Escritora de Bom Censo | Lisandro Gaertner | Digestivo Cultural

busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Sexta-feira, 4/8/2006
Escritora de Bom Censo
Lisandro Gaertner

+ de 6000 Acessos
+ 11 Comentário(s)

- Bom dia, minha senhora. Sou do IBGE e vim realizar o Censo de 2010. Aqui está o meu crachá.
- Ah, tudo bem. O síndico já havia me falado que o senhor vinha hoje. Além disso, eu vi o cartazinho. Pode entrar, por favor.
- OK.
- O senhor gostaria de tomar alguma coisa? Um café? Um chá? Uns biscoitinhos?
- Não, muito obrigado. Tenho ainda muitos apartamentos para visitar hoje. Será que poderíamos ir direto ao questionário?
- Com certeza. Sente-se, por favor.
- Muito obrigado. Sua idade?
- Não se pergunta isso a uma dama...
- Eu sei, minha senhora, mas eu sou do Censo. Do Cen-So! Preciso saber dessas informações.
- Eu tenho... setenta...
- ...setenta e?
- O senhor me pegou. Setenta e sete.
- OK. Acredito que a senhora seja aposentada.
- Não, não. Eu sou escritora.
- Escritora? A senhora vive disso?
- Claro que não. Quem me dera. Apenas o Paulo Coelho consegue sobreviver de literatura do Brasil. Também, um homem de tanto talento... Dizem que ele até faz chover.
- Tá, sei, já ouvi falar sobre isso. E o que a senhora faz para se manter?
- Ah, eu recebo umas pensõezinhas.
- Umas?
- É, recebo uma do meu pai, que foi militar, e uma do meu marido, com o qual casei apenas no religioso. Além disso, eu fui professora primária.
- OK. Então, que ocupação eu coloco aqui? Sem ocupação ou escritora?
- Põe escritora que é mais bonito.
- Mais bonito... Tá certo. Olha, atualmente o pessoal tá pegando no pé da gente nesse lance de ocupação. Então, eu tenho que fazer umas perguntas para saber se a senhora realmente é escritora segundo os critérios da CBO.
- CB o quê?
- CBO. Classificação Brasileira de Ocupações. A CBO é uma lista que identifica as ocupações existentes no mercado, incluindo áreas de atividade, recursos e competências específicas. Sem isso qualquer um pode dizer que é qualquer coisa e o Censo não vai refletir a realidade. Então, posso perguntar sobre as suas competências de escritora?
- Pode.
- Primeira pergunta: a senhora costuma ler?
- Ler?
- É, ler.
- Tipo o quê?
- Ué, sei lá. Livros, revistas, jornais, esse tipo de coisa.
- Ah, meu filho, eu não leio, não. Quer dizer, hoje em dia, com a minha vista...
- Mas, como a senhora pode escrever se não lê nada?
- Bom, eu já li né. Sabrina, Júlia, essas coisas... ah, e, vez ou outra, no cabeleleiro, eu leio uma Caras, uma Contigo...
- Tá, vamos passar dessa. A senhora domina a língua?
- O que você quer dizer com isso, meu filho?! Tenha respeito! Não vê que eu sou uma senhora?
- Não, a senhora não entendeu. Estou perguntando se a senhora entende bem de português, escreve bem em português, entendeu?
- Ah, o português é uma língua tão complicada, né? Eu erro como todo mundo erra, meu filho. Quando eu era professora ficava com tanta pena dos meus alunos. Eles eram tão burrinhos... mas, vez ou outra, um deles até me corrigia. Isso era tão bonito.
- Tá. Vamos dizer que o seu conhecimento da língua é satisfatório. E sobre criatividade? A senhora é criativa?
- Eu sou muito criativa. Meu último livro, por exemplo, é muito criativo. É a história sobre uma menina que vem do Oriente Médio e se apaixona por um gêmeo. Aí aparece um clone...
- Calma aí. Isso aí não foi uma novela?
- Foi? Eu não lembro direito.
- Tá, vou colocar aqui que a senhora é suuuper criativa!
- Muito obrigado pelo elogio, meu filho.
- Bom, depois dessa, vejo que nem preciso perguntar sobre a sua intuição e senso de observação. Pelo jeito, os dois são ótimos.
- Exatamente. Você também é muito observador.
- OK. Vamos a questões mais práticas. Quando os seus livros foram publicados, a senhora mesma negociou o processo de edição? Entende de direitos autorais?
- Direitos autorais? Não, meu filho. Quem me entendeu errado, agora, foi você. Eu nunca publiquei um livro.
- Nunca?
- Nunca. Pra dizer a verdade, eu nem terminei o meu único livro.
- Não terminou nem um livro?
- Não, para dizer a verdade estou numa encruzilhada. Na minha história uma menina que é apaixonada por um boiadeiro vai para os Estados Unidos procurar fama e fortuna, mas não sei se ela deve ficar com ele no final ou com um americano rico.
- Mas a história não era sobre a menina do Oriente Médio? Deixa pra lá. Vou ser sincero com a senhora. Não acho legal a gente botar que a senhora é escritora. Não condiz muito com a realidade.
- Não dá mesmo? Nem fazendo uma forcinha? Que pena, eu conheço tanta gente que é escritor e não se encaixa nos critérios que o senhor colocou... Alguns até são meio famosos.
- Pois, é. Conheço vários desse tipo. Olha, acho melhor colocar que a senhora simplesmente não tem ocupação.
- Sem ocupação. Que coisa horrível de se dizer. Aposto que deve ser a pior "ocupação" dessa lista.
- Pode ficar tranquila, essa nem chega perto da pior. E olha que tem algumas "escritoras" que se encaixam direitinho nela.


Lisandro Gaertner
Rio de Janeiro, 4/8/2006


Mais Lisandro Gaertner
Mais Acessadas de Lisandro Gaertner em 2006
01. E Viva a Abolição – a peça - 1/6/2006
02. Cuidado: Texto de Humor - 28/7/2006
03. Orkut: fim de caso - 10/2/2006
04. Escritora de Bom Censo - 4/8/2006
05. Votos Úteis - 14/7/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
2/8/2006
08h48min
Muuuito bom! Eu já tava dando risada ao longo do texto, mas com o link de "escritoras" final eu juro que desabei. Uma pérola, "Seu" Lisandro!
[Leia outros Comentários de Lívia Santana]
2/8/2006
15h39min
Bem, Lisandro, deixando um pouco de lado a sua ótima observação sobre a escritora, aproveito a oportunidade para levantar uma questão que me irrita na carreira literária. O MTE tem em sua classificação de ocupação "Profissionais da Escrita"; o DPF tem em seu formulário de passaporte o código de profissão "546 ESCRITOR"; no entanto, a profissão de escritor, "profissionalmente", não é reconhecida, assim como a de músicos, atores etc. Eu penso da seguinte forma: antes de ficar reclamando de uma série de fatores que são inerentes à vida de um escritor e se brigar por leis de incentivos, é preciso refletir e tentar fazer "aquilo" que os escritores nunca fizeram, que é o reconhecimento e a profissionalização do escritor. No mais, seu texto tem muita coerência, mas, vale lembrar que vivemos num mundo onde tudo é voltado para o lado comercial e, os oportunistas de plantão, sabem muito bem disso. Sds...Elaine Paiva
[Leia outros Comentários de Elaine Paiva]
2/8/2006
3. !
16h50min
Muito bom!
[Leia outros Comentários de Daniela Castilho]
2/8/2006
18h16min
Ó, se não fosse por você, eu nunca, mas nuuuuuunca saberia da existência dessa tal de CBO. Agora, deixa eu ir correeeeendo pra casa porque daqui do trabalho não consegui abrir o último link ("Sr. Usuário, o acesso a páginas não profissionais está indisponível.") Há espaço pro humor no Digestivo, graças a Zeus!
[Leia outros Comentários de Ana Claudia]
3/8/2006
07h32min
Sua finalização matou-me de rir. Você acabou de receber um diploma do censo como membro emérito do bom humor. Beijos. Saudações Poéticas!
[Leia outros Comentários de Versos & Acordes]
3/8/2006
11h28min
Putz, também gostei pra caramba do link no final. Essa foi ótima! Abraços.
[Leia outros Comentários de Janethe Fontes]
4/8/2006
07h39min
O personagem da velhinha (quase) escritora é ótimo.
[Leia outros Comentários de Alvaro]
4/8/2006
10h36min
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk! ótimooooooooo! muito bom! Lisandro, vc está de parabéns... foi impossível não rir dessa crônica sua! boa d+... e olha q eu nunca tinha te "reparado" por aqui, mesmo seu gênero sendo um dos meus preferidos... cbo? eu nunca soube dessa maluquice de requisito do censo...ai ai ai! mas e agora? que porcaria! não vou poder nem mais mentir qdo o moço do censo passar lá em casa... justo esse ano q eu queria me passar por escritora... beijo e mais uma vez, parabéns!
[Leia outros Comentários de janaina sorna]
4/8/2006
16h40min
curioso e muito engraçado, essa profissão louca e sem teto salarial, sem registro, sem cálculos trabalhistas, muito massa a crônica, valeu!!!
[Leia outros Comentários de andré Balbino ]
4/8/2006
17h52min
Em um país onde até mesmo Bruna Surfistinha se julga escritora, eu acho que o censor deveria ter atendido ao desejo da velhinha. Muito bom!
[Leia outros Comentários de Claine Brasília]
5/8/2006
03h03min
Aprecio bastante sua coluna, mas achei o humor deste texto previsível. Talvez seja somente que eu já tenha ouvido muito esse tipo de piada... E parabéns pelos textos anteriores!
[Leia outros Comentários de Junior Martuchelli]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GENESIS & ÊXODO BIBLIA 2000
JOSE AUGUSTO RAMOS
ALFA
(1997)
R$ 37,17



DA CRÍTICA GENÉTICA À TRADUÇÃO LITERÁRIA
MARIE-HELENE PARET PASSOS
HORIZONTE
(2011)
R$ 50,00



COMUNICAÇÃO VERBAL: UM GUIA PRÁTICO PARA VOCÊ FALAR EM PÚBLICO
ALBERTINA SILVA FROLDI / HELEN FROLDI ONEAL
PIONEIRA
(1998)
R$ 13,00



EGYPTIAN MUSEUM AND PAPYRUS COLLECTION, BERLIN: 100 MASTERPIECES
DIETRICH WILDUNG
SCALA PUBLISHERS
(2010)
R$ 135,00
+ frete grátis



REVISTA DE PROCESSO - REPRO
TERESA ARRUDA ALVIM WAMBIER
REVISTA DOS TRIBUNAIS
(2012)
R$ 130,00



TEACHING CHUNKS
SETH LINDSTROMBERG
HELBLING
(2008)
R$ 150,00



SEGREDOS EM NEFROLOGIA
DONALD E. HRICIK, JOHN SEDOR E MICHAEL B. GANZ
ARTMED
(2002)
R$ 28,28



O HOMEM E O AMOR
NANCY FRIDAY
DIFEL
(1981)
R$ 15,00



DIVESIDAD CULTURAL Y DESARROLLO URBANO
MONICA ALLENDE SERRA
ILUMINURAS
(2005)
R$ 50,00



SCRIFTTUM UBER BODENMECHANIK IV
HANS PETERMANN; HERBERT KUHN
KIRSCHBAUM VERLAG
(1965)
R$ 120,00





busca | avançada
60133 visitas/dia
1,1 milhão/mês