Meu Caro Amigo | Carina Destempero | Digestivo Cultural

busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Um ano de reflexões na Big Apple
>>> Steve Jobs apresentando o iPad
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Mastigar minhas relações
>>> Vaguidão específica
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
Mais Recentes
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
COLUNAS

Segunda-feira, 5/8/2013
Meu Caro Amigo
Carina Destempero

+ de 1900 Acessos

Meu caro amigo, me perdoe a demora, mas só agora pude atender seu pedido de contar, do meu jeito, o que está acontecendo por aqui. A essa altura você já viu que tem muita gente comemorando a liberdade das redes sociais, gritando e se regozijando porque o gigante acordou, bradando que o Brasil mudou, que essa manifestação é totalmente nova e que agora tudo vai ser diferente. Ok, nada de novo nisso. O que posso lhe falar que você ainda não sabe é que concordo com muito pouco desse discurso. Não acho que as redes sociais sejam assim tão livres - e sei que nesse ponto você vai concordar comigo, isso já é assunto antigo pra gente. Sobre o maravilhoso gigante desperto, acho que ele está cambaleante, e a queda pode ser muito feia. Tirando alguns aspectos proporcionados pela tecnologia, não acho que essa manifestação seja tão diferente de outras antigas aqui no Brasil e no mundo inteiro. E quanto ao fato da mudança já ter ocorrido e que é inevitável que tudo seja diferente, bem, eu gostaria de acreditar nisso. Gostaria mesmo, inclusive em muitos momentos eu invejo quem pensa assim, quem tem toda essa certeza, esse desconhecimento puro que vem tão cheio de esperança. Eu não tenho isso. O que tenho são saberes e dúvidas.

Largo a caneta e imagino você abrindo essa carta e rindo. Que ideia a minha, escrever uma carta, com papel e caneta, colocar num envelope, e mandar pelo correio, em pleno 2013. Mas quando tudo está confuso acho que um retorno a tempos antigos ajuda. Penso que talvez por isso eu agora volta e meia me encontre em 1920, 1939, 1964, 1968 e até um pouco em 44 a.C. E percebo que é exatamente esse retorno ao passado que me impede de ver a novidade que outros veem no momento atual. Minha mania de explicação, meu desespero em querer saber se tornaram desespero por saber.

E, junto desses saberes e dessas dúvidas, vêm a frustração e até um pouco de raiva. A cada vez que vejo alguém compartilhando a foto de um cartaz que traz nada mais que um slogan publicitário achando que aquilo é uma revolução, fico frustrada. Quando compartilham um texto por causa do título, mas são incapazes de falar sobre quando perguntados - porque não o leram - fico com raiva. Você já deve ter visto algum dos nossos amigos em comum reclamando, dizendo que sou chata, que sou do contra e que só penso em velharia. Outro dia um conhecido postou uma daquelas lindas imagens da Presidente Vargas lotada com uma legenda que dizia algo tipo "não há mais esquerda nem direita, os partidos não nos representam, e agora que o povo viu isso está realmente unido." Aí comentei que crise representativa acontece desde o assassinato de Júlio César em 44 a.C., ato cometido em nome da República, mas que resultou na ascensão do primeiro imperador romano. Recomendei que assistissem "Z", filme de 1968 em que Costa-Gavras mostra o período da ditadura militar na Grécia, e no qual brados de "não há esquerda nem direita" eram claramente ouvidos. Mas quem vai escutar se todos estão ocupados gritando?

Um cansaço súbito me faz parar. Se digo que ninguém escuta, por que ele, a milhares de quilômetros de distância, vai me escutar? Por orte, ao terminar de pensar essa frase, eu me escuto. Uma criança mimada reclamando que o mundo não lhe dá o que é devido. Se tenho algo a dizer, se realmente quero ser escutada, e não estou sendo, o que eu posso fazer diferente?

Você vai escutar, era isso que eu pensava quando comecei a lhe escrever essa carta, a razão dela existir. O seu pedido de que eu lhe ontasse o que está acontecendo me parecia uma garantia de ser ouvida. Mas agora acho que você talvez também não me escute, e que ertamente não me escutaria se estivesse aqui agora, enquanto eu reclamo dos que apenas usam gritos de guerra sem pensar e, ao mesmo tempo, apelo em tom de lamúria que os outros pensem. Julgo os que não aceitam opiniões diferentes, mas será que eu as estou aceitando? Aí está algo que ainda não lhe disse sobre as manifestações, e que talvez seja sua característica mais importante: a pluralidade dos nvolvidos. Gente de esquerda, de direita, jovens, velhos, alguns que sabem tudo de política e história, outros que não fazem ideia de nada. Todos participando, cada um do seu jeito. Quem disse que isso não é válido? Aliás, essa seria uma ótima pauta para manifestações: que possamos aprender a estar juntos sendo diferentes. O difícil é que esse tipo de coisa não dá pra reivindicar ao outro, cada um terá que fazer sua parte. Mas acho que essa sim seria uma mudança real. Entender que um país não precisa que seu povo seja um, com um ideal, uma meta, um grito. Se há liberdade, é óbvio que existirão diferenças, mal-entendidos, desentendimentos e discordâncias. Para fazer um país diferente, talvez baste que nós consigamos aceitar e respeitar as nossas diferenças. Pode ser uma luta antiga, um discurso velho, mas não ligo. Sou conhecida por gostar de velharias.

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pela autora. Originalmente publicado na antologia "Não é Só Por 20 Contos".


Carina Destempero
Rio de Janeiro, 5/8/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lançamentos de literatura fantástica (1) de Luís Fernando Amâncio
02. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
03. Super-heróis ou vilões? de Cassionei Niches Petry
04. Virando as Latas: o atleta brasileiro e o esporte de Heloisa Pait
05. Buenos Aires: guia de viagem de Gian Danton


Mais Carina Destempero
Mais Acessadas de Carina Destempero em 2013
01. Senhorita K - 16/12/2013
02. O amor é um jogo que ganha quem se perde - 18/11/2013
03. Garanto que você não vai gostar - 6/5/2013
04. Canção de som e fúria - 14/10/2013
05. Não era pra ser assim - 11/7/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




GENÉTICA BASEADA EM EVIDÊNCIAS: SINDROMES E HERANÇAS
ZAN MUSTACCHI E SERGIO PERES
CID
(2000)
R$ 130,00



AS FABULOSAS ÁGUAS QUENTES DE CALDAS NOVAS - ANTOLOGIA
TAYLOR ORIENTE ORG.
ORIENTE
(1982)
R$ 9,59



TRIAGEM VIRTUAL DE IMAGENS DE PATOLOGIA USANDO CBIR E REDES NEURAIS
HIGOR NETO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



ADMIRÁVEL MUNDO NOVO VERSÃO BROCHURA
ALDOUS HUXLEY
BIBLIOTECA AZUL - GLOBO
(2014)
R$ 35,83



CAPITALIZAÇÃO: HISTÓRICO, CONCEITOS, PERSPECTIVAS
EDMILSON GAMA DA SILVA E OUTROS
FUNENSEG (BRASÍLIA)
(2006)
R$ 24,99



A ESTRELA
JAVI ARAGUZ ISABEL HIERRO
RAI
(2012)
R$ 14,00



A ARCA DE NOÉ
CEDIC
CEDIC
(2013)
R$ 9,00



VOCÊ NÃO É UMA ILHA: DINÂMICAS DE GRUPO
MIGUEL GONZALEZ
ED. PAULINAS
(1993)
R$ 14,00



ALFABETIZAÇÃO UM PROJETO BEM SUCEDIDO
SÉRGIO ANTONIO DA SILVA LEITE
EDICON
(1982)
R$ 4,90



O NEGÓCIO DO SÉCULO XXI
ROBERT KIYOSAKY
CAMPUS ALTABOOK
(2009)
R$ 50,00





busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês