Marionetes | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Sessão Única com Jogo de Escape Game e debate do filme 'Os Bravos Nunca se Calam' em SP
>>> OBRAS INSPIRADAS DURANTE A PANDEMIA GANHAM DESTAQUE NO INSTITUTO CERVANTES, EM SÃO PAULO
>>> Sempre Um Papo com Silvio Almeida
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entre Dois Silêncios, de Adolfo Montejo Navas
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> iPad
>>> iPad
>>> iPad
>>> Sátiro e ninfa, óleo s/ tela em 7 fotos e 4 movies
>>> poeta del vacío existencial
>>> Croft & Kidman
>>> Histórias de gatos
>>> Whitesnake, 1987
>>> Por que Dilma tem de sair agora
>>> A árvore da vida
Mais Recentes
>>> Livro - A Ararajuba - Série natureza brasileira 2 de Rubens Matuck pela Biruta (2003)
>>> Arsène Lupin e Victor, da Brigada Anticrime (como novo) de Maurice Leblanc pela Principis (2021)
>>> Livro - Os Pássaros - Coleção Infanto Juvenil de Germano Zullo Albertine pela 34 (2013)
>>> Livro - Betina de Nilma Lino Gomes pela Maza (2009)
>>> Agente em campo (como novo) de John le Carré pela Record (2021)
>>> Fantasma sai de cena (muito bom) de Philip Roth pela Cia das letras (2008)
>>> Gota d’água - Coleção Teatro Hoje de Chico Buarque (Autor), Paulo Pontes (Autor) pela Civilização Brasileira (1977)
>>> Privação Cultural e Educação Pré-Primária de Maria Helena Souza Patto pela Livraria José Olympio (1977)
>>> Lisbela e o Prisioneiro de Osman Lins pela Planeta (2015)
>>> A Franco Maçonaria. Origem Historia e Influencia (raro exemplar) de Robert Ambelain pela Gnose (1990)
>>> O Desmonte de Amarildo Felix pela Patuá (2021)
>>> Diário de um Ladrão de Jean Genet pela Nova Fronteira (2005)
>>> Comédias para se ler na escola de Luis Fernando Verissimo pela Objetiva (2001)
>>> Auto da Barca do Inferno Farsa de Inês Pereira Auto da Índia de Gil Vicente pela Atica (2005)
>>> Eu não disse? (muito bom) de Mauro Chaves pela Perspectiva (2004)
>>> Os Sofrimentos Do Jovem Werther de Johann Wolfgang Von Goethe pela Martins Fontes (1998)
>>> O Quarto Reich (capa dura- ótimo estado) de M. A. Costa pela Livros de guerra (2018)
>>> A Inocência do Padre Brown (raro exemplar) de G. K. Chesterton pela Record
>>> Ventos de Quaresma (muito bom) de Leonardo Padura Fuentes pela Cia das letras (2008)
>>> Perseguido (muito bom) de Luiz Alfredo Garcia-Roza pela Cia das letras (2003)
>>> O Rei De Girgenti (muito bom) de Andrea Camilleri pela Record (2004)
>>> D. Pedro I (Perfis Brasileiros) de Isabel Lustosa pela Companhia das Letras (2006)
>>> Quatro Estações de Stephen King pela Objetiva (2001)
>>> Wicca Gardneriana de Mario Martinez pela Gaia (2005)
>>> O Feitiço do Cinema Ensaios de Griffe Sobre a Sétima Arte de Juan Guillermo D. Droguett e Flavio F. A. Andrade pela Saraiva (2009)
COLUNAS

Quarta-feira, 13/11/2002
Marionetes
Rennata Airoldi

+ de 3000 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Um caminho a ser trilhado. Uma escolha a ser feita. Será? Um percurso previamente determinado que vai se desvendando aos poucos, que vai se tornando claro e presente diante de cada olhar: o destino. Alguma vez você já teve a nítida sensação de estar sendo observado? E já pensou sobre a possibilidade de não ter o menor controle sobre seu próprio destino? Lucidez ou embriaguez... Verdades absolutas e questionamentos, sem respostas objetivas. Frases que nunca serão contestadas e que jamais serão entendidas.

Tudo isso é muito vago. Apesar de resultar num pensamento particular, que cada um tem diante de sua própria vida. Momentos de reflexão são a busca de algo que nem sempre podemos resumir em poucas palavras. A Arte é assim. E hoje, pior ou melhor, sem fazer qualquer julgamento, já não há muito o que dizer. Talvez ainda haja... Coincidências trazem à tona, em todo o mundo, as mesmas questões e o mesmo estilo de produção artística. A globalização proporciona a informação e a troca de experiências, de maneira mais que instantânea.

O Artista quer dizer... mas não sabe mais o quê. É preciso voltar ao princípio, é preciso buscar a simplicidade, é preciso ter novamente a paciência necessária para ouvir o silêncio. Por outro lado, enquanto nós, artistas, temos mil dúvidas e ressalvas em relação à nossa própria arte, mais e mais jovens se descobrem a partir desse novo olhar. O olhar daquele que passa a percorrer a vida por um novo caminho. Positivo ou negativo, qual o incentivo para aquele que quer ingressar numa carreira artística? Qual a real possibilidade num mercado saturado e tendencioso? Ilusão ou devoção. Isso pode ser decisivo para a escolha nesse meio profissional.

A Arte é no mínimo, um meio de ascenssão cultural e portanto, de certa forma, uma maneira de se inserir na sociedade. Muitos de nossos artistas nasceram em famílias muito pobres e em lugares miseráveis. Mas seu olhar perante o mundo determinaram um dom nato, um talento para uma nova perspectiva perante a vida. No momento, temos um verdadeiro "boom" de jovens atores, que exemplifica esse movimento em nosso país.

Depois do sucesso do filme "Cidade De Deus", meninos simples, de muito talento, têm a chance de conhecer um novo caminho. Projeção social, televisão e deslumbramento. Tomara, porém, essa nova leva de pobres meninos descobertos através da arte seja suficientemente feliz no desenvolvimento de sua carreira. Muito me assusta a fama instantânea que projeta pessoas para um mundo de sonho, sem a estrutura necessária para enfrentar a "jaula dos leões", que depois de satisfeitos com sua refeição, cospem os ossos fora. Bem, acho que todos se lembram bem da triste história do menino "Pixote".

Talvez essa nova história possa ser diferente. Muito me agradaria a existência de comunidades e grupos para abrigar esses e outros meninos, proporcionando o conhecimento e o aprendizado constante da arte. Além claro, de proporcionar esclarecimento e suporte necessários. Todos precisam de um porto seguro! É assim nos grupos "Nós do Morro" e "Nós do Cinema", que têm sede na favela do Vidigal, no Rio de Janeiro. Enquanto esta estética da pobreza for o alvo das questões artísticas em nosso país, muito trabalho será realizado por eles. O que é muito bom. Mas é preciso que esses meninos carentes, como tantos outros de tantos grupos, sejam esclarecidos sobre o real papel da arte e do artista na sociedade. Para que eles não sejam cobaias ou vítimas de seu próprio meio. Restringindo seu potencial artístico para um único foco: sua própria vida.

Infelizmente ou felizmente, a arte é uma maneira de trazer lucidez ao homem. E, às vezes, é muito dolorido ser lúcido num mundo como o nosso. Com tantas desigualdades e indiferenças. Desde os primórdios o homem usa a arte como forma de esclarecimento e reflexão. Até hoje, isso persiste e muitas resposta não foram, nem nunca serão, encontradas. Mas, acima de tudo, é preciso que o artista entenda que há o momento de expandir e o de recolher. E, muitas vezes, não é ele quem determina este movimento.

Tenho receio quando vejo uma criança prodígio no meio artístico. Sinto desespero quando vejo uma mãe colocando uma criança na "mídia" para satisfazer sua própria vaidade. Nem sempre o "sucesso" dura o tempo suficiente. Será que estas crianças desamparadas sabem realmente lidar com a rejeição? Por isso, a importância da devoção profissional. Amar o seu ofício acima de qualquer vaidade ou vantagem que ele possa te trazer. Independente do tamanho de sua projeção profissional, o ator é necessário tanto no cinema quanto na escola, ensinando, dando educação a jovens carentes.

Desta forma, o artista deve buscar à partir de seu próprio discernimento, os seus caminhos e as suas necessidades. Não se deixar seduzir por momentos de euforia e assim, como qualquer homem em qualquer profissão, não se deixar transformar numa Marionete. Onde cada movimento é determinado por outras mãos, cada pensamento comandado por outra mente e cada sentimento premeditado por um outro coração!


Rennata Airoldi
São Paulo, 13/11/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O senhor do YouTube de Vicente Escudero


Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
02. Saudosismo - 10/7/2002
03. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
04. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
05. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/11/2002
08h54min
A insatisfação é geral, em decorrência do apelo do Mundo Material. A indústria, porque é indústria, é poluente e degenera. Vaidade das vaidades, tudo é vaidade, e a verdade última transcede, pois: you can't win...
[Leia outros Comentários de Alper Tadeu ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Procura- Se Hugo / 8ª Ed
Diléa Frate
Ediouro
(2002)



II Simposio Estadual do Café
Cetcaf
Cetcaf
(1996)



Cenas Brasileiras
Rachel de Queiroz
ática
(2002)



Alice no País das Maravilhas
Lewis Carroll; Adaptado por Débora J. Durães
Abril
(2011)



Não Faça Tempestade Em Copo DÁgua no Trabalho
Richard Carlson
Rocco
(1999)



Meditação dos Guias Interiores
Edwin C. Steinbrecher
siciliano
(1990)



Os Mestres Secretos do Tempo
Jacques Bergier
hemus
(1974)



Guia Prático para a Ascensão
Tony Stubbs
pensamento
(2004)



Antologia Poética
Manuel Bandeira
Global
(2013)



Inocência
Visconde Te Taunay
Escala
(1992)





busca | avançada
58257 visitas/dia
1,6 milhão/mês