coitada dessa moça | Daniel Barranco

busca | avançada
67290 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> É HOJE (30/9): Mostra Imaginários no Cine Bijou
>>> Etapa apresenta concerto gratuito da Camerata Fukuda com o violinista Ricardo Herz
>>> SESC BELENZINHO RECEBE O GRUPO DÁGUAS
>>> Sesc 24 de Maio apresenta leitura dramática “O Cachorro Morto... e a Expulsão do Diabo” - 7 Leituras
>>> Chega ao Brasil novo espaço literário que provoca os sentidos, do toque ao aroma
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
Colunistas
Últimos Posts
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
Últimos Posts
>>> Bizarro ou sem noção
>>> Sete Belo
>>> Baby, a chuva deve cair. Blade Runner, 40 anos
>>> Conforme o combinado
>>> Primavera, teremos flores
>>> Além dos olhos
>>> Marocas e Hermengardas
>>> Que porcaria
>>> Singela flor
>>> O cerne sob a casca
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Casos de vestidos
>>> Mire e Veja
>>> Não gostar de Machado
>>> Entrevista com Pedro Doria
>>> Don Corleone e as mulheres
>>> Satã, uma biografia
>>> Frívola, despreocupada e sorridente alta sociedade
>>> 10 vídeos musicais no YouTube
>>> A linguagem de Shakespeare
>>> Negócios no Second Life
Mais Recentes
>>> La Nouvelle Croisade des Enfants de Shoninghs Franzosische pela Do Autor
>>> Mistérios do desconhecido: assombrações de Diversos autores pela Abril livros (1996)
>>> Rasga Mortalha de João Nicolau Carvalho pela Lunardelli (1979)
>>> Navegando Com o Sucesso de Vilfredo Shürmann pela Sextante (2009)
>>> Terapia Combinada de José Luiz Santello pela Bbs (2005)
>>> Quanto Vale Quem Você Ama? de Dr. Silmar Coeho pela Adonai (2001)
>>> 2052 Uma Previsão Global Para os Próximos Quarenta Anos de Jorgen Randers pela Chelsea Green (2012)
>>> Cronistas do Descobrimento Série Bom Livro de Antonio Carlos Olivieri e Marco Antonio Villa pela Ática (1999)
>>> Challenge - Desafio de Yukio Hashimoto pela N Sato/lythotec (1994)
>>> 1808 de Laurentino Gomes pela Planeta do Brasil (2007)
>>> A Arte da Liderança e a Estratégia dos Guerreiros de Adriano Telles pela Discovery
>>> Que Diz a Biblia no Centro da Morte e Seu Período a Grande Esperança de Carlos a Berger pela Do Autor (2005)
>>> O Que é o Método Derose de De Rose pela Egrégora (2009)
>>> Prisioneiro 39310 Profissão Repórter de Flávio Alcaraz Gomes pela Lpm (1982)
>>> Amor e Poder de Judith Gould pela Record (1986)
>>> Inverdades Coletânea de Rozelia Scheifler Rasia Org pela Alternativa (2010)
>>> A Força do Entusiasmo: Como Usar a Fonte de Energia Que Existe Dentro de Prof. Gretz pela Elevação (2000)
>>> A Pré Escola de Gladys Hadda Corrêa Vieira pela Omep Brasil Rs (1978)
>>> A Nova Lei do Inquilinato de Franklin Delano pela Forense (1996)
>>> Le triomphe des idées (1648-1815) de Jacques de Kerorguen pela Hachette (1966)
>>> Itaipu: Integração em Concreto ou uma Pedra no Caminho de Tão Gomes Pinto pela Amarilys (2009)
>>> O Grande Livro das Simpatias de Nabi pela Escala (1994)
>>> Manual Prático do Trabalho Rural de Osíris Rocha pela Sugestões Literárias (1980)
>>> Bases para Sua Conduta de Carlos Bernardo González Pecotche pela Logosofica (2011)
>>> Infidelidade e Perdão de Eurípedes Kühl Josué Espírito pela Petit (1961)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 28/10/2005
Comentários
Leitores


coitada dessa moça
Adorei seu texto, deu vontade de ouvir. Coitada dessa moça, no primeiro cd toda a imprensa e a crítica acusou-a de imitar a voz da mãe. Só que esquecem que cantoras como Adriana Calcanhoto começaram a carreira imitando Elis - mas só a Maria Rita é filha dela. Gosto dela, mas essa febre de SER sucesso a todo custo cansa, podia ser menos pretenciosa.

[Sobre "Digestivo nº 250"]

por Daniel Barranco
28/10/2005 às
09h33 201.26.84.152
(+) Daniel Barranco no Digestivo...
 
maria elis
ainda nao escutei o novo cd da maria rita, primeiro espero a poeira da critica baixar para depois tirar minhas conclusoes, mas 'as vezes acho que maria rita tenta ser maria rita, mas ao mesmo tempo deixa sua imagem ser controlada por pessoas que querem contruir uma "maria elis", creio que para ela construir uma identidade propria vai precisar de um pouco mais de experiencia e pulso firme no meio musical...

[Sobre "Digestivo nº 250"]

por jobson
28/10/2005 às
09h04 200.222.153.20
(+) jobson no Digestivo...
 
Maria Rita: questão de gosto
Maria Rita é questão de gosto. No álbum parece bastante com a mãe, no show ao vivo que fui na praia, foi uma decepção total. Mas dê um desconto, e acho que é uma cantora que faz o feijão com arroz no que se propõe. Por outro lado, não traz muita inovação ou diversidade... Eu valorizo isso.

[Sobre "Digestivo nº 250"]

por Ram
28/10/2005 à
01h37 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
alecrim
Ana, ótimo esse seu texto, rebelde, leve e com cara de alecrim.

[Sobre "Para gostar de ler?"]

por Ana Claudia
26/10/2005 às
19h35 200.217.144.104
(+) Ana Claudia no Digestivo...
 
Quem tem medo de Nietzsche?
Bacana o texto. Nietzsche é ótimo, tão bom que chega a dar medo. Quando o ano estiver para acabar vou começar a ler a Genealogia da Moral... talvez seja um bom jeito de recomeçar.

[Sobre "A Auto-desajuda de Nietzsche"]

por Ana Claudia
26/10/2005 às
16h26 161.148.109.82
(+) Ana Claudia no Digestivo...
 
A burrice está na moda
Cara: sou advogado professor de história e lingüista formado em línguas indo-européias e em línguas mortas. Há 37 anos leciono latim, grego clássico e hebraico antigo - além do português. Acrescento, além da bandidagem glorificada, mais uma categoria de pessoas à lista dos anti-heróis do mundo moderno: os semianalfabetos diplomados. Em um foro de discussão na Internet sobre política internacional notei que a maioria das pessoas não brigava comigo por causa de minha visão anti-Bush mas por causa (pasmemos nós!)... do meu bom português. Uma delas implicou direto com minhas mesóclises, tachando de "barroco" e de "rococó" aquilo que em mim nunca passou do português bem escrito de qualquer pessoa que terminou, como eu, um bom ginásio antes de 1960. Hoje escreve-se tão mal que qualquer português bem escrito e sem muitos floreios passa por barroquismo à padre Antônio Vieira. Os jornalistas e advogados dão a tônica no analfabetismo diplomado que ora campeia. Não sabem numerais ordinais, erram em concordância verbal e nominal, transitivam (e, pior ainda, apassivam!) verbos intransitivos, usam anglicismos idiotas com eqüivalentes vernaculares e - para espanto nosso - erram até mesmo em ortografia! Passo intermináveis minutos corrigindo petições de colegas advogados, que além de não saberem português, ainda copiam muito mal os aforismos latinos com que enchem suas petições, na errônea presunção de que saber citar frases latim decorado seja prova de erudição. Também pudera: em um país onde uma nulidade como Paulo Coelho é tido por "literato" e no qual a cultura televisiva substitui os livros que quase ninguém lê, é bem difícil falar em cultura de massas. A burrice está na moda e dá "status" a quem dela desfruta. Fazer o quê? Continuar a luta inglória pelo resgate da língua e para que a cultura seja mais valorizada em uma sociedade em que o ter ou não ter parece ser mais importante do que o ser ou não ser. Eis a questão... Hamilton Carvalho, Petrópolis - RJ

[Sobre "O país dos imbecis"]

por hamilton carvalho
26/10/2005 às
14h48 200.152.34.1
(+) hamilton carvalho no Digestivo...
 
As palavras e as coisas
Adriana, o Veríssimo escreveu, há muuito tempo, uma crônica bem humoradíssima sobre isso. Me lembro que ele falava sobre palavras como sílfide, borboleta, falava sobre palavras leves e pesadas, tudo com muito bom humor e criatividade. Só que eu tb sofro dessa sua doença: leio leio e leio e depois procuro procuro e procuro onde foram parar os textos mas nunca encontro. Abs.

[Sobre "A importância do nome das coisas"]

por Ana Claudia
26/10/2005 às
10h47 200.216.17.98
(+) Ana Claudia no Digestivo...
 
Wagner e o nazismo
Caro: A admiração de Hitler por Wagner não deve ou, pelo menos, não deveria depor contra a obra musical do grande nome do neo-romantismo alemão, até mesmo porque nenhum deles foi contemporâneo um do outro. A "culpa" por todo tipo de "sentimentos pró-nazistas" supostamente existente na obra de Wagner deve ser creditada apenas ao limitado círculo de admiradores daquilo que Otto Maria Carpeaux chamou de a "religião wagneriana", cultuada por causa de Cosima Wagner, "née" Cosima Liszt, no "santuário" do mundo musical wagneriano, que é o Festspielhaus de Bayreuth. Culpar Wagner pela barbárie nacional-socialista que acometeu a Alemanha de 1933 a 1945 é falsear a própria história, do mesmo modo como, a exemplo do que você colocou, igualmente é um absurdo vincular ao nazismo os pensamentos de Nietszche e de Schoppenhauer. Hoje é preciso "reabilitar" Wagner e remover, nem que seja à força, este ranço de "nazismo" que incompreensivelmente cerca a obra do mestre alemão, vinculando-a erroneamente aos delírios de grandeza do genial músico que ele foi. Sou advogado, também formado em história e em línguas indo-européias e em línguas mortas e, além do latim, do grego e do hebraico, leciono também o alemão. Aliás, minha tese de mestrado em história versou exatamente sobre a Primeira Guerra Mundial e o pan-gemanismo que arrastou o "kaiser" a uma aventura militarista nos Bálcãs que terminaria, após o atentado em Sarajevo em 1914, evoluindo para um conflito armado em escala mundial. Mas se Hitler gostava mesmo de Wagner - e sobre isto não pairam dúvidas - pelo menos não se pode acusar o tirano de ter tido mau gosto musical. Pelo menos isto... H. Carvalho, Petrópolis - RJ

[Sobre "Beethoven"]

por hamilton carvalho
26/10/2005 às
08h52 200.152.34.1
(+) hamilton carvalho no Digestivo...
 
Carne novinha é bom...
Caro: Sobre o fato de o Glauco namorar menina nova o ridículo está na diversidade de mundos em que ambos vivem e não na idade de ambos. Carne novinha é bom e todo mundo gosta. Mas a Globo parece mesmo ter um compromisso com a homossexualidade, que agora está caminhando para ser quase "compulsória" no Brasil. No afã de posar de "progressista" e de discutir o preconceito contra a homossexualdade, a Globo está caindo no outro extremo, a ponto de sutilmente estar começando a surgir no Brasil um outro preconceito contra o qual ninguém fala: o preconceito contra os heterossexuais. Outro dia, o cartunista de um jornal de minha cidade fez uma "charge" notável, em que colocava um papo entre o Júnior e o Tião. O Júnior dizia: "Ih, Tião. Você deve ser 'tarado'. Só pensa em mulher. Nunca pensei que você fosse tão 'careta'". É isto aí. Gostar de mulher hoje é sinônimo de caretice. Será que o pro-homossexualismo global tem a ver com o desregramento em que vivem diariamente os artistas nos estúdios da Globo? Não são poucas as pessoas conhecidas minhas que trabalharam lá e que reafirmam que os bastidores da "utopia" global são piores do que Sodoma e Gomorra. H. Carvalho, Petrópolis - RJ

[Sobre "A novela América e o sensacionalismo de Oprah"]

por hamilton carvalho
26/10/2005 às
08h27 200.152.34.1
(+) hamilton carvalho no Digestivo...
 
Para que isso?
Adriana: vc vai no "ponto" certo. Também acho esquisito a pessoa dar depoimento no Orkut sobre amigos. Para que isso? Qual a finalidade? Quando temos um amigo, pega-se o telefone e conversa-se, não é? Nunca as pessoas ficaram tão expostas. Não sei se é bom ficar tão visível. O importante é que vc está com olhos atentos para o que anda acontecendo. Parabéns pela matéria. Carolina Falcone

[Sobre "Por que eu não escrevo testimonials no Orkut"]

por Carolina Falcone
25/10/2005 às
23h05 201.8.22.125
(+) Carolina Falcone no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Controle Automático de Processos Industriais
Luciano Sighieri, Akiyoshi Nishinari
Edgard Blucher
(1973)



Enciclopédia Esotérica
David Caparelli
madras
(2006)



Desenvolvimento Industrial
Murray D. Bryce
Pioneira



O Computador na Escola - o Sistema Logo
G Bossuet
Artes Medicas
(1985)



Poderosa (2008)
Sérgio Klein
Fundamento
(2008)



Homens, Mulheres e Relacionamentos
John Gray
rocco
(1996)



Livro - A Vida de Allan Kardec para as Crianças
Clóvis Tavares
Lake
(2009)



O Soldado Fanfarrão
George Moura
Objetiva
(1996)



Ritmo da Escrita
Lourenço Chacon
martins fontes
(1998)



Educação pelo Argumento - Edição Revista e Ampliada
Gustavo Bernardo
Rocco
(2007)





busca | avançada
67290 visitas/dia
2,0 milhão/mês