O fim da revista Bravo! | Rafael Rodrigues | Digestivo Cultural

busca | avançada
57128 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Universidades públicas apresentam lições aprendidas com as crises
>>> Mega evento de preparação ao ENEM reúne personalidades e conteúdo exclusivo ao público jovem
>>> Lançamento do livro 'Pesquisa e ensino de história na Amazônia'
>>> Maurício Limeira lança coronavídeo GUERRA
>>> Mostra de Teatro traz quatro peças para assistir on-line
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Coisa mais bonita é São Paulo...
>>> Cuba e O Direito de Amar (1)
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Saudade do amanhã
>>> Cata-lata
>>> A busca
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meus melhores discos de 2008
>>> O guia do consumidor de livros
>>> Unsigned and independent
>>> Os Insones, de Tony Belloto
>>> 27 de Agosto #digestivo10anos
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Filosofia cai no gosto popular
>>> Bailes & Festas
>>> Une jeune fille normale
>>> O retorno dos que não foram
Mais Recentes
>>> Ariadne contra o Minotauro de Marie- Odile Hartmann pela Sm (2006)
>>> Física 3 – Os Fundamentos da Física – Parte II de Ramalho Nicolau Toledo pela Moderna
>>> Coleção Física Aula Por Aula – Volume 3 de Claudio Xavier & Benigno Barreto pela Ftd (2010)
>>> Coleção Física Aula Por Aula – Volume 2 de Claudio Xavier & Benigno Barreto pela Ftd (2010)
>>> Coleção Química Volume 3 - Meio ambiente, Cidadania, Tecnologia de Martha Reis pela Ftd (2010)
>>> Química 2 - Conexões com a Química – Parte 1 de Marcelo Dias Pulido pela Moderna (2015)
>>> Química na Abordagem do Cotidiano – Suplemento de Teoria e Tabelas Para Consulta de Tito & Canto pela Moderna
>>> Biologia Hoje – Volume 3 de Sérgio Linhares & Fernando Gewandsznajder pela Ática (2012)
>>> Biologia 1 de Felipe Beijamini & Tâmille Stella Anacleto pela Edebe (2013)
>>> Colombo - 100 anos no dia-a-dia da cidade do Rio de Janeiro de Betty Mattos e Alda Rosa Travassos pela Companhia Brasileira de Artes Gráficas (1994)
>>> Ápis – Ciências 5º Ano de Rogério G. Nigro pela Ática (2017)
>>> Ligamundo – Ciências 5º Ano de César da Silva Júnior, Sezar Sasson, Paulo Sérgio Bedaque Sanches, Sonelise Auxiliadora Cizoto e Débora Cristina de Assis Godoy pela Saraiva (2017)
>>> Francisco Adolfo de Varnhagen, Visconde de Porto Seguro de Renato Sêneca Fleury pela Melhoramentos
>>> Agostinho de a a z de Franklin Ferreira pela Vida (2007)
>>> Patrística - Padres Apostólicos - Vol. 1: Clemente Romano | Inácio de Antioquia | Policarpo de Esmirna | O pastor de Hermas | Carta de Barnabé | Pápias | Didaqué de Vários pela Paulus (1997)
>>> A Ferro e Fogo - Trilogia (Parte I, volume 2) de Henryk Sienkiewicz pela Record (2004)
>>> A Ferro e Fogo - Trilogia (Parte I, volume 1) de Henryk Sienkiewicz pela Record (2004)
>>> O Dilúvio - Trilogia (Parte II, volume 3) de Henryk Sienkiewicz pela Record (2005)
>>> Gestão da Produção Industrial de Moacyr Paranhas Filhos pela Ibpex (2007)
>>> Confissões de Santo Agostinho pela Paulus (1997)
>>> Cristologia do novo testamento de Oscar Cullmann pela Hagnos (2008)
>>> Espinosa e Vermeer imanência na filosofia e na pintura de Sara Hornäk pela Paulus (2010)
>>> O Deus pródigo de Timothy Keller pela Thomas Nelson Brasil (2016)
>>> Cristo é a questão de Wayne A. Meeks pela Paulus (2007)
>>> Eclesiastes ou Qohélet de José Vílchez Líndez pela Paulus (1999)
>>> Além da hipótese essênia a separação dos caminhos entre Qumran e o judaísmo enóquico de Gabriele Boccaccini pela Paulus (2010)
>>> Mig&Meg para datas especiais (8 músicas) Uma musiquinha para cada ocasião Livreto com letras ilustradas e partituras + CD músicas, playback. de Vários pela Arco (2006)
>>> A mentalidade primitiva de Lucien Lévy-Bruhl pela Paulus (2008)
>>> O Jesus do povo Trajetórias no cristianismo primitivo de Robin Scroggs pela Paulus (2012)
>>> De Babel a Pentecostes ensaios de Teologia inter-religiosa de Claude Geffré pela Paulus (2013)
>>> Cristo e império de Paulo aos tempos pós-coloniais de Joerg Rieger pela Paulus (2009)
>>> Matemática 2º Grau – 1º Volume de Luiz Carlos de Domênico pela Ibep
>>> Matemática Contexto & Aplicações – Volume 3 – Ensino Médio de Dante pela Ática (2012)
>>> História 3°ano Ensino Fundamental Coleção Aprendendo Sempre de J.William Vesentini - Dora Martins - Marlene Pécora pela Ática (2012)
>>> Matemática Contexto & Aplicações – Volume 2 – Ensino Médio de Dante pela Ática (2012)
>>> Os Mandarins de Simone de Beauvoir pela Nova Fronteira (2017)
>>> Novo Praticando Matemática – Volume 1 – 5ª Série – Ensino Fundamental de Álvaro Andrini e Maria José Vasconcellos pela Brasil (2006)
>>> Revista Força Aérea Nº 21 de Diversos Autores pela Action (2000)
>>> Revista Força Aérea Nº 17 de Diversos Autores pela Action (1999)
>>> A Escola é Nossa - Matemática 5º Ano de Fábio Vieira, Jackson Ribeiro e Karina Pessôa pela Scipione (2015)
>>> Revista Força Aérea Nº 15 de Diversos Autores pela Action (1999)
>>> A nova mulher e a moral sexual de Alexandra Kolontai pela Expressão Popular (2000)
>>> Revista Força Aérea Nº 09 de Diversos Autores pela Action (1997)
>>> Revista Força Aérea Nº 04 de Diversos Autores pela Action (1996)
>>> Criminologia de Sérgio Salomão Shecaira pela Revista dos tribunais (2014)
>>> O inferno como absoluto menos de Juan Luis Segundo pela Paulinas (1998)
>>> A Arte de Reencontrar-se de Edoardo Giusti pela Nova Fronteira (1988)
>>> Nem anjos nem demônios: Interpretações sociológicas do pentecostalismo de Alberto Antoniazze e outros pela Vozes (1994)
>>> Lampião Documentário de Ranulfo Prata pela Sebo Vermelho (2010)
>>> Palestra adicionais sobrea vida da igreja de Watchman Nee pela Fonte de vida (1985)
COLUNAS

Sexta-feira, 9/8/2013
O fim da revista Bravo!
Rafael Rodrigues

+ de 12500 Acessos

O que antes era boato, agora é fato: a revista Bravo! foi "descontinuada" - esse foi o termo que a editora Abril utilizou ao anunciar a notícia -, ou seja, acabou. O último número da publicação será o deste mês de agosto, e traz uma capa belíssima, com o escritor português José Saramago, morto em 2010.

Nem bem a notícia começou a circular e já pipocavam nas redes sociais críticas à revista. Alguns dizendo que a Bravo! era elitista, ou que ela era superficial, outros reclamavam do preço. Ao ver esses comentários, me perguntei: por que não criticaram antes? Críticas, quando construtivas, podem ajudar a melhorar os seu alvos. Agora, quando não há mais nada a fazer, de que adianta criticar? Só lembrando que criticar por criticar é uma coisa; analisar, é outra.

De minha parte, só tenho a lamentar.

Ao contrário de muita gente, não tenho, é verdade, uma relação afetiva com a Bravo!. Nunca fui um consumidor assíduo da revista, e jamais pensei em assiná-la porque, das revistas que assinei, a única que eu abria assim que chegava era a Playboy, quando eu era bem mais novo, e por motivos óbvios: as entrevistas e reportagens, é claro. Mas, de vez em quando, eu comprava a Bravo!. E, ainda que não aproveitasse todo o conteúdo - geralmente só lia a parte de literatura, apenas passando o olho pelo restante das matérias -, eu gostava da revista. Mais que isso: eu achava a Bravo! importante.

O Brasil tem quase 200 milhões de habitantes. Contemos quantas revistas de arte e cultura tem o Brasil. Revistas mensais, impressas, de arte e cultura, de circulação nacional, por favor. Quantas temos, agora? Só consigo ouvir o silêncio. Um silêncio não apenas do meu interlocutor imaginário - e de mim mesmo - tentando lembrar de ao menos uma publicação que se encaixe nesse universo. É um silêncio muito maior, pesaroso, de velório. Um silêncio que passa pela péssima educação que tem o povo brasileiro, pelos baixíssimos índices de leitura, pelo parco número de livrarias, pelo pouco caso que a população, de um modo geral, faz das artes - também de um modo geral.

Não me refiro, aqui, à chamada "alta cultura". E mesmo que me referisse a ela. É uma calamidade um livro ter, geralmente, uma tiragem de três mil exemplares num país de dimensões continentais como o nosso. A situação é ainda mais assustadora: sobram livros que não atingem sequer esse número de tiragem inicial - mesmo quando publicados por médias ou grandes editoras -, e sobram também obras que, pasmem, não vendem sequer mil exemplares mesmo depois de anos de exposição em livrarias.

Me refiro aos livros porque é meu habitat natural. Não custa lembrar: sou, antes de qualquer coisa, um leitor interessado no mercado editorial. Além disso, sou escritor com pretensões de experimentar a autopublicação e, quem sabe um dia, trabalhar em uma editora - ou ter minha própria editora. Sou, também, um profissional do mercado editorial, além de trabalhar em uma livraria. Os livros são o meu mundo. Mas eu poderia estar falando de CDs e DVDs, cujas vendas de cópias originais caíram vertiginosamente nos últimos anos, de exposições de arte, de peças de teatro, e até mesmo de shows de música.

Falando em números: segundo Armando Antenore, redator-chefe da Bravo!, a revista tinha "cerca de 20 mil assinantes e 8 mil compradores em bancas e supermercados. Vinte e oito mil pessoas, portanto, adquiriam a publicação mensalmente. Se levarmos em conta os parâmetros do mercado publicitário, cada exemplar tinha, em média, quatro leitores. Ou seja: uma edição atingia algo como 112 mil pessoas". Um número baixíssimo para o potencial de leitores que tem o nosso país.

Como toda publicação, a Bravo! tinha suas deficiências, mas nem de longe pode-se dizer que era uma revista ruim, muito pelo contrário. O número de leitores, portanto, não condiz com sua qualidade. A Bravo! tinha potencial para ter, no mínimo, o dobro de leitores. Assim como todas as revistas e todos os jornais do país.

E aqui eu faço um comentário que não tinha vindo à minha mente quando pensei em escrever este texto: os órgãos de imprensa brasileiros talvez não percebam, mas se eles cobrassem ainda mais investimentos dos governos em educação, talvez isso surtisse algum efeito, e talvez a população lesse bem mais. Acredito piamente que todas as melhoras possíveis numa nação começam pela melhoria na educação de seu povo. Sem educação, nada evolui. Saúde, segurança, economia, cidadania, cultura, enfim, tudo depende da educação.

Ao cruzarem os braços para isso, os órgãos de imprensa deixam de ganhar dinheiro. Porque existem pessoas de sobra no país com linhas de pensamento semelhantes a todos os veículos em circulação. Há um sem número de garotinhas que poderiam estar comprando a revista Capricho. Há um sem número de donas de casa que poderiam estar comprando revistas de fofoca ou celebridades. Há um sem número de esquerdistas que poderiam estar comprando a Caros Amigos. Há um sem número de conservadores que poderiam estar comprando a Veja. Mas eles não têm o hábito de ler, não foram educados para isso, e há milhares que precisam escolher entre comprar um quilo de feijão ou dois por mês, e sequer aventam a possibilidade de comprar uma revista para ler. E ainda há os milhões que simplesmente não sabem ler.

A Bravo! - e as outras revistas que foram "descontinuadas" com ela, a saber: a Alfa, a Lola e a Gloss - foi vítima da péssima educação de um povo. Estou exagerando, é verdade, ao colocar tudo na conta da péssima qualidade do nosso sistema educacional, quando a crise na imprensa é mundial e passa por outros fatores, como a internet. A internet está "matando" uma série de veículos de informação em todo o mundo. Mas talvez até nisso uma melhor educação pudesse interferir.

Fui escrevendo, escrevendo e quase esqueço de mencionar o fato de que a partir de agora não posso mais me autodenominar "blogueiro de Bravo!", título que me dava muito orgulho. O site da revista também será "descontinuado", e depois de três anos e alguns meses, meu blog voltará a morar sozinho, sem o abrigo acolhedor do site da Bravo!. Pensei em não lamentar isso aqui, porque é até egoísta levantar essa bola num momento desses. Mas eu não poderia deixar de abordar isso, afinal, sou eternamente grato à revista - e ao João Gabriel de Lima, diretor de redação da revista durante algum tempo, que abriu as portas para o Entretantos em 2010 - pela oportunidade, e pela "vitrine".

Enfim, é isso. Agora, só resta o lamento.

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado em Paliativos.


Rafael Rodrigues
Feira de Santana, 9/8/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Amores, truques e outras versões, de Alex Andrade de Jardel Dias Cavalcanti
02. Duas distopias à brasileira de Carla Ceres
03. Jardim da Infância de Ricardo de Mattos
04. Walter Benjamin, a arte e a reprodução de Gian Danton
05. Sobre Jobs e Da Vinci de Noah Mera


Mais Rafael Rodrigues
Mais Acessadas de Rafael Rodrigues
01. O óbvio ululante, de Nelson Rodrigues - 2/11/2007
02. O nome da morte - 16/2/2007
03. Caio Fernando Abreu, um perfil - 28/10/2008
04. A história do amor - 24/7/2006
05. História dos Estados Unidos - 29/6/2007


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O DIAGNÓSTICO E O MANEJO DA DOENÇA RESPIRATÓRIA PEDIÁTRICA
ROBERT DINWIDDIE
ARTES MÉDICAS
(1992)
R$ 14,90



MICHAELIS MODERNO DICIONARIO DA LINGUA PORTUGUESA
WALTER WEISZFLOG
MELHORAMENTOS
(1998)
R$ 9,00



CUIDADO GAROTO APAIXONADO
TONI BRANDÃO
MELHORAMENTOS
(2002)
R$ 6,90



ROUGH GUIDE: ARGENTINA
DANNY AEBERHARD / ANDREW BENSON E LUCY PHILLIPS
PUBLIFOLHA
(2004)
R$ 5,00



O DIDÁTICO SUA UTILIZAÇÃO EM CLASSE
VARIOS
COLTED.
R$ 19,90



PINHEIRO BRAVO E PINHEIRO MANSO, CULTURA, EXPLORAÇÃO E TRATAMENTO
MÁRIO A. SILVEIRA DA COSTA
LITEXA
(1995)
R$ 39,08



AS CRUZADAS - COL. GUERRAS QUE MUDARAM O MUNDO
KEN HILLS
ATICA
(1991)
R$ 7,00



IMPÉRIOS ACIDENTAIS
ROBERT X CRINGELY
EDIOURO
(1995)
R$ 45,90



MENTE DE VENCEDOR
PAULO SERGIO BUHRER
LITERARE BOOKS INTERNATIONAL
(2017)
R$ 34,90



DASRTES ARTES VISUAIS EM REVISTA
ALESSANDRA MONDIANO E OUTROS
ARTES
(2010)
R$ 13,52





busca | avançada
57128 visitas/dia
2,0 milhão/mês