Por falar em outras línguas | Carla Ceres | Digestivo Cultural

busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> A Arte de Amar: curso online desvenda o amor a partir de sua representação na arte e filosofia
>>> Consuelo de Paula e João Arruda lançam o CD Beira de Folha
>>> Festival Folclórico de Etnias realiza sua primeira edição online
>>> Câmara Brasil-Israel realiza live com especialistas sobre “O Mundo da Arte”
>>> Misturando música, filosofia e psicanálise, Poisé lança seu primeiro single
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Filmes de guerra, de outro jeito
>>> Meu reino por uma webcam
>>> Quincas Borba: um dia de cão (Fuvest)
>>> Pílulas Poéticas para uma quarentena
>>> Ficção e previsões para um futuro qualquer
>>> Freud explica
>>> Alma indígena minha
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma aula com Thiago Salomão do Stock Pickers
>>> MercadoLivre, a maior empresa da América Latina
>>> Víkingur Ólafsson toca Rameau
>>> Philip Glass tocando Mad Rush
>>> Elena Landau e o liberalismo à brasileira
>>> O autoritarismo de Bolsonaro avança
>>> Prelúdio e Fuga em Mi Menor, BWV 855
>>> Blooks Resiste
>>> Ambulante teve 3 mil livros queimados
>>> Paul Lewis e a Sonata ao Luar
Últimos Posts
>>> Coincidência?
>>> Gabbeh
>>> Dos segredos do pão
>>> Diário de um desenhista
>>> Uma pedra no caminho...
>>> Sustentar-se
>>> Spiritus sanus
>>> Num piscar de olhos
>>> Sexy Shop
>>> Assinatura
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nelson Freire em DVD e Celso Furtado na Amazônia
>>> Um caos de informações inúteis
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Parei de fumar
>>> Ford e Eastwood: cineastas da (re)conciliação
>>> Amor à segunda vista
>>> O Gmail (e o E-mail)
>>> Diogo Salles no podcast Guide
Mais Recentes
>>> O Maior Sucesso do Mundo de Og Mandino pela Record (1994)
>>> O Céus e o Inferno de Allan Kardec pela Feb (1989)
>>> Amor, medicina e milagres - A Cura espontânea de doentes graves de Bernie S. Siegel pela BestSeller (1989)
>>> Mayombe de Pepetela pela Leya (2019)
>>> Os Segredos Para o Sucesso e a Felicidade de Og Mandino pela Record (1997)
>>> Para Viver Sem Sofrer de Gasparetto pela Vida E Consciencia (2002)
>>> Guía Rápida del Museo Nacional de Bellas Artes de Vários pela Mnba (1996)
>>> A profecia celestina de James Redfield pela Objetiva (2001)
>>> The Forecast Magazine January 2020 - 2020 de Diversos pela Monocle (2020)
>>> O Diário da Princesa de Meg Cabot pela Record (2002)
>>> The Forecast Magazine January 2017 - Time to Talk? de Diversos pela Monocle (2017)
>>> Mojo December 2018 de Led Zeppelin pela Mojo (2018)
>>> Mojo 300 November 2018 The Legends de Diversos pela Mojo (2018)
>>> Mojo 299 October 2018 de Paul McCartney pela Mojo (2018)
>>> Mojo 297 August 2018 de David Bowie pela Mojo (2018)
>>> Mojo 307 June 2019 de Bob Dylan pela Mojo (2019)
>>> Mojo 296 July 2018 de Pink Floyd pela Mojo (2018)
>>> Mojo April 2018 de Arctic Monkeys pela Mojo (2018)
>>> Mojo 294 May 2018 de Roger Daltley pela Mojo (2018)
>>> Mojo 292 April 2018 de Neil Young pela Mojo (2018)
>>> Mojo 292 March 2018 de Nick Drake pela Mojo (2018)
>>> Mojo 291 February 2018 de The Rolling Stones pela Mojo (2018)
>>> Mojo 290 January 2018 de The Jam pela Mojo (2018)
>>> Mojo 289 December 2017 de Bob Dylan pela Mojo (2017)
>>> Mojo 286 September 2017 de Allman Brothers pela Mojo (2017)
>>> Mojo 310 September 2019 de Tom Waits pela Mojo (2019)
>>> Mojo 309 August 2019 de Bruce Springsteen pela Mojo (2019)
>>> Mojo 304 March 2019 de Joni Mitchell pela Mojo (2019)
>>> Como cuidar do seu automóvel de Ruy Geraldo Vaz pela Ediouro (1979)
>>> Mojo 236 July 2013 de The Rolling Stones pela Mojo (2013)
>>> Mojo 250 January 2014 de Crosby, Still, Nash & Young pela Mojo (2014)
>>> Gilets Brodés - Modèles Du XVIII - Musée des Tissus - Lyon de Várioa pela Musee des Tíssus (1993)
>>> Mojo 249 August 2014 de Jack White pela Mojo (2014)
>>> Mojo 252 October 2014 de Siouxsie And The Banshees pela Mojo (2014)
>>> Mojo 251 October 2014 de Kate Bush pela Mojo (2014)
>>> Mojo 302 January 2019 de Kate Bush pela Mojo (2019)
>>> Mojo 274 September 2016 de Bob Marley pela Mojo (2016)
>>> Universo baldio de Nei Duclós pela Francis (2004)
>>> Mojo 245 April 2014 de Prince pela Mojo (2014)
>>> Mojo 256 March 2015 de Madonna pela Mojo (2015)
>>> Musée de La Ceramique - Visit Guide de Vários pela Cidev (1969)
>>> Mojo 159 February 2007 de Joy Division pela Mojo (2007)
>>> Mojo 170 January 2008 de Amy Whinehouse pela Mojo (2008)
>>> Mojo 229 December 2012 de Led Zeppelin pela Mojo (2012)
>>> Retrato do Artista Quando Velho de Joseph Heller pela Cosac & Naify (2002)
>>> No Tempo das Catástrofes de Isabelle Stengers; Eloisa Araújo pela Cosac & Naify (2015)
>>> Manual de esquemas de Klöckner- Moeller pela Do autor (1971)
>>> Inesgotáveis Enigmas do Passado de Vários pela Século Futuro (1987)
>>> Evidências dos Ovnis - As Ciências Proibidas de Vários pela Século Futuro (1987)
>>> Características de Deus que chamam a nossa atenção. de Silas Malafaia pela Central Gospel (2012)
COLUNAS

Quinta-feira, 6/6/2013
Por falar em outras línguas
Carla Ceres

+ de 3600 Acessos

Nasci com vocação para aprender línguas, mas tive que aturar trigonometria e química orgânica no colegial, porque o curso dos meus sonhos, uma versão moderna do antigo curso clássico, não estava disponível. Ai, que inveja do meu bisavô, que sabia grego, latim e francês! Mas será que sabia mesmo? Claro que sim, porém... de acordo com os padrões da época.

Atualmente, quando alguém nos pergunta "Você sabe inglês?", é pouco provável que esteja interessado em nossa capacidade de ler Shakespeare e declamar trechos de O Paraíso Perdido, de John Milton, no original. Na maioria dos casos, a intenção é verificar se conseguimos usar nossos conhecimentos do idioma para conversar com um estrangeiro, compreender as instruções do computador, entender letras de música e filmes sem legenda.

O grego que se estudava no curso clássico não servia pra você mochilar pela Grécia, interagindo com o povo. Os professores ensinavam o grego clássico, indispensável para a missão très chic de ler Homero comme il faut, mas bem diferente da língua que se fala em Atenas, hoje em dia.

Diga-se, en passant, que a situação do latim também não andava lá essas coisas na época do curso clássico. Uma forma simplificada do latim clássico - o latim eclesiástico ou latim da Igreja - frequentava a missa aos domingos. Nas salas de aula, no entanto, só o latim clássico tinha vez. Complicação pouca era bobagem. Um dos objetivos implícitos da erudição era embasbacar os incultos como ainda fazem muitos advogados.

Os cursos de idiomas à moda antiga davam grande importância à leitura e pouca à compreensão da língua falada. Saber francês, para a maioria das pessoas, significava ler muito bem, mas ter enormes dificuldades para conversar com um falante nativo. Esforçar-se para pronunciar o melhor possível palavras estrangeiras a ponto de quase não ter sotaque era algo malvisto, pois, supostamente, denotava uma índole subserviente, bajuladora e pouco patriótica.

Nas últimas décadas, a crescente presença de estrangeiros no Brasil e o avanço da tecnologia provocaram grandes mudanças na aprendizagem de idiomas. Encontramos muitos falantes nativos de inglês e espanhol dando aulas em escolas de idiomas, junto com professores brasileiros que estudaram no exterior. A internet disponibiliza cursos e recursos multimídia aos interessados em aprimorar seus conhecimentos por conta própria ou em grupos. Há ótimos sites e blogs com materiais adequados a alunos de todos os níveis. No Inglês na Ponta da Língua, por exemplo, quem quiser aprimorar a pronúncia do sufixo ED, que aparece no final de muitos verbos e adjetivos em inglês, vai poder ouvir um podcast com a professora Kristen Hammer. No English Experts, há os interessantes jogos dos sete erros com músicas em inglês, para avaliar e treinar a capacidade de ouvir bem as palavras do idioma.

Embora eu tenha me divertido estudando latim na faculdade e pretenda, algum dia, aprender um pouquinho de grego, não acredito que essas línguas fossem fundamentais se quiséssemos estruturar um curso de segundo grau atual, voltado para a área de ciências humanas e idiomas. A língua internacional do momento é o inglês. Com uma conexão de internet e um inglês razoável podemos aprender qualquer outra língua. Os brasileiros, nem que seja por motivos geográficos, deveriam transformar seu portunhol fluente em um espanhol decente. Não é tão difícil assim e temos muito a ganhar com isso. Inglês, espanhol e, é claro, português seriam indispensáveis, mas poderíamos acrescentar idiomas opcionais.

Independentemente dos idiomas escolhidos, os cursos deveriam tentar ir além do ler, escrever, ouvir e falar. Essas quatro habilidades são básicas, qualquer boa escola as ensina, mas não bastam. Quem é bilíngue ou poliglota de verdade também consegue traduzir e interpretar. Não estou falando daquela traduçãozinha de frases simples e fora de contexto, que se fazia antigamente, como exercício de fixação de vocabulário. Mas também não me refiro à tradução profissional de obras literárias. A habilidade de tradução adequada a esse estágio permitiria aos alunos legendar um vídeo breve ou episódio de seriado como os legendadores piratas fazem. Deixando de lado os aspectos legais, o trabalho desses amadores impressiona pela velocidade, a capacidade de síntese e a criatividade. O grande conhecimento linguístico é apenas um dos pré-requisitos indispensáveis.

Quanto à interpretação, também não espero um resultado profissional, como o dos intérpretes da ONU. Bastaria a capacidade de passar de um idioma para outro, fazendo as adaptações necessárias, dentro de um tempo razoável. Nada disso é fácil, mas trigonometria e química orgânica também não são.

Nota do Editor
Carla Ceres mantém o blog Algo além dos Livros. http://carlaceres.blogspot.com/


Carla Ceres
Piracicaba, 6/6/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. On the Road, 60 anos de Luís Fernando Amâncio
02. A literatura de Marcelo Mirisola não tem cura de Jardel Dias Cavalcanti
03. O gosto da cidade em minha boca de Elisa Andrade Buzzo
04. Pendurados no Pincel de Marilia Mota Silva
05. Viagem aos baixos do Viaduto do Chá de Elisa Andrade Buzzo


Mais Carla Ceres
Mais Acessadas de Carla Ceres em 2013
01. Histórias de gatos - 4/4/2013
02. Um livro canibal - 9/5/2013
03. Autodidatas e os copistas da vez - 7/2/2013
04. Em busca de cristãos e especiarias - 7/11/2013
05. Brasileiros aprendendo em inglês - 17/1/2013


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ACT MATH FOR DUMMIES
MARK ZEGARELLI
FOR DUMMIES
(2011)
R$ 17,50



PERSPEKTIVLEHRE
ERHARD GULL
ND
R$ 58,36



GÊMEOS NÃO SE AMAM
ROBERT LUDLUM
RECORD
(1976)
R$ 5,00



A REPÚBLICA BRASILEIRA 1964- 1984
EVALDO VIEIRA
MODERNA
R$ 5,00



SERESTA MINEIRA
LAR DE PAULA
LAR DE PAULA
R$ 40,00



É PROIBIDO CHORAR
J. M. SIMMEL
NOVA FRONTEIRA
R$ 5,00



REUNIAO DE PAIS: SOFRIMENTO OU PRAZER? - 2ª ED.
BEATE G. ALTHUON / CORINNA H. ESSLE / ISA S. STOEB
CASA DO PSICÓLOGO
R$ 11,00



VALA CLANDESTINA DE PERUS
VARIOS AUTORES
INSTITUTO MACUCO
(2012)
R$ 5,12



AÇÕES INSTITUCIONAIS DE AVALIAÇÃO E DISSEMINAÇÃO DE TECNOLOGIAS EDUCAC
RICARDO AZAMBUJA SILVEIRA
DO AUTOR
R$ 5,00



O CARNÊ DOURADO
DORIS LESSING (A MAIOR ESCRITORA VIVA DE LÍNGUA INGLESA)
CÍRCULO DO LIVRO
(1985)
R$ 25,00
+ frete grátis





busca | avançada
50801 visitas/dia
2,6 milhões/mês