Crônicas de solidão urbana | Guilherme Conte | Digestivo Cultural

busca | avançada
37760 visitas/dia
947 mil/mês
Mais Recentes
>>> Companhia de Danças de Diadema leva "por+vir" ao palco do Teatro Clara Nunes
>>> 38ª Edição da Feira da Comunidade acontece no domingo, 29 de outubro, na A Hebraica
>>> Alex Flemming inaugura intervenção "Anaconda" na Casa-Museu Ema Klabin
>>> Fundação Ema Klabin abre Festival Internacional de Música Judaica
>>> Projeto Jardim Imaginário inaugura a instalação "Penetra" de Marcius Galan
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A poesia afiada de Thais Guimarães
>>> Manchester à beira-mar, um filme para se guardar
>>> Noel Rosa
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> Toscanini e o Hino da República
>>> A máquina de escrever.
>>> Vegetativo
>>> Açaí com granola
>>> Em suspenso
>>> Nesse mundo de anjos e demônios
>>> A lâmpada
>>> Irredentismo
>>> Tabela periódica
>>> Insone
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Pulga na praça
>>> Você vai ser grande
>>> Qual é a alma da cidade?
>>> Hellbox
>>> Sexo e luxúria na antiguidade
>>> A mitologia original de Prometheus
Mais Recentes
>>> La Gran Sabana
>>> Del Roraima al Orinoco
>>> Bioquimica Clínica para o Laboratório- Principios e Interpretações 5ª ed.
>>> Alimentos Light e Diet- Informação Nutricional
>>> Mecânica Ortodôntica Corretiva em Typodont
>>> Ecofisiologia dos Vertebrados-Introdução aos Seus Principios e Aplicações
>>> Patologia Estrutural e Funcional 5ª ed.
>>> Rosa Maria No Castelo Encantado
>>> Hino do Universo
>>> Al-Qaeda
>>> Falsificação de Remédios e Poder de Polícia
>>> A Ditadura Encurralada
>>> Semiologia Cardíaca-Diagnostico e Tratamento Junto ao Leito 5ª ed.
>>> Blackwater
>>> O Peixinho Azul E Outras Histórias
>>> Terrorista
>>> Manual de Sinais e Sintomas 3ª ed.
>>> Falcão Meninos do Tráfico
>>> Odontologia Hospitalar
>>> A Arte da Sedução
>>> Deraldo Motta realizador de sonhos
>>> Ventilação Mecânica em Neonatologia e Pediatria
>>> A Fonoaudiologia na Paralisia Cerebral-Diagnostico e Tratamento
>>> Disturbios do Sono e a Odontologia-Tratamento do ronco e Apineia
>>> Disturbios da Voz e seu Tratamento
>>> Educação em Saude-Com Enfoque em Odontologia e em Fonoaudiologia
>>> An Introduction to the Invertebrates 2ª ed.
>>> Fisioterapia em Pediatria 3ªed.
>>> Tratado de Yôga
>>> Moral Cristã em tempos de relativismos e fundamentalismos
>>> Otávio Mangabeira e sua Circunstância
>>> Guia para amar a si mesma e viver melhor a adolescência
>>> Ela disse, ele disse
>>> Controvérsias em Periodontologia-º1 - Periodontologia 2000
>>> Os Lusíadas - Reprodução paralela das duas edições de 1572
>>> Manual da Série Branca
>>> Saudades da Guanabara & O campo político da cidade do Rio de Janeiro (1960-1975)
>>> Step By Step Minimally Invasive Glaucoma Surgery
>>> O fiador dos brasileiros & Cidadania, escravidão e direito civil no tempo de Antônio Pereira Rebouças
>>> Mulato: negro-não negro, branco não-branco
>>> Tropeços da medicina bandeirante + Medicina paulista entre 1892-1920
>>> Apontamentos para a História da Revolução Riograndense de 1893
>>> A criação de periquitos e seus cuidados
>>> Gripe: história da pandemia de 1918
>>> Bilhões e bilhões & Reflexões sobre vida e morte na virada do milênio
>>> O mundo assombrado pelos demônios & A ciência vista como uma vela no escuro
>>> A Escravidão Reabilitada
>>> A Lógica do Mercado de Ações
>>> Emergencias em Edodontia-Diagnostico e Conduta Clinica
>>> O Ponto de Mutação
COLUNAS

Quinta-feira, 30/6/2005
Crônicas de solidão urbana
Guilherme Conte

+ de 7300 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Histórias em quadrinhos sempre foram marginalizadas. Por mais que grandes nomes como Robert Crumb não devam nada a muitos pintores e artistas plásticos por aí, o termo "quadrinista" ainda carrega um conteúdo depreciativo. A torcida é para que a excelente montagem de Avenida Dropsie, pela Sutil Companhia de Teatro, ajude a mudar um pouco esse quadro. Com direção do sempre criativo e competente Felipe Hirsch, a Sutil leva ao palco uma seleção de histórias (graphic novels) do norte-americano Will Eisner, tido como o pai dos quadrinhos, morto no último dia 3 de janeiro.

Eisner ficou famoso - e conquistou uma legião de fãs fiéis - como o criador de The Spirit, longevo HQ para adultos, sobre um detetive sem super-poderes ou complicadas engenhocas. Mas as histórias de Dropsie são de natureza diversa. Elas bebem da fonte de outras novels de Eisner, como Life force e Eisenshpritz. Mostram o cotidiano da Nova York de sua infância, no Brooklyn. Imigrantes judeus, soturnos músicos de jazz de calçada, vagabundos, donas de casa e todos os tipos de bêbados e vadios. O cenário e figurino impecáveis, aliados a uma produção inventiva (com uma impagável cena de chuva), nos transportam por vezes às cenas tais quais desenhadas por Eisner. Impressiona. Não menos criativa é a trilha sonora, que vai de música folclórica grega a Ramones, mas principalmente recheada com big bands da década de 1930, muito ao gosto dos filmes de Woody Allen. Grandes trilhas, aliás, são uma das marcas da Sutil, notabilizada em premiados espetáculos como A Vida é Cheia de Som e Fúria (2000) e Temporada de Gripe (2003).

Montagens inquietantes de peças fora da pauta do dia são uma constante dessa companhia curitibana fundada em 1993 pelo diretor Hirsch e pelo ator (e por vezes assistente de direção) Guilherme Weber, um dos melhores em cena. O elenco é afinado e realmente parece ter pulado dos desenhos de Eisner. Ora provocando risos, ora grandes silêncios na platéia, mostra um pequeno microcosmo de uma Nova York cáustica, por vezes sombria, engatinhando para sair da crise de 29. Reconhecemos pessoas comuns, que também poderiam ter vindo das páginas de E.B. White ou Gay Talese. É Nova York, mas poderia ser São Paulo ou qualquer outra grande cidade. A solidão da vida na metrópole. Pessoas enganando a fome, matando o tempo. Uma peça que faz rir, mas um riso nervoso. Afinal de contas, não é agradável se reconhecer no palco.

Para ir além
Avenida Dropsie - Teatro Popular do Sesi - Avenida Paulista, 1313 - Quinta (20h) e domingo, 19h, grátis - ingressos retirados com uma hora de antecedência [a dica nesses dias é chegar bem antes; filas enormes são comuns]. Sexta (21h) e sábado (20h), R$ 15,00. Até 28/08.
www.sutilcompanhia.com.br

Retrato visceral

Ei, você que está lendo isso aqui, mexa-se! Corra até alguma unidade do SESC para garantir seu ingresso. Há pouco tempo. Louise Bourgeois: faço, desfaço, refaço, da atriz paranaense Denise Stoklos, só fica em cartaz até o dia 3 de julho. E é imperdível.

A peça é baseada na vida da artista plástica francesa Louise Bourgeois. O texto, o cenário e a música também são de Louise, hoje com 94 anos. A concepção foi feita em conjunto pela dupla. E a parceria deu muito certo.

O perfil de Louise vai se construindo a partir de pensamentos, sentimentos, fluxos de consciência e escritos. Denise entrou de corpo e alma no papel. Sua interpretação transparece autenticidade durante todo o espetáculo, não há um segundo sequer de vacilação. Ela deixa mostrar toda a admiração e a obsessão que tem pela artista.

A vida de Louise, de fato, é muito interessante. Após largar o curso de Matemática da Sorbonne, em Paris, ela mergulha no cenário artístico da cidade e passa a freqüentar ateliês de diversos artistas. Queria ser pintora, contra a vontade do pai. Num desses ateliês, o de ninguém menos que o pintor Fernand Léger, achou sua vocação para a área que lhe trouxe a fama: a escultura.

Em 1938 muda-se, recém-casada com o historiador da arte Robert Goldwater, para os Estados Unidos, onde mora até hoje (atualmente em Nova York).

Ligada notadamente ao expressionismo abstrato, manteve intenso contato com artistas como Marcel Duchamp, Joan Miró e Le Corbusier. Sua obra é relevante; uma de suas esculturas mais famosas, "Spider", uma gigantesca aranha de bronze com mais de três metros de altura, está em exposição permanente no Museu de Arte Moderna (MAM) de São Paulo, no Parque do Ibirapuera.

Além de excelente atriz e diretora, Denise briga também em outro campo: o teórico. Já tem sete livros publicados, entre peças, poesia, romance e textos sobre teatro, entre os quais o principal é Teatro Essencial, de 1993. Denise pensa um teatro engajado, agente de mudanças. Isso fica muito claro em suas atuações, sempre apaixonadas e vibrantes.

Se você nunca viu Denise e seus cabelos desgrenhados no palco, prepare-se para algo novo em sua vida. Goste ou não de seu teatro, muito particular, não há como não se impressionar com sua energia e extrema força em cena. O palco parece pequeno - ela preenche cada espaço, seu vozeirão ecoa em todos os cantos da sala. É de uma expressão comovente.

Para ir além
Louise Bourgeois: faço, desfaço, refaço - Sesc Belenzinho (teatro) - Av. Álvaro Ramos, 915 - Sexta a domingo, 21h, R$ 10 a 20. Até 03/07.
www.denisestoklos.com.br


Guilherme Conte
São Paulo, 30/6/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Os Doze Trabalhos de Mónika. 3. Um Jogo de Poker de Heloisa Pait
02. Pokémon Go, você foi pego de Luís Fernando Amâncio
03. Tempos de Olivia, romance de Patricia Maês de Jardel Dias Cavalcanti
04. Ação Social de Ricardo de Mattos
05. 'As vantagens do pessimismo', de Roger Scruton de Celso A. Uequed Pitol


Mais Guilherme Conte
Mais Acessadas de Guilherme Conte em 2005
01. Fantasmas do antigo Recife - 31/8/2005
02. Crônicas de solidão urbana - 30/6/2005
03. Um rio para lavar a dor - 12/10/2005
04. Sobre o gênio que é Harold Pinter - 26/10/2005
05. Rindo de nossa própria miséria - 21/9/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
1/7/2005
08h36min
Viu? Não falei? E você querendo fazer propaganda e marketing...
[Leia outros Comentários de Ciça]
12/7/2005
03h28min
do texto podemos tirar varias conclusoes, dependendo do nosso interesse e da paixao pelo que lemos: excelente e fascinante o empenho dos profissionais.
[Leia outros Comentários de gilberto correia]
13/7/2005
13h19min
Grande Guilherme, parabéns pela excelente estréia no "Digestivo".
[Leia outros Comentários de André Cintra]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PODER E DOMÍNIO
FÁBIO LÓPEZ LÓPEZ
ACHIAMÉ
(2001)
R$ 14,00



HISTÓRIA DA ARTE
GRAÇA PROENÇA
ÀTICA
(2007)
R$ 60,00



O SÍTIO DO PICA-PAU AMARELO EMÍLIA NO PAÍS DA GRAMÁTICA - VOL. 3
MONTEIRO LOBATO
EDUCAR
R$ 14,90



SONHOS E DISCIPLINAS
AUGUSTO CURY
GOLD
(2014)
R$ 5,00



PLANO DE NEGÓCIOS
LUIZ ARNALDO BIAGIO/ ANTÔNIO BATOCCHIO
MANOLE
(2012)
R$ 49,00



A GRANDE CATÁSTROFE DE 1983 - UMA PREVISÃO ASSUTADORA
BORIS CRISTOFF
RECORD
(1979)
R$ 5,89



LUZ EM CADA UM DE NÓS
ENECI COSTA, NADIR BALDISSARELLI
BESOUROBOX
R$ 30,00



LIÇÕES DE ANÁLISE SINTÁTICA TEORIA E PRÁTICA
ADRIANO DA GAMA KURY
FUNDO DE CULTURA
(1970)
R$ 29,10



PROGRAMA DO ESPETÁCULO - A ENGRENAGEM (TEATRO OFICINA)
TEATRO OFICINA
TEATRO OFICINA
(1960)
R$ 15,00



A ECONOMIA DA NATUREZA
ROBERTS E. RICKLEFS
GUANABARA KOOGAN
(2010)
R$ 150,00





busca | avançada
37760 visitas/dia
947 mil/mês