Zastrozzi | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
44867 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 2/7/2003
Zastrozzi
Rennata Airoldi

+ de 4700 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O que pode dar ou tirar o sentido da vida de um homem? Não é algo fácil de enumerar ou descrever. É simplesmente uma questão de escolha. Cada um determina seu próprio destino, sendo ele louvável ou não, dependendo do ponto de vista. Zastrozzi, personagem título da peça, é um tipo peculiar. Um assassino frio e cruel. Como qualquer vilão que se preze. Não apenas um matador, mas o melhor! Cercado, obviamente, por fiéis escudeiros e seguidores, admirado por uns e temido por outros. Isso, aliás, não importa.

Acontece, porém, que, como qualquer pessoa, esse vilão passa por momentos de tédio e necessita descobrir um sentido para a sua própria vida. É desta forma que Verezzi, um artista de vários dons, um sonhador visionário, vira seu único alvo, sua eterna busca. A partir da desculpa de vingar a morte da própria mãe, a brincadeira de gato e rato transforma-se na única necessidade e no único objetivo de Zastrozzi. Perseguí-lo até o fim de seus dias! O bem contra o mal... ou seria o inverso? Aqui, na peça, fica claro o heroísmo direcionado ao assassino e o patético diluído na figura do bom moço.

A peça, escrita pelo autor canadense George Walker, tem sua primeira montagem no Brasil. A apropriação do texto é bem interessante, pois une um certo clima antigo (o texto sugere a ação no século XIX), com a presença de figuras bem conhecidas: a mocinha virgem, o vilão, o moço rico, o tutor, o vassalo, os criminosos. Também tabernas, parques e afins, sempre sob a ótica dos dias atuais. Enquanto o figurino e os adereços carregam o peso do tempo de maneira estilizada, temos igualmente projeções compondo com o cenário. Tudo isso traz à tona um universo lúdico de desenhos animados e das histórias em quadrinhos.

Na verdade, a luz e as projeções são determinantes para confirmar a proposta da direção. A coreografia cênica e a escolha do gestual dos atores são aqui determinantes. Outro ponto a ser levantado é que, em muitos momentos nas cenas da peça, quadros são formados, como se um slide gigante fosse projetado em três dimensões. Isso traz credibilidade até para as coisas mais farsescas que são abertamente realizadas em cena. O melodrama e todos os clichês são, inclusive, bem-vindos. Assim, há um sarcasmo e uma ironia permanentes.

É, aliás, uma escolha perigosa, se não for levada até o fim. Sendo necessário certo radicalismo, pois, no momento em que a "coreografia" aparece mais do que a "atuação" em si, não vemos o personagem que vivência determinada história, mas sim o ator que executa friamente uma tarefa, deixa uma "marca". Isto tudo ainda oscila muito no decorrer do espetáculo. Não estou falando de cenas de luta onde o principal é a coreografia. O risco é o da proposta funcionar como escudo da "não-atuação". Por mais que a "forma" seja determinante nessa escolha, o "conteúdo" deve prevalecer. Independentemente da linha seguida na peça.

Por outro lado, a encenação de Zastrozzi, além propor determinada pesquisa, é interessante por levar o gênero "ação" ao teatro. Talvez uma modernização do antigo "capa-espada". Nos momentos em que o foco principal é a "dança de movimentos" (nas mudanças de cena nas lutas), a precisão e o desenho são muito bem explorados. Tudo sugere lutas marciais, e a influência oriental está não só nos movimentos como também nas tatuagens que alguns personagens carregam na pele. Há, sem dúvida, a referência aos filmes de ação que estão por aí, hoje, em cartaz.

A peça é assim: uma divertida exploração de vários universos e tempos. Um "mix" que aproveita para zombar da própria ficção na obra. Os arquétipos das grandes histórias de crime e perseguição. O ponto de partida é a própria inquietação de Zastrozzi e, a partir dele (de seu ponto de vista), tudo se desenrola. Assim, justifica-se distorções e maniqueísmos. Outra novidade nesta produção é que o ator Selton Mello encara aqui um segundo papel, o de diretor (juntamente com Daniel Herz). Sem dúvida que é uma árdua tarefa dirigir e atuar ao mesmo tempo.

Em "Zastrozzi", o engraçado, o patético estão presentes o tempo todo. Mas, além disso, voltando à discussão inicial, fica claro que o branco só existe em contraste com o preto. Quero dizer, o bem é determinado pelo mal e vice-versa. Assim, um é alimento do outro, um dá sentido à existência do outro. A relação presa-caçador instala um ciclo interminável! Daí temos o átomo de toda essa história.

Para ir além
Zastrozzi está em cartaz no Teatro Folha, até o dia 27 de julho. Sextas às 21h30, sábados às 20 e 22 hrs., e domingos às 19 hrs. O Teatro Folha fica no Shopping Pátio Higienópolis (Av. Higienópolis, nº 618). Maiores pelo telefone: (0xx11) 3823-2737.


Rennata Airoldi
São Paulo, 2/7/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. T.É.D.I.O. (com um T bem grande pra você) de Renato Alessandro dos Santos
02. Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda? de Renato Alessandro dos Santos
03. Joan Brossa, inéditos em tradução de Jardel Dias Cavalcanti
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. Epílogo. Ambaíba de Heloisa Pait
05. Bruta manutenção urbana de Elisa Andrade Buzzo


Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2003
01. Temporada de Gripe - 17/11/2003
02. O Belo Indiferente - 24/9/2003
03. As Nuvens e/ou um deus chamado dinheiro - 4/6/2003
04. Zastrozzi - 2/7/2003
05. José Tonezzi: Arte e Pesquisa Sem Fronteiras - 12/2/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
23/3/2004
15h31min
Bem, meu nome e Diego e moro nos Estados Unidos. Estive no Brasil o verao passado, quando tive a oportunidade de ver Zastrozzi. Fiquei apaixonado pelo texto e pelo elenco. Natalia Lage e Angelo Paes Leme, na minha opiniao foram uma escolha perfeita. Faco teatro musical aqui nos estates, e fiquei muito feliz com a qualidade do teatro brasileiro. Pude ver que o povo brasileiro tem muita cultura e talento. Tenho 18 anos de idade e amo teatro. Zastrozzi contribuiu muito com essa minha decisao de seguir carreira como ator. Um grande abraco ao elenco, e em especial a voce, Rennata. Adorei o texto.
[Leia outros Comentários de Diego Rocha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LIKE A ROLLING STONE - BOB DYLAN NA ENCRUZILHADA
GREIL MARCUS
COMPANHIA DAS LETRAS
(2010)
R$ 17,91



MUNDO ESTRANHO 139 - SEGREDOS DOS HERÓIS
VÁRIOS AUTORES - MUNDO ESTRANHO
ABRIL
(2013)
R$ 9,20



BRASIL: HISTÓRIA, FATOS E CURIOSIDADES DO FUTEBOL
DR. CONNIE PALM E DR. CONNIE PALM
GOSPEL
(2014)
R$ 5,60



CURSO BÁSICO DE FINANÇAS (AUTOGRAFADO)
FRANCISCO ZANINI-JOÃO ZANI
CAMPUS / ELSEVIER
(2009)
R$ 50,00



O INDIVÍDUO EXCEPCIONAL
J. M. SAWREY
ZAHAR
(1976)
R$ 22,00



PAUL KLEE
MIKE VENEZIA
MODERNA
(1996)
R$ 12,00



OLAVO BILAC - VIDA E OBRA
OSMAR BARBOSA
EDIOURO (TECNOPRINT)
R$ 10,00



LEDA
ROBERTO POMPEU DE TOLEDO
OBJETIVA
(2006)
R$ 14,00



EQUINOX
MICHAEL WHITE
EDIOURO
(2007)
R$ 15,00



INOVAÇÕES SOBRE O DIREITO PROCESSUAL CIVIL: TUTELAS DE URGÊNCIA
ARRUDA ALVIM E EDUARDO ARRUDA ALVIM (COORD)
FORENSE
(2003)
R$ 25,82





busca | avançada
44867 visitas/dia
1,2 milhão/mês