Dicas Culturais: Lúcio Alves e Kathe Kollwitz | Maurício Dias | Digestivo Cultural

busca | avançada
49722 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TOGETHER WE RISE TRAZ UMA HOMENAGEM ÀS PESSOAS QUE FIZERAM PARTE DA HISTÓRIA DO GREEN VALLEY
>>> Instituto Vox realiza debate aberto sobre o livro O Discurso da Estupidez'
>>> A Arte de Amar: curso online desvenda o amor a partir de sua representação na arte e filosofia
>>> Consuelo de Paula e João Arruda lançam o CD Beira de Folha
>>> Festival Folclórico de Etnias realiza sua primeira edição online
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> As Soluções Práticas do Fazendeiro - 1 de Osmar Goeden Reis pela Globo (1987)
>>> Album de Debret de Antonio Accioly Netto pela O Cruzeiro (1965)
>>> Albert Einstein de Mae Blacker Freeman pela Difusao Pan Americana (1964)
>>> Revista Airone Giugno 2009 de Andrea Biavandi Editora pela Mondadori (2009)
>>> Agrião de Clara Pinto Correia pela Relogio d'Agua (1984)
>>> O Estalo - Infanto Juvenil de Luis Dill pela Positivo (2010)
>>> Detetive Cecilia E A Aguia De Bronze - Infanto Juvenil de Luis Eduardo Matta pela Brasil (2017)
>>> Marketing de Guerilha -Táticas e armas para pequenas e médias empresas de Jay Conrad Levinson pela BestSeller (1989)
>>> Doze Reis e a Moça No Labirinto do Vento - Infanto Juvenil de Marina Colasanti pela Global (2006)
>>> Manual da Princesinha - Infanto Juvenil de Sheila Walsh pela Thomas Nelson Brasil (2015)
>>> A Coleção Definitiva Marvel -Homem Aranha - Caido Entre os Mortos de Mark Millor e outros pela Salvat (2017)
>>> A Coleção Oficial de Graphic Novels Marvel - Surpreendentes X- Mem - Superdotados de Joss Whedon e John Cassaday pela Salvat (2013)
>>> Os Herois Mais Poderosos da Marvel - Homem Aranha Feliz Aniversario Homem Aranha e o Sexteto Sinistro de Varios pela Salvat
>>> Não era uma vez- Contos Classicos Recontados - Infanto Juvenil de Adela Basch e outros pela Melhoramentos (2010)
>>> Estrelas Tortas - Infanto Juvenil de Walcyr Carrasco pela Moderna (2003)
>>> O Anjo Rouco - Infanto Juvenil de Paulo Venturelli pela Positivo (2010)
>>> Comunicação Global - Aumentando Sua Inteligência Interpessoal de Lair Ribeiro pela Rosa dos Tempos (1992)
>>> Dívida Externa, Recessão e Ajuste Estrutural de Diversos pela Paz e terra (1983)
>>> Apostila de Direito Comercial de Curso OAB pela Marcato (2005)
>>> A Cura Quântica de Deepak Chopra pela Best Seller (1989)
>>> Curso Teórico Prático do Processo Civil de José da Silva Pacheco pela Borsoi (1962)
>>> Lei dos registros públicos - Comentada de Walter Ceneviva pela Saraiva
>>> Petroladrões: a História do Saque à Petrobrás de Ivo Patarra pela Vide Editorial (2016)
>>> Novo - Código Civil Brasileiro de Auriverde pela Do Autor (2003)
>>> Tdd - Desenvolvimento Guiado Por Testes de Kent Beck pela Bookman (2010)
>>> O Canto do Dodô de David Quammen pela Companhia das Letras (2008)
>>> Financiamentos de Empresas - 25 princípios para captar dinheiro e crescer de Dileep Rao/Richard Cardozo pela Folha de S. Paulo (2003)
>>> Direito Administrativo e Ciência da Administração Direito vol. 3 l. 1 de J.G.Menengale pela Borsoi (1950)
>>> Direito Administrativo e Ciência da Administração Direitovol. 1 de J.G.Menengale pela Borsoi (1950)
>>> O andar do bêbado de Leonard Mlodinow pela Zahar (2009)
>>> A Ponte - Vida e Ascensão de Barack Obama de David Remnick pela Companhia das Letras (2010)
>>> Instituições de Direito Civil de Roberto de Ruggiero pela Saraiva (1958)
>>> Trabalho, Capital Mundial e Formação dos Trabalhadores de Antônia de Abreu e Sousa e Outros (org.) pela Ufc (2008)
>>> Feng Shui Para Harmonizar Seu Lar e Sua Vida de Pier Campadello pela Madras (1998)
>>> Mil Nomes de Deus de Eknath Easwaran pela Ece (1999)
>>> A Antiga Ciência e a Arte da Psicoterapia Prânica de Choa Kok Sui pela Ground (1991)
>>> Sexo, Drogas e Economia de Diane Coyle pela Futura (2003)
>>> Adventure Story de L. G. Alexander pela Longman (1987)
>>> terceiro Setor e Questão social Crítica ao Padrão emergente de intervenção social de Carlos Montaño pela Cortez (2008)
>>> Adventures With a Microscope de Richard Headstrom pela Dover (1977)
>>> O pensamento de Che Guevara de Michael Löwy pela Expressão Popular (1999)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Record (1998)
>>> A Assustadora História da Medicina de Richard Gordon pela Prestígio (2002)
>>> Terapia Floral Bach Aplicada à Psicologia de Victor Kripper pela Gente (1992)
>>> Nova Adventures in Science de John Mansfield pela Addison Wesley (1983)
>>> Parsifal - Um Intelectual na Política de Luís Sérgio Santos pela Escrituras (2017)
>>> L'Adolescence Premier Livre de M. Delapalme pela Hachette (1914)
>>> Tardes de um Pintor Ou as Intrigas de um Jesuíta de Teixeira e Sousa pela Foco Letras (2020)
>>> Comunique-se melhor e Desenvolva sua memória de Jorge Luiz Brand pela Berthier (1999)
>>> Súmulas e Orientações Jurisprudenciais do TST Comentadas e organizadas por assunto de Élison Miessa dos Santos/Henrique Corrfeia pela Juspodivm (2012)
COLUNAS

Quarta-feira, 14/1/2004
Dicas Culturais: Lúcio Alves e Kathe Kollwitz
Maurício Dias

+ de 4100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Charles Gavin é um dos membros do grupo de rock Titãs. Como tal, teve alguma importância na formação de quem, como eu, era adolescente na segunda metade da década de 80. Cabeça Dinossauro é um disco histórico no pop nacional.

Nos últimos anos Charles tem alternado o lado de músico com o de pesquisador e divulgador da MPB. É o responsável pela remasterização e lançamento de muitos discos significativos do passado. Junto à Odeon lançou uma série comemorando os 100 anos da gravadora que, entre outras pérolas, inclui dois discos de Lúcio Alves, o gênio da raça.

Lúcio (1927-1993) foi o maior cantor que o Brasil já teve, não só pela linda voz; não só por se adaptar a qualquer ritmo, usando pausas ou alongando fonemas quando achava necessário; mas por um calor humano que acompanha o seu canto e extrapola o terreno musical.

Em O Apanhador No Campo de Centeio – já há uma década passei da idade de citar esse livro, mas vá lá – J.D. Salinger critica a literatura de Hemingway, dizendo que “livro bom é o livro que você lê e tem vontade de ser amigo do autor”. O canto de Lúcio Alves é justamente isso: você ouve e quer ser amigo do cara. Toda a vivência e sabedoria – e porque não, uma pequena dose de malandragem, no sentido antigo da palavra? – que emanam dos discos mostram que aquele sujeito devia ser um ótimo papo num bar, aquele amigo mais velho, que quando você está começando a ganhar pêlos no rosto, chega um dia, bota um uísque na tua mão e fala: – "Faz parte da educação de um homem saber beber."

O mesmo sujeito que se você beber demais e ficar inconveniente te dará uma bronca por não ter controle, mas que, se preciso for, te leva pra casa e te bota com roupa e tudo debaixo do chuveiro pra curar o porre.

Bom, chega de conversa. Os discos são Lúcio Alves, Sua Voz Íntima, Sua Bossa Nova Interpretando Sambas Em 3-D e Doris e Lúcio (com Dóris Monteiro).

São duas obras-primas, o primeiro com arranjos do maestro Gaya, e o segundo com a brilhante dupla de cantores acompanhados por um quarteto (com órgão em vez de piano). A voz de Lúcio aqui está ainda melhor, mais madura. E Doris está a altura do parceiro, cantando baixinho e com grande elegância.

Quem gosta de boa música, tem que ouvir estes CDs com atenção. São uma aula de MPB, do começo ao fim, com repertório maravilhosamente adequado. E sobre Lúcio Alves, quem quiser saber mais dele, recomendo o livro ABC do Sérgio Cabral (Editora Codecri, 1979), onde há uma bela entrevista feita nos anos 70 com um Lúcio já cansado da falta de reconhecimento do grande público (ele nunca fora um cantor muito popular, embora todos respeitassem seu inquestionável e imenso talento). Na época o cantor sobrevivia trabalhando como produtor de programas de TV.

Mudando de assunto, Kathe Kollwitz foi uma artista alemã que viveu de 1867 a 1945, período em que seu país atravessou duas Guerras brutais, a ascensão do nazismo, terríveis agitações sociais e outras catástrofes menores. Kathe, de formação socialista, passou a década de 1890 e o período de 1900-1905 utilizando sua arte expressionista para realizar gravuras que mostravam as duras condições de vida dos operários, e conclamando à organização da classe e a resistência armada contra o opressor – o patrão.

Quem já leu algo que eu tenha escrito sabe o que penso sobre arte engajada. Mas Kathe morreu anos antes de sair o relatório Kruschev, que mostrava ao mundo o que fora a experiência marxista na prática. Seu trabalho tem uma qualidade expressiva e um alternância de claro e escuro que até hoje só vi nas gravuras de Rembrandt - apesar de Kathe sofrer de uma paixão pela desesperança e miséria que ao longo do século XX se tornaria um recurso de fácil apelo e um clichê nas mãos de artistas sem talento. Alguns dos mais renomados cineastas brasileiros da década de 1990 têm a mesma “paixão pela desesperança e miséria” e pouquíssimo talento para concretizá-la.

Já na década de 1900, Kathe foi se tornando mais e mais amarga, e a morte se torna um "personagem" (personagem mesmo, a morte surge encarnada) constante em sua obra.

Kathe Kollwitz foi a mulher mais relevante no mundo das artes visuais, e até semanas atrás eu desconhecia seu trabalho. Falha imperdoável para alguém que se dedica a estudar arte. Veja o trabalho dela aqui ou neste outro link. Clique nas imagens para ampliá-las.


Maurício Dias
Rio de Janeiro, 14/1/2004


Mais Maurício Dias
Mais Acessadas de Maurício Dias
01. 100 homens que mudaram a História do Mundo - 16/3/2004
02. Crítica à arte contemporânea - 20/5/2002
03. Escrita e Artes Visuais - 21/11/2002
04. A obra-prima de Raymond Chandler - 21/1/2003
05. Picasso e Matisse: documentos - 10/6/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
16/1/2004
02h18min
Kathe Kollwitz perdeu um filho de 18 anos na primeira guerra mundial, daí talvez tenha vindo sua morbidez.
[Leia outros Comentários de Ana Couto]
22/1/2004
13h41min
Ana, obrigado pelo comentário. Certamente este fato por vc apontado contribuiu, mas antes da Guerra, em gravuras de 1907, 1910, etc., a morbidez, talvez premonitória, já podia ser notada no trabalho da artista.
[Leia outros Comentários de Mauricio Dias ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AS PARCEIRAS
LYA LUFT
SICILIANO
(1990)
R$ 5,00



OS SEGREDOS DA PRINCESA DE CADIGNAN
HONORÉ DE BALZAC
DPL
(2005)
R$ 8,87



O CASO DOMINIQUE-RELATO EXAUSTIVO DE TRATAMENTO ANALÍTICO DE UMA ADOLESCENTE
FRANCOISE DOLTO
ZAHAR
(1972)
R$ 40,00



STORIA SACRA
SAN GIOVANNI BOSCO
SEI
(1947)
R$ 140,07



DES. CAMINHOS
ADRI ALEIXO
PANTUÁ
(2014)
R$ 19,00



ITINERARIO DE SILVIO ROMERO
SYLVIO RABELLO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1967)
R$ 5,00



A BELEZA DA AÇÃO INDIRETA
JOHN KAY
BEST SELLER
(2011)
R$ 40,00



OS INCUNÁBULOS DAS BIBLIOTECAS PORTUGUESAS VOL 1 CATALOGO
SECRETARIO DE ESTADO DA CULTURA
BIBLIOTECA NACIONAL DE LISBOA
(1995)
R$ 187,00



OS PENSADORES-NIETZSCHE
F. NIETZSCHE
ABRIL
(1983)
R$ 15,00



O TRIUNFO
JOHN KENNETH GALBRAITH
NOVA FRONTEIRA
(1968)
R$ 5,00





busca | avançada
49722 visitas/dia
2,6 milhões/mês