A sete palmos, inevitavelmente | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
42810 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Séries de TV

Terça-feira, 16/8/2011
A sete palmos, inevitavelmente
Wellington Machado

+ de 3800 Acessos

O estereótipo do conservador, principalmente o retratado no cinema americano - e é o que mais nos atinge e influencia - é conhecido: personagens antiquados, trajando roupas sóbrias; são quase beatos que se horrorizam com a minissaia de uma colegial. Sua frase predileta é "o mundo está perdido". Clama a Deus-pai em tudo o que arranha a moral religiosa e não abre mão do sentido agregador familiar, tutelando todos os movimentos dos filhos. Comporta-se como uma galinha protegendo seus ovos, num anacronismo contemporâneo surreal. O conservador, submetido à acuidade de uma lente ou a algumas taças de "vinho báquico", desnuda seu véu, seu freio ultramoral, e cede ao devaneio, à desmedida e ao sexo sem culpa.

O contraponto do conservador é o atiçador, detentor daquela inquietante voz interna, do escárnio do "capetinha vermelho" (também um estereótipo); o "gênio maligno" de Descartes, que nos incomoda o ouvido incitando-nos a transgredir a moral convencionada. O atiçador não se apoia em eufemismos. Ele nos chama de covardes quando não assumimos a nossa real vontade interior em prol de uma "normalidade" familiar ou social. O que seriam das relações sociais, das amizades sem os eufemismos? A necessidade de demonstrar uma certa polidez estreita ao máximo a fronteira entre o eufemismo e a hipocrisia.

A lente reveladora e o "vinho báquico" que liberta as amarras morais estabelecidas são a tônica da série A sete palmos: desvendam um cenário cru da família Fisher, dona da Fisher & Sons Funeral Home - de uma maneira direta, uma funerária que prepara (maquia) os corpos no subsolo para serem velados na antessala. A empresa funciona no andar de baixo da casa onde mora a família.

A mãe, Ruth, herdou a empresa depois da morte (no primeiro episódio) do marido Nathaniel - que se envolveu em um acidente de carro. Coube aos filhos Nate e David administrar a funerária, já que a filha Claire é ainda adolescente. Ruth é a conservadora. Nathaniel atua depois de morto como um fantasma que dialoga com a esposa e os filhos; é o "gênio maligno" que incomoda e atiça a todos a dar voz às suas reais vontades internas.

Ao contrário da maioria das séries e filmes americanos, nos quais as questões psicológicas e sociais se resolvem (em sua maior parte, de maneira positiva), A sete palmos inova ao evidenciar a decadência de pessoas comuns sem apelar para manobras sentimentalistas ou subterfúgios de roteiro para prender o espectador. A série aborda o declínio (sem superação), a descartabilidade e a infidelidade nas relações amorosas; o desespero ante a falta de referências, bem característica dos nossos tempos. Na família, uns pagam caro por seus rompantes, suas atitudes imediatistas e impensadas; outros, por tentarem se adequar aos tipos conservadores.

O filho Nate é um retrato da vontade interior esgarçada; o autêntico dionisíaco reprimido. Com a morte do pai, tem de assumir a empresa a contragosto. Passa de playboy bon vivant a gerente de funerária. Vive uma paixão platônica por Brenda, uma ninfomaníaca que o trai com qualquer homem que aparece em sua frente. A decadência de Nate se inicia quando é acometido por um grave tumor cerebral, retirado em uma complicada cirurgia. Ele "renasce" da operação buscando uma nova forma de vida, talvez mais responsável, dentro dos perfis familiares comuns. Descobre que vai ter uma filha com Lisa, com quem tivera um relacionamento relâmpago antes da cirurgia. Eis o seu dilema afetivo: venera a ninfomaníaca Brenda, mas cede à "normalidade" casando-se com Lisa.

O ponto alto da série, na verdade um ato de coragem dos autores, foi ter encarado de forma arrojada o tema da homossexualidade, evidenciando todos os seus preconceitos, dificuldades de relacionamento e infidelidades. O filho David, gay, vive uma intensa relação com um policial, sofrendo preconceitos dentro da própria casa (na figura da mãe conservadora) e da família do parceiro. O relacionamento dos dois é ao mesmo tempo intenso e conturbado, com altos e baixos, permeado por momentos de infidelidade dos dois lados. O personagem de David serve também como um álibi para abordar a polêmica entre religião e homossexualismo. Devoto, David foi alçado à posição de líder religioso (palestrante-pregador), mas logo foi afastado quando descobriram sua opção sexual.

A parte mais dionisíaca da sociedade é retratada na figura da filha Claire. Adolescente, estudante secundária, ela é a personagem com um viés mais artístico, liberal, afeita à desmedida. Ela é o retrato da descartabilidade contemporânea. Tem vários relacionamentos, mas sempre muito curtos, nos quais é sempre preterida. Sua vida, apesar de intensa (repleta de drogas, sexo, artes em geral) é um vazio só. Claire não consegue se acertar.

Em geral, os indivíduos da família Fisher tentam superar seus conflitos internos e obter algum sucesso em seus relacionamentos afetivos. Os nervos se acirram com a iminência da empresa ser encampada por uma forte concorrente.

Cada episódio de A sete palmos inicia-se com uma morte acidental ou abrupta (de um futuro cliente dos Fisher, claro). Talvez a morte sirva como uma metáfora para um inescapável fosso psicológico, quiçá uma punição pelas escolhas hedonistas ou inconseqüentes dos indivíduos. No caso dos Fisher, a sombra de um corvo está sempre à espreita, mas cada vez mais próxima, "palmo a palmo".

Personagens em conflito, ninfomaníacos, esquizofrênicos e drogados (sim, eles fazem parte da nossa realidade) são tratados na série sem a chance de superação que lhes é atribuída pelas produções americanas - geralmente elas tratam essas patologias sociais de forma caricatural, buscando entreter. A sete palmos traça o perfil de uma sociedade nos moldes do recente romance Liberdade, de Jonathan Franzen. Mas o interior de seus personagens está repleto mesmo é de Freud e Dostoiévski.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 16/8/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Reflexões sobre o ato de fotografar de Celso A. Uequed Pitol
02. Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto de Heloisa Pait
03. Um Oscar para Stallone de Luís Fernando Amâncio
04. Margeando a escuridão de Elisa Andrade Buzzo
05. Memorial de Berlim de Marilia Mota Silva


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2011
01. Meu cinema em 2010 ― 2/2 - 4/1/2011
02. Ascensão e queda do cinema iraniano - 8/2/2011
03. O palhaço, de Selton Mello - 15/11/2011
04. Woody Allen quer ser Manoel de Oliveira - 19/7/2011
05. Steve Jobs e a individualidade criativa - 18/10/2011


Mais Especial Séries de TV
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CONVITE DE CASAMENTO - SABRINA 1221
ANNETTE BROADRICK
HARLEQUIN BOOKS
(2002)
R$ 6,90



O DIÁRIO DE UM MAÇOM
PAULO VALZACCH
UNIVERSO DOS LIVROS
(2008)
R$ 15,00



LIDERANDO E INTERAGINDO COM TODOS
JORGE FONTES
PARMA
(2007)
R$ 7,00



50 DIRETRIZES (E 186 METAS) PARA O 50º ANIVERSÁRIO DE OSASCO 2012
PREFEITURA DE OSASCO (SEGUNDA EDIÇÃO)
PREFEITURA OSASCO
(2010)
R$ 18,28



NOVOS TITÃS 35
VARIOS AUTORES
DC - PANINI COMICS
(2013)
R$ 20,00



COMO SER LEGAL
NICK HORNBY
ROCCO
(2002)
R$ 5,50



SINPSES JURÍDICAS VOL. 12 - PROCESSO DE EXECUÇÃO E CAUTELAR
MARCUS VINICIUS RIOS GONÇALVES
SARAIVA
(2009)
R$ 15,17



ISLAMISMO E HUMANISMO LATINO: DESAFIOS E DIÁLOGOS
ARNO DAL RI JR E ARI PEDRO ORO (ORGS)
VOZES
(2004)
R$ 32,28



O PARAÍSO VIA EMBRATEL
LUIZ AUGUSTO MILANESI
PAZ E TERRA
(1978)
R$ 20,00



MANUAL DO SELECIONADOR DE PESSOAL
J. H. BUENO
LTR
(1995)
R$ 10,00





busca | avançada
42810 visitas/dia
1,2 milhão/mês