Aqui tudo de graça | Patricia Rosa Lara

busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
>>> Conrado Hubner fala a Pedro Doria
Últimos Posts
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
>>> Cinema: Curtíssimas terá estreia neste sábado (28)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A todos que passem por aqui
>>> João Paulo Cuenca e seu Corpo Presente
>>> Neruda, oportunista fantasiado de santo
>>> VTEX e Black & Decker sobre transformação digital
>>> Apresentação
>>> Fetiches de segunda mão
>>> Em busca do vampiro de Curitiba
>>> Millennials
>>> Um ano de blog
>>> Aracy Guimaraes Rosa
Mais Recentes
>>> Eu Fico Loko de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas Paginas (2015)
>>> A Cidade de Melanie Wallace pela Benvira (2012)
>>> As Belas Coisas, Que é do Céu Contê-las de Dinaw Mengestu pela Nova Fronteira (2008)
>>> O Beijo das Sombras de Richelle Mead pela Rocco (2021)
>>> O Beijo das Sombras de Richelle Mead pela Rocco (2021)
>>> Pesadelos e Paisagens Noturnas - Vol.I de Stephen King pela Objetiva (2011)
>>> Temas de Psicologia Juridica de Leila Maria Torraca de Brito pela Relume Dumará (2005)
>>> Evangelho por Emmanuel - Comentários ao Evangelho Segundo Mateus de Francisco Cândido Xavier pela Feb (2015)
>>> A Casa do Califa de Tahir Shah pela Roça Nova (2008)
>>> Personagens da Boa Nova de Federação Espírita do Paraná pela Fep (2010)
>>> Personagens da Boa Nova de Federação Espírita do Paraná pela Fep (2010)
>>> Francisco - o Sol de Assis de Divaldo Franco e Cezar Braga Said pela Leal (2014)
>>> Salomé - o Encanto das Mulheres Que Surgem do Céu de Sandra Carneiro pela Vivaluz (2014)
>>> Eight early tantras of the great perfection - elixir ambrosia de Christopher wilkinson pela Christopher wilkinson (2016)
>>> O Homem Que Amava os Cachorros de Leonardo Padura pela Boitempo (2014)
>>> O fogo invisível: O segredo mais importante da humanidade está prestes a ser revelado de Javier Sierra pela Planeta (2018)
>>> Moreira da Silva: O último dos malandros de Alexandre Augusto pela Sonora (2013)
>>> O Bairro: Viva a Nossa Turma - Geografia e História de Aracy do R. Antunes; Maria de L. de A. Trindade pela Access (2013)
>>> Antes de Nascer o Mundo de Mia Couto pela Companhia das Letras (2016)
>>> Teogonia: A Origem dos Deuses- edição revisada e acrescida do original grego de Hesíodo pela Iluminuras (1995)
>>> Bíblia de Jerusalém - Média Encadernada de Deus e Vários autores pela Paulus (2004)
>>> Madame Bovary de Gustave Flaubert pela Abril Cultural (1979)
>>> Gente pequena também tem direitos de Malô Carvalho pela Autêntica (2012)
>>> Gramatyka? Dlaczego nie?!: Ćwiczenia gramatyczne dla poziomu A1 de Joanna Machowska pela Universitas (2014)
>>> Você e a Mediunidade de M. B. Tamassia pela O Clarim (2001)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 25/11/2005
Comentários
Leitores


Aqui tudo de graça
Humor acima de tudo... Gosto disso... Adorei as dicas das fraudes... Ainda tudo de graça. Obrigada, Patricia R. Lara

[Sobre "Como parecer culto"]

por Patricia Rosa Lara
25/11/2005 à
01h39 200.204.176.247
(+) Patricia Rosa Lara no Digestivo...
 
Algo como Arnaldo Jabor
Caro Senhor, sai' 'a procura de como escrever bem e encontrei nesta pagina como prender a atenção e interessar no continuar. Este dom como menciona é individual. Mas não estou contente da maneira como escrevo, gostaria algo como Arnaldo Jabor. Escreve seus textos com retórica difícil de não entender. Qual o seu segredo? Gostaria de expressar meus penssamentos no papel da mesma forma apesar de meu nome não ser Arnaldo. Obrigado por sua atenção, estarei no aguardo. Walter Caetano Costa

[Sobre "Como escrever bem – parte 3"]

por Walter Caetano Costa
24/11/2005 às
19h49 200.228.149.2
(+) Walter Caetano Costa no Digestivo...
 
Parabéns ao Rafael
Até que enfim li uma crítica séria sobre o novo trabalho da cantora Maria Rita. Concordo que a cantora está num processo de evolução. O disco realmente peca em alguns aspectos mas não invalida ou nem por isso se trata de um trabalho ruim... Parabéns ao Rafael pelos argumentos e comentários dado a cada canção do disco... Um abraço!

[Sobre "Segundo, o primeiro de Maria Rita"]

por Luciana
24/11/2005 às
12h35 200.189.112.30
(+) Luciana no Digestivo...
 
ótima...
Adriana, já faz um bom tempo que eu tenho gostado dos seus textos escritos no Digestivo Cultural. As suas análises são muito bem feitas e coerentes, além de criativas. Continue a ser o que você é (ótima...). Abraços e mil saudações, Maurão

[Sobre "Carta para Sonia Rodrigues"]

por Mauro Gorenstein
24/11/2005 às
10h45 200.232.242.128
(+) Mauro Gorenstein no Digestivo...
 
Música, letra...
E os caras conseguem fazer poesias e colocar uma melodia pesada como por exemplo "Quem sabe", "Descoberta", entre outras.

[Sobre "Los Hermanos"]

por Ede
23/11/2005 às
08h08 201.13.74.107
(+) Ede no Digestivo...
 
inclassificavelismo
Mas, Julio!!! Quem culpado é pelo triste inclassificavelismo (rs) senão os próprios compositores, intérpretes, que atualmente, quando se reunem, é para desfiar estratégias marketeiras, táticas de ganhar espaços e etcéteras (com algumas mesas de excessões)? Pound falou: "the best criticism comes from the man who makes the nest job". E Baudelaire, em quem Ezra jamais se apoiou: "a humanidade caminha da experiência para o conhecimento". Falta uma distinção óbvia de termos, no que concerne à crítica e à erudição. É fatalmente indispensável o gênio erudito de um Otto Maria Carpeaux, mas para compilar a essência do que formos "classificando", em deliciosas cervejas, regadas à música, poesia, sexo e conversas outras, que até admitem, algum palpite mercadológico. E baccios do Mário a todos.

[Sobre "Digestivo nº 253"]

por Mário G. Montaut
21/11/2005 às
19h33 200.161.17.83
(+) Mário G. Montaut no Digestivo...
 
O Orkut é o que fazem dele
Acredito que o Orkut realmente não tenha a pretensão de ser algo levado a sério. Ele é aquilo que as pessoas fazem dele, e a invasão da sua privacidade será sempre resultante da sua opção de se expor. Utilizo o Orkut por puro lazer (apesar de, como musicista, já ter feito muitos contatos legais por lá) e gostei muito de ler seu ponto de vista, Adriana. Agora, seu próximo texto bem poderia ser sobre a necessidade que as pessoas têm de demonstrar seua afeto deixando peixinhos, balõezinhos, coraçõezinhos e congêneres no scrapbook alheio. :D

[Sobre "Por que eu não escrevo testimonials no Orkut"]

por Jamila Maia
21/11/2005 às
16h42 200.162.222.128
(+) Jamila Maia no Digestivo...
 
siliconados podem falar de MJ?
O que importa para nós as cirurgias que Michael Jackson fez? Será realmente que nós Brasileiros que temos os bumbuns e seios siliconados e abdomens lipoaspirados temos moral para falar do nariz de MJ? Porque o ser humano é tão leviano e volúvel para se deter em coisas insignificantes para prejudicar alguém? Vocês acham mesmo que um jovem astro e bilionário porque não enveredou no caminho das drogas, não exibe todos os dias uma mulher e um carro importado diferente, é sensível aos problemas do meio-ambiente, tem uma preocupação e um carinho especial pelas crianças, especialmente as crianças pobres, doentes e desasistidas, criando uma Fundação com esse propósito e doando milhões a hospitais deve ser considerado esquisito, um ser do outro planeta, um ser bizarro? Será que não se pode gostar de crianças sem vê-las com objeto sexual. Já paramos para analisar as canções de MJ? Têm palavras ou mensagens que atingem os bons costumes ou nos levam a refletir positivamente?

[Sobre "Quem somos nós para julgar Michael Jackson?"]

por Mari
21/11/2005 à
00h25 200.222.147.167
(+) Mari no Digestivo...
 
Vocé é um achado!!!
Julio (sem acento né?). Estou aqui em cólicas, rindo pra cacete(boa forma de terminar o domingo, obrigada). Texto brilhante. Vc já deve ter ouvido (lido) isto mil vezes, mas me permita a repetição. Seu primeiro modem era US Robotics??? Ué, o meu ainda é... Será que isto é bom??? Rs... Adoraria que meu outlook me confortasse na ausência de new e-mails: “Sorry, you have no e-mails”. Amei tudo... As sextas? Estarei por cá. É quando vc é o colunista, certo?

[Sobre "Internet 10 anos – 1996"]

por Tâmara Alves
20/11/2005 às
23h19 200.191.155.146
(+) Tâmara Alves no Digestivo...
 
Sobre o Fortaleza Digital
Excelente o comentário sobre o Fortaleza Digital. Faça uma comparação com o 1984 de George Orwell, e verá que é bem melhor. O que coloca Dan Brown numa categoria acima da média é que suas historias (pelo amor de Deus, não modifiquem esta palavra para estórias) são fantásticas, mas viáveis, e acima de tudo, tem bom ritmo, são bem contadas. É interessante ver que toda a produção literária "filmável", isto é, capaz de ser imediatamente transformada em um filme ou novela de boa qualidade, mostra influência de um autor nunca citado. Esse gênio que menciono, embora um canalha assumido, escreveu textos matemáticos, técnicos e a melhor autobiografia de todos os tempos. Recomendo ler e analisar o ritmo das Memórias de Casanova (11 volumes enormes, mas perfeitamente digeríveis), terminado por volta de 1780. Lembrado apenas como mulherengo, esse simpático criminoso confessa, entre outras façanhas, a maior trapaça de todos os tempos: a criação das loterias oficiais.

[Sobre "O primeiro código de Brown"]

por gil almeida
20/11/2005 às
10h57 200.251.131.56
(+) gil almeida no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Quarta Viagem de Colombo. Rumo as Ilhas das Especiarias
Carlos Guilherme Mota
Scipione
(1992)



Direito das Pessoas e das Famílias Doutrina e Jurisprudência
Moacir Cesar Pena Jr
Saraiva
(2008)



Propaganda e Marketing para Vestibular, Calouros, Curiosos...
Enderson Rafael
Novas Idéias
(2006)



O Povo dos Lírios
Wilhelm S. J. Speyer
A. W. Speyer
(1956)



Jaque Mate Al Obispo Virrey
Gregorio Bartolomé
Fondo de Cultura Economica
(1991)



Fisica I Analise Dimensional Estatica
Terezinha Jocelen Masson
Pleides
(2003)



A Morte do Brasil
Ledo Ivo
Record
(1984)



Gandhi Sua Vida e Mensagem para o Mundo
Louis Fischer
Martin Claret
(1983)



Macmillan Eng. Grammar in Context With Cd-rom-int. Intermediate
Michael Vince
Macmillan Education
(2008)



Arte de bem navegar toda a vela
Fernando Moretti
Ars poetica
(1994)





busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês