Vida longa a Lennon | Dâni Éla Gô Dóy

busca | avançada
50504 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Atom Pink Floyd faz show dia 1º e público usa óculos 3D no Teatro Alfa
>>> Musical Guerra de Papel reestreia dia 9 no Complexo Funarte
>>> Daniela Galanti autografa livro em São Paulo
>>> Death Note - O Musical reestreia no Teatro Miguel Falabella
>>> De Kombi na Praça - Pateo do Collegio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Jô Soares (1938-2022)
>>> Casos de vestidos
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Toilet Paper, Papel Sanitário
>>> Direitos e Deveres, a torto e a direita
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Eis a questão
>>> Private Equity e coronavírus
>>> The Smiths em 1983
>>> Liam
>>> Caro Francis, documentário de Nelson Hoineff
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Quando a incapacidade é valorizada
>>> Do amanhecer ao adormecer: leitura, ato de amor
>>> Entrevista com Franklin Costa
>>> Curriculum vitae
Mais Recentes
>>> Não Posso Me Apaixonar de Bella Andre pela Novo Conceito (2013)
>>> As Meninas de Lygia Fagundes Telles pela Nova Fronteira (1985)
>>> O Jogo de Brad Meltzer pela Record (2005)
>>> O Filho do Brasil de Denise Paraná pela Xamã (1996)
>>> Nona de Erika Mattos da Veiga pela 7 Letras (2010)
>>> A Mulher V Moderna, à Moda Antiga de Cristiane Cardoso pela Unipro (2011)
>>> As Poderosas Rainhas de Amy Dickinson pela Ediouro (2009)
>>> Ecologia e socialismo de Michael Lowy pela Cortez (2005)
>>> Filosofia Política e Liberdade de Roland Corbisier pela Paz e Terra (1975)
>>> Nietzsche para estressados de Allan Percy pela Sextante (2011)
>>> La Visita de L a Anciana Dama de Friedrich Durrenmatt pela Gompania General Fabril (1960)
>>> A ideologia do trabalho de Paulo Sérgio do Carmo pela Moderna
>>> A invisível máquina do mundo de Marianne Wiggins pela Ediouro (2005)
>>> Chinese Medicinal Herbs of Hong Kong Vol. 2 Chinese / English de Vários pela Desconhecida (1984)
>>> The Prostate Cancer Protection Plan de Dr. Bob Arnot pela Little, Brown and Company (2000)
>>> Nueva Guia Completa del Museo del Prado de Antonio J. Onieva pela Mayfe (1980)
>>> Prestes Heroi e Caudilho de Valter Pedrosa pela Roteiro Editorial (1987)
>>> Memoria de mis putas tristes de Gabriel García Márquez pela Debolsillo (2008)
>>> Bandeira de bolso - Uma antologia poética de Manuel Bandeira pela L&PM (2010)
>>> A lacuna de Barbara Kingsolver pela Verus (2011)
>>> A Cabana de William P. Young pela Sextante (2008)
>>> Amityville de Jay Anson pela Darkside (2016)
>>> Eu fico Loko 2 de Christian Figueiredo de Caldas pela Novas páginas (2015)
>>> A queda As memórias de um pai em 424 passos de Diogo Mainardi pela Record (2012)
>>> O Diário de Anne Frank de Anne Frank pela Record (2016)
COMENTÁRIOS

Sábado, 17/2/2007
Comentários
Leitores


Vida longa a Lennon
Entre o fim do mundo e o fim do mês; Entre a verdade e o rock inglês; Entre morsas, hipopótamos, galos e cachorros, existe um gênio de humor ácido, corrosivo e anacrônico. Vida longa ao mestre Lennon, filósofo da juventude e dos maus costumes britânicos! Obrigada pelo texto, Abreijos da Dâni.

[Sobre "Lennon engano"]

por Dâni Éla Gô Dóy
17/2/2007 às
16h25 201.80.3.119
(+) Dâni Éla Gô Dóy no Digestivo...
 
Nossa realidade é bem pior
Este filme mostra nada mais que a realidade em que vivemos, principalmente nas grandes cidades brasileiras. Em meses, tivemos ônibus queimados com pessoas dentro, um menino de 5 anos arrastado por 7 quilômetros por assaltantes que só queriam roubar trocados e pertences de um carro. O que queremos? Que mensagem achamos que deveríamos ter no mundo? A realidade de hoje em nosso país é um pouco pior que a mostrada no filme, e se queremos mudá-la temos que sair nas ruas e pedir mais segurança, educação para nossas crianças e jovens, e leis muito mais duras para os crimes com vítimas, pois senão filmes de terror não mais nos assustarão, pois nossa realidade é pior que a criatividade de muitos roteiristas da nobre arte.

[Sobre "A imagem do Brasil em Turistas"]

por Alexandre
17/2/2007 às
14h56 201.43.149.137
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Não quero mais meia-migalha
Essa declaração da Maria Padilha me faz achar a esquizofrenia de "O cobrador", do Rubem Fonseca, uma saída mais que natural, parodiando o personagem: "você me deve teatro, cinema, biblioteca, sanduba, sexo, saúde, alegria... você não sabe, porém você me deve, mas só me dá trabalho, este eu não quero não. E agora não quero mais meia-migalha, não, quero o todo, e vou pegá-lo à força, porque não vou ficar pagando a conta sozinho!". Este é o procedimento que os "civilizados" obrigam os enjeitados de tomar e depois mostram-se indignados com a barbárie social, aumentando assim o seu ibope!

[Sobre "Meia-entrada ou meio-médico?"]

por Pedro Antonio Freire
17/2/2007 às
14h11 189.17.6.28
(+) Pedro Antonio Freire no Digestivo...
 
Constante inferno astral
Lennon não teve paz. Era tão ácido quanto um limão. Por motivos edipianos casou-se com uma chatonilda... Guga, mais uma vez você nos trouxe novidades, focos diferentes, expostos de maneira especial. Lennon e Elis Regina (que dupla mais estrambólica!!!) eram considerados chatos. Irriquietos, inteligentes e em constante inferno astral. Ainda bem que fizeram da arte válvula de escape. Senão, ninguém iria aguentá-los. Valeu.

[Sobre "Lennon engano"]

por Bruno Sales
16/2/2007 às
14h45 201.17.240.248
(+) Bruno Sales no Digestivo...
 
prêmios e concursos literários
Importante a divulgação de prêmios e concursos literários. Abre o caminho e a oportunidade de novos escritores mostrarem a que vieram.

[Sobre "Concurso de literatura em BH"]

por Leocadio
http://leocadio.blog.com
16/2/2007 às
14h13 200.144.11.101
(+) Leocadio no Digestivo...
 
Meu ícone
Sérgio Augusto, sou sua leitora e admiradora desde os tempos do Pasquim (digamos que eu comecei a ler bem cedo na vida...), mesmo antes de você ter escrito sobre meus pais (a Terezinha Zerbini, na época encabeçando o Movimento Feminino pela Anistia, e meu pai, o General Zerbini - preso e cassado pelo golpe de 64)afirmando que este último parecia um oficial inglês, com um bigode de caçador de raposa... Admiro muito tanto sua cultura (que já é erudição) como seu bom gosto, além do estilo "witty" com que escreve. Mistura de taça de champagne com Fred Astaire dançando. Você, além de lúcido jornalista, é um artista. Um dos raros presentes na época atual é poder lê-lo aos domingos no Estadão (que não compro durante a semana). Todos os meus cumprimentos seriam pouco para você.

[Sobre "Sérgio Augusto"]

por eugenia zerbini
http://netasdaema.zip.net
16/2/2007 às
13h10 201.27.82.48
(+) eugenia zerbini no Digestivo...
 
Tom é pura afinação
Viva Tom! Viva Jobim!!! Tudo que vem do Tom é pura afinação. Suas músicas, suas poesias, seus arranjos e até o seu charuto exalava canção.

[Sobre "Digestivo nº 316"]

por Clovis Ribeiro
http://www.clubedoscompositores.com.br
16/2/2007 às
12h29 201.92.192.216
(+) Clovis Ribeiro no Digestivo...
 
Eu tenho mas não uso
Bom eu tenho orkut, uma comunidade feita para mim e 300 e poucos amigos (sendo 99,9% pessoas que realmente conheço). O texto é maravilhoso principalmente a seguinte parte: em vez de "voce tem e-mail?" é, hoje, "voce tem orkut?". Na minha opnião, sendo bom ou não, o orkut já virou rotina dos brasileiros. Reparei nos comentários acima que quase todos não curtem o orkut mas o tem, disfarçando com a seguinte frase: "Eu tenho mas não uso". Para mim, o orkut é lazer. Durante a semana, o dia todo na frente do PC sem abri-lo, mas quando chega o final de semana - enquanto todos se matam, bebem loucamente (não sei pra que isso, parece que vai chegar o fim do mundo!) -, eu abro meu orkut, baixo música e chego inteira e saudável na segunda-feira...! O orkut tem o seu lado ruim/péssimo mas também tem lado bom quando se sabe usar.

[Sobre "Orkut way of life"]

por Aline Nogueira
http://www.estrelasnomeurumo.blog.terra.com.br
16/2/2007 às
10h53 200.228.16.230
(+) Aline Nogueira no Digestivo...
 
a primeira reunião...
Marcelo, achei que alguem estava verbalizando o que tantas e tantas vezes a gente conversou. Isso!!! Só conversou. Aguardo a primeira reunião... Ah!!! eu não tenho a veia de escritora, só trabalho com livros didáticos. Mesmo assim, imagino que será possível participar. Abraços, Mónica

[Sobre "A culpa é dos escritores, também"]

por Mónica Palacios
15/2/2007 às
19h05 201.27.40.218
(+) Mónica Palacios no Digestivo...
 
amor ao primeiro parágrafo
Ana, não creio em influências. Creio mais em possibilidades, concordando com você nesse aspecto. Por que não creio em influências? Porque, se dependesse de meus pais e de meus irmãos, por exemplo, jamais alcançaria a paixão pela literatura, que mantenho hoje. Venho de uma família pobre financeiramente e de pessoas pouco afeitas à leitura. A falta de dinheiro impossibilitava a aquisição de livros, jornais ou revistas, e a baixa escolaridade impedia o gosto pela leitura. Pelas influências, seria impossível que viesse a me tornar um leitor contumaz, mas havia possibilidades, sim. E foi isso que acabou acontecendo: meus primeiros contatos com a leitura de bons livros só viriam a ocorrer no ginasial, quando li, pela primeira vez, Machado de Assis, e, aí, foi amor ao primeiro parágrafo. Daí em diante, nunca mais abandonei a leitura.

[Sobre "Leituras, leitores e livros – Parte I"]

por Américo Leal Viana
15/2/2007 às
16h17 200.213.108.130
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Viaje a La Alcarria: Con los Versos de Su Cancionero Cada Uno En Lugar
Camilo José Cela
Destino
(1996)



Os Três Mosqueteiros
Laiz B. de Carvalho
Folha de S. Paulo
(2016)



Os Três Monges - Romance espirita
Luiz Carlos Carneiro
Lake
(1997)



Der Marchenkonig
Felix (Autor), Theo (Autor)
Langenscheidt
(2003)



A mocinha do mercado central
Stella Maris Rezende
Globo Livros
(2011)



Invisível
David Levithan; Cremer Andrea
Galera Record
(2014)



Sem Perdão
Frederick Forsyth
Record
(1982)



Foras da Lei Barulhentos
Vários Autores
Cosac & Naify
(2012)



O Melodrama - Debates Teatro
Jean-marie Thomasseau
Perspectiva
(2005)



O triângulo das bermudas
Charles Berlitz
Nova Fronteira
(1974)





busca | avançada
50504 visitas/dia
2,0 milhão/mês