Mp3: da pirataria ao Bolsa-Download? | Paulo de Resende | Digestivo Cultural

busca | avançada
74137 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Segunda-feira, 23/5/2011
Mp3: da pirataria ao Bolsa-Download?
Paulo de Resende

+ de 4300 Acessos

Desde os já longínquos anos 1990 que o formato Mp3 entrou com força total no universo da música. Sua ascensão se deveu à convergência dele com outros dois marcos relevantes da história da informática: a disponibilização do acesso à internet de forma definitiva (aqui no Brasil, isso se deu a partir de maio de 1995) e o surgimento do Napster, software pioneiro de compartilhamento peer-to-peer (em junho de 1999).

A revolução provocada pela conjugação desses fatores só é comparável ao problema que ela criou para a indústria fonográfica mundial, com o surgimento da "era do conteúdo". Repentinamente, tornou-se anacrônico o hábito de adquirir o CD para escutar as músicas nele contidas. Num piscar de olhos, milhares de obras musicais dos mais diferentes gêneros passaram a fluir de um lado para o outro do planeta, sendo transferidas gratuitamente para quem quisesse. Até hoje, não há prevenção eficiente contra a transferência de arquivos. Pior do que isso, a questão hoje abrange qualquer forma de conteúdo: livros, filmes, softwares, tudo o que pude ser captado e traduzido em bites pode ser compartilhado.

À margem das discussões sobre violação dos direitos autorais e dos prejuízos apurados por quem trabalha na legalidade, parece que o hábito de compartilhar arquivos (de forma legalizada ou não) se tornou algo tão trivial quanto ter um telefone celular ou tomar uma cerveja no bar: dito assim, parece tão mundano, tão vulgar, mas nem por isso menos verdadeiro.

No Brasil, a questão apresenta uma riqueza de perspectivas, daquelas que são incompatíveis com a representação por meio de infográficos e pequenos quadros-resumo. Opinam sobre o tema políticos, advogados, delegados de polícia, ativistas sociais, empresários da indústria fonográfica, artistas e tantos outros representantes de grupos envolvidos. E a cadeia do consumo de conteúdo tem diversas versões, desde aquela do "paladino" ― que faz download somente de conteúdo disponibilizado em domínio público e em licenças como o copyleft e creative commons ― até a cadeia do material que se origina de usuários misteriosos, é baixado por "pirateiros" inveterados, queimado em mídias que são oferecidas nas ruas de qualquer grande cidade e acabam nas mãos de gente comum, entre estudantes, professores universitários, comerciantes, bancários, donas de casa, funcionários públicos etc.

Ações como as promovidas nos EUA pela Associação Americana da Indústria Fonográfica (RIAA) dificilmente seriam viáveis para um país como o nosso. Não convém elencar as razões, mas é pouco provável que as associações de músicos e de gravadoras promovam aqui a "caça às bruxas" que tem sido por lá empreendida, com direito a condenações de personagens tão pitorescos quanto senhorinhas septuagenárias e meninas de doze anos. Na nossa civilização dos trópicos, tudo é mais afetuoso, por vezes moroso, e muitas vezes inconclusivo. Não somos piores que os gringos, somos autênticos.

A diversidade de personagens e a impossibilidade de processar a todos os que infringem a lei podem insinuar uma conclusão devastadora: não há solução para a questão. Ou mudam as leis, em gradações que tipifiquem a atividade econômica baseada na pirataria como um crime hediondo, ou aguardamos um novo patamar tecnológico, tão revolucionário que torne o Mp3 obsoleto ― obviamente, uma nova tecnologia com rédeas mais firmes.

Mas existe ainda uma outra alternativa, muito mais próxima dos anseios daqueles que defendem uma internet livre e a universalização do acesso à cultura, algo muito mais harmonioso com a nossa tradição de malemolência histórica: e se o problema fosse atenuado até sumir?

Vivemos um período de implementação do Plano Nacional de Banda Larga (PNBL), com todas as suas iniciativas de desoneração dos custos relacionados ao acesso à internet e consequente barateamento para o usuário. Um olhar superficial sobre a questão conclui que, com mais acesso em banda larga, haverá mais compartilhamento. Parece uma relação óbvia. E aí convém perguntar: como o governo vai conciliar o crescimento dos downloads com a necessidade de coibir os crimes contra a propriedade intelectual?

É aí que entra em campo a nossa vertente nacional, capaz de buscar soluções inovadoras para os problemas mais escabrosos: será que estamos caminhando para um "bolsa-download"? Afinal de contas, o governo tem fornecido diversas oportunidades para a inclusão de segmentos específicos no mundo do consumo: temos o Bolsa-Família para os pobres, o telefone social, a tarifa de energia elétrica social e agora o já citado PNBL ― que vai baratear o acesso aos menos favorecidos e empresas optantes pelo Simples... Por que não admitir a possibilidade (risco?) da criação desse novo benefício social, para permitir que aqueles que hoje vivem abaixo da linha da legalidade digital possam receber o direito à inclusão cultural? Estaria, assim, o usuário liberado para baixar o quanto quisesse, sendo os respectivos royalties quitados pelo governo.

Para quem acha que esse quadro é absurdo, vamos registrar que esse bolsa-download, mesmo imaginário, já apresenta duas características em comum, por exemplo, com o Bolsa-Família: um benefício direto para a população e a "disponibilidade" da nossa classe média, franca favorita para pagar a conta...


Paulo de Resende
Niterói, 23/5/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O Voto de Meu Pai de Heloisa Pait
02. O Que Podemos Desejar; ou: 'Hope' de Duanne Ribeiro
03. O Medium e o retorno do conteúdo de Julio Daio Borges
04. Educando as velhas gerações de Carla Ceres
05. Contos de imaginação e mistério de Gian Danton


Mais Paulo de Resende
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONJUGAR VERBOS DE ESPAÑA Y DE AMERICA - 1ª EDIÇÃO - C/ CD AUDIO
ALFREDO GONZALES HERMOSO
EDELSA
(2011)
R$ 104,86



LA MUSICA COMO MEDICINA DEL ALMA
JUNE BOYCE TILLMAN
PAIDOS ESPANHA
(2003)
R$ 50,00



OS PERUS - CRIAÇÃO E APROVEITAMENTO
J. REISORG
MELHORAMENTOS
R$ 17,51



BELMIRO
MÁRIO RUDOLF
NOOVHA AMERICA
(2003)
R$ 5,00



THE WALKING DEAD - A ASCENSÃO DO GOVERNADOR ROBERT KIRKMAN
ROBERT KIRKMAN
GALERA
(2013)
R$ 5,00



DAHMANE
BENEDIKT TASCHEN
TASCHEN
(1994)
R$ 69,90



DA INTERPRETAÇÃO JURÍDICA 2ª EDIÇÃO
MÁRIO FRENZEM DE LIMA (CAPA DURA)
FORENSE (RJ)
(1955)
R$ 17,82



PINHO, PINHEIRO, PINHAO
L. MARQUES
MELHORAMENTOS
(1969)
R$ 7,00



OS SUPER MARKETERS
ROBERT HELLER
HARBRA
(1990)
R$ 6,90



ESPUMAS FLUTUANTES
CASTRO ALVES
KLICK
R$ 6,99





busca | avançada
74137 visitas/dia
1,8 milhão/mês