Meu Caro Amigo | Carina Destempero | Digestivo Cultural

busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
>>> Prêmio Sesc de Literatura abre hoje inscrições para edição 2021
>>> Jovens negros e indígenas são público-alvo de laboratório gratuito para curtas-metragens
>>> Peças de teatro serão transformadas em “radionovelas”
>>> Concurso literário vai premiar novos escritores locais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um jornal que pensa ão?
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Que espécie de argumento é uma bunda?
>>> Que espécie de argumento é uma bunda?
>>> 7 de Setembro
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> O primeiro mico para o resto de nossas vidas
>>> O feitiço do tempo
>>> Antologia poética, de Carlos Drummond de Andrade
Mais Recentes
>>> Os Países Subdesenvolvidos de Yves Lacoste pela Bertrand Brasil (1988)
>>> Livros do conto à crônica / cada história é um conto. de Leo Cunha - Machado de Assis - Marcelo Coelho.. pela Salamandra (2021)
>>> Os Filhos Do Amor de Paulinho Santos pela O Artífice (1997)
>>> The 100: os Escolhidos de Kass Morgan pela Galera (2014)
>>> Mônica 82 - Outubro/1993 - Horacic Park de Maurício de Sousa pela Globo (1993)
>>> Mônica 133 - Dezembro/1997 - Férias de Verão de Maurício de Sousa pela Globo (1997)
>>> Mônica 113 - Maio/1996 - Mônica, Não Mande... Peça! de Maurício de Sousa pela Globo (1996)
>>> Mônica 176 - Abril/2001 - Eterna Criança de Maurício de Sousa pela Globo (2001)
>>> A Avaliação Psicopedagogica numa Abordagem Institucional de Carolina Provvidenti pela Qualidade (2010)
>>> Revista Uniclar - Ciências da Religião - ano 8 nº 1 de Vários Autores pela Faculdades Claretianas (2006)
>>> Contagem Regressiva de Ken Follett pela Arqueiro (2018)
>>> Manuel Bandeira - as Cidades e as Musas de Antônio Carlos Secchin Organização pela Desiderata (2008)
>>> Pequeno Segredo - A Lição de Vida de Kat para a Família Schurmann de Heloisa Schurmann pela Agir (2012)
>>> Doidas e Santas de Martha Medeiros pela L&pm (2008)
>>> Pelas Praias do Mundo de Pablo Neruda pela Bertrand Brasil (2005)
>>> Caim de José Saramago pela Companhia das Letras (2009)
>>> Abc de Rachel de Queiroz de Lilian Fontes pela José Olympio (2012)
>>> As Espiãs do Dia D de Ken Follett pela Arqueiro (2015)
>>> Coleção Abc Meus primeiros passos na Leitura e aprendizagem A Estação das Folhas secas o Outono de Malgorzata Strzalkolska pela Salvat (2011)
>>> Arquitetura & construçao--setembro de 2006--dossie cimento de Abril pela Abril (2006)
>>> Arquitetura & construçao--julho de 2008--renove as paredes de Abril pela Abril (2008)
>>> Arquitetura & construçao--março de 2001--pre-fabricada de madeira. de Abril pela Abril (2001)
>>> Arquitetura & construçao--outubro de 2012--como usar e onde comprar madeira sustentavel. de Abril pela Abril (2012)
>>> Os 13 Porquês de Jay Asher pela Ática (2009)
>>> Superando os Desafios Íntimos de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2006)
>>> Sua Alteza Real (Royals 2) de Rachel Hawkins pela Alt (2020)
>>> A República Cantada do Choro ao Funk, a História do Brasil Através da Música de André Diniz e Diogo Cunha pela Zahar (2014)
>>> Uq Holder! - Vol. 5 EAN: 9788545702429 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Peça e Será Atendido de Esther e Jerry Hicks pela Sextante (2007)
>>> Uq Holder! - Vol. 4 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Mata-me de Prazer de Nicci French pela Record (2002)
>>> O Escaravelho do Diabo 2ªd. de Lúcia Machado de Almeida pela Ática (1974)
>>> Cangaceirismo do Nordeste de Antônio Barroso Pontes pela O Cruzeiro (1973)
>>> Uq Holder! - Vol. 2 de Ken Akamatsu pela Jbc (2016)
>>> Bíblia Sagrada de Não informado pela Presbiteriana (1993)
>>> Gramática Reflexiva de William Cereja e Thereza Cochar pela Atual (2013)
>>> Jornadas.geo: geografia 9º ano de Marcelo Moraes Paula e Ângela Rama pela Saraiva (2016)
>>> Magi: O labirinto da magia - Vol. 25 de Shinobu Ohtaka pela Jbc (2016)
>>> As Aventuras de Tibicuera de Erico Verissimo pela Globo (1997)
>>> I-World 4 de Michael Downie, David Gray e Juan Manuel Jimenez pela Edições SM (2018)
>>> Mulheres do Evangelho de Robson Pinheiro pela Casa dos Espíritos (2009)
>>> To Love Ru - Vol. 16 de Kentaro Yabuki e Saki Hasemi pela Jbc (2018)
>>> Retórica de Aristóteles pela Edipro (2013)
>>> Planejamento na Sala de Aula de Danilo Gandin e Carlos Henrique Carrilho Cruz pela Sem Identificação (1995)
>>> Língua Portuguesa 9 de Everaldo Nogueira, Greta Marchetti e Mirella L. Cleto pela Edições SM (2019)
>>> Quarta-feira de Eric Nepomuceno pela Record (1998)
>>> Araribá Plus - Ciências - 9 de Obra coletiva pela Moderna (2018)
>>> Saúde na Terceira Idade de Hermógenes pela Nova Era (1996)
>>> Estudar História - das origens do homem á era digital - 9º de Patrícia Ramos Braick e Anna Barreto pela Moderna (2018)
>>> Geografia 9º ano de Fernando dos Santos Sampaio e Marlon Clovis Medeiros pela Edições SM (2019)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/8/2013
Meu Caro Amigo
Carina Destempero

+ de 2100 Acessos

Meu caro amigo, me perdoe a demora, mas só agora pude atender seu pedido de contar, do meu jeito, o que está acontecendo por aqui. A essa altura você já viu que tem muita gente comemorando a liberdade das redes sociais, gritando e se regozijando porque o gigante acordou, bradando que o Brasil mudou, que essa manifestação é totalmente nova e que agora tudo vai ser diferente. Ok, nada de novo nisso. O que posso lhe falar que você ainda não sabe é que concordo com muito pouco desse discurso. Não acho que as redes sociais sejam assim tão livres - e sei que nesse ponto você vai concordar comigo, isso já é assunto antigo pra gente. Sobre o maravilhoso gigante desperto, acho que ele está cambaleante, e a queda pode ser muito feia. Tirando alguns aspectos proporcionados pela tecnologia, não acho que essa manifestação seja tão diferente de outras antigas aqui no Brasil e no mundo inteiro. E quanto ao fato da mudança já ter ocorrido e que é inevitável que tudo seja diferente, bem, eu gostaria de acreditar nisso. Gostaria mesmo, inclusive em muitos momentos eu invejo quem pensa assim, quem tem toda essa certeza, esse desconhecimento puro que vem tão cheio de esperança. Eu não tenho isso. O que tenho são saberes e dúvidas.

Largo a caneta e imagino você abrindo essa carta e rindo. Que ideia a minha, escrever uma carta, com papel e caneta, colocar num envelope, e mandar pelo correio, em pleno 2013. Mas quando tudo está confuso acho que um retorno a tempos antigos ajuda. Penso que talvez por isso eu agora volta e meia me encontre em 1920, 1939, 1964, 1968 e até um pouco em 44 a.C. E percebo que é exatamente esse retorno ao passado que me impede de ver a novidade que outros veem no momento atual. Minha mania de explicação, meu desespero em querer saber se tornaram desespero por saber.

E, junto desses saberes e dessas dúvidas, vêm a frustração e até um pouco de raiva. A cada vez que vejo alguém compartilhando a foto de um cartaz que traz nada mais que um slogan publicitário achando que aquilo é uma revolução, fico frustrada. Quando compartilham um texto por causa do título, mas são incapazes de falar sobre quando perguntados - porque não o leram - fico com raiva. Você já deve ter visto algum dos nossos amigos em comum reclamando, dizendo que sou chata, que sou do contra e que só penso em velharia. Outro dia um conhecido postou uma daquelas lindas imagens da Presidente Vargas lotada com uma legenda que dizia algo tipo "não há mais esquerda nem direita, os partidos não nos representam, e agora que o povo viu isso está realmente unido." Aí comentei que crise representativa acontece desde o assassinato de Júlio César em 44 a.C., ato cometido em nome da República, mas que resultou na ascensão do primeiro imperador romano. Recomendei que assistissem "Z", filme de 1968 em que Costa-Gavras mostra o período da ditadura militar na Grécia, e no qual brados de "não há esquerda nem direita" eram claramente ouvidos. Mas quem vai escutar se todos estão ocupados gritando?

Um cansaço súbito me faz parar. Se digo que ninguém escuta, por que ele, a milhares de quilômetros de distância, vai me escutar? Por orte, ao terminar de pensar essa frase, eu me escuto. Uma criança mimada reclamando que o mundo não lhe dá o que é devido. Se tenho algo a dizer, se realmente quero ser escutada, e não estou sendo, o que eu posso fazer diferente?

Você vai escutar, era isso que eu pensava quando comecei a lhe escrever essa carta, a razão dela existir. O seu pedido de que eu lhe ontasse o que está acontecendo me parecia uma garantia de ser ouvida. Mas agora acho que você talvez também não me escute, e que ertamente não me escutaria se estivesse aqui agora, enquanto eu reclamo dos que apenas usam gritos de guerra sem pensar e, ao mesmo tempo, apelo em tom de lamúria que os outros pensem. Julgo os que não aceitam opiniões diferentes, mas será que eu as estou aceitando? Aí está algo que ainda não lhe disse sobre as manifestações, e que talvez seja sua característica mais importante: a pluralidade dos nvolvidos. Gente de esquerda, de direita, jovens, velhos, alguns que sabem tudo de política e história, outros que não fazem ideia de nada. Todos participando, cada um do seu jeito. Quem disse que isso não é válido? Aliás, essa seria uma ótima pauta para manifestações: que possamos aprender a estar juntos sendo diferentes. O difícil é que esse tipo de coisa não dá pra reivindicar ao outro, cada um terá que fazer sua parte. Mas acho que essa sim seria uma mudança real. Entender que um país não precisa que seu povo seja um, com um ideal, uma meta, um grito. Se há liberdade, é óbvio que existirão diferenças, mal-entendidos, desentendimentos e discordâncias. Para fazer um país diferente, talvez baste que nós consigamos aceitar e respeitar as nossas diferenças. Pode ser uma luta antiga, um discurso velho, mas não ligo. Sou conhecida por gostar de velharias.

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado na antologia "Não é Só Por 20 Contos".


Carina Destempero
Rio de Janeiro, 5/8/2013


Mais Carina Destempero
Mais Acessadas de Carina Destempero em 2013
01. Senhorita K - 16/12/2013
02. O amor é um jogo que ganha quem se perde - 18/11/2013
03. Garanto que você não vai gostar - 6/5/2013
04. Canção de som e fúria - 14/10/2013
05. Não era pra ser assim - 11/7/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Ciência Da Saúde E Boa Alimentação
D. Nicolici
Missionária
R$ 12,00



Romance de Amadis
Alonso Lopes Vieira
Ulmeiro
(1998)
R$ 30,15



We Mean Business - Students Book
Susan Norman
Longman
(1989)
R$ 9,90



Précis de Médecine Opératoire
P. Lecéne
J B Baillière
(1921)
R$ 68,50



Crochê Passo a Passo Especial 1 - Patinho, Elefante, Girassóis, Borboletas...
Editora Casa Dois
Casa Dois
R$ 14,90



Racismo recreativo (Feminismos Plurais)
Adilson Moreira
Pólen
(2019)
R$ 28,00



A Vida Em Família
Rodolfo Calligaris
Ide
(1980)
R$ 4,08



urma da Mônica Jovem - Academia de Ninjas
Mauricio Sousa
Mauricio Sousa
(2014)
R$ 5,00



Ritos de Passagem de Nossa Infância e Adolescência: Antologia
Fanny Abramovich Org.
Summus
(1985)
R$ 10,00



Infedelidad Conyugal
Frank S. Caprio
Editorial Constancia
(1958)
R$ 12,00





busca | avançada
79822 visitas/dia
2,4 milhões/mês