Profana e Sagrada | Rafael Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
53064 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Música: Fabiana Cozza se apresenta no Sesc Santo André com repertório que homenageia Dona Ivone Lara
>>> Nos 30 anos, Taanteatro faz reflexão com solos teatro-coreográficos
>>> ‘Salão Paulista de Arte Naïf’ será aberto neste sábado, dia 27, no Museu de Socorro
>>> Festival +DH: Debates, cinema e música para abordar os Direitos Humanos
>>> Iecine abre inscrições para a oficina Coprodução Internacional para Cinema
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
>>> A Lei de Murici
>>> Três apitos
>>> World Drag Show estará em Bragança Paulista
>>> Na dúvida com as palavras
>>> Fly Maria: espaço multicultural em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Affirmative action
>>> Cozinhando com mamãe
>>> Conheça Carácolis (parte 1)
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> Mob Flash
>>> A Geração Paissandu
>>> História de um papagaio de papel
>>> Saleté S.A.
>>> YouTube: a história (trailer)
>>> Gran Torino, de Clint Eastwood
Mais Recentes
>>> The Last Apprentice - Night of the Soul Stealer de Joseph Delaney pela Greenwillow Books (2008)
>>> Flame of White Light de T. V. Kapali Sastry pela Dipti Publications
>>> Poesia Completa de Lucídio Freitas pela Universidade Federal do Piauí
>>> As Melhores Receitas de Claudia de N/d pela Círculo do Livro (1983)
>>> Problemas Com os Pais: Como Viver Bem Com Eles de Tim Stafford pela Assoc. Fluminense de Educação (1980)
>>> A Forma dos Evangelhos e a Problemática dos Sinóticos de B. P. Bittencourt pela Imprensa Metodista (1969)
>>> Harmonia : Formas Mágicas de Equilibrar o Lar de Anne Adelaide Lennormand pela Ediouro (2008)
>>> O Livro da Loucura e das Curas de Regina Omelveny pela Novo Conceito (2013)
>>> Grande Hotel - Grandes Sucessos de Vicki Baum pela Abril Cultural (1980)
>>> Orquídeas da Natureza 05 de Europa pela Europa
>>> Fisiologia de Robert M. Berne e Matthew N. Levy pela Guanabara Koogan (1996)
>>> Biblioteca Vida e Missão - Carta Pastoral Sobre Jejum de N/d pela Imprensa Metodista
>>> Jardim de Inverno de Zélia Gattai pela Record (1988)
>>> A Segunda Morte de Marcia Kupstas pela Moderna (1993)
>>> Biblioteca Vida e Missão - Carta Pastoral Testemunhar o Ardor de N/d pela Imprensa Metodista
>>> Questões Pastorais Contemporâneas de N/d pela Instituto Metodista de Ensino
>>> Classes Sociais e Pastoral da Juventude de Luciano Mendes F. Filho pela Paulinas (1988)
>>> É Proibido Chorar de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Grandes Civilizações Desaparecidas - as Civilizações Pré-históricas de Jean-marc Brissaud pela Ferni (1978)
>>> Pão Diário 16 de N/d pela Rbc
>>> Gossip Girl - Only in Your Dreams de Cecily Von Ziegesar pela Little Brown (2006)
>>> Savanna Game - Segunda Temporada - Vol. 1 de Ransuke Kuroi pela Jbc (2016)
>>> Fisiologia do Exercício: Energia, Nutrição e Desempenho Humano de William D. Mc Ardle; Frank I. Katch; Outro pela Guanabara Koogan (1998)
>>> The Mouse and the Motrocycle de Beverly Cleary pela Dell (1965)
>>> A Garota do Calendário: Outubro de Audrey Carlan pela Verus (2016)
COLUNAS >>> Especial Arte

Terça-feira, 28/8/2001
Profana e Sagrada
Rafael Lima

+ de 6000 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Yara Mitsuishi

Voltando do Fundão no antigo passat do meu avô, dou carona à uma albina da Belas Artes. Meu humor não era dos melhores - tinha saído de uma prova daquelas - e achei que uma companhia qualquer poderia salvar o dia. Contei minha desgraça e, por solidariedade, contou a dela: aula de escultura em gesso, o molde seeeempre vaza, aquela su-jei-ra-da toda que espera o professor sair da sala para acontecer. Já estava me sentindo bem com os comentários - nada como a desgraça alheia para relativizar a nossa! - quando ela me coloca no dedo um anel de ouro com a seguinte pérola:

- Gesso é uma porcaria, escorre, cai na roupa, a escultura perde a forma e resseca... Olha, ainda bem que era abstrata.

* * *

"Arte é aquilo que as pessoas chamam de arte" (E. Haiama)

* * *

Mercado Modelo, Salvador, Bahia, 1997. A título de presente, procuro um quadro com cena típica da assim chamada cultura afro-brasileira: berimbau, capoeira, acarajé. Tudo que há é muito repetitivo, tosco, apressado - e, o que é pior, sem aquele jeitão naif para justificar. Enfim, bato o olho em algo que me agrada: duas baianas estilizadas, esquema bem feira hippie de Ipanema: composição simples, mas com algum movimento, graça e alegre jogo de cores. Porém, as dimensões da tela ultrapassavam a acanhada paredinha da varanda. O vendedor tinha se mostrado atencioso e prontificou-se rápido demais a arrumar algo menor, naquela linha. Mexe daqui, mexe dali, lá vem ele com um quadro exatamente igual ao que vi, mesmas cores, composição, motivo, em escala menor...

* * *

"Arte é tudo que o homem faz que não está relacionado com sua sobrevivência" (Scott McCloud)

* * *

Museu Nacional de Belas Artes, Rio de Janeiro. A extensa mostra Salvador Dali bate recordes de visitação. Mas falta prática de exposição a um público desacostumado a ir a museu, e mais ainda a como se comportar lá dentro. A maioria não tem saco para ler o texto introdutório pintado na parede nem para acompanhar os slides - que iriam dar toques sobre muito do que se vai ver dali para frente (perdão pelo trocadilho infame) - e entra de uma vez. Os primeiros quadros são diminutos, preparando o espectador para a amplitude de esculturas, quadros, talheres, colares, pulseiras, figurinos, fotografias que se seguirão. Intimidado pela pompa, o visitante dá aquela meia trava diante do quadro e vai até a etiqueta que o identifica, apenas para ler um título que raramente tem a ver com as ilustrações do quadro, o que só piora seu desconforto. Olha para sua acompanhante, que retribui com um olhar de "eu também não entendi", e seguem adiante, repetindo este ritual peça por peça. Até que se deparam com uma, metálica, no chão, jeito de abandonada e... sem etiqueta de identificação - o que os deixa particularmente aborrecidos com a desatenção da curadoria, motivando, talvez, uma reclamação remota no barzinho no final de semana seguinte ("Muuuuito desorganizada"), sem que eles soubessem que se tratava do desumidificador de ar.

Substitua Dali por Picasso e MNBA por Centro Cultural do Banco do Brasil e a história se repete literalmente.

* * *

"A Arte não é um aspecto da vida; é o todo da vida visto debaixo de um aspecto" (Almada Negreiros)

* * *

Fim da década de 40: Ferreira Gullar veste o paletó às avessas, calça seus tamancos maranhenses, arranca o cabo da panela que estava bambo e está pronto para ir ao evento de Arte Moderna. De havaianas e com o paletó também ao avesso, acompanha-lhe José Carlos Oliveira, então aspirante a escritor, que dividia um quarto com ele. Como se dizia antigamente, ambos causam espécie ao chegar lá. O que eles fazem ficaria conhecido como happening, anos depois. Mas naqueles dias eles quase tiveram que fugir correndo da polícia.

* * *

"A arte é essencialmente inútil, como a vida." (Oscar Wilde)

* * *

Pollock, filme de Ed Harris. Depois de tomar umas e outras em reunião na casa de campo do pintor, um crítico, Clem, faz um comentário qualquer depreciativo sobre certo aspecto de um quadro. Jackson Pollock sai da sala sem se agüentar dentro das calças, vai até o celeiro onde guardava as telas e vem com ela debaixo do braço. A expressão é de ira, ele já tinha tomado algumas e estava pronto para destruir tudo. Coloca o quadro em local visível por Clem e pergunta:

- Era dessa aqui que você estava falando?

- Sim, exatamente essa.

Pollock arma-se do tubo de tinta, a mão tensa, pronta para borra tudo... mas fraqueja. O crítico dispara:

- Eu sabia. A arte é sagrada para você. Você não se permitiria violar um de seus quadros.


Rafael Lima
Rio de Janeiro, 28/8/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Coisa mais bonita é São Paulo... de Elisa Andrade Buzzo
02. Cuba e O Direito de Amar (3) de Marilia Mota Silva
03. O bosque inveterado dos oitis de Elisa Andrade Buzzo
04. Notas confessionais de um angustiado (IV) de Cassionei Niches Petry
05. Nós o Povo de Marilia Mota Silva


Mais Rafael Lima
Mais Acessadas de Rafael Lima em 2001
01. Charge, Cartum e Caricatura - 23/10/2001
02. O Tigrão vai te ensinar - 12/3/2001
03. A diferença entre baixa cultura e alta cultura - 24/7/2001
04. Sobre o ato de fumar - 7/5/2001
05. Um álbum que eu queria ter feito - 6/11/2001


Mais Especial Arte
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
26/10/2001
00h00min
Esse texto está incompleto. Faltou o comentário sobre um programa da TV Cultura (que desilisão!) sobre a música, onde aparece o tal Netinho (!) irado porque a crítica não o considera bom como um Tom Jobim ou um Chico Buarque. Ele quase chorou, e o Jorge Mautner (o meu amor é tanto, que eu o perdôo, apesar de tudo) ainda concordou, como se tudo fosse uma coisa só. Na minha opinião, a música popular é música e pronto. Arte é outra coisa, tem referências, tem "atemporalidade", e mais um monte de outros atributos que eu, leiga, não saberia descrever, nem mesmo identificar. Fica a pergunta: e a bunda, atrapalha? (desculpe a baixaria, mas lembrei dos grupos de axé e pagodes que literalmente pululam por aí...)
[Leia outros Comentários de Sonia Pereira]
27/8/2002
07h50min
Na minha opinião esse texto é de uma forma ou de outra um pouco crítico,pois se trata de critica feita por muitos,que ñ estão satisfeitos.
[Leia outros Comentários de Ana Rabello]
26/12/2002
12h58min
É muito importante sucitarmos a discussão sobre a relação arte e público para que seja resgatado a relação dos artistas plásticos com o público e vice versa. As artes e os perdem significado quando não comunicam nada e o público perde aos poucos sua sensibilidade e sua capacidade de apreciação, desmotivados pelos artistas do nada e do feio. Não existem soluções imediatas, é claro, mas é necessário pensar a respeito ao invés de ignorar o fato do momento de descrédito da arte e inclusive do próprio artista.
[Leia outros Comentários de Gaby Benedyct]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Texaco
Patrick Chamoiseau
Companhia das Letras
(1993)



Nos Bastidores da Censura
Deonísio da Silva
Estação Liberdade
(1989)



Infiltrado
Robert K. Wittman
Zahar
(2011)



Revista Nova Perspectiva Sistemica - 34
Noos
Instituto Noos
(2009)



A Bíblia mais Bela do Mundo 38
Pe. Antônio Charbel
Abril
(1965)



Manual Prático de Ioga
Julien Tondriau
Hemus



O Mundo Pitoresco Tomo I 5 EdiÇÃo
W M Jackson
W. M. Jackson
(1954)



Educação Física para o Pré Escolar
Celio José Borges
Sprint
(1987)



Small Island
Andrea Levy
Headline
(2004)



The Oc - the Outsider (com Cd)
Josh Schwartz
Richmond Publishing
(2007)





busca | avançada
53064 visitas/dia
2,2 milhões/mês