Meu dente (quase) caiu | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
33461 visitas/dia
922 mil/mês
Mais Recentes
>>> Comédia dirigida por Darson Ribeiro, Homens no Divã faz curta temporada no Teatro Alfredo Mesquita
>>> Companhia de Danças de Diadema leva projeto de dança a crianças de escolas públicas da cidade
>>> Cia. de Teatro Heliópolis encerra temporada da montagem (IN)JUSTIÇA no dia 19 de maio
>>> Um passeio imersivo pelos sebos, livrarias e cafés históricos do Rio de Janeiro
>>> Gaitista Jefferson Gonçalves se apresenta em quinteto de blues no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Numa casa na rua das Frigideiras
>>> Como medir a pretensão de um livro
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
Colunistas
Últimos Posts
>>> Dicionário de Imprecisões
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
Últimos Posts
>>> Virtuosismo
>>> Evanescência
>>> Um Certo Olhar de Cinema
>>> PROCURA-SE
>>> Terras da minha terra
>>> A bola da vez
>>> Osmose vital
>>> Direções da véspera V
>>> Sem palavras
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Banana Republic
>>> Em terra de cego, quem tem olho é Pelé
>>> O MP3 aconselha
>>> Cultura pop
>>> Monteiro Lobato: fragmentos, opiniões e miscelânea
>>> Super-heróis ou vilões?
>>> Borges: uma vida, por Edwin Williamson
>>> Garanto que você não vai gostar
>>> Stan Lee - o reinventor dos super-heróis
>>> A poética anárquica de Paulo Leminski
Mais Recentes
>>> Amigos Íntimos, Rivais Perigosos de Duane Schultz, Ph.D pela Rocco (1991)
>>> Postais do Abismo - Segredos da droga em Hollywood de Carrie Fisher pela Nova Cultural (1989)
>>> O Apicultor - Um Romance de Mexence Fermine pela Objetiva (2001)
>>> O Bosque das Ilusões Perdidas de Alain-Fournier pela Círculo do Livro (1972)
>>> Thais de Anatole France pela Martin Claret (2006)
>>> A Lua de Mel de Knut Faldbakken pela Nórdica (1990)
>>> O Cerco de Krishnapur de J.G. Farrell pela Record (1973)
>>> Os Diamantes São Eternos de Ian Fleming pela Civilização Brasileira (1965)
>>> Exel 2010 - Avançado de Richard Martelli e Maria Silvia Mendonça Barros pela Senac São Paulo (2013)
>>> Brasil--pais do presente--socialismo cristao brasileiro. de Augusto ariston e jesus chediak. pela Pi (2001)
>>> Shopping centers de Mario cerveira filho pela Saraiva (1999)
>>> Divina comédia (Com Ilustrações de Sandro Boticelli) de Dante Alighieri pela Ateliê/Unicamp (2011)
>>> Dinâmica da Contra-revolução na Europa: 1870-1956 de Arno J. Mayer pela Paz e Terra (1977)
>>> Dialectic For Beginners de Carlos Cirne Lima pela Edipucrs (1997)
>>> Democracia, agência e estado: Teoria com intenção comparativa de Guillermo Alberto O. Donnell pela Paz e Terra (2010)
>>> Crime e Castigo de Fiódor Dostoievski pela 34 (2005)
>>> Conservadorismos, Fascismos e Fundamentalismos: Análises Conjunturais de Ronaldo Almeida e Rodrigo Toniol (Orgs.) pela Unicamp (2018)
>>> Condomínio do Diabo de Alba Zaluar pela Ufrj (1996)
>>> Combate nas Trevas de Jacob Gorender pela Ática (1998)
>>> Coisas da Cosa Nostra: A Máfia Siciliana Vista Por Seu Pior Inimigo de Giovanni Falcone; Marcelle Padovani pela Rocco (2012)
>>> Cidade Aberta de Teju Cole pela Cia. das Letras (2012)
>>> Carta Aberta Aos Gurus Da Economia Que Nos Julgam Imbecis de Bernard Maris pela Bertrand Brasil (2000)
>>> Abismo de Kurt Falkenburger pela Clube do Livro (1980)
>>> Anchieta: A restauração de um Santuário de Org. Carol de Abreu pela Ministério da Cultura - IPHAN (1998)
>>> Cimarron de Edna Ferber pela Abril Cultural (1983)
>>> A Chave de Rebeca de Ken Follett pela Círculo do Livro (1986)
>>> Le Grand Meaulnes de Alin-Fournier pela Livre de Poche (1983)
>>> Harry Potter e o Cálice de Fogo de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Harry Potter e o Prisioneiro de Azkaban de J. K. Rowling pela Rocco (1999)
>>> O Amor Não Term Hora de Cynthia Freeman pela Record (1986)
>>> De Olho em Zumbi dos Palmares - Histórias, símbolos e memória social de Flávio dos Santos Gomes pela Claro Enigma (2011)
>>> Nei Lopes - Retratos do Brasil Negro de Oswaldo Faustino pela Selo Negro (2019)
>>> Cisne de Leonardo de Kren Essex pela Suma (2006)
>>> Diga Espelho Meu de Stanley Ellin pela Record (1972)
>>> Pecar e perdoar: Deus e o Homem na História de Leandro Karnal pela Harper Collins (2014)
>>> Dinastia de Robert S. Elegant pela Círculo do Livro (1977)
>>> The Wicca Handbook de Eileen Holland pela Samuel Weiser (2000)
>>> O Guerrilherio de Baker Street de B. Sweet-Escott pela Bloch (1965)
>>> A Filha do Milionário de Dorothy Eden pela Nova Cultural (1987)
>>> The Wicca Bible - The definitive guide to Magic and The Craft de Ann-Marie Gallagher pela Sterling Publishing - New York (2005)
>>> "Batman: Vigilantes de Gotham - N° 28: Viver e Morrer em Gotham City... de Vários pela Dc Comics: Abril (2000)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 41: Gotham City: Contagem Regressiva para o Fim...! de Dennis Oneil: Argumento pela Dc Comics: Abril (2000)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 26: Mulher Gato Ano Dois de Alan Grant: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 23: Batman - Procedimento Padrão de Alan Grant: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> As Grandes Correntes da Mística Judaica de Gershom Scholem pela Perspectiva (1972)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 19: Justiça Cega! de Jerry Ordway: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N° 16: Azrael - Anjo Em Guerra! de Jerry Ordway: Argumento pela Dc Comics: Abril (1998)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham - N°13: Batman Contra o Anjo Vingador de São Dumas! de Dennis Oneil: Roteiro pela Dc Comics: Abril (1997)
>>> Batman: Vigilantes de Gotham (N. 10): Retorno de Alfred: A Conspiração Inglesa de Alan Grant: Roteiro pela Dc Comics: Abril (1997)
>>> Os Quatro Elementos e os Caminhos da Energia de Karen Hamaker-Zondag pela Nova Fronteira (1989)
COLUNAS

Sexta-feira, 11/3/2011
Meu dente (quase) caiu
Ana Elisa Ribeiro

+ de 4700 Acessos
+ 2 Comentário(s)


LIANA TIMM© (http://timm.art.br/)

Meu dente caiu é o nome de um livro da fantástica Vivina de Assis Viana. É dessas obras escritas para as crianças e, provavelmente, com alguma especificidade para aquelas que se identificam com o drama dos dentes de leite versus a dentição permanente. "Meu dente caiu" é a frase que toda família escuta quando tem um guri em torno dos 6/7 anos de idade. E o dente cair é sinal de mudança de ciclo.

Na atual crise da queda de dentes pela qual vem passando minha família, resolvi me deter nos sentidos que os dentes têm na nossa batida cultura popular. Não conheço dentistas (além do que trata meu dente protocolarmente), não há odontólogos na família, nem entre os namorados passageiros de primos e tios. Remotamente, há o irmão de uma amiga, mas mal o vi uma ou duas vezes. Então não tenho qualquer cacife para avançar por teorias científicas sobre mordidas e dentes. No entanto, com a vasta experiência de gente que morde, posso arriscar umas lendas dentais.

O menino que eu pari, cirurgicamente, há quase 7 anos, anda babando por todo canto por manter a boca semiaberta, na tentativa vã de segurar o dente de leite na arcada inferior, logo ali, bem na frente do sorriso. Ele não quer que o dente caia, teme que sangre, tem pânico de ficar com as famosas "janelinhas", que, em tese, o deixariam menos lindinho. O curioso é que um dente, o vizinho, caiu faz tempo e já, inclusive, cedeu lugar a um mais robusto e ainda serrilhado. A experiência, no entanto, não bastou para que o garoto perdesse o medo da nova queda dentifrícia.

O primeiro dente caído deveu-se a um esbarrão mais forte num primo mais velho, numa daquelas brincadeiras sacanas e estúpidas que os meninos aprendem mais cedo e melhor do que as meninas. O dianteiro de baixo amoleceu, dependurou-se e ficou por um fio. Uns dias depois, em outra sessão de brincadeiras imbecis, agora com o avô, o guri deu uma mordida no braço do velho e lá ficou o dentão espetado. A situação engraçada, no entanto, abafou qualquer tentativa de crise de choro ou de pânico.

Recentissimamente, no entanto, ao deliciar-se com uma espiga de milho cozida, o segundo dente resolveu abandonar o posto. Amoleceu, desligou uns fios e ameaçou esconder-se entre os bagos amarelos do milho. Sangrou um pouco, o que deixou meu menino assustado e trêmulo. E há três ou quatro dias o dente ameaça cair, mas não consegue. O garoto apegou-se a ele e vem mantendo-o cuidadosamente apoiado sobre o dentão permanente que nasceu ao lado.

As lendas são das mais variadas. Já disseram ao guri que o dente tem de ser jogado no telhado. Não me lembro ao certo da razão desse lançamento. A história que mais o encanta, no entanto, é a de uma tal fada do dente, que viria buscar a lembrança e deixaria, embaixo do travesseiro, umas moedas de verdade. Meu filho, que não é besta e gosta de comprar Hot Wheels, fica à espera das moedas de um real que a fada deve deixar. Mas nem sob promessa de pagamento ele quer permitir que o dentinho abra espaço para outro melhor.

As perguntas espoucam o dia todo: "Mãe, e seu eu engolir meu dente? Ele morde a minha bunda?"; "Mãe, se o dente for para o estômago ele vira leite? (dente de leite)"; "Mãe, se a fada do dente não pegar meu dente ela fica brava?". Por via das dúvidas, a mãe tende a dar respostas sempre negativas.

Não tenho nenhuma lembrança de quando meus dentes caíram. A memória mais antiga é a da cirurgia para retirar um tal de "freio", uma pelanquinha que separava os dentes da frente. A intervenção (pela qual ganhei uma sandália e um tênis, além de matar um dia de aula) era necessária para permitir o uso de aparelho ortodôntico logo em seguida.

Dente é uma coisa que dá trabalho. Nasce, cai, cresce de novo, cai de novo. Machuca, quebra, morde a bochecha da gente, precisa de manutenção, gruda sujeira, forma crosta e craca, amarela, envelhece, fica torto, dá dor de cabeça, cria cárie, inflama, etc. E a cobrança em cima deles é alta, já que damos valor a belos sorrisos, dentes brancos, hálito puro, boca saudável, alinhamento, simetria e completude.

Os banguelas precisam se camuflar atrás das dentaduras ou de peças menores, que tapam apenas falhas episódicas. Ninguém quer mostrar as manchas de antibiótico ou de cigarro. Há qualquer preconceito contra aqueles sorrisos do tipo 1001, assolados pela falta de informação, de cuidado ou de condições para obter ambos.

Se antes dentes mal-cuidados eram coisa de pirata, hoje são coisa de excluído. O avanço na saúde transformou a normalidade da banguelice ou do escorbuto em doença tratável. E mesmo em educação. É desde criança que se torce esse pepino.

Quando as caravelas chegaram, vieram com elas montes de homens vestidos, fedorentos e doentes da boca. Já imaginou os hálitos? Já sonhou você beijando um desses marinheiros d'além-mar? Prefiro mil vezes meu garotinho das janelinhas.

O dente cai e não cai. Já indicaram até amarrar com uma linha, ligá-la à porta e empurrar. O engenho humano tem solução para quase tudo. Não canso de correr atrás do guri oferecendo-lhe mais milho cozido. E até o vovô já ofereceu o apetitoso braço para mais uma mordidinha eficaz. Depois deste ciclo, é esperar pelo nascimento dos sisos, visadíssimos, que todo mundo prescreve arrancar, mesmo quando não precisa. Segundo reza a lenda, são sinal de responsabilidade. Sei não. Os meus que o digam.

Para ir além






Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 11/3/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Solitária cidadã do mundo de Elisa Andrade Buzzo
02. Pendurados no Pincel de Marilia Mota Silva
03. 50 tons de Anastasia, Ida e outras protagonistas de Elisa Andrade Buzzo
04. O anoitecer da flor-da-lua de Elisa Andrade Buzzo
05. Esse Caro Objeto do Desejo de Adriane Pasa


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2011
01. É possível conquistar alguém pela escrita? - 21/1/2011
02. Meus livros, meus tablets e eu - 15/4/2011
03. Você viveria sua vida de novo? - 18/2/2011
04. Pressione desfazer para viver - 17/6/2011
05. Bibliotecas públicas, escolares e particulares - 20/5/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
12/3/2011
10h30min
Ana, agradeço a Deus por todo o avanço tecnológico na área odontológica e por hoje os nossos dentes não caírem mais! Tenho pena dos antepassados... e lhe desejo muitos sorrisos pela vida!
[Leia outros Comentários de Dayse Vilas Boas]
15/3/2011
11h51min
Melhor do que as atribulações dos dentes, o sorriso do filho deve ser a escolha para essa mãe, escritora com imagens felizes, apesar das cáries dela, a vida. E que os dentes, depois de caídos, tenham sido portadores de sorrisos felizes, com ou sem fada. Ana, abraços!
[Leia outros Comentários de Cilas Medi]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DEFENSORIA PÚBLICA -PRINCÍPIOS INSTITUCIONAIS
PETRÚCIO MALAFAIA VICENTE
DP A
(2002)
R$ 5,90



CRÍTICA DA ESTRUTURA DA ESCOLA
VITOR HENRIQUE PARO
CORTEZ
(2011)
R$ 37,00



SOMBRIO 85 ANOS: NATUREZA, HISTÓRIA E CULTURA (1560)
VILSON FRANCISCO DE FARIAS
UFSC
(2000)
R$ 22,00



LIVRO INFANTIL?
GUTO LINS
ROSARI
(2002)
R$ 25,00



A FAREWELL TO ARMS
ERNEST HEMINGWAY
BANTAM BOOKS
(1976)
R$ 22,00



1075 ENDEREÇOS CURIOSOS DE SÃO PAULO
MARCELO DUARTE
PANDA BOOKS
(2006)
R$ 8,00



THÉOREME
PIER PAOLO PASOLINI
GALLIMARD
(1978)
R$ 32,28



LA CONSTRUCCION DEL SOCIALISMO
MAO TSE-TUNG
FUNDAMENTOS
(1975)
R$ 17,00



CHAGALL 1918 - 1939
FRANÇOIS MATHEY
FERNAND HAZAN
(1959)
R$ 30,00



SERPENT
CLIVE CUSSLER
POCKET BOOKS
(1999)
R$ 54,03
+ frete grátis





busca | avançada
33461 visitas/dia
922 mil/mês