo (2003)
>>> Solitária de Eliana Alves Cruz pela Companhia Das Letras (2022)
>>> Obras Completas Teresa de Jesus de Fr. Tomaz Alvarez pela Loyola (1994)
>>> A procura do inicio do Brasil de Nissan pela Nissan
>>> Compendio De Clínica Homeopática de Ricardo Ancarola pela Miraguano Ediciones (1991)
>>> 30 Dias Para Mudar. Whole30 de Melissa Hartwig e Dallas Hartwig pela Sextante (2016)
>>> Quintino Cunha e Outros: Antologia Cultural de Plautus Cunha (encontro das águas rios negro e solimões pela Angelo Accetti (1974)
>>> Química Geral Volume I de Ricardo Feltre pela Atual (1996)
>>> Piloto de Guerra - biblioteca do espírito moderno vol 15 de Antoine de Saint-Exupéry tradução de Monteiro Lobato pela Companhia das Letras (1943)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 15/6/2010
Comentários
Leitores

Jornal não é só estética
Melhorar a Folha é complicado, pois um jornal não se muda só com estética. Mas com estética, conteúdo e filosofia de vida. E isto é impossível. Tem às vezes conteúdos deprimentes e a filosofia do puxa-saquismo que é horrivel.

[Sobre "Jornais do futuro?"]

por Manoel Messias Perei
http://www.pop.com.br
15/6/2010 às
12h45 189.79.219.29
(+) Manoel Messias Perei no Digestivo...
 
Não vamos dormir brigados
Um texto complicado para falar da simplicidade. Lembrou-me o "samba do crioulo doido". Mas não vamos dormir brigados: conversemos!

[Sobre "Simplicidade ou você quer dormir brigado?"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
14/6/2010 às
17h12 201.28.40.249
(+) José Frid no Digestivo...
 
Os tiros que você desfere
Caro Jardel Dias Cavacanti, confesso fiquei sem entender seu texto "O novo frisson da Copa". Há algo nele que me deixa com pulga atrás da orelha. O fanatismo religioso como a história tem demonstrado é terrível. Cega o crente em verdades cristalinas, incontestáveis e petrificadas. O ateismo, por isso, não deixa de ser um antídoto para se contrapor as formas obscuras do fanatismo religioso. Mas o remédio é uma coisa com uma medida que pode assustar: em demasia, mata. O ateismo mal-ajambrado pode ser o melhor dos mundos para os fanáticos religiosos. Não sei se me explico. Espero que sim. Mas a forma de exposição de sua opinião sobre a Copa do Mundo carrega um peso desmedido, como o de remédios que, em vez de curar, matam... Mesmo que concorde com muito do que escreveu, sinto que sua exposição podia ser melhor calibrada. Os tiros que você desfere pode matar quem defende ideias similares as que você apresenta

[Sobre "O novo frisson da Copa"]

por Humberto Pereira da
14/6/2010 às
17h09 187.71.117.75
(+) Humberto Pereira da no Digestivo...
 
Mainardi contra a corrente
Diogo Mainardi não perde a veia crítica, está nadando contra a corrente há anos, mostrando vários desmandos do atual governo. A mídia brasileira, com poucas exceções, está prostrada, subserviente a esse governo simpático, mas muito corrupto, como sempre tivemos aquí na terra brasilis. O que choca é esse pseudodemocrata que tenta ser uma espécie de deus entre nós... Apóia sempre qualquer medida internacional que vá de encontro com as grandes potências. Não digo que os EUA e União Europeia tenham todas as razões, mas provocá-los como se fosse com picuínhas que resolveriam-se todos os males mundiais é uma grande besteira. Quanto aos colunistas, acho que o Mainardi, que é muito inteligente, deveria procurar um distanciamento grande deles. Pode ser contaminado (o que eu acho muito difícil), por seu vírus da estupidez.

[Sobre "Mainardi e o jornal do futuro"]

por Carlos Patez
http://www.capatez.zip.net
14/6/2010 às
16h21 189.19.67.141
(+) Carlos Patez no Digestivo...
 
Um inconformismo contínuo
Curioso, porque também não fui o único a ficar preocupado em encontrar o tal cronista da crônica. Ou melhor, de me encontrar no tal cronista da crônica. Acho que também escrevo crônicas, mas não sou esse do texto acima. Crônica tem a ver com o tempo, algo que não se resolve. Um inconformismo contínuo com a cegueira alheia.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Carlos Goettenauer
http://www.estadocronico.com.br
14/6/2010 às
16h09 170.66.1.231
(+) Carlos Goettenauer no Digestivo...
 
Crônica sobre os cronistas
Excelente a sua crônica sobre os cronistas, inclusive você própria e eu mesmo, cronista aprendiz. A definição do cronista como "voyeur" é quase perfeita, pois o bom cronista, como você mesmo afirma no texto, também é um "écouteur". E gosta das pequenas coisas, dos detalhes, valoriza o que é desprezado pelos outros. O cronista vê poesia na vida mas transmuta-a em crônica, para deleite, espera ele, dos futuros e incertos leitores. Discordo apenas da visão do cronista como "meio sádico", logo ele um amante da vida e de tudo que ela contém. A Isabel não conseguirá dar um soco no seu cronista, pois cronista que se preza trabalha incógnito e oculta a origem de suas crônicas.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por José Frid
http://blogdofrid.blogspot.com
14/6/2010 às
15h06 201.27.100.90
(+) José Frid no Digestivo...
 
O cronista canastrão
O cronista se separa da esposa (ou do marido) e só pensa em escrever uma crônica? Nossa senhora!... Eu escrevo crônicas, mas não sou cronista, não. Odeio essas crônicas de mulheres que contam como namoram ou como depilam as pernas. E se algum dia o destino me aproximar de "seu" cronista, não falarei uma palavra. Darei um soco no nariz dele, para que tenha um bom argumento para sua crônica. (Fluente e interessante seu estilo, mas não gostei desse cronista canastrão.)

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Isabel Furini
http://isabelfurini.blogspot.com
14/6/2010 às
09h19 189.32.27.93
(+) Isabel Furini no Digestivo...
 
A exemplo do beijo de língua
Eu pertenço a um outro mundo, daquela minoria que não vê na língua qualquer pretexto para se fazer política. Outro dia encontrei um colega que disse conhecer toda a Europa e EUA, mas não conhece uma só praia do nordeste brasileiro. Fala fluentemente inglês e não está preocupado com o fato de o português ser ou não falado lá fora. Assim como ele, a grande maioria dos turistas brasileiros no exterior são míopes para problemas brasileiros. O Lula quando vai ao exterior fala apenas o português, e não cobre dele outro idioma. O FHC até no paraguai falava em inglês. A língua, voltemos à sua origem, quer apenas possibilitar a comunicação. É apenas isso o que ela deseja. Não a tome em manifesto ufanista, pois a comunicação será preterida. Agora, com todas as ferramentas de comunicação que estão surgindo no embalo da internet, muito em breve surgirá uma língua universal, de modo natural, sem imposições. A língua será de fato um idioma universal. A exemplo do beijo de língua.

[Sobre "Brazilionaires"]

por Roberto Escritor
14/6/2010 às
09h01 187.58.26.239
(+) Roberto Escritor no Digestivo...
 
Cronista descrevendo cronista
Foi simplesmente incrível a forma como conseguiu escrever sobre os cronistas. Ainda mais incrível é uma cronista descrever outro cronista! Fabuloso e coerente! Até Mais!

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por André Crevilaro
14/6/2010 às
08h57 189.58.78.173
(+) André Crevilaro no Digestivo...
 
Magistral a sua crônica
Amiga Ana, magistral a sua crônica. Acho que sou meio cronista, ainda aprendiz. Esqueceu de dizer que o cronista pode ser sarcástico, satírico ou simplesmente um bom contista fora do contexto. Adoro seus artigos.

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Manoel Amaral
http://osvandir.blogspot.com
14/6/2010 às
08h38 189.107.79.106
(+) Manoel Amaral no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sob o sol da Índia
Julia Gregson
Agir
(2009)



Saber Perder
Chiara Lubich
Cidade Nova
(1977)



Varney, o Vampiro Ou o Banquete de Sangue - Vol. 1
James Malcolm Rymer
Sebo Clepsidra
(2021)



/Eleonora
Codro Palissy
Federação Espírita Brasileira
(1990)



Sistemas e Teorias em Psicologia
Melvin H. Marx; William A. Hillix
Cultrix
(2001)



O Poder Do Mito
Joseph Murphy
Palas Athena
(1995)



Memória Ocular: Cenas de um Estado Que Cega
Sérgio Silva e Tadeu Breda
Elefante
(2018)



História do Automóvel
Vários autores
Aggs Indústrias Gráficas



Crescer Dançando Agindo 2 - exercícios e brinquedos de movimentação para crianças
Casa Sri Aurobindo
Sri Aurobindo
(1981)



Prismas e Portais - a Trajetoria Poetica de J. Camelo Ponte
Benedicto Luz e Silva
Cultural Paulista
(1998)





busca | avançada
205 mil/dia
2,9 milhões/mês