Fórum das Letras de Ouro Preto | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
>>> O espelho quebrado da aurora, poemas de Tito Leite
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> El sueño de la razón
>>> Machado de Assis dos folhetins ao Orkut
>>> Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Curtas e Grossas
>>> Ribamar, de José Castello
>>> Whoopee
>>> Caso Richthofen: uma história de amor
>>> Os Romances de Mainardi
Mais Recentes
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Íntriseca (2013)
>>> O anjo do Adeus de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1995)
>>> Iniciação ao Direito do Trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela LTr (2005)
>>> O verde Violentou o Muro de Ignacio de Loyola Brandão pela Global (1984)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1982)
>>> o Dia em Que Comeram o Ministro de Fausto Wolff pela Codecri/ RJ. (1984)
>>> Nancy Maria Mendes de Apesar do Tempo... pela Scriptum/ Belo Horiznte
>>> Recados da Lua - Amor e Romantismo de Helena Jobim pela Record/ RJ. (2001)
>>> Inovação -A Arte de Steve Jobs de Carmine Gallo pela Lua de Papel (2010)
>>> Machado de Assis de Augusto Meyer pela Globo/ Porto Alegre (1935)
>>> Os Putos de Altino Total pela Livr. Sá daCosta/ Lisboa (1980)
>>> Vinte E Quatro Horas na Vida de uma Mulher e outras Novelas de Stefan Zweig pela Record/ RJ. (1999)
>>> Empresas de ComércioInternacional: Organização e Operacionalidade de Dalton Daemon pela Edit. da FURBE (1993)
>>> Princípios e procedimentos notariais de Odelmir Bilhalva Teixeira pela Russell (2009)
>>> Elogio da Loucura de Erasmo de Roterdam pela Ediouro/ RJ.
>>> Os Possessos 2 Volumes de Dostoiewsky pela Livraria Progredior Porto
>>> Em Busca da Arca de Noé de Dave Balsiger Charles E. Sellier Jr pela Record (1976)
>>> Noite de Erico Verissimo pela Globo (1954)
>>> O Discípulo de Paulo Bourget pela Irmãos Pongetti (1944)
>>> O mito da neutralidade científica de Hilton japiassu pela Imago (1975)
>>> Curso de direito civil brasileiro 7 volume responsabilidade civil de Maria helena diniz pela Saraiva (2001)
>>> Patrícia Bins de Janela do Sonho pela Nova Fronteira/ RJ. (1986)
>>> Introdução ao estudo do direito de Tercio sampaio ferraz jr pela Atlas (1994)
>>> Themen 2- Lehrwerk Für Deustsch als Fremdsprache - Kursbuch de Hartmut Auderstrabe/ Heikop Bock/ Helmut Müller pela Max Huber/ EPU (1993)
>>> Organon da arte de curar de Samuel hahnemann pela Ihfl (1995)
>>> Noite na taverna de Alvares de azevedo pela Klick
>>> Mini) Reforma Tributária: Reflexões Sobre a Lei N. 10. 637/2002 (... de Fábio Junqueira de Carvalho (...) Coord. pela Mandamentos (2003)
>>> Vademecum do direito de família e sucessões de Márcia Cristina Ananias Neves pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Guida Allo Studio Della Linguistica Storica (i) Profilo Storico... de Benvenuto Terracini pela EdizioneDell Ateneo/ Roma (1948)
>>> Curso de direito civil brasileiro 5 volume direito da família de Maria helena diniz pela Saraiva (2000)
>>> Escola, Estado e sociedade de Bárbara freitag pela Corte (1979)
>>> Las Lenguas y los Pueblos Indoeuropeos - Con Mapas En Colores de P. Kretschmer y B. Hrozný pela Madrid (1934)
>>> La Parola Quale Mezzo D Espressione de Vittorio Bertoldi pela Raffaele Pironte & Figli/ Ital (1946)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini...Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> Archivio Glottologico Italiano (vol. X L - Fascícolo I I) de Benvenuto Terracini/ Bruno Migliorini: Diretto pela Casa Editrice Felice Mounier/ Firenze (1955)
>>> O Abismal de Maria Helena Nóvoa pela Melhoramentos/ Bienal Nestlé (1986)
>>> Prática dos registros públicos de Ozeias J. Santos pela Fapi (2007)
>>> Fordlândia de Eduardo Sguiglia pela Iluminuras (1997)
>>> Não Verás Nenum País Como Este: Um Relato Cronlógico da Violência e do Arbítrio - A Censura, As Negociatas, a Corrupção Impune de Sebastião Pereira da Costa pela Record/ RJ. (1992)
>>> Novo Código civil explicado e aplicado ao processo 2 volumes de Wilson Gianulo pela Jurídica brasileira (2006)
>>> Novo dicionário de economia de Organização; Paulo Sandroni pela Best Seller (1998)
>>> Um Velho Velhaco e Seu Neto Bundão de Lourenço Cazarré pela Atual/ Sp. (1993)
>>> A Vingança do Timão de Carlos Moraes pela Brasiliense/ SP (1982)
>>> Um Herege Vai ao Paraíso: Cosmologia de um Ex- Colono Condenado P/ Inquisição (1680-1744) de Plínio Freire Gomes pela Companhia das Letras/SP. (1997)
>>> Sociedade pós-capitalista de Peter Drucker pela Pioneira (1999)
>>> Um Chute na Rotina: os Quatro Papéis Essenciais do Processo Criativo de Roger Von Oech/ Ilustr. C. Scatamacchia pela Cultura Editores Associados (1998)
>>> Um Toc na Cuca: Técnicas para quem quer Ter Mais Criatividade na Vida de Roger Von Oech/ Ilustr. C. Scatamacchia pela Cultura Ed. Associados (1990)
>>> A filosofia na obra de Machado de Assis de Miguel Reale pela Pioneira (1982)
>>> La Rose du Peuple - La poésie de Carlos Drummond de Andrade de Dionysio Toledo- Wander Mello de Miranda- Celso Libânio (orgs.) pela Ufmg (2019)
>>> Cristianismo e Espiritismo de Léon Denis pela Feb (1994)
COLUNAS

Terça-feira, 1/12/2009
Fórum das Letras de Ouro Preto
Rafael Rodrigues

+ de 3600 Acessos

Recentemente, procurando informações na internet a respeito de um hotel ― e não as encontrando ― comentei com minha noiva a respeito da importância que tem o boca a boca ― ou, traduzindo isso para a linguagem virtual, os comentários, posts e textos pessoais sobre seja lá o que for. Uma marca, um restaurante, uma pousada. Pode parecer que não, se formos comparar com temas capitais, como política, religião, miséria etc., mas é de extrema importância relatar impressões, emitir opiniões a respeito até de uma marca de meia, por exemplo. Se a meia é boa, se não é, se rasga fácil, essas coisas. Porque pode acontecer de, um dia, alguém fazer uma busca no Google sobre determinada marca de meias e não encontrar nada ― e ela pode até ser uma boa meia. Ou não, como diria o narrador-filósofo global Cleber Machado.

Pareço brincar e até fiz troça nos últimos trechos do parágrafo acima, mas falo sério. O tal hotel perdeu dois potenciais hóspedes, justamente porque não encontramos nenhum comentário a seu respeito. Portanto, aproveito a ocasião para recomendar uma pousada na qual ficamos hospedados na viagem que fizemos a João Pessoa, em 2008, a então Pousada Nego ― pronuncia-se "Négo", remete à inscrição que há na bandeira da Paraíba ― hoje Pousada Manaíra. A localização mudou ― e, óbvio, também as instalações ―, mas os proprietários são os mesmos. Gente muito boa e atenciosa, contam com um serviço muito bom e um café da manhã excelente. De verdade, não estou ganhando nada para dizer isso.

É por essas e outras que, mesmo tendo passado quase um mês de seu término, resolvo escrever aqui sobre o Fórum das Letras de Ouro Preto, que aconteceu entre os dias 29 de outubro e 02 de novembro deste ano. Foi a 5º edição do Flop, que é promovido pela Universidade Federal da cidade mineira e idealizado pela escritora Guiomar de Grammont.

As biografias foram o foco dessa edição, cujo "título" foi "A Biografia Literária do Brasil começa aqui", mas elas não foram o único gênero discutido durante as mesas. Crítica literária, o desafio de se fazer um caderno ou uma revista de cultura, as relações entre ficção e jornalismo, entre outros temas, também foram abordados em conversas que contaram com gente do quilate de José Castello (escritor, crítico literário e colunista de O Globo), Manoel da Costa Pinto (crítico literário), João Gabriel de Lima (editor de Bravo!), Ruy Castro (biógrafo de Nelson Rodrigues e outras personalidades), Humberto Werneck (escritor, jornalista e biógrafo de Jayme Ovalle), Frei Betto (escritor), Gonçalo M. Tavares (escritor português), entre outros convidados.

A programação, diversificada e intensa, foi impossível de ser totalmente aproveitada, mas o que pude assistir me agradou, e muito. Com exceção de uma única mesa, com os escritores e jornalistas Guilherme "Meu nome não é Johnny" Fiúza e Paulo César "Roberto Carlos em Detalhes" de Araújo, que não rendeu o que poderia.

Mas essa cobertura, "em tempo real" ou "jornalística", digamos assim, já foi feita por mim durante o evento. Além de repetitivo, escrever novamente sobre as mesas que assisti seria um "trabalho de português", como dizem. Portanto, este texto, muito mais pessoal e informal do que os últimos ― e peço até desculpas ao leitor por isso ― é mais uma espécie de recomendação: quem puder ir ao próximo Fórum das Letras, vá.

Já disse uma vez, em outro espaço, e faço questão de repetir agora: não há dúvida de que o Fórum das Letras de Ouro Preto se estabelece como um dos mais importantes e melhores eventos literários do Brasil. Principalmente no que se refere à organização. Qualquer evento é passível de falhas, atrasos, furos etc., mas a impressão que tive, do Flop, foi a de que eles tentaram ― e conseguiram ― fazer com que o mínimo de imprevistos acontecessem. Por não ter ainda o status que tem a Flip, por exemplo, que apesar de ser o maior e mais prestigiado evento literário brasileiro, em certos momentos é sufocante, literalmente ― a quantidade de pessoas que vai a Parati nos dias da Flip, mais por badalação que por interesse em literatura, é assustador ―, o Flop dispõe de uma certa informalidade que, espero, não se perca. Era fácil, por exemplo, não apenas encontrar Guiomar de Grammont assistindo as mesas, mas até mesmo puxar uma conversa com ela ― infelizmente não tive oportunidade de fazer isso. Nos restaurantes, era raro não encontrar alguém da organização do evento, ou mesmo algum escritor convidado ― certo, na Flip isso também acontece muito, mas há uma pequena diferença: em Ouro Preto você se sente mais à vontade para cumprimentar ou tentar conversar com alguém. Na Flip, as coisas são um tanto mais "complicadas", certas pessoas parecem entrar numa espécie de "cápsula anticontato" ou algo do tipo. O clima, em Ouro Preto, não é de badalação ― que parece ter tomado conta da Flip. O sentimento é outro, de maior aproximação, intimidade e até mesmo diversão.

Lá, fiquei hospedado na Pousada Solar de Maria, que foi inaugurada há pouco mais de dois meses. Não obstante a recente inauguração, é uma belíssima pousada. Além de bonita, confortável, aconchegante, também tem um café da manhã formidável e funcionários sempre dispostos a ajudar. Enfim, uma maravilha.

A única coisa da qual me arrependo foi de não ter aproveitado a cidade, não ter conhecido Ouro Preto. É um pecado passar por lá e não fazer isso, eu sei, mas fui lá para cobrir o evento, fui a trabalho. Na minha cabeça não havia tempo de sair para fazer nada que não fosse assistir a mesas, escrever sobre elas e, quem sabe, entrevistar convidados. A depender da maneira que você analise a situação, é um pensamento tacanho. Mas, para mim, foi o certo a fazer. Recusei o convite, por exemplo, de ir à casa onde morou por um tempo a escritora Elizabeth Bishop. Mas, na próxima ida ao Fórum, não deixarei de visitá-la.

É necessário, também, dissertar um pouco sobre as ladeiras de Ouro Preto. São muitas, e algumas são enormes, íngremes demais. Às vezes via uma vovó ou um vovô descendo uma delas e ficava angustiado, quase parando para acompanhá-los visualmente ou mesmo perguntando se não precisavam de alguma ajuda. Mas, como pude depois comprovar, quem precisava de ajuda mesmo era eu. Existe uma arte, um método para andar naquelas ladeiras. Você não pode subir ou descer rapidamente. O certo, pelo que pude ver e experenciar, é ser lento tanto na subida quanto na descida. E estar calçado com um tênis de amortecedor muito bom.

Voltando à organização do evento, que ficou a cargo da ETC Comunicação, tenho a obrigação de explicitar que a imprensa foi muitíssimo bem tratada lá. A sala de imprensa era enorme, com muitos computadores à disposição de jornalistas e convidados, tanto que somente em uma ocasião não encontrei um computador vago. (E olha que eu ia lá três, quatro vezes por dia.) Como se isso não bastasse, houve até algumas "mordomias", como água, cafezinho e lanchinhos. Talvez para quem estava trabalhando recuperar o fôlego e a energia gastos nas ladeiras...

Para quem gosta de literatura, mas foge da badalação que chega a quase contaminar alguns eventos, o Fórum das Letras de Ouro Preto é o ideal. Não vejo a hora de chegar a próxima edição.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 1/12/2009


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O cinema visita a funilaria de Vicente Escudero
02. Questões de Honra de Guilherme Pontes Coelho
03. Jornalismo domina Feira do Livro de Ribeirão de Luiz Rebinski Junior
04. FIT 2006: fim de uma trilogia teatral de Marília Almeida
05. a ópera mágica de Fabio Danesi Rossi


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues em 2009
01. Meus melhores livros de 2008 - 6/1/2009
02. Sociedade dos Poetas Mortos - 10/11/2009
03. Indignação, de Philip Roth - 27/10/2009
04. No line on the horizon, do U2 - 24/2/2009
05. Gênios e loucos - 10/2/2009


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ENGLISH WAY 17 8889
DIVERSOS
ABRIL
R$ 10,00



MARCEL PROUST PARA ALÉM DAS MADELEINES
MICHELLE JACOB
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 489,00



A ÁGUA E OS SERES VIVOS
MASSAO HARA
SCIPIONE
(1990)
R$ 19,90
+ frete grátis



AS MUTAÇÕES DO CINEMA NO TEMPO DO VÍDEO
MANUEL CARVALHEIRO
LIVROS HORIZONTE
(1989)
R$ 47,77



26 GRANDES MESTRES DA LITERATURA POLICIAL
ROSS PYNN
EDITORIAL IBIS
(1965)
R$ 60,00



SIPHILIS - MOLÉSTIA E TERMO - ATRAVÉS DA HISTÓRIA
AFRANIO DO AMARAL
INSTITUTO NACIONAL DO LIVRO
(1959)
R$ 39,00



EL MANIERISMO
ARNOLD HAUSER
EDICIONES GUADARRAMA
(1965)
R$ 13,30



ESTUDO AMBIENTAL DE UMA ÁREA DE MANGUEZAL NO MUNICÍPIO DE BRAGANÇA(PA)
IVAN C. DA C. BARBOSA, REGINA C. S. MÜLLER UND JOSÉ F. BERRÊDO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



A GRANDE DESCOBERTA - NOVO TESTAMENTO VIVO
CEMEAR
CEMEAR
(1994)
R$ 5,00



A VERSÃO DE BARNEY
MORDECAI RICHLER
CIA DAS LETRAS
(2008)
R$ 12,00





busca | avançada
39766 visitas/dia
1,0 milhão/mês