A sete palmos, inevitavelmente | Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
28879 visitas/dia
957 mil/mês
Mais Recentes
>>> Tejon e banda Rock For All apresentam hoje (23), em São Paulo,
>>> 'D. Quixote de La Mancha pelas mãos de Canato'
>>> Projeto nacional de educação musical estará em santos no próximo dia 24.10, em Guarujá 25.09 e Santo
>>> Teatro Fase abre palco para comédia
>>> Artistas da 33ª Bienal participam do open studio na Residência Artística da FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alice in Chains, Rainier Fog (2018)
>>> Cidades do Algarve
>>> Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A dignidade da culpa, em Graciliano Ramos
>>> O conservadorismo e a refrega de símbolos
>>> Ingmar Bergman, cada um tem o seu
>>> Em defesa do preconceito, de Theodore Dalrymple
>>> BRASIL, UM CORPO SEM ALMA E ACÉFALO
>>> Meus encontros com Luiz Melodia
>>> Evasivas admiráveis, de Theodore Dalrymple
>>> O testemunho nos caminhos de Israel
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE FINAL)
>>> Os livros sem nome
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Uma Vaga para o Integral
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Retrato em branco e preto
>>> Dilma na Copa 2014
>>> Receita para se esquecer um grande amor
>>> Duas escritoras contemporâneas
>>> Henry Moore: o Rodin do século XX
>>> Entrevista com Antonio Henrique Amaral
>>> O assassinato de Jesse James pelo covarde Robert Ford
Mais Recentes
>>> Tem Aquela do... (Humorismo Brasileiro) de Chico Anísio pela Círculo do Livro (1978)
>>> Cascatinha: Histórias-Charadas (Humorismo) de Castrinho pela Nova Fronteira (1984)
>>> Outras do Analista de Bagé (Literatura Brasileira) de Luis Fernando Veríssimo pela L&PM (1982)
>>> The Spectator: O Teatro das Luzes de Maria Lúcia Garcia Pallares-Burke pela Hucitec (1995)
>>> As Ciências Geológicas no Brasil de Silvia Figueirôa pela Hucitec (1997)
>>> Bons Amigos, Maus Amigos de Jan Yager pela Gente (2007)
>>> Da Luta Pela Terra à Luta Pela Vida de Eliane Brenneisen pela Annablume (2004)
>>> Políticas Sociais e Transição Democrática de Reginaldo Souza Santos pela Mandacaru/ Cetead (2001)
>>> Cidadãos Não Vão ao Paraíso de Alba Zaluar pela Escuta/ Unicamp (1994)
>>> O sofrimento de Deus de Jamê nobre e Christopher walker pela Impacto (2018)
>>> Oração um encontro com Deus de Oswald chambers pela Vida (2009)
>>> Entre Arte e Ciência: Fundamentos Hermenêuticos da Medicina Homeopática de Paulo Rosenbaum pela Hucitec (2006)
>>> Folclore e Cultura Popular Judaicos de Dov Noy pela Associação Universitária de Cultura Judaica
>>> O Meio Ambiente de Jacques Vernier pela Papirus (1994)
>>> Diálogos Interculturais de Pierre Rivas pela Hucitec (2005)
>>> A Santificação do Trabalho de José Luis Illanes pela Quadrante (1982)
>>> Pacto Re-Velado: Psicanálise e Clandestinidade Política de Maria Auxiliadora de Almeida Cunha Arantes pela Escuta (1999)
>>> O Espaço Geográfico: Ensino e Representação de Rosângela D. de Almeida e Elza Y. Passini pela Contexto (1999)
>>> Refrigeração de Ennio Cruz da Costa pela Blucher (2005)
>>> Isaías Melsohn: A Psicanálise e a Vida de Bela M. Sister e Marilsa Taffarel pela Escuta (1996)
>>> A Imagem Rebelde: A Trajetória Libertária de Avelino Fóscolo de Regina Horta Duarte pela Pontes/ Unicamp (1991)
>>> A Noite da Memória de Péricles Eugênio da Silva Ramos pela Art (1988)
>>> A Carga e a Culpa de Fernando Teixeira da Silva pela Hucitec (1995)
>>> Mudança de Harvard Business Review pela Campus (2000)
>>> O Vôo do Cisne: A Revolução dos Diferentes de José Luiz Tejon Megido pela Gente (2004)
>>> Terror e Esperança na Palestina de José Arbex Jr. pela Casa Amarela (2002)
>>> O Doido da Garrafa de Adriana Falcão pela Planeta do Brasil (2003)
>>> El Lazarillo de Tormes de Anónimo Español pela Edelsa (2005)
>>> Mulher Daqui Pra Frente de Marina Colasanti pela Círculo do Livro (1983)
>>> Aspectos Politicos de la Sociedad de Masas de William Kornhauser pela Amorrortu Editores (1969)
>>> Gaúchos: A Fisionomia Social do Rio Grande do Sul de Thales de Azevedo pela Livraria Progresso (1958)
>>> Guerra e anti-guerra de Alvin e heide toffler pela Record
>>> A paz como caminho de Dulce magalhaes pela Qualitymark
>>> Vale tudo--tim maia. de Nelson motta pela Objetiva
>>> Marketing-o que e?--quem faz?--quais as tendencias?. de Carlos frederico de andrade pela Ibpex
>>> Analise de credito e risco de Christian marcelo rodrigues pela Ibpex
>>> Judas--maxi-serie-1-3-4-5-7-9-10-11-12-13-14-16. de Sergio bonelli pela Record
>>> Richard ferber de Bom sono pela Celebris
>>> Ze colmeia--numero 1--raro. de Editora abril pela Abril
>>> Turma da monica-coleçao coca cola de Editora globo pela Globo
>>> Almanaque do popeye--2--raro. de Editora rge pela Rge
>>> Cura pela agua--a nova ciencia de curar. de Louis kuhne pela Hemus
>>> Mandrake--254. de Editora rge pela Rge
>>> Gibi de ouro-os classicos em quadrinhos-mandrake-cavaleiro negro-ferdinando--nick holmes de Editora rge pela Rge
>>> Popeye--13--rge. de Editora rge pela Rge
>>> Maldito-a vida e o cinema de jose mojica marins,o ze do caixao. de Andre barcinski e ivan finotti pela 34
>>> Materiais de construçao de W. j. patton pela E. p. u (1978)
>>> Diferentes formas de amar de Susana balan pela Best seller
>>> O novo paradigma dos negocios de Michael ray e alan rizsler pela Um
>>> Prisma--girando a piramide corporativa. de Werner k. p. kugelmeier pela Publit
COLUNAS >>> Especial Séries de TV

Terça-feira, 16/8/2011
A sete palmos, inevitavelmente
Wellington Machado

+ de 3600 Acessos

O estereótipo do conservador, principalmente o retratado no cinema americano - e é o que mais nos atinge e influencia - é conhecido: personagens antiquados, trajando roupas sóbrias; são quase beatos que se horrorizam com a minissaia de uma colegial. Sua frase predileta é "o mundo está perdido". Clama a Deus-pai em tudo o que arranha a moral religiosa e não abre mão do sentido agregador familiar, tutelando todos os movimentos dos filhos. Comporta-se como uma galinha protegendo seus ovos, num anacronismo contemporâneo surreal. O conservador, submetido à acuidade de uma lente ou a algumas taças de "vinho báquico", desnuda seu véu, seu freio ultramoral, e cede ao devaneio, à desmedida e ao sexo sem culpa.

O contraponto do conservador é o atiçador, detentor daquela inquietante voz interna, do escárnio do "capetinha vermelho" (também um estereótipo); o "gênio maligno" de Descartes, que nos incomoda o ouvido incitando-nos a transgredir a moral convencionada. O atiçador não se apoia em eufemismos. Ele nos chama de covardes quando não assumimos a nossa real vontade interior em prol de uma "normalidade" familiar ou social. O que seriam das relações sociais, das amizades sem os eufemismos? A necessidade de demonstrar uma certa polidez estreita ao máximo a fronteira entre o eufemismo e a hipocrisia.

A lente reveladora e o "vinho báquico" que liberta as amarras morais estabelecidas são a tônica da série A sete palmos: desvendam um cenário cru da família Fisher, dona da Fisher & Sons Funeral Home - de uma maneira direta, uma funerária que prepara (maquia) os corpos no subsolo para serem velados na antessala. A empresa funciona no andar de baixo da casa onde mora a família.

A mãe, Ruth, herdou a empresa depois da morte (no primeiro episódio) do marido Nathaniel - que se envolveu em um acidente de carro. Coube aos filhos Nate e David administrar a funerária, já que a filha Claire é ainda adolescente. Ruth é a conservadora. Nathaniel atua depois de morto como um fantasma que dialoga com a esposa e os filhos; é o "gênio maligno" que incomoda e atiça a todos a dar voz às suas reais vontades internas.

Ao contrário da maioria das séries e filmes americanos, nos quais as questões psicológicas e sociais se resolvem (em sua maior parte, de maneira positiva), A sete palmos inova ao evidenciar a decadência de pessoas comuns sem apelar para manobras sentimentalistas ou subterfúgios de roteiro para prender o espectador. A série aborda o declínio (sem superação), a descartabilidade e a infidelidade nas relações amorosas; o desespero ante a falta de referências, bem característica dos nossos tempos. Na família, uns pagam caro por seus rompantes, suas atitudes imediatistas e impensadas; outros, por tentarem se adequar aos tipos conservadores.

O filho Nate é um retrato da vontade interior esgarçada; o autêntico dionisíaco reprimido. Com a morte do pai, tem de assumir a empresa a contragosto. Passa de playboy bon vivant a gerente de funerária. Vive uma paixão platônica por Brenda, uma ninfomaníaca que o trai com qualquer homem que aparece em sua frente. A decadência de Nate se inicia quando é acometido por um grave tumor cerebral, retirado em uma complicada cirurgia. Ele "renasce" da operação buscando uma nova forma de vida, talvez mais responsável, dentro dos perfis familiares comuns. Descobre que vai ter uma filha com Lisa, com quem tivera um relacionamento relâmpago antes da cirurgia. Eis o seu dilema afetivo: venera a ninfomaníaca Brenda, mas cede à "normalidade" casando-se com Lisa.

O ponto alto da série, na verdade um ato de coragem dos autores, foi ter encarado de forma arrojada o tema da homossexualidade, evidenciando todos os seus preconceitos, dificuldades de relacionamento e infidelidades. O filho David, gay, vive uma intensa relação com um policial, sofrendo preconceitos dentro da própria casa (na figura da mãe conservadora) e da família do parceiro. O relacionamento dos dois é ao mesmo tempo intenso e conturbado, com altos e baixos, permeado por momentos de infidelidade dos dois lados. O personagem de David serve também como um álibi para abordar a polêmica entre religião e homossexualismo. Devoto, David foi alçado à posição de líder religioso (palestrante-pregador), mas logo foi afastado quando descobriram sua opção sexual.

A parte mais dionisíaca da sociedade é retratada na figura da filha Claire. Adolescente, estudante secundária, ela é a personagem com um viés mais artístico, liberal, afeita à desmedida. Ela é o retrato da descartabilidade contemporânea. Tem vários relacionamentos, mas sempre muito curtos, nos quais é sempre preterida. Sua vida, apesar de intensa (repleta de drogas, sexo, artes em geral) é um vazio só. Claire não consegue se acertar.

Em geral, os indivíduos da família Fisher tentam superar seus conflitos internos e obter algum sucesso em seus relacionamentos afetivos. Os nervos se acirram com a iminência da empresa ser encampada por uma forte concorrente.

Cada episódio de A sete palmos inicia-se com uma morte acidental ou abrupta (de um futuro cliente dos Fisher, claro). Talvez a morte sirva como uma metáfora para um inescapável fosso psicológico, quiçá uma punição pelas escolhas hedonistas ou inconseqüentes dos indivíduos. No caso dos Fisher, a sombra de um corvo está sempre à espreita, mas cada vez mais próxima, "palmo a palmo".

Personagens em conflito, ninfomaníacos, esquizofrênicos e drogados (sim, eles fazem parte da nossa realidade) são tratados na série sem a chance de superação que lhes é atribuída pelas produções americanas - geralmente elas tratam essas patologias sociais de forma caricatural, buscando entreter. A sete palmos traça o perfil de uma sociedade nos moldes do recente romance Liberdade, de Jonathan Franzen. Mas o interior de seus personagens está repleto mesmo é de Freud e Dostoiévski.


Wellington Machado
Belo Horizonte, 16/8/2011


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Nobel, novo romance de Jacques Fux de Jardel Dias Cavalcanti
02. O pai da menina morta, romance de Tiago Ferro de Jardel Dias Cavalcanti
03. Saudade de ser 'professor' de Filosofia de Cassionei Niches Petry
04. Claudio Willer e a poesia em transe de Renato Alessandro dos Santos
05. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Wellington Machado
Mais Acessadas de Wellington Machado em 2011
01. Meu cinema em 2010 ― 2/2 - 4/1/2011
02. Ascensão e queda do cinema iraniano - 8/2/2011
03. O palhaço, de Selton Mello - 15/11/2011
04. Woody Allen quer ser Manoel de Oliveira - 19/7/2011
05. Steve Jobs e a individualidade criativa - 18/10/2011


Mais Especial Séries de TV
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE GIRL WITH THE GLORIOUS GENES
A. B. CARBURY
BANTAM BOOKS
(1968)
R$ 8,99



A ESCOLHA
NICHOLAS SPARKS
NOVO CONCEITO
(2012)
R$ 14,00



ENCONTROS COM A CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA Nº 22
OLÍVIO DUTRA / OUTROS
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1980)
R$ 7,99



O FILHO ÚNICO
ERICH HERMANN
PAULINAS
(1956)
R$ 39,90



PESQUISA ESCOLAR - ENSINO FUNDAMENTAL - VOL. 3
ZULEIKA DE SIQUEIRA RIBEIRO
IRACEMA
R$ 8,99



ATRAVESSANDO FRONTEIRAS: AVENTURAS DE UM CICLISTA "TROTAMUNDO"
DAVID CRUZ
JOSÉ OLYMPIO
(1995)
R$ 12,00



DINÂMICA DE GRUPO E DESENVOLVIMENTO DE ORGANIZAÇÕES - PRIMEIRO VOLUME
JOÃO EURICO MATTA
PIONEIRA
(1975)
R$ 13,00



HOW TO PLAY BLUES GUITAR THE BASICS E BEYOND
RICHARD JOHNSTON (EDI)
BACKBEAT BOOKS
R$ 80,00



HARRY POTTER E A FILOSOFIA
J. K. ROWLING
MADRAS
(2004)
R$ 5,00



COM CERTEZA TENHO AMOR
MARINA COLASANTI
GLOBAL
(2014)
R$ 9,00





busca | avançada
28879 visitas/dia
957 mil/mês