É um brinquedo inofensivo... | Cassionei Niches Petry | Digestivo Cultural

busca | avançada
55418 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Abertas as Inscrições para a Oficina Conteúdo Audiovisual Infantil e Infantojuvenil
>>> Lançamento da Ubook, 'Desditas Cariocas' traz contos inspirados nas temáticas rodriguianas
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A indigência do rock e a volta dos dinossauros
>>> A terra das oportunidades
>>> Acordo Internetês Ortográfico
>>> Trágico e Cômico, o livro, de Diogo Salles
>>> Equipe econômica
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> Jornais: conteúdo pago?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Noturno para os notívagos
Mais Recentes
>>> Era dos Extremos - O breve século XX 1914-1991 de Eric Hobsbawm pela Companhia Das Letras (1996)
>>> O Livro dos Médius de Allan Kardec pela Lake (2007)
>>> O Homem no Cotidiano - Alicerce do Paraíso de Meishu-sama pela Fundação Mokiti Okada (2010)
>>> O Racismo na História do Brasil - Mito e Realidade - Coleção História em Movimento de Maria Luiza Tucci Caneiro pela Ática (2003)
>>> Sobrevivente - Edição Slim de Chuck Palahniuk pela Leya (2020)
>>> O Reencontro de uma Família de Adriana Gumz pela Educarte (1998)
>>> A Ditadura Acabada de Elio Gaspari pela Intrinseca (2016)
>>> Memórias do Trabalho: depoimentos sobre profissões em extinção de Luiz A. Egypto de Cerqueira pela Confederação Nacional dos Metalúrgicos (1999)
>>> Quem esta escondido? - Estegossauro de Susie Brooks pela Ciranda Cultural (2017)
>>> A Mesa do Mestre-Cervejeiro - Descobrindo os prazeres das cervejas e das comidas verdadeiras de Garrett Oliver pela Senac (2012)
>>> Mistérios de Lygia Fagundes Telles pela Nova Fronteira (1981)
>>> Jesus, O Maior Psicólogo Que Já Existiu de Mark W. Baker pela Sextante (2009)
>>> A Cabana de William P. Young pela Arqueiro (2012)
>>> Como Calar o Acusador de David Alsobrook pela Atos (2010)
>>> A Mágica de Pensar Grande de David J. Schwartz pela Pro Net (1996)
>>> Eu escolho ser Feliz de Susana Naspolini pela Agir (2019)
>>> Eneida (Capa dura) de Virgílio pela Nova Cultural (2003)
>>> Windows on the World de Frédéric Beigbeder pela Record (2005)
>>> A Linguagem das Cores de René-Lucien Rousseau pela Pensamento (1991)
>>> As Sete Chaves da Cura pela Cor de Roland Hunt pela Pensamento (1993)
>>> Renovando Atitudes de Francisco do Espirito Santo Neto pela Boa Nova (1997)
>>> Anjos e Demônios de Dan BrownS pela Sextante (2009)
>>> Cinquenta Tons Mais Escuros de E L James; Juliana Romeiro pela Intrinseca (2015)
>>> Extraordinário de R. J. Palácio pela Intrínseca (2013)
>>> Literatura Tempos Leitores e Leituras Caderno do Estudante Parte I de Maria Luiza M. Abaurre e Outros pela Moderna Plus
COLUNAS

Quarta-feira, 4/8/2021
É um brinquedo inofensivo...
Cassionei Niches Petry

+ de 3900 Acessos

A escritora argentina Samanta Schweblin, no romance Kentukis (Fósforo Editora, 192 páginas, tradução de Livia Deorsola), traz para a literatura uma temática parecida com a abordada na maioria dos episódios da série Black Mirror: a exposição da privacidade por meio de aparelhos de alta tecnologia. Assim como nos episódios da produção da Netflix, não estamos diante de histórias de ficção científica, como pode parecer num primeiro momento, mas sim de terror, provocado não pelas máquinas, mas por quem as controla.

Os kentukis são bichinhos de pelúcia com câmeras e microfones acoplados e que, como os tamagotchis, brinquedinhos virtuais famosos nos anos 90 (relançados recentemente, mas sem grande repercussão), servem como mascotes dos seus “amos”, tomando o lugar dos bichos de estimação. Coelhinhos, toupeiras, dragões, corujas e outros animaizinhos acompanham seus donos pela casa e respondem a algumas ordens, mas sem poder se comunicar. Quem controla os movimentos é um desconhecido usuário de outra parte do mundo com um tablet, através do qual vê e ouve tudo o que acontece na casa onde está o mascote. Há quem escolha “ser” um kentuki e há quem deseja ter um em casa.

O romance é composto por diferentes histórias paralelas, que vão se desenvolvendo de forma intercalada ao longo do livro. Não há, portanto, um protagonista apenas, assim como os ambientes são muitos: uma casa de um casal peruano, um apartamento na Alemanha, um lugarejo na fronteira do Brasil com a Venezuela onde há mais cabras que pessoas, etc.

Os personagens são envolvidos nesse jogo virtual que tanto pode ser inofensivo como pode ser perigoso. No primeiro capítulo, por exemplo, que serve como uma espécie de prefácio, garotas expõem seus corpos ao animalzinho controlado por um sujeito com más intenções. Essas personagens não retornam no decorrer da narrativa. O capítulo, portanto, serve para dar o tom do que podemos esperar daqui por diante.

Vamos acompanhar então o pai que não imagina que seu filho possa estar sendo vigiado por um pedófilo. Ou a mulher que controla um kentuki com seu tablet observando sua ama ser roubada por um namorado e não sabe como alertá-la. Por outro lado, um kentuki pode ajudar seu dono a lembrar-se da hora da remédio e outro pode proporcionar que seu amo conheça lugares diferentes ou faça com que um solitário se sinta menos só. Tudo depende, portanto, de quem está do outro lado. E nunca se sabe quem pode estar lá.

O crítico literário J. Ernesto Ayala-Dip escreveu, no suplemento "Babelia" no jornal El País, da Espanha, que Kentukis não é somente “uma alegoria sobre a dependência do homem contemporâneo com os dispositivos tecnológicos que o cercam. É sobre isso, obviamente. Mas também é um argumento contra a excitante e agradável alienação que nos damos”. É a arte nos fazendo refletir.

Autora do livro de contos Pássaros na boca (lançado aqui no Brasil pela Editora Benvirá), e Siete casas vacías (ainda sem tradução), e do premiadíssimo romance Distância de resgate (traduzido pela Editora Record), Samanta Schweblin vem se consolidando como um dos grandes nomes da literatura da Argentina, país que já nos deu Borges e Cortázar, entre tantos outros.


Cassionei Niches Petry
Santa Cruz do Sul, 4/8/2021


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O cérebro espiritual, de Mario Beauregard de Ricardo de Mattos
02. Solaris, o romance do pesadelo da ciência de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Cassionei Niches Petry
Mais Acessadas de Cassionei Niches Petry
01. Notas confessionais de um angustiado (VII) - 4/9/2019
02. Do canto ao silêncio das sereias - 14/11/2018
03. O abalo sísmico de Luiz Vilela - 1/9/2021
04. O suicídio na literatura - 13/4/2016
05. Do inferno ao céu - 3/7/2019


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Manual de Redação e estilo
Eduardo Martins organização e edição
Estadão
(1990)



Finis Mundi
Laura Gallego García
Sm
(2006)



The Playroom
Francis Hegarty
Penguin
(1992)



Abre-te, Sésamo!
Júlio Emílio Braz
Ftd
(1997)



A mulher escrita: uma reflexão poética sobre a mulher
João Domingues Maia
Thex Ed
(1996)



Do Choque, da Moeda e da Quase Moeda Autografadp
Jarbas Miguel Tortorello
Legis Summa
(1984)



Obstetrícia Volume 1 - Diagnóstico de Gravidez
Equipe Medcurso
Medcurso
(2012)



Na Barreira do Inferno
Silvia Cintra Franco
Ática
(2000)



A Festa dos Espantalhos
Guiomar

(1993)



Derivatives and Alternative Investments
Cfa Institute
Pearson
(2012)





busca | avançada
55418 visitas/dia
1,9 milhão/mês