Bibliotecas públicas, escolares e particulares | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
80302 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Liberdade Só - A Sombra da Montanha é a Montanha”: A Reflexão de Marisa Nunes na ART LAB Gallery
>>> Evento beneficente celebra as memórias de pais e filhos com menu de Neka M. Barreto e Martin Casilli
>>> Tião Carvalho participa de Terreiros Nômades Encontro com a Comunidade que reúne escola, família e c
>>> Inscrições abertas para 4ª Residência Artística Virtual Compartilhada
>>> Exposição 'Mundo Sensível dos Mitos' abre dia 29 de julho em Porto Alegre
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Marcelo Mirisola e o açougue virtual do Tinder
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
Colunistas
Últimos Posts
>>> A melhor análise da Nucoin (2024)
>>> Dario Amodei da Anthropic no In Good Company
>>> A história do PyTorch
>>> Leif Ove Andsnes na casa de Mozart em Viena
>>> O passado e o futuro da inteligência artificial
>>> Marcio Appel no Stock Pickers (2024)
>>> Jensen Huang aos formandos do Caltech
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
Últimos Posts
>>> Cortando despesas
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A mulher madura
>>> Banheiros
>>> Semana da Canção Brasileira
>>> Poesia vira imagem: Ronald Polito e Guto Lacaz
>>> Um imenso Portugal
>>> 6 anos esta noite
>>> As noites insanas de Zizi Possi
>>> Sobre cafés e diversão 0800
>>> Temporada de Gripe
>>> Você viveria sua vida de novo?
Mais Recentes
>>> Guardiões Da Galáxia & X-men: O Vórtice Negro de Sam Humphries pela Panini Books (2018)
>>> Compañeros 3 Alum Brasil Nueva de Francisca Castro pela Sgel (2024)
>>> Goniômetro de Bolso de Prof. Claudio Lopes Simplicio pela Frasce
>>> Um Assassinato. Um Mistério. Um Casamento de Mark Twain - Trad. Ana Maria Machado pela Objetiva (2001)
>>> O Verdadeiro retorno de Arsène Lupin triângulo Dourado de Maurice Leblanc pela Pé da Letra (2021)
>>> Livro Infanto Juvenis Percy Jackson e Os Olimpianos O Ladrão De Raios Volume 1 de Rick Riordan, Ricardo Gouveia pela Intrínseca (2010)
>>> Moving Into English, Grade 1 de Harcourt School Publishers pela Harcourt School Publishers (2017)
>>> Livro Infanto Juvenis O Poder da TV Ponto de Apoio de José Arbex pela Scipione (1995)
>>> Guia prático de saquê de Celso Ishiy pela JBc (2014)
>>> Os Fabulosos X-men: O Bom, O Mau E O Inumano de Bendis - Bachalo - Anka - Rudy pela Panini (2017)
>>> Diarios De Adao E Eva de Mark Twain pela Hedra (2014)
>>> What Is The Super Bowl? (what Was?) de Dina Anastasio, Who Hq pela Penguin Workshop (2015)
>>> O Pequeno Caderno Das Coisas Não Ditas de Clare Pooley pela Verus (2022)
>>> Brazil Guide de Diverso autores pela Bei (2005)
>>> O Dia Do Curinga de Jostein Gaarder pela Companhia das Letras (2007)
>>> Gibis Blue Exorcist Volume 13 de Kazue Kato pela Jbc
>>> Fabulosos X-men: Destroçados de Brian Michael Bendis pela Panini (2016)
>>> Guia Unibanco Rio de Janeiro de Vários Autores pela Bei (2006)
>>> Direito Penal Esquematizado Vol. 03 - Parte Geral de André Estefam e Victor Eduardo Rios Gonçalves pela Saraiva (2013)
>>> Livro Religião Deus No Coração Da Vida A Vida No Coração De Deus de Vanderlei Soela pela Paulinas (2008)
>>> Teoria e Prática dos Sonhos Lúcidos de Otávio Ferreira de Aquino pela Xama (1995)
>>> Dicas Úteis Para Uma Vida Fútil de Mark Twain pela Relume Dumará (2005)
>>> O Último Duelo de Eric Jager pela Intrinseca (2021)
>>> Chasing The King - Home Run Edition (dream Series) de Joshua Stein pela Scobre Press (2005)
>>> Livro Literatura Estrangeira Staline 1878-1953 de Jean-jacques Marie pela J'ai Lu (2003)
COLUNAS

Sexta-feira, 20/5/2011
Bibliotecas públicas, escolares e particulares
Ana Elisa Ribeiro
+ de 6800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Um repositório de livros que também serve para emprestá-los e para cobrar multas dos atrasadinhos. É desse jeito que se costuma conceituar uma biblioteca. E nem sempre é assim que elas são. Às vezes são bem piores, especialmente quando só têm livros velhos e desatualizados, quando as bibliotecárias vivem de mau humor ou quando a gente só espirra ao adentrar o espaço (nem sempre iluminado).

Certa vez, escrevi um texto para o Estado de Minas, nosso jornal mais antigo aqui nas alterosas, em que tratava das "bibliotecas dinâmicas". Eram aquelas em que o livro era um elemento importante, claro, mas também outros itens importavam muito, como cursos, lançamentos, eventos, palestras, etc. Algo que talvez os centros culturais estejam mais acostumados a fazer.

Não vou entrar no mérito das nomenclaturas ou dos centros culturais. Para isso, é legal dar uma lida nos livros do Luis Milanesi (principalmente A casa da invenção). O negócio é que bibliotecas têm má fama. E a gente quase não as frequenta. Isso quando elas existem ao nosso redor.

O porão da escola

As bibliotecas mais próximas de mim, na infância e na adolescência, eram as escolares. Talvez seja o que acontece com a maioria das pessoas, embora nem sempre elas notem. Nem toda escola tem biblioteca e, lastimavelmente, isso não é obrigatório no Brasil. Dei a sorte, portanto, de estudar em escolas públicas que tinham bibliotecas.

Na escola em que estudei mais tempo, a biblioteca tinha um acervo que eu achava, à época, razoável. Hoje, provavelmente, eu acharia pobre. Só me lembro de ser um ambiente escuro, uma espécie de porão do prédio (e essas localizações dizem muito...), atendido por bibliotecários que, em sua maioria, eram professores afastados da sala de aula. Uma espécie de castigo para eles? Não sei. Sei que eu gastava boa parte dos meus recreios enfiada naquele porão à procura de livros com títulos instigantes.

Nessa busca, encontrei vários autores, conheci muitos e li bastante. Era chato enfrentar a bibliotecária emburrada, era chato procurar livros no meio da poeira e era chato ter prazo curto para lê-los, mas eu curtia muito ter conhecido, por exemplo, Ana Cristina César ou Ignácio de Loyola Brandão. Não posso deixar de citar o grande impacto que foi ler A dança dos cabelos, do mineiríssimo Carlos Herculano Lopes.

Eu frequentava as bibliotecas das escolas em que estudei. Era uma leitora, uma usuária, uma assídua caçadora de livros. Sabia os procedimentos e tentava não pagar multas. Enfrentava o tom lúgubre do espaço porque, como nos videogames, precisava mudar de fase nesse jogo que é se tornar leitor.

Nenhum curso me tornou leitora, nenhuma aula específica, nenhuma palestra motivacional, nenhum programa de governo, nenhuma tarefa escolar. Eu me tornei leitora porque as palavras me conquistaram. Quando eu me dispus a aprender a ler literatura, a curtir a arte da palavra, eu corri todos os riscos, inclusive o de não gostar, mas eu me engajei e eu me vi apaixonada.

Vá lá fazer sua ficha

Além da biblioteca da escola (e ainda nem existiam esses programas de governo que as abastacem), havia uma biblioteca pública estadual no bairro ao lado. Era também um espaço pequeno e feio, perto da igreja local, com poucas prateleiras e umas moças conversadeiras. Minha mãe me perseguiu durante meses para que eu "fizesse a ficha" naquela biblioteca. Dizia que era importante conhecer aquele pequeno acervo, que poderia haver ali livros que eu ainda não conhecia e que seria um lugar interessante para fazer pesquisa escolar. De fato, o parco público que eu encontrava ali, depois que fiz a tal ficha (um cartão verde com minha foto 3x4), era de estudantes em busca de enciclopédias de onde copiar conceitos e vidas de cientistas. (E depois se alarmam com o atual copia e cola digital...)

Minha conclusão, tirada rapidamente, foi que a biblioteca da escola era melhor do que a pequena ramificação da biblioteca estadual no bairro ao lado. Para piorar, era preciso subir muitos morros (destes de BH) a pé para alcançar um livro, enquanto a da escola me parecia bem mais ao meu alcance (apenas uns degraus para baixo).

Biblioteca e preço de livro

Elizabeth D'Angelo Serra, secretária geral da Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ), afirmou, em sua participação no VI Seminário Beagalê, em Belo Horizonte (abril), que se existissem bibliotecas públicas (muito muito mais do que existem) no Brasil e se o governo realmente tivesse uma política de abastecê-las, o impacto para o preço do livro seria muito positivo. O raciocínio é matemático, pois bem: nossas tiragens médias são o que Serra chamou, muito apropriadamente, de "ridículas". São, quando muito, três mil exemplares de uma obra. Esse número de exemplares torna o preço unitário do livro alto. Caso tivéssemos para onde escoar essa produção, garantidamente, as tiragens cresceriam muito (dezenas ou centenas de mil exemplares) e os preços unitários cairiam sensivelmente.

Emendei, logo em seguida, dizendo que não sei, não... Não se trata apenas de reduzir preços. Na outra ponta, temos um problema crônico: é preciso criar uma cultura, dar valor ao livro. Mesmo quando uma obra bacana custa R$ 9,90, pouca gente a compra, não é? Sejamos sinceros. É dar valor, não é só dar preço, camaradas. Enquanto não tivermos bibliotecas, não tivemos para onde escoar a produção, não tivermos preço mais baixo e leitores que valorizem o livro e a leitura... nada feito. E assim caminha a humanidade neste país: com pouco livro, pouca leitura e muita preguiça. Arre! E não adianta mudar o livro de suporte. Valham as considerações aqui também para obras apresentadas em dispositivos digitais.

E havia ainda um outro tópico: as bibliotecas particulares. A esta altura, acho melhor nem comentar...

P.S. ― Não posso deixar de dizer que a biblioteca nova do campus I do Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais é linda, arejada e iluminada. Resta fazer melhor exame do acervo.


Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 20/5/2011

Quem leu este, também leu esse(s):
01. O mundo é pequeno demais para nós dois de Renato Alessandro dos Santos
02. Moro no Morumbi, mas voto em Moema de Julio Daio Borges
03. Inquietações de Ana Lira de Fabio Gomes
04. E+ ou: O Estadão tentando ser jovem, mais uma vez de Julio Daio Borges
05. Você é África, Você é Linda: abaixo o preconceito! de Fabio Gomes


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2011
01. É possível conquistar alguém pela escrita? - 21/1/2011
02. Meus livros, meus tablets e eu - 15/4/2011
03. Você viveria sua vida de novo? - 18/2/2011
04. À primeira estrela que eu vejo - 7/10/2011
05. Bibliotecas públicas, escolares e particulares - 20/5/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/6/2011
14h19min
A maioria das pessoas que alegam o preço do livro para não lerem estão mentindo, pois são capazes de gastarem muito mais no cinema e em suas famigeradas pipocas, em chopes e batatas fritas, roupas descartáveis, etc. Apenas não se interessam e/ou não valorizam a leitura, não entendem como alguém possa perder tempo com algo sem imagens nem som.
[Leia outros Comentários de José Frid]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Compendio de o Capital
Carlo Cafiero
Aeroplano
(2015)



Holocausto - O Massacre de Seis Milhões
Ben Abraham
Wg
(1976)



De Eva a Madalena
Maria Luiza Schlottfeldt Fagundes
Tc



Resposta Certa
David Nicholls
Intrínseca
(2012)



As Sessões Práticas do Espiritismo Ano 1936
Spartaco Banal
Feb
(1936)



Os Sete Pecados Inveja
Alexandre Carvalho
Leya Casa da Palavra
(2015)



Um Zoológico no Meu Jardim
Mirna Pinsky
Formato
(2012)



Fuja Da Farmácia - Alimentos Para Voce Nao Precisar De Medicamentos
Dr. Mehmet Oz
Faro
(2019)



Livro Infanto Juvenis O Barbeiro de Sevilha Música de Rossini Coleção Folha Concertos e Ópera Para Crianças
Folha de S. Paulo
Folha de S. Paulo
(2018)



La Vida Escrita
Rodolfo Rabanal
Planeta
(2014)





busca | avançada
80302 visitas/dia
2,1 milhões/mês