Emagrecer sem sofrer? Isso é papo de revista | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
34746 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 29/2/2012
Emagrecer sem sofrer? Isso é papo de revista
Adriana Baggio

+ de 5400 Acessos

Imagine um futuro em que não existe mais a raça humana na Terra. O cataclisma foi repentino. Nas cidades do desolado planeta sobraram apenas os edifícios e as bancas de jornal. Os exemplares das revistas foram preservados, congelando a época da extinção humana nas datas estampadas nas capas.

Tempos depois, habitantes de outro planeta descem ao nosso para estudar os restos da civilização. Querem tentar compreender a cultura do povo dizimado, seus hábitos, seus valores. Apesar da quantidade de livros, estudos científicos e de uma infinidade de produtos do conhecimento humano preservados, encontram nas bancas um material mais rico do que qualquer outro.

Uma situação em especial os intriga: dispostas lado a lado nas bancas, algumas revistas apresentam fórmulas para emagrecer, enquanto outras celebram a gastronomia, trazem receitas culinárias e indicam os melhores lugares das cidades para comer e para beber. Apesar de não terem que se preocupar com isso (alguém já viu um ET gordinho?), os visitantes sabem da relação indissociável entre magreza e comida - ou falta dela. Sem conseguir entender, chegam a uma conclusão: essa raça humana só podia ser esquizofrênica.

O mundo ainda não acabou e eu sou terráquea da gema, mas a situação também me intriga. Como é que uma mesma sociedade pode atribuir tanto valor, simultaneamente, à boa forma e à boa mesa? Como é que pode estar na moda, ao mesmo tempo, ser magra e ser quituteira de mão cheia? Na verdade, não pode. Se o ideal de vida está atrelado à conquista desses dois valores, não é difícil se sentir, no mínimo, infeliz.

Mas entre manter o peso e comer bem, digamos que a segunda tendência é a mais natural. Nem vou entrar na questão de a comida ser combustível para a manutenção do corpo. Comida é cultura. Do preparo do alimento até sua degustação, a culinária pode proporcionar diversos tipos de satisfação. O prazer está na combinação dos ingredientes até transformá-los em um prato, no compartilhar esse alimento com a família e os amigos, sem falar, é claro, no prazer puro e simples de comer algo gostoso e que se deseja muito. O problema é que a comida atua sobre o corpo, que no padrão da sociedade contemporânea, é um corpo esfomeado.

Não contentes em propor, semana após semana, mês após mês, fórmulas e receitas de emagrecimento para sua audiência, os próprios jornalistas se transformaram em cobaias de tais procedimentos. Em 2011, os telespectadores do Fantástico puderam acompanhar em rede nacional o programa de dieta e exercícios do casal de apresentadores, assim como o resultado do sacrifício: formas mais esguias e mais alinhadas aos padrões corporais das personalidades midiáticas.

A boa e nova forma do corpo da apresentadora Renata Ceribelli renderam-lhe ainda a capa de uma edição da revista Claudia. Parece, no entanto, que os quilos perdidos não foram, sozinhos, suficientes para o padrão da revista. Na edição seguinte, a publicação ensinava como fazer a mesma pose adotada pela jornalista na fotografia da capa. Tal postura, junto aos recursos de iluminação e de produção, ajudava a "emagrecer". Claudia deve ter gostado da repercussão: em janeiro de 2012, foi a própria redatora-chefe da revista quem expôs às leitoras sua jornada de emagrecimento.

Nos primeiros parágrafos da matéria, a redatora Sibelle Pedral conta como "pirou" no trânsito de São Paulo ao ver um quindim - seu doce preferido - estampado em uma van, e que faz seis meses que não come açúcar e nem farinha branca. Mais para frente, tentando mostrar que ir jantar fora é compatível com uma dieta tão restritiva, diz que vai ao seu restaurante italiano preferido - porque adora pizza e bruschetta - e pede uma carne com salada. E mesmo com tantos relatos de sacrifício e privação, o título da matéria é "Perdi 21 quilos e não sofri". Hã?

Fazer dieta é sofrido sim. Há comidas maravilhosas em cada esquina. Depois que você passa da adolescência, comer fora é um dos melhores programas para se fazer sozinha, a dois ou com um monte de gente. Eu e meus amigos conversamos de comida enquanto comemos. É lógico que, exceto por um ou outro abençoado com a magreza genética, o restante não poderia ser capa de Claudia. Mas como esse não é o propósito de vida de nenhum de nós e o colesterol até que vai bem, aceitamos com mais ou menos tranquilidade os quilos e as dobras que as refeições deixam em nossos corpos. Acho que eu ficaria melhor com uns 10 quilos a menos. Mas o preço a pagar em termos de felicidade não compensa. Por que fazer comida, partilhá-la com os amigos e comê-la me faz muito feliz.

Há muitas facetas cruéis nessa valorização doentia da forma física. Uma delas é esse discurso de que as dietas são fáceis ou acessíveis. Respeito muito quem precisa seguir uma dieta por razões de saúde - ou mesmo estéticas, quando a pessoa é tão infeliz com seu corpo que a privação da comida é um preço menor do que aquele cobrado pelo espelho ou pelo olhar alheio. Então, não venha me dizer que você fica seis meses sem comer açúcar ou farinha branca e que isso não é sofrido. Não venha me dizer que é tranquilo ter que pedir grelhado e rúcula no restaurante que prepara as massas que você adora - especialmente se o seu marido também "briga com a balança", mas nem por isso faz a mesma dieta que você (mais um trecho do depoimento de Sibelle Pedral).

Se você quer ou precisa encarar uma dieta, não aceite que digam que isso é fácil. É fazer pouco da sua dedicação. E que a dieta seja feita pelos motivos certos e autênticos, porque um sacrifício desses não merece ser tão banalizado.



Adriana Baggio
Curitiba, 29/2/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Minimundos, exposição de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
02. As Lavadeiras, duas pinturas de Elias Layon de Jardel Dias Cavalcanti
03. A barata na cozinha de Luís Fernando Amâncio
04. Inferno em digestão de Renato Alessandro dos Santos
05. Mais outro cais de Elisa Andrade Buzzo


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio
01. Apresentação - 31/5/1974
02. Maria Antonieta, a última rainha da França - 16/9/2004
03. Dicas para você aparecer no Google - 9/3/2006
04. Ser bom é ótimo, mas ser mau é muito melhor* - 24/4/2003
05. E você, já disse 'não' hoje? - 19/10/2011


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE REINCARNATION OF EDGAR CAYCE?
WYNN FREE; DAVID WILCOCK
NORTH ATLANTIC BOOKS
(2004)
R$ 50,00



MULHERES CHEIAS DE GRAÇA
BETTY JANE GRAMS
VIDA
(1991)
R$ 10,00



EFICÁCIA PROFISSIONAL
ANTÔNIO CARLOS VALENÇA
QUALITYMARK
(1997)
R$ 40,00



COLEÇÃO #ENSINO MÉDIO - HISTÓRIA 1 - 2ª SEM.
ROSA MARY ISFER CALLUF PICCOLOTO
OPET
(2011)
R$ 15,00



VARIG: UMA ESTRELA BRASILEIRA
JACKSON FLORES JUNIOR
ACTION
R$ 50,00



TEORIA E PRÁTICA DO TESTE DE RORSCHACH
ISABEL ADRADOS
VOZES
(1975)
R$ 15,00



PROSPECT STREET, UMA CASA E SEUS SEGREDOS
EMILIE RICHARDS
BEST SELLERS
(2003)
R$ 9,50



ENCONTROS COM A PAZ
TRIGUEIRINHO
PENSAMENTO
(1998)
R$ 5,00



CANÇÃO DA AMAZÔNIA UMA SAGA NA SELVA
FUSAKO TSUNODA
FRANCISCO ALVES
(1988)
R$ 10,00



AU-DELÀ DU STRUCTURALISME
HENRIO LEFEBVRE
ANTHROPOS (PARIS)
(1971)
R$ 119,82





busca | avançada
34746 visitas/dia
1,3 milhão/mês