Inunda meus olhos | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Filó Machado e Felipe Machado dividem o palco em show online pelo CulturaEmCasa
>>> Cassio Scapin e artistas de grandes musicais fazem campanha contra o abuso sexual infantil
>>> Terça Aberta na Quarentena une teatro e a dança
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Fuvest divulga lista de livros para 2017
>>> 35 anos do Clube da Esquina
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Inquietações de Ana Lira
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Jingle Bells
>>> Mano Juan, de Marcos Rey
>>> Relationships Matter
>>> Apesar da democracia
>>> Onze pontos sobre literatura
Mais Recentes
>>> As Árvores e Seus Cantores de Sérgio Faraco (Org.) e Maria do Carmo Conceição Sanchotene pela Unisinos (1999)
>>> Jesus é nosso amigo de E. Leite/J. Santos pela AM Edições (1991)
>>> A Droga da Obediência de Pedro Bandeira pela Ediouro (1994)
>>> A Gang do Beijo de José Louzeiro pela Nova Fronteira (1997)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Globo (1998)
>>> O Grande Mentecapto de Fernando Sabino pela Record (2006)
>>> Morri Para Viver de Andressa Urach pela Planeta (2015)
>>> O Rio Grande do Sul e a Ecologia de Henrique Luís Roessler pela Martins Livreiro (1986)
>>> A Ecologia das Selvas – As Florestas e a Sobrevivência de Frank Fraser Darling pela Artenova (1973)
>>> Conheça Ecologia Em Quadrinhos de Sthepen Croall & William Rankin pela Proposta (1981)
>>> Homem, Ecologia e Meio Ambiente – Série Divulgação Nº 8 de Vários Autores pela Fundação Brasileira para Conservação da Natureza (1971)
>>> O outro Nordeste (livro raro) de Djacir Menezes pela Arte nova (1970)
>>> A Classes Sociais no Capitalismo de Hoje de Nicos Poulantzas pela Zahar (1975)
>>> Our Ecological Footprint – Reducing Human Impact on the Earth de Mathis Wackernagel & William Rees pela New Society (2007)
>>> Lições Sobre o Capitulo Sexto (inédito) de Marx de Claudio Napoleoni pela Ciências Humanas (1981)
>>> Cebs - Cidadania e modernidade uma análise critica de Faustino L. C. Teixeira pela Paulinas (1993)
>>> RIMA – Relatório de Impacto Ambiental: Legislação, Elaboração e Resultados de Roberto Verdum e Rosa Maria Vieira Medeiros (Org.) pela Ufrgs (2006)
>>> A república de Weimar de Rita Thalmann pela Zahar (1986)
>>> Ensaios de sociologia (Max Weber) de Max Weber (org. Hans Gerth e C. Wright Mills) pela Zahar (1971)
>>> História Crítica do Pensamento 4 volumes de Louis Jacot pela Mundo Musical (1973)
>>> Ecología Política – Nº 48: Cartografía y Conflitos de Vários Autores pela Fundació ENT / Icaria (2014)
>>> Pedrinho Dá o Grito de Ana Cecília Carvalho e Robinson Damasceno dos Reis pela Formato (2013)
>>> Os camponeses e a política no Brasil de José de Souza Martins pela Vozes (1986)
>>> Partidos e Sistemas Partidários de Giovanni Sartori pela Universidade de Brasília (Zahar) (1982)
>>> Aparelhos ideológicos de Estado de Louis Althusser pela Graal (1985)
>>> População e Ambiente: Desafios à Sustentabilidade – Volume 1 de Joseph Hogan, Eduardo Marandola Jr. E Ricardo Ojima pela Blucher (2010)
>>> Essais sur la théorie de la science de Max Weber pela Plon (1965)
>>> Ciência & Ambiente – Nº 37: A Cultura do Automóvel de Vários Autores pela Ufsm (2008)
>>> Lineamenti Fondamentali Della Critica Delleconomia Politica 2 de Karl Marx pela La Nuova Italia (1978)
>>> Lineamenti Fondamentali della critica dell'economia politica 1 de Karl Marx pela La Nuova Italia (1978)
>>> Gai-Jin (2 volumes) de James Clavell pela Record (1996)
>>> Imperialismo fase superior do capitalismo (coleção bases 23) de Lenin pela Global (1982)
>>> Bloomsbury Dictionary of Quotations de Diversos Autores pela Bloomsbury (1989)
>>> A imaginação sociológica de C. Wright Mills pela Zahar (1975)
>>> The Wit & Wisdom of Mark Twain de Alex Ayres pela Harper & Row (1987)
>>> Vida e educação de John Dewey pela Melhoramentos (1975)
>>> The Penguin Dictionary of Modern Humorous Quotations de Fred Metcalf pela Penguin (1987)
>>> Um Trem com janelas Acesas de Teresa Noronha pela Atual (2014)
>>> A hora do amor de Álvaro Cardoso Gomes pela Canto Jovem FTD (1986)
>>> As mentiras que os homens contam de Luís Fernando Veríssimo pela Objetiva (2000)
>>> Antologia das flores - Flores de Cactos de Eduardo Lucas Andrade pela Do autor (2019)
>>> Édipo Rei - Antígona de Sófocles pela Martin Claret (2002)
>>> Neve de Orhan Pamuk pela Companhia das Letras (2002)
>>> O bom Ladrão de Fernando Sabino pela Ática (2005)
>>> O que toda mulher inteligente deve saber de Steven Carter & Julia Sokol pela Sextante (2006)
>>> Filhos brilhantes, alunos fascinantes de Augusto Cury pela Academia de Inteligência (2006)
>>> Ponto de Sombra de Maria Filomena Coelho pela Arx (2020)
>>> O Diário de Anne Frank - 5F de Vários Autores pela Pe Da Letra (2020)
>>> Empresário de Sucesso no controle das crises: Lições de sobrevivência em tempos difíceis - 5F de Chris Robson pela Lafonte (2020)
>>> A Megera Domada - 5F de William Shakespeare pela Lafonte (2020)
COLUNAS

Quinta-feira, 1/1/2009
Inunda meus olhos
Elisa Andrade Buzzo

+ de 2900 Acessos


foto: Sissy Eiko

Elas, as luzes, vêm com a euforia das compras e num espetáculo de beleza recebe, democrática, todos os transeuntes, empetecados ou não, endinheirados ou não. Oferecem-se aos olhos guirlandas dando claridade aos prédios e postes, noite iluminada essa que inunda meus olhos, sem pedir licença, e me leva a contemplá-la como um rastro de Via Láctea. Tenho sede de luzes e é no final de ano que me abasteço delas, sem saber ao certo com qual serventia.

Há algumas semanas a decoração de Natal fora instalada nas principais ruas comerciais. A grande avenida teve suas árvores decoradas com luzes até onde a vista se perde. O pinheiro de adornos mais reluzentes foi montado na entrada da prefeitura. Aguardava com ansiedade acenderem-se no momento em que a escuridão dá seus primeiros sinais e, da minha janela redonda, das coisas que existem e que não existem, era embebida um halo verde e branco.

Em outra avenida há uma onda branca e volumosa acima de nós, combinada com uma chuva vermelha de luzes. Elas acendem e se apagam, dançantes. Outra árvore, solitária, imita neve caindo. Na praça a nudez dos galhos se reveste com folhas artificiais iluminadas e bolas vermelhas que mais parecem maçãs. E onde dormem os passarinhos nesta profusão luzidia? Não durmo eu nesta cidade iluminada, que me mantém acordada, pensamento aceso.

Fantasio outras ruas extemporâneas, com olhos biônicos de câmera de vigilância. Quero adornar os lugares já visitados, numa inútil tentativa de rever as possibilidades do que já foi descarrilado. Monitoro vidas paralelas a essa, porque o tempo nesta janela é o do pensamento, corre na velocidade das nuvens e nunca se reconfigura como da primeira vez.

Por que a prefeitura e os comerciantes se encarregam destas luzes todo final de ano? E o que leva alguém a decorar seu quadrado de sobrevida à maneira de estrela guia? Enfeites de luz chamam a atenção em meio às outras sacadas. Pois ali não apenas mora, antes vive alguém com suas aspirações e problemas, que compartilha com quem passa seu pedaço diminuto de mundo.

São 19h30, ainda é dia, um apartamento está com as cortinas fechadas e uma estrela pisca, pisca. Impossível fazer um programa diferente com os amigos, estão todos em busca de mais luzes. A fotógrafa sai à procura de cliques inéditos da decoração de Natal da Avenida Paulista. A casa branca do Bank Boston perdeu seus dias de glória com o Itaú Personnalité. Ainda assim, 0h e o trânsito da Avenida beira ao insuportável. Tudo bem, a grande caixa de presentes psicodélica em que foi transformado o prédio do Banco do Brasil já vale a visita. Enquanto isso, longe do novo centro, o Terminal Sacomã do Expresso Tiradentes bruxuleia.

Me contam da fonte do Ibirapuera, aspergindo germes e luzes. Digo que vou, mas já sei que não é minha praia pegar trânsito, comer pipoca e pagar a taxa do flanelinha para estacionar. Gosto das luzes solitárias e de difícil acesso, esquecidas nas ruas mais afastadas, presas nos prédios de pedra. Tirar os óculos e sentir o mundo ser englobado pelas luzes dilatadas. Ou ainda imaginar aquelas que ainda não vi e só mesmo o tempo, fechando aos poucos as pupilas, poderá revelá-las.

Revistas fazem um guia completo das melhores decorações da cidade. Passo em frente ao Shopping Iguatemi e reconheço o Papai Noel tropical gigante acompanhado de um labrador cor de mel portando óculos de sol. Dica do guia. O relógio d'água do shopping, que pena, foi recoberto por lacinhos vermelhos e uma casca verde com gosto enjoativo de pasta americana. Olhando mais de perto, alguns enfeites revelam uma preocupação ecológica. A original árvore de Natal do Colégio Santa Marcelina na verdade é feita com garrafas e copos de plástico coloridos. E as guirlandas verdes e vermelhas na Rua Vergueiro, timidamente dependuradas nos postes em meio à confusa mistura de fios, também parecem ser feitas de material reciclável.

Todo final de ano elas voltam, insistentes, tentando passar alguma mensagem. E não ficam por muito tempo. Seria curta a revelação? Lights will guide you home and ignite your bones. Fulgor nos olhos, a consciência exata das coisas pisca, pisca... Qual seria o significado destas luzes que aparecem e desaparecem rapidamente, para a qual olhamos absortamente, onde só pode haver uma beleza resplandecente?

E mais, a calma lúcida, em sua insistência sazonal, também me torna mais silenciosa, contemplativa. Então finalmente lembro de mim e das coisas que passam, se atenuam, se diluem no ambiente como se nunca um dia tivessem acontecido. Engano meu. Pois, ainda assim, é como se ficasse um resquício, um calor talvez luminoso, como os enfeites, que irradiam e cujo deslumbramento ninguém mais se lembra da explicação.

Nouvelle vague são essas luzes banhando cada um de nós, nos pintando de mil cores abstratas e irreais, como se fossem enredo ainda inacabado de novela ou filme de aventura. Histórias e lembranças apagadas que, um dia, como as luzes de Natal, voltam multicoloridas e desabam, torrenciais, sobre nossas cabeças.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 1/1/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Palavra de Honra de Daniel Bushatsky
02. Brazilionaires de Marta Barcellos
03. O aniversário mais triste de São Paulo de Débora Carvalho
04. Fórum das Letras de Ouro Preto de Rafael Rodrigues
05. Amor aos pedaços de Vicente Escudero


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2009
01. Inútil, o filme e a moda que ninguém vê - 22/1/2009
02. USP: 75 anos de histórias várias - 12/2/2009
03. A Mulher Invisível ou a literatura como salvação - 20/8/2009
04. A profundidade aparente do concreto - 30/4/2009
05. Polly - 28/5/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O FIO DE OURO DE FATINU
JAY, FRANÇOISE
EDITORA ÉVORA
(2015)
R$ 49,90



O AMIGO DE CASTRO ALVES DESCOBRINDO OS CLÁSSICOS ACOMPANHA SUPLEMENTO
MOACYR SCLIAR
ÁTICA
(2013)
R$ 14,90



BLACK BEAUTY
ANNA SEWELL
PENGUIN BOOKS
(1994)
R$ 9,94



REMÉDIOS, FATORES DE CIVILIZAÇÃO
OSCAR CLARK
RIO DE JANEIRO
(1938)
R$ 65,71



PRÉCIS DE MÉDECINE JUDICIAIRE
A. LACASSAGNE
G MASSON
(1886)
R$ 370,00



O MONGE E O EXECUTIVO
JAMES C. HUNTER
SEXTANTE
(2004)
R$ 20,72



NOVA RAINHA 72 EDÇÃO HISTÓRICA INDEPENDENCIA DO BRASIL
DIVERSOS AUTORES
RAINHA
(1972)
R$ 10,00



LE LIVRE DES SECRETS TRAHIS
ROBERT CHARROUX
ROBERT LAFFO
(1965)
R$ 12,90



FUGINDO DE CASA
SUZANA DIAS BECK;
MODERNA
(2003)
R$ 14,90



MARKETING PESSOAL - TÉCNICAS DE SUCESSO PARA ENFRENTAR CRISES PROFI
DERRICK SCOTT-JOB
BEST SELLER
(1994)
R$ 6,90





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês