Açougueiro mesmo é o diretor | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
38448 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> MANU LAFER APRESENTA SHOW NOBODY BUT YOU - TRIBUTO A KIKA SAMPAIO
>>> Sesc Belenzinho recebe a banda E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante
>>> Sesc Belenzinho recebe a atriz e cantora Zezé Motta
>>> Psicólogo lança livro de preparação para concurseiros usando a Terapia Cognitiva-Comportamental
>>> O Sertão na Canção: Guimarães Rosa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
>>> O NAVEGANTE DO TEMPO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O titânico Anselm Kiefer no Centre Pompidou
>>> Woody Allen
>>> The Second Coming of Steve Jobs, by Alan Deutschman
>>> Como detectar MAVs (e bloquear)
>>> Como detectar MAVs (e bloquear)
>>> 89 FM, o fim da rádio rock
>>> Crítica à arte contemporânea
>>> estar onde eu não estou
>>> Churrascaria Ponteio Grill, 30 anos
>>> Metade da laranja ou tampa da panela?
Mais Recentes
>>> Obras completas - volume 4 - A Divina Comédia - O inferno de Dante Alighieri pela Das Américas
>>> Memórias de um Delegado de Polícia de Renato Augusto de Lima pela Do Autor (1972)
>>> Obras completas - volume 3 - A Divina Comédia - O inferno de Dante Alighieri pela Das Américas
>>> Obras completas - volume 2 - A Divina Comédia - O inferno de Dante Alighieri pela Das Américas
>>> O Pai do Vento - Cordel de Chico Salles pela Graúna
>>> Obras completas - volume 1 - A Divina Comédia - O inferno de Dante Alighieri pela Das Américas
>>> Vie et Règne de l'Amour de Søren Aabye Kierkegaard pela Aubier
>>> Rumo à Cultura de L. Riboulet pela Globo (1960)
>>> No lar e no magistério de Esther Menna Barreto Costa pela Não consta
>>> Amor sem Fim de Ian McEwan pela Companhia das Letras (2001)
>>> Rei Édipo, antígone, Prometeu Acorrentado (Tragédias gregas) de Sófocles, Ésquilo pela Ediouro
>>> OMC Manual Prático da Rodada Uruguai de Ligia Maura Costa pela Saraiva (1996)
>>> Contos de I. L. Peretz de J. Guinsburg pela Perspectiva (2001)
>>> RS: Modernização & Crise na Agricultura de Elomar Tambara pela Mercado Aberto (1983)
>>> Terra: Planeta Em Perigo de Vinícius Bertoletti pela Chiado (2016)
>>> Sociedade e Estado Volume X - Número 2 de Vicente de Paula Faleiros e Outros pela Unb (1995)
>>> Antimémoires de André Malraux pela Gallimard (1967)
>>> Da Matéria dos Sonhos de Rosana Rios pela Saraiva (1995)
>>> O Último Portal de Eliana Martins e Rosana Rios pela Companhia das Letras (2003)
>>> Hqs Quando a Ficção Invade a Realidade de Rosana Rios pela Scipione (2007)
>>> A Pequena Dorrit de Carlos Dickens pela Bruguera (1969)
>>> Jacare-de-papo-amarelo de Rosana Rios pela Scipione (2003)
>>> La Divina Comedia - 2 volumes de Dante Alighieri pela Sopena (1942)
>>> Marília, Mar e Ilha de Rosana Rios pela Saraiva (1998)
>>> A Relíquia de Eça de Queiroz pela Galex
>>> Manual de engenharia elétrica - volume 3 de Siemens pela Nobel (1988)
>>> Manual de engenharia elétrica - volume 1 de Siemens pela Nobel (1988)
>>> A Eneida de Virgílio pela Atena (1956)
>>> O encantador de cães: compreenda o melhor amigo do homem de Cesar Millan pela Verus (2007)
>>> Quincas Borba de Machado de Assis pela Instituto Divulgação Cultural
>>> As Vantagens de Ser Invisível de Stephen Chbosky pela Rocco (2007)
>>> O Cortiço de Aluisio Azevedo pela Ática (1979)
>>> Areia e espuma de Gibran Khalil Gibran pela Acigi
>>> A Sutil Arte de Ligar o F*da-Se: Uma estratégia inusitada para uma vida melhor de Mark Manson pela Intrínseca (2017)
>>> Estudo dirigido de desenho para o ensino programado - volume 1 de Carlos José Fiorano pela Discubra
>>> Manual de Engenharia Elétrica - volume 2 de Siemens pela Nobel (1987)
>>> Mecânica dos fluidos de Chemello Luzzatto pela Sagra
>>> Mecânica dos sólidos de Acilio Chemello e Darcy Luzzatto pela Sagra
>>> Zeitoun de Dave Eggers pela Companhia das Letras (2011)
>>> Zeitoun de Dave Eggers pela Companhia das Letras (2011)
>>> Zeitoun de Dave Eggers pela Companhia das Letras (2011)
>>> Zdm - Fogo Amigo - Vol. IV de Nathan Fox pela Panini Livros (2012)
>>> Yalo - o Filho da Guerra de Elias Khoury pela Record (2012)
>>> Xadrez - Dicas para Iniciantes de Matthew Sadler pela Artmed (2007)
>>> Xadrez - Dicas para Iniciantes de Matthew Sadler pela Artmed (2007)
>>> Wunderkind de D Andrea G. L. pela Bertrand Brasil (2012)
>>> Wild Cards - Apostas Mortais de George R. R. Martin pela Leya (2014)
>>> Wild Cards - Apostas Mortais de George R. R. Martin pela Leya (2014)
>>> Wild Cards - Apostas Mortais de George R. R. Martin pela Leya (2014)
>>> Wikileaks - Segredos, Informações e Poder de Jose Antonio Domingos pela Idea (2011)
COLUNAS

Quinta-feira, 13/3/2003
Açougueiro mesmo é o diretor
Adriana Baggio

+ de 4100 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Gangues de Nova York, o filme de Martin Scorcese, estreou em João Pessoa semanas depois do resto do país - só agora, no carnaval. A gente até entende que filmes ditos cult ou alternativos demorem a aparecer por estas bandas, já que a promessa de público não é das melhores, mas um blockbuster desses? Incompreensível. Por isso o atraso desta crítica. Você, caro leitor, já deve ter lido várias resenhas e comentários, já deve inclusive ter visto o filme. Pois bem, veja se você concorda ou não com as minhas opiniões.

A ansiedade do público pela chegada de Gangues de Nova York poderia ter sido economizada para Prenda-me se for capaz, de Steven Spielberg, que aqui estreou na mesma semana. O filme de Scorcese abusa na carnificina e economiza na história que, além de rala, é batida e piegas. Leonardo di Caprio é o jovem cujo pai é morto em uma briga de gangues por um ponto da cidade de Nova York na década de 40 do século XIX. O assassino é Daniel Day Lewis, que encarna The Butcher, para nós, O Açougueiro. O Açougueiro é da turma dos nativistas, que estão naquelas terras desde a colonização inglesa. São descendentes da corja enviada para América como punição pelos crimes cometidos em seu país de origem. Do outro lado estão os irlandeses, que emigram para a terra prometida fugindo da fome e dos conflitos (qualquer semelhança com israelenses e palestinos seria mera coincidência?). Em uma briga pelo controle do território, conhecido como Five Points, os nativistas vencem os irlandeses, o pastor Vallon, pai de Di Caprio, é morto e o menino é enviado a um reformatório. Depois de 16 anos ele volta incógnito para Five Points com o objetivo de vingar a morte do pai.

Sob o domínio do Açougueiro, o território, que já não era dos melhores para se viver, vira uma verdadeira filial do inferno. É uma terra sem lei, povoada por ladrões, assassinos, punguistas, prostitutas e salafrários de todos os tipos. O Açougueiro destripa seus inimigos assim como faz com os porcos. Cenas desse tipo são abundantes no filme. Aliás, ele já começa sangrento ao mostrar a briga entre as gangues dos nativistas e dos irlandeses. Lembra o começo de O resgate do soldado Ryan, com a diferença de que este último tem uma história melhor pra contar. Fica-se com a sensação de que tanto sangue é gratuito, ou que o objetivo é tapar os buracos de um argumento fraco. Se for para mostrar como a poderosa e civilizada Nova York era antigamente, metade da dose teria servido.

Gangues de Nova York deixa o espectador com uma sensação ruim ao sair do cinema, e não é pelas reflexões que provoca. Mas apesar do final piegas, que mostra como o expurgo de uma cidade foi necessário para dar lugar ao que se conhece hoje, apesar do batidíssimo retorno-para-vingança, e apesar das mulheres que aparecem com marca de biquíni, o filme tem a seu favor a impecável produção de época e a realista caracterização dos atores. Com exceção de Leonardo di Caprio, que continua bonitinho e limpinho mesmo depois de uma sessão de tortura, todos os personagens mostram na pele a dureza da vida naquelas condições. Cameron Diaz aparece com o rosto avermelhado e cheio de manchas, a mão gorducha seca e enrugada. Daniel Day Lewis não poderia estar mais seboso. Pode-se quase sentir o cheiro de sangue seco e sujeira emanando da tela.

Mas se for para ver Leonardo di Caprio no cinema, prefira Prenda-me se for capaz, onde Leo representa o papel de Frank Abgnale Jr., um falsificador e estelionatário precoce que inicia sua carreira na escola, aos 16 anos, e que hoje dá consultoria ao governo na área de fraudes.

O clima do enredo já começa na abertura, um dos pontos altos, que lembra muito os filmes das décadas de 60 e 70. Uma animação brinca com os nomes da fica técnica, enquanto sugere a ação que será desenrolada na história.

Apesar de superficialmente despretensioso, o filme encobre diversas mensagens. Além da lição de moral sobre como os americanos regeneram os seus e até inserem-nos novamente na sociedade, conforme escreveu Julio Daio Borges, editor do Digestivo Cultural (leia aqui), Prenda-me se for capaz constrói uma imagem nada lisonjeira dos franceses. E olha que na época em que o filme foi produzido a França ainda não tinha tido a oportunidade de se declarar contra a invasão do Iraque.

A França é mostrada como um país de bárbaros, atrasados, folgados e pessoas não muito confiáveis. Começa com a mãe de Frank, uma francesa que conheceu o pai do moço durante a Segunda Guerra. Pelos comentários de Frank pai, a moça parecia estar dando bola para todos os soldados, mas ele ficou tão apaixonado que relevou sua falta de compostura e salvou-a daquela vila perdida no interior da França. Mais tarde, quando Frank pai está à beira da falência, sua mulher, sem poder controlar seu instinto de francesa promíscua, arruma um amante. Por fim, divorcia-se e casa novamente, com um homem rico, lógico. Durante o divórcio, a mãe da mãe de Frank filho -a vovó mercenária - vem da França para ajudar na partilha dos bens de valor a que a filha tem direito. Depois, Frank filho é preso na França, na cidade onde sua mãe nasceu. Foi preciso o esforço de um investigador norte-americano (Tom Hanks) para fazer com que os folgados policias da vila trabalhassem em uma noite de Natal. Os bárbaros e desleais franceses não cumprem o acordo com os americanos e prendem Frank em uma cela fétida e úmida, o que acaba com a saúde do rapaz. Frank é salvo quando Tom Hanks consegue a ordem de extradição e leva seu prisioneiro de volta para a civilização e a ordem dos norte-americanos, e coloca-o em uma prisão limpa, iluminada e com telefone para os presos se comunicarem com as visitas. E para provar a benevolência e esperteza do Tio Sam, Frank é convidado a cumprir sua pena na forma de consultoria para o governo na área de fraudes.

Exageros spielbergianos e rixas culturais à parte, Prenda-me se for capaz é um ótimo filme. Divertido, leve mesmo nas partes mais dramáticas, com uma produção de época impecável, é garantia de uma boa sessão de cinema. Se não dá para fugir da ideologia dos bons moços norte-americanos, pelo menos que seja de maneira agradável.


Adriana Baggio
Curitiba, 13/3/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As Lavadeiras, duas pinturas de Elias Layon de Jardel Dias Cavalcanti
02. Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin de Jardel Dias Cavalcanti
03. Como se me fumasse: Mirisola e a literatura do mal de Jardel Dias Cavalcanti
04. A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel de Jardel Dias Cavalcanti
05. Os Doze Trabalhos de Mónika. 2. O Catolotolo de Heloisa Pait


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2003
01. Ser bom é ótimo, mas ser mau é muito melhor* - 24/4/2003
02. Aventuras pelo discurso de Foucault - 30/1/2003
03. Carga mais leve para Pedro e Bino - 8/5/2003
04. Apesar da Barra, o Rio continua lindo - 9/1/2003
05. Encontro com o peixe-boi - 16/1/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
17/3/2003
19h01min
Cara Adriana, O filme é violento, mas o final tem um significado oposto ao que você interpretou: na violência democrática do dia a dia está o crescimento, com os bons eleitores legitimando e sofrendo com a democracia. O que o filme mostra é que muitas outras carnificinas ocorreram e continuarão a acontecer. Quem disse que Scorcese acha que NY é um cenário idílico. Quer a lista de filmes? É uma história em quadrinhos, piegas e genial como as do Will Eisner. No fundo está a democracia americana. Existe alguém que vai ao cinema do Scorcese para ver o Leonardo di Caprio?
[Leia outros Comentários de José Maria Silveira]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A INFLUÊNCIA DO FATOR PESSOAL NOS NEGÓCIOS
RONNA LICHTENBERG
CAMPUS RIO DE JANEIRO
(2002)
R$ 11,00



LICHTENSTEIN
BENEDIKT TASCHEN
TASCHEN
(1994)
R$ 30,00



UM PREÇO MUITO ALTO
CARL HART
ZAHAR
R$ 50,00



APRENDIZAGEM DA LECTOESCRITA PELAS CRIANÇAS NO AVA MOODLE
JOCENILDES ZACARIAS SANTOS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 454,00



GOL DE LETRA O FUTEBOL NA LITERATURA BRASILEIRA
MILTON PEDROSA
GOL
(1967)
R$ 90,00



LIMITES OBJETIVOS PARA A CONCESSÃO DE MEDIDAS LIMINARES EM TUTELA
REIS FRIEDE
LTR (SP)
(2000)
R$ 18,82



A MUSICA DAS ESFERAS: CRÔNICA DOS ANOS 90
LUIZ PAULO HORTA
ZAHAR
(1999)
R$ 23,82



SISTEMA AGROINDUSTRIAL DA OVINOCULTURA DE CORTE NO PARANÁ - BRASIL
MANOEL JOÃO RAMOS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 391,00



PORQUE OS HOMENS FAZEM SEXO E AS MULHERES FAZEM AMOR
ALLAN E BÁRBARA PEASE
SEXTANTE
(2009)
R$ 8,00



SELEÇÃO DE LIVROS: O DÉCIMO PRIMEIRO MANDAMENTO E...
READERS DIGEST
READERS DIGEST
(2001)
R$ 9,00





busca | avançada
38448 visitas/dia
955 mil/mês