A arte de citar | Pedro Maciel

busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
>>> Steve Jobs em 1997
>>> Jeff Bezos em 2003
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A literatura feminina de Adélia Prado
>>> Jorge Caldeira no Supertônica
>>> A insustentável leveza da poesia de Sérgio Alcides
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Millôr e eu
>>> As armas e os barões
>>> Quem é o autor de um filme?
>>> Cyrano de Bergerac
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Marco Lisboa na Globonews
Mais Recentes
>>> Por vocêw por mim no Vietnã de Ferreira Guller pela Sped
>>> Mussolini I Unleahed 1939-1941 de Mac Gregor Knor pela Cambridge (1986)
>>> Itajaí - Imagens e Memórias de Lindinalva Deóla da Silva pela Fundação Genèsio Miranda Li (1995)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Atentados políticos: de César a Kennedy de Paulo Matos Peixoto pela Paumape (1990)
>>> Para gostar de Ler - Crônicas vol.1 de Carlos D. de Andrade, Fernando Sabino, Paulo M. Campos e Rubem Braga pela Ática (1999)
>>> Fendas Urbanas de Luiz Antonio de Queiroz pela Ofício das Palavras (2008)
>>> Quatro Mitos Brasileiros de Monica Stahel pela Martins Fontes (2003)
>>> Entretempo de Antonio Fantinato pela Topbooks (2008)
>>> A Casa de Babylônia: Estudo da Habitação Rural no Interior de São P... de Andrea Piccini pela Annablume (1996)
>>> Zupt...o Amigo do Peito de Stella Cobra Muraça pela Edicon (1997)
>>> Ciências da natureza, matemática e suas tecnologias - Biologia de Escola da Juventude pela FDE
>>> Ciências humanas e suas tecnologias - Geografia de Escola da Juventude pela FDE
>>> A Resistível Ascensão do Boto Tucuxi de Márcio Souza pela Marco Zero (1982)
>>> Beijos Engolidos de Jurandir Pinoti pela Ssua (2007)
>>> Rita Você-é-um-doce de Telma Guimarães Castro Andrade pela Atual (1993)
>>> Grandeur et Servitude Patton de Ladislas Farago pela Stock (1963)
>>> A Ponte para o Passado de Ivan Jaf pela Atual (1993)
>>> Amazônia de Alan Oliveira pela Saraiva (1999)
>>> Auto do Frade: poema para vozes de João Cabral de Melo Neto pela Nova Fronteira (1984)
>>> Armada América: Relatos Sobre a Inquietudo do Império de Fernando Monteiro pela Francis (2003)
>>> A História de Lalo de Júlio Emílio Braz pela Saraiva (2003)
>>> Açúcar Amargo de Luiz Puntel pela Ática (1994)
>>> Malika Oufkir Prisioneira do Rei de Malika Oufkir e Michele Fitoussi pela Companhia das letras (2000)
>>> A Vaca Voadora de Edy Lima pela Global (2002)
>>> A noite da grande magia branca de Simone Sauaressig pela Kuarup (1991)
>>> Sol-solaris de Heloisa Helena Troncarelli pela Edicon (1985)
>>> A Caminho... Apelo À Pesquisa N. 2 - Jan / Dez. 2004 de Diversos Autores pela Ceuclar (2004)
>>> Revista do Centro Universitário Claretiano - N. 3 - Jan / Dez. 2003 de Diversos Autores pela Ceuclar (2003)
>>> A sombra da Águia de Mark Hertsgaard pela Record (2003)
>>> Contos Como Eu Conto de Jurema Waack pela Ônix (2008)
>>> O mistério da Casa Verde de Moacyr Scliar pela Ática (2002)
>>> Contos Escolhidos de I. L. Peretz pela Rampa (1950)
>>> Quero Ternura de Mãos Se Encontrando: de árabes e Judeus, de Branco... de Celso Barroso pela Independente (1978)
>>> Tem Carta pra Mim? de Fanny Abramovich pela Scipione (1994)
>>> Do arquivo e da memória: fatos, personagens e reflexões sobre o sio... de Samuel Malamud pela Bloch (1983)
>>> Qual é o Seu Preconceito Preferido? de Carlos Augusto M. F. da Silva pela Ateniense (1991)
>>> Serões de Dona Benta e História das Invenções de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1950)
>>> A Câmara das Pedras Fendidas de J. W. Seixas Santos pela Conan (1994)
>>> A Mesa do Silêncio - Dedicatória e Autógrafo de Armindo Trevisan pela Lpm (1982)
>>> A Cidade Reinventa a Democracia de Ademar José Becker pela Corag (2000)
>>> Quem Nasceu para Cintilante Nunca Chega a Francesinha de Magali Moraes pela Sulina (2002)
>>> Auschwitz Altar do Capitalismo de Cultura Vozes pela Vozes (1995)
>>> Fronteira Inclemente de Brasil Dubal pela Iel (1976)
>>> A represa / Suburbana de Maria Helena Khüner e Celso Antonio da Fonseca pela Funarte (1980)
>>> O Folclore da Caixa: Contos de Antenor Pimenta Madeira e Outros pela Caixa (1984)
>>> Do Simbólico ao Virtual de Jorge Lúcio de Campos pela Perspectiva (1990)
>>> A Linguagem no Pensamento e na Ação de S. I. Hayakawa pela Pioneira (1963)
>>> As Alegres Comadres de Windsor e a Megera Domada de William Shakespeare pela Edições de Ouro (1966)
ENSAIOS

Segunda-feira, 5/4/2004
A arte de citar
Pedro Maciel

+ de 10700 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Citar vem do latim: citare. Referir ou transcrever (um texto) em apoio ao que se afirma, segundo o Aurélio. Mas, se a língua favorece os tagarelas e soneteiros, os que falam pelos cotovelos e abusam da linguagem antisintética, quantas palavras imprecisas, ditas ao vento, são necessárias para descrever o silêncio? "Sobre aquilo de que não se pode falar, deve-se calar", sintetizou o filósofo Wittgenstein.

Dicionário das Citações (Ed. Martins Fontes) é um livro que descreve o pensamento de Homero a Goethe, de Shakespeare a Beckett, de La Rochefoucauld a Oscar Wilde, entre outros. Coletânea de aforismos e epigramas, máximas e pensamentos, sentenças e ditos memoráveis.

A tradução não é um primor. Também pudera, traduzir é trair. Tudo na vida é por aproximação, da matemática ao amor. E pode crer, "o que hoje é demonstrado, um dia foi apenas imaginado", como afirma o poeta Blake.

Toda citação maior é uma espécie de pensamento lúcido, fragmento condensador de uma possível beleza-verdade, farol que ilumina o mundo em ruínas. A citação é nuvem "onde o sol cala", como no "Inferno" de Dante: "No meio do caminho desta vida/ me vi perdido numa selva escura,/ solitário, sem sol e sem saída".

Jorge Luis Borges era um escritor pródigo em citações. Rescreveu argumentos, lendas e fantasias deste e de outros séculos. No ensaio intitulado "Livro", Borges anota que, "certa vez, perguntaram a Bernard Shaw se ele acreditava que o Espírito Santo havia escrito a Bíblia. Ele respondeu: Todo livro que vale a pena ser relido foi escrito pelo Espírito Santo". A Bíblia não é nada mais do que um mosaico de citações, sermões e parábolas.

Muitos leitores acreditam que os citadores são pensadores originais. Lucrécio achava que "nada pode ser criado a partir do nada". Já Andre Gide, por sua vez, diz que, "todas as coisas já estão ditas, mas, como ninguém escuta, é preciso recomeçar sempre". A citação é uma lembrança do que "poderia-ter-sido", do "não-mais" ou do "tarde-demais". "O que não é destino é frivolidade", diz Ortega e Gasset.

Poetas, filósofos, pregadores e animadores sempre foram mestres em citar o pensamento dos outros. Mas há quem use as sentenças para ter uma visão do mundo ou para simplesmente levar a vida. No entanto, "um fragmento tem de ser como uma pequena obra de arte, totalmente separado do mundo circundado e perfeito e acabado em si mesmo como um porco-espinho", como definiu Friedrich Schlegel.

Erza Pound, que ditou as regras usadas pelos poetas concretos, era um citador dos tempos medievais, um reinventor dos caracteres (ideogramas) orientais. Vivia com o nome de Confúcio e Bashô na ponta da língua. O visionário Nietzsche desenvolveu toda a sua filosofia a partir dos pensadores gregos. Seu pensamento filosófico é uma trama de fragmentos, máximas e relâmpagos. Para ele, "aquele que escreve em sangue e em máximas não quer ser lido, mas aprendido de cor."

James Joyce, em Ulisses, disse uma frase que ficou célebre: "depois de Deus, Shakespeare foi quem mais criou". A obra de Joyce serviu como fonte de idéias, e ainda recurso estilístico para a construção da obra de Samuel Beckett. Por sua vez, Joyce bebeu nas águas da memória de Proust.

A República, de Platão, outro exemplo de livro de citações, é uma narrativa, discussão dialética encabeçada por Sócrates a um auditório anônimo. Segundo Goethe, a dialética é um desenvolvimento do espírito de contradição, dado ao homem para que ele aprenda a reconhecer a diferença das coisas.

A citação nos leva a um livro, a um lugar qualquer, a um tempo exato. Desafia a realidade, ensina a ver o mundo com os olhos dos outros e a conhecer as coisas do nosso jeito de ser. "Ser ou não ser, eis a questão", pergunta o poeta. Já Freud afirma que "sou onde não penso". "Nada do que é humano me é estranho", pensa Terêncio. Esse era um dos aforismos preferidos de Karl Kraus, especialista em citar para ironizar.

Um aforismo é a síntese do conhecimento. No entanto, segundo Kraus, um aforismo jamais diz a verdade; ele sempre diz uma meia verdade, ele sempre diz uma verdade e meia.

Para ir além






Pedro Maciel
Belo Horizonte, 5/4/2004

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Pirataria 2.0 de Paulo Rebêlo
02. O sebo ideal de Mayrant Gallo
03. A arte assombrada de Pedro Maciel
04. A mídia somos nós de Rodrigo Mesquita
05. O CNJ e a Ancinav de José Nêumanne


Mais Pedro Maciel
Mais Acessados de Pedro Maciel
01. Italo Calvino: descobridor do fantástico no real - 8/9/2003
02. A arte como destino do ser - 20/5/2002
03. Antônio Cícero: música e poesia - 9/2/2004
04. Imagens do Grande Sertão de Guimarães Rosa - 14/7/2003
05. Nadja, o romance onírico surreal - 10/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/4/2004
19h59min
Senhor Maciel, um aforismo é uma mentira bem dita, bendita mentira que se espraia no espírito na espécie de dinheiro valioso do espírito. Parabéns pelo seu texto.
[Leia outros Comentários de Anamin Santiago]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




3° FESTIVAL DE CINEMA LATINO AMERICANO DE SP 2008
VÁRIOS
MEMORIAL
(2008)
R$ 5,00



O QUE A BIBLIA REALMENTE ENSINA ?
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA
ASSOCIAÇÃO TORRE DE VIGIA
(2015)
R$ 6,00



OS LUSÍADAS
LUÍS DE CAMÕES
ABRIL CULTURAL
(1980)
R$ 15,00



DESENVOLVIMENTO E CRISE NO BRASIL - EDIÇÃO ESPECIAL
LUIZ CARLOS BRESSER PEREIRA (CAPA DURA)
BRASILIENSE
(1987)
R$ 26,82



TRAPAÇA
JAMES SIEGEL
RECORD
(2011)
R$ 18,00



VOCE PRECISA SER DETERMINADO
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
R$ 8,00



ESAÚ E JACÓ
MACHADO DE ASSIS
GLOBO
(1997)
R$ 18,00



BOLETIM OFICIAL GRANDE ORIENTE DE SÃO PAULO
CLÁUDIO ROQUE BUONO FERREIRA
DO AUTOR
R$ 9,00



CONTOS BRASILEIROS - ANTOLOGIA ESCOLAR DE OURO
IVO BARBIERI MARIA MECLER KAMPELL

R$ 5,00



VIDA NAS CIDADES - EXPECTATIVAS URBANAS NO NOVO MUNDO
WITOLD RYBCZYNSKI
RECORD
(1996)
R$ 15,00





busca | avançada
37376 visitas/dia
1,1 milhão/mês